Busca BOL

Quinta-feira, 28 de agosto de 2014

BOL Notícias

Cruzeiro se vinga na Libertadores e goleia Estudiantes

DE SÃO PAULO

Quase dois anos após a perda da Libertadores, o Cruzeiro se vingou e aplicou um 5 a 0 no Estudiantes (ARG), na noite desta quarta-feira, no estádio Sete Lagoas.

Na primeira partida das duas equipes na Taça Libertadores-2011, brilharam Wallyson [duas vezes], Roger e Montillo [duas vezes] --autores dos gols da vitória cruzeirense.

O técnico Cuca armou o Cruzeiro com Gilberto na lateral esquerda e Roger na armação das jogadas ao lado de Montillo. Na frente, o time mineiro teve Wallyson e Wellignton Paulista e na zaga a estreia do uruguaio Victorino.

A escalação desfez a polêmica do início desta temporada entre Roger e Gilberto, que brigavam pela mesma posição no meio de campo.

Já o técnico Eduardo Berizzo escalou o Estudiantes com três zagueiros, seis jogadores no meio de campo --entre eles Verón-- e apenas Gastón Fernandez na frente.

Com esse resultado, o Cruzeiro assume a liderança do grupo 7 a frente do Deportes Tolima (COL) --que ganhou do Guaraní (PAR) por 1 a 0 na última terça-feira. O Estudiantes é o lanterna do grupo devido ao saldo negativo de quatro gols.

O placar desta quarta superou o da estreia do Cruzeiro em 2009, contra o mesmo Estudiantes. Na ocasião, a equipe mineira aplicou 3 a 0 nos argentinos.

Na próxima rodada, as duas equipes jogam em casa. O Cruzeiro enfrentará o Guanarí enquanto o Estudiantes recebe o Tolima --algoz do Corinthians na primeira fase da Libertadores.

O JOGO

A partida começou com um gol logo no primeiro minuto. O atacante Wallyson dominou a bola na entrada da grande área e arriscou o chute. A bola desvio na zaga argentina e encobriu o goleiro Orión.

Com a vantagem, o Cruzeiro passou a jogar nos contra-ataques e deu certo. Aos 18min, Montillo saiu em velocidade pela direita e inverteu o a bola para o lado esquerdo, onde estava Roger. O meia driblou o único zagueiro que havia a sua frente e bateu rasteiro. A bola foi no canto direito do goleiro argentino para festa da torcida presente no estádio de Sete Lagoas.

O falso domínio do time argentino, que ficava rodando a bola no campo ofensivo, sofreu um novo revés aos 39min. Dessa vez, Roger retribuiu o passe para Montillo e o argentino driblou Orión para fazer 3 a 0.

O primeiro tempo do cruzeiro foi espetacular, com destaque para as atuações de Roger e Montillo. O meia brasileiro, inclusive, ainda teve tempo para dar um chapéu de letra no meio de campo antes do apito final do primeiro tempo do árbitro Carlos Amarilla.

Emmanuel Pinheiro/AFP
Montillo e Roger comemoram um dos gols da goleada do Cruzeiro contra o Estudiantes
Montillo e Roger comemoram um dos gols da goleada do Cruzeiro contra o Estudiantes


O segundo tempo começou como foi o primeiro. O Estudiantes até tentava pressionar, mas o Cruzeiro saía sempre em alta velocidade, com Marquinhos Paraná e Henrique ligando o quarteto ofensivo escalado por Cuca.

Dessa forma, o time mineiro chegou ao quarto gol aos 14min. Após tabela na entrada da área entre Gilberto e Henrique, a bola sobrou no alto para Montillo. De fora da área, o meia acertou um sem-pulo. A bola não foi no canto, mas passou por baixo das mãos do goleiro Orión.

Mesmo após o quarto gol, o Cruzeiro continuou a contra-atacar em alta velocidade se sempre com muito perigo. O Estudiantes de lançava ao ataque e deixava sua defesa exposta à tática de Cuca.

O quinto gol saiu aos 38min, quando Thiago Ribeiro --que substituiu Wellington Paulista-- invadiu a grande área pela direita e cruzou rasteiro. Na confusão com a defesa, a bola sobrou para Wallyson --que fez o seu segundo gol na partida.

Apesar do jogo taticamente perfeito do Cruzeiro, a torcida mineira não se comportou bem durante a partida. Os cruzeirenses perseguiram verón durante o jogo. Além de feixes de luz no rosto do Argentino, jogaram um chinelo em sua direção e o xingavam sempre que o meia se preparava para cobrar uma falta ou escanteio.

Vídeos de Esporte

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego