! Porto iguala Benfica na conquista de 'dobradinhas' - BOL Notícias

Brasil Online

Busca
Domingo, 21 de DEZEMBRO de 2014

Imprimir

31/05/2009 - 16h44

Porto iguala Benfica na conquista de 'dobradinhas'

Lisboa, 31 mai (Lusa) - O Porto igualou neste domingo o Sporting no número de "dobradinhas" no futebol português, ao juntar pela sexta vez o título de campeão nacional (24º) à Copa de Portugal (14ª), erguida hoje após a vitória sobre o Paços de Ferreira por 1 a 0.

Com isso, os portistas, pela segunda vez tetracampeões nacionais, colocaram-se a três dobradinhas do recordista português na "especialidade", o Benfica, que não vence no mesmo ano o campeonato e a Copa de Portugal desde 1986/87.

No histórico das dobradinhas, foi o Sporting o primeiro clube português a juntar os dois títulos principais, quando o húngaro Joseph Szabo venceu as duas competições na temporada 1940/41. Contudo, o Benfica demorou apenas dois anos para imitar o rival lisboeta (1942/43), sob a batuta do húngaro Janos Biri.

O Sporting respondeu em 1947/48, sob a comando de Cândido de Oliveira, e, entre 1953 e 1957, o futebol português viveu sob o signo das dobradinhas, com o Sporting abrindo a contagem em 1953/54.

Otto Glória igualou o húngaro com os sucessos do Benfica em 1954/55 e 1956/57 e, pelo meio, o brasileiro Dorival Yustrich levou o Porto entrar pela primeira vez o nome na cobiçada lista, em 1955/56.

Os três sucessos seguintes permitiram ao Benfica destacar-se na liderança da tabela, na qual ainda não foi superado: em 1963/64,pelo húngaro Lajos Czeizler, em 1968/69, com Otto Glória a fechar a conta pessoal, e, em 1971/72, por intermédio do inglês Jimmy Hagan.

O Sporting encurtou distâncias em 1973/74, sob a orientação de Mário Lino, antes de entrar em novo período bastante produtivo, com três dobradinhas consecutivas, a primeira das quais obtida pelo Benfica do húngaro Lajos Baroti, em 1980/81.

O triunfo absoluto do Sporting aconteceu em 1981/82, sob a liderança do inglês Malcolm Allison, mediou os êxitos do Benfica em 1980/81 e 1982/83, este último pela mão de um dos mais apreciados técnicos do Benfica, o sueco Sven-Goran Eriksson.

O inglês John Mortimore foi responsável pela última dobradinha do Benfica, em 1986/87, antes de o clube lisboeta passar o testemunho ao Porto.

Com a vitória de hoje, o Porto garantiu a conquista de cinco das seis últimas dobradinhas, em 1987/88 (pelo jugoslavo Tomislav Ivic), 1997/98 (António Oliveira), 2002/03 (José Mourinho) e 2008/09 (Jesualdo Ferreira), às quais apenas o Sporting do romeno Laszlo Boloni conseguiu responder, em 2001/02.

Enquete

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos: