Busca BOL

Segunda-feira, 20 de outubro de 2014

BOL Notícias

Referendo do Fuso mostra que Acre quer voltar ao horário antigo

SÃO PAULO - A apuração parcial do Referendo do Fuso Horário realizado no Acre indica que a maioria dos eleitores prefere retomar o antigo fuso horário, mudado em 2008 por lei.

De acordo com dados divulgados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-AC) às 21h30, com 57% dos votos apurados, 58,09% dos eleitores preferiam retomar o antigo fuso horário. Os outros 41,91% optavam pela manutenção do horário atual. O número de abstenções no Estado foi de 28,6%. O Acre possui 470.975 eleitores.

O Acre tinha uma diferença de duas horas a menos em relação ao horário de Brasília. O senador Tião Viana (PT-AC), que foi eleito no primeiro turno das Eleições 2010 para governar o Acre, apresentou o projeto de Lei 11.662/2008 para adiantar em uma hora o fuso do Estado.

Viana defendia que as máquinas públicas precisam funcionar em horários próximos. A lei foi aprovada em abril de 2008 e começou a vigorar em 24 de junho do mesmo ano. Desde então, o Acre passou a operar com uma hora de diferença em relação a Brasília e duas horas durante o horário de verão.

O novo fuso, no entanto, gerou protestos de parte da população. O deputado federal Flaviano Melo (PMDB-AC), que faz oposição ao governo de Binho Marques (PT), apresentou um projeto pedindo o plebiscito.
"Ninguém foi consultado para criar essa lei. As crianças têm dificuldade para acordar mais cedo, quem mora na periferia e entra cedo sai de casa quando ainda é escuro, ficando mais exposto à criminalidade, que age à noite", afirmou Melo.

A Justiça Eleitoral determinou que o referendo fosse realizado no segundo turno, para tentar minimizar a partidarização do plebiscito. No Estado, Tião Viana venceu a eleição com 50,50% dos votos válidos, contra 49,19% de Tião Bocalom (PSDB), tendo sido a votação mais acirrada da história do Estado.

No referendo, o eleitor respondeu à pergunta "Você é a favor da recente alteração do horário legal promovida no seu Estado?" Na votação, ele pode escolher a opção 55 para dizer "SIM" ao referendo, 77 para dizer "NÃO" ou votar em branco. A senadora pelo PV, Marina Silva declarou ter votado pela volta do antigo fuso horário do Acre.

Caso a população decida pela volta do antigo fuso horário, a lei vigente terá de ser alterada pelo Congresso Nacional para que o Estado retome seu antigo fuso. O deputado Flaviano Melo diz que, se o referendo trouxer como resultado a vontade da população de mudar o fuso horário, ele reconvocará o Congresso Nacional para modificar a lei.

"Todos nós temos o compromisso moral de aprovar imediatamente isso", afirmou. Procurado o senador e governador eleito Tião Viana não retornou os pedidos de entrevista até o fechamento desta edição.

(Cibelle Bouças | Valor)
 

Cotações Bolsa Cambio

17/10/2014 » Outras bolsas

Bovespa: 55723,79 2,63%Fonte: Reuters

Conversor de moedas

Conversor de moedas

Enquete

Carregando enquete...
Computando seu voto...
Carregando resultado
  • 5779
  • simples
  • false

Vídeos de economia

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego