Brasil Online

Busca
Quinta-feira, 23 de OUTUBRO de 2014

Imprimir

20/07/2009 - 22h36

Executivo brasileiro morto em acidente aéreo na Venezuela é enterrado

O corpo do executivo mineiro Maurício Lustosa de Castro, 40, foi enterrado nesta segunda-feira no cemitério Bosque da Esperança, em Belo Horizonte (MG). O executivo morreu após o avião onde estava cair na Venezuela, no último dia 11, quando fazia o trajeto Estados Unidos-Brasil. Além de Castro, o piloto da aeronave, Alessandro Traugott Binder Morais, também morreu na queda.

O monomotor desapareceu no dia 11 deste mês e os destroços só foram localizados pelos militares venezuelanos na última sexta-feira (17). No domingo (19), a assessoria da Magnesita, onde Castro atuava como diretor Financeiro e de Relações com os Investidores, confirmou a morte do executivo.

O avião partiu no sábado de Miami (EUA) com destino a Belo Horizonte (MG). O último contato foi feito no mesmo dia, às 18h, com o Centro de Controle Maiquetia, na Venezuela.

Em meio as buscas, foi constatado que o transmissor de emergência do avião emitiu sinais vindos de território venezuelano. Entretanto, a área onde o avião --um monomotor Beechcraft, modelo BE-36 A Bonanza-- caiu era de difícil acesso, e as condições climáticas também dificultaram as operações.

O executivo era casado e tinha uma filha de três anos. Entretanto, a empresa disse não ter informações sobre onde ocorreu o enterro do corpo do piloto do avião. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas.

Enquete

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos: