Busca BOL

Quinta-feira, 24 de abril de 2014

BOL Notícias

Menina de 13 anos acusa 8 garotos de estupro e chantagem em SP

DE SÃO PAULO

Uma estudante de 13 anos foi à polícia e afirmou que foi estuprada por oito garotos com idades entre 14 e 17 anos. Os jovens filmaram a ação. Segundo a vítima, os meninos a chantagearam dizendo que se ela contasse o caso a alguém divulgariam a filmagem do estupro na internet.

O caso ocorreu no último dia 4 na região da Vila Penteado, na zona norte de São Paulo. A polícia, no entanto, só ficou sabendo do crime na semana passada porque a menina disse para a mãe que estava com medo de ter sua imagem publicada.

Dois dos acusados de estupro são colegas de escola da menina. No celular de um dos rapazes, os policiais encontraram os 12 minutos de filmagem do estupro. Por meio desse vídeo que os outros seis foram identificados.

Em uma das cenas, é possível ver a menina pedindo para ir embora para casa.

Os oito garotos foram ouvidos pela polícia na quarta-feira. Todos disseram que a relação sexual foi consensual. O que ela nega.

Pelo Código Penal, independentemente do consentimento, houve estupro, porque a menina tem menos de 14 anos e os garotos tem acima desta faixa etária. É nessa linha que a polícia vai atuar. Se fossem maiores de 18 anos, a pena em caso de condenação seria de oito a 15 anos de reclusão.

Como todos são adolescentes, o caso será julgado pelo Juizado de Infância e Juventude que decidirá se eles serão encaminhados para uma unidade de internação da Fundação Casa (antiga Febem) onde poderão ficar por no máximo três anos detidos.

Em entrevista ao "Jornal da Record", da TV Record, a menina afirmou que está abalada e há duas semanas não vai para a escola.

"Não tenho mais fome, não como mais nada, não durmo direito. Eu tenho pesadelo quando durmo. Foi horrível."

A vítima contou que foi abordada quando estava perto de casa junto com uma amiga. Ela disse que tomou água e que em seguida ficou "dopada". À polícia, ela afirmou que não sabe o que aconteceu com a amiga que a acompanhava naquele dia.

Devido a reação dos jovens quando foram interrogados, os policiais suspeitam que haja outras vítimas do grupo. Nas fotos tiradas pela polícia, quase todos apareceram com um discreto sorriso no rosto.

A polícia está analisando outros casos de estupro registrados na região neste ano.

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego