Busca BOL

Terça-feira, 16 de setembro de 2014

BOL Notícias

"Fantástico" usa tempo para explicar que fantasma não existe

Tv Globo/Divulgação

Tadeu Schmidt e o mágico Kronnus estão à frente do novo quadro do "Fantástico"

Flávio Ricco*
Colunista do UOL

O “Fantástico” sempre se apresentou como a revista eletrônica mais importante da televisão brasileira e efetivamente soube se impor como tal, graças ao trabalho competente das várias gerações que ocuparam o posto de comando, a partir da sua criação, em agosto de 1973, pelo Boni e Armando Nogueira. Ficaram famosas, desde o começo, as calorosas reuniões das segundas-feiras, quando um grupo de notáveis da TV Globo – Vanucci, Boscoli, Miele, José-Itamar de Freitas, o próprio Armando, Alice Maria, Magaldi, Carlito Maia, Borjalo, Travesso, além de outros, analisava criteriosamente o seu conteúdo - o resultado do que foi ao ar no dia anterior e discutia – e bota discussão nisso, entre tantas sugestões, o que seria escolhido para o próximo. Uma pena que o tempo não volta nem ao menos para tirar certas dúvidas. Seria interessante hoje ouvir dessas pessoas o que acharam da matéria dos fantasmas e do tempo dedicado a ela na última edição. Ou de um quadro de culinária insistentemente apresentado já há algumas semanas no programa. Num Brasil como o de agora, percebe-se que o “Fantástico” tem, às vezes, procurado se alienar de temas mais profundos e se aproximado de uma perigosa aliança com a superficialidade. Tentar explicar que fantasma não existe, realmente é para deixar a todos preocupados.
 
O outro lado
 
Curiosamente, o mesmo “Fantástico”, deste último domingo, teve momentos muito bons, fazendo valer as suas reais características. As matérias dos médicos “rejuvenescedores”, a entrevista com Cláudia Jimenez, a homofobia e a homenagem a Milton Nascimento, por exemplo.
 
É preciso acertar
 
Tem gente da Record, que está lá na Inglaterra, dizendo a todo instante “Olimpíadas de Londres”. Não custa reunir todo pessoal e de uma vez esclarecer que em Londres só está acontecendo uma Olimpíada. O correto é Olimpíada de Londres. Simples assim.
 
No ar
 
O SporTV, sem perder tempo, já tem chamada na sua programação, se aproveitando do desenrolar da Olimpíada, para anunciar, desde já, a transmissão do Mundial de Clubes no fim do ano. O Corinthians será o representante brasileiro.
 
Falha nossa
 
A reportagem do Otávio Mesquita com o filho dele, Luiz Otávio, gravada durante dois dias na Paraisópolis, não será levada ao ar no programa “Claquete”, como aqui foi falado.
Mas no “A Liga”, em uma das suas próximas edições.
 

  • AgNews

    A apresentadora Adriane Galisteu

O que é aquilo?
 
Os câmeras do “Muito Mais”, da Band, apresentado pela Adriane Galisteu, descobriram a existência do zoom. O tempo todo é aquele vai e vem na imagem, deixando quem está assistindo completamente tonto. Vítimas de labirintite, entre outros casos, devem evitar. Passar bem longe.
 
Querem ela
 
A propósito, nos bastidores a informação é que a direção da Bandeirantes quer Adriane Galisteu na apresentação do “Quem quer casar com meu filho?”. O programa, parceria com a Cuatro Cabezas, está previsto para estrear entre outubro e novembro, no lugar de “A Liga”.
 
Qualidade
 
Não sei quem é o responsável por isso, mas a projeção da luz na pista da “Dança dos Famosos”, do “Domingão do Faustão”, merece de todos o melhor reconhecimento pela sua qualidade. Uma diferente da outra, com muito bom gosto, e sempre acompanhando os passos dos participantes. Virou uma atração do programa.
 
Toque de caixa
 
O “SBT Repórter”, tentando segurar melhores índices, trocou no fim de semana a reportagem que foi ao ar na noite de ontem. No lugar de “Sexo pago”, matéria com garotas e garotos de programa, editaram às pressas uma de bichos, que sempre dá audiência. O apresentador César Filho voltou correndo do exterior por causa disso.

 

  • Divulgação

    Cláudia Barthel grava no Peru para o "Leitura Dinâmica", da Rede TV!

Jornalismo
 
Cláudia Barthel está desde ontem apresentando no “Leitura Dinâmica”, da Rede TV!, em sua segunda edição, matéria que ela mesma gravou durante recente viagem a Cuzco, no Peru, e seus sítios arqueológicos. Uma série. Vai ao ar durante toda esta semana.
 
Perto do fim
 
Restam apenas mais 25 capítulos para o autor Lauro César Muniz terminar de escrever a novela “Máscaras”, que a Record vai apresentar até 1º de outubro. Esta data de encerramento foi planejada para que tanto “Máscaras” como “Balacobaco” não enfrentem problemas com o feriado do dia 12 de outubro.
 
Mudou o quadro
 
Luiza Tomé, que se afastou para cuidar de um problema de saúde, não deve mais retornar às gravações de “Máscaras”. Resta saber como a equipe irá justificar o seu  esaparecimento. Nunca foi desejo do autor matar a personagem da atriz, Geraldine. Aliás, sobre o assunto, o Lauro diz o seguinte: “a Luiza me pediu para ficar afastada 10 capítulos. A volta à novela vai depender da saúde dela”.
 
Cotação do boi – 1
 
O "DF Acontece", exibido pela Band Brasília, foi retirado do ar na segunda passada, dia 1º. Em seu lugar, entrou o "Jornal Terraviva", do canal agropecuário do mesmo grupo, com a apresentadora falando "boa noite" às 7 e meia da manhã. Consultada, a assessoria da Band informa que a substituição ocorreu devido à audiência não satisfatória. E prossegue: "A emissora aposta no interesse da região pelo agronegócio". Se a justificativa era essa, foi um tiro no pé. O jornal antigo dava entre 0.7 e 1.5 de audiência. O novo ainda não saiu do zero, “mas podem me chamar de traço”.
 
Cotação do boi – 2
 
Ainda sobre a Band Brasília, de acordo com relatos internos, sete pessoas da área técnica ligadas à emissora foram demitidas na terça-feira, 2. A justificativa para este corte foi a de sempre, redução de gastos.
 
Bate – Rebate
 
•       Não há estatísticas precisas sobre o assunto, mas nunca na história deste país a TV Justiça foi tão assistida como agora.
•       O julgamento do Mensalão, na ordem do dia, pode ir até a primeira semana de setembro.
•       Caetano Veloso faz 70 anos hoje.
•       Luan Santana, Paula Fernandes e Thiaguinho farão o número de abertura da campanha “Criança Esperança”, dia 18, na Globo.
•       O programa receberá artistas conhecidos do grande público, mas também dará oportunidade aos que estão surgindo.
•       Nesta edição, duplas musicais, sertanejos e afins, ficarão de fora.
•       O rapper e escritor MV Bill será o entrevistado de Marília Gabriela na edição desta quarta-feira do “De Frente com Gabi”.
•       No último domingo, vale informar, o programa atingiu recorde de audiência na Grande São Paulo com as crianças de “Carrossel”.
•       O parque Hopi Hari, em São Paulo, recebe hoje gravações do programa “Ídolos Kids”, da Record, com participações de Afonso Nigro, Kelly Key, João Gordo e Cássio Reis.
•        Bruno Gagliasso, devido ao cinema e à novela “O Pequeno Buda”, não vai mesmo fazer o musical “Como vencer na vida sem fazer esforço”.
 
C´est fini
 
Com apresentação de Camila Pitanga, o “Som Brasil”, da Globo, dia 31, vai apostar em alguns dos maiores sucessos dos festivais na TV. Com as participações de Thiago Amud, o rapper Emicida, a banda “Pitanga em pé de amora” e Maria Gadú, serão relembradas músicas como “A banda”, “Eu quero é botar meu bloco na rua”, “Domingo no parque”, “Andança”, “Fio Maravilha”, “Disparada” e “Pra não dizer que não falei das flores”.
 
Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaboração de José Carlos Nery

Enquete

Carregando enquete...
Computando seu voto...
Carregando resultado
  • 5779
  • simples
  • false
Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego