Espaços reduzidos: ideias de decoração para salas, banheiros e cozinhas pequenas

Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Enquete
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2014/03/26/espacos-reduzidos-ideias-de-decoracao-para-salas-banheiros-e-cozinhas-pequenas.htm
  • totalImagens: 354
  • fotoInicial: 0
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20110610213816
  • link:
  • branco
    • Decoração [18997];
Fotos
Voltado para a rua, o estar principal tem ambientação singela, com móveis em cores neutras e sóbrias: à esquerda, o destaque é uma poltrona desenhada por Charles e Ray Eames. Os pilares em concreto aparente emolduram o espaço, com reforma capitaneada pelo escritório Vapor 324 Leonardo Finotti/ UOL

Mais
O banheiro pequeno do Loft de Campo, criado por Paola Ribeiro, está parcialmente ligado ao restante da casa e é dividido pelo meio-boxe de vidro. De um lado, fica o vaso sanitário, do outro, o lavatório do tipo coluna, com os metais pretos da Deca. Destaque para os acabamentos e detalhes decorativos, como o espelho circular Katia Kuwabara/UOL

Mais
Espelhos circulares com molduras de madeira, parede com azulejos estampados com letrinhas e prateleiras rasas, também feitas de madeira, complementam a decoração do banheiro assinado por Paola Ribeiro, no Loft do Campo Katia Kuwabara/UOL

Mais
Por R$ 556 a diária, você aluga um quarto em Chicago, Estados Unidos, com um banheiro ?selvagem?. A cabeça de alce decorado com um colar, papel de parede em preto e branco, louças brancas e gabinete em madeira completam a decoração do espaço Divulgação

Mais
O banheiro foi renovado pela reforma desenvolvida pelo escritório Notar Design. Nas paredes, os azulejos Tarde, da Lurca, foram combinados às pastilhas de vidro (Vidrotil) e, no piso, o revestimento é de porcelanato (80 cm x 80 cm). Para facilitar a limpeza, o gabinete é suspenso Jhonatan Chicaroni/UOL

Mais
O banheiro recebeu revestimentos claros, que ajudam a dar a sensação de amplitude. O projeto de reforma do apartamento no edifício Gemini foi realizado pelo arquiteto Takuji Nakashima Ana Mello/ UOL

Mais
A reforma idealizada pelo escritório Ravaglia & Philot Arquitetura recorreu à marcenaria e à iluminação para atualizar os ambientes do apê com 55 m² em Botafogo, no Rio de Janeiro. Agora, o acesso à cozinha é feito através da porta de correr escamoteada pelo painel na parede, em MDF revestido com laminado no padrão freijó lavado. Para acomodar equipamentos e objetos, o rack suspenso tem gavetões e nicho onde fica encaixado o pufe Divulgação

Mais
O projeto do apê em Botafogo, no Rio, tem rebaixo em "drywall" com várias funções: embutir o cortineiro e a iluminação, organizar as iluminações geral e direta e dar aconchego ao living. A cortina rendada leva textura e protege o espaço da luz externa quando preciso. Para quebrar a monotonia dos tons sóbrios, almofadas coloridas foram dispostas sobre o sofá revestido de linho. A reforma tem assinatura do escritório Ravaglia & Philot Arquitetura Divulgação

Mais
No banheiro da suíte, o chuveiro a gás foi instalado no teto. O projeto renovou, também, os revestimentos: no piso, o porcelanato travertino (Portobello) mantém a base neutra para que os ladrilhos coloridos da linha Chez Moi (Portobello) se destaquem nas paredes. A reforma do apê com 55 m² em Botafogo, Rio de Janeiro, foi projetada pelo escritório Ravaglia & Philot Arquitetura Divulgação

Mais
No banheiro criado por Isabela Pires Giroto e Solange Pires, nada de paredes branquinhas. Tijolos aparentes, jardim vertical e painel fotográfico cobrem as superfícies do espaço inspirado no Pantanal. A Morar Mais por Menos Campo Grande (www.morarmais.com.br) fica em cartaz até 20 de dezembro de 2015, na Av. Afonso Pena, 4.179, na capital sul-mato-grossense Gilson Barbosa/ Divulgação

Mais
Além dos metais dourados e do espelho com estilo barroco, o banheiro conta com revestimento cerâmico que cria um efeito caleidoscópico | O apartamento dúplex assinado pelo arquiteto Diogo Viana está exposto na Casa Cor Pernambuco (www.casacor.com.br) até 8 de dezembro de 2015 Felipe Araújo/Divulgação Max Plural

Mais
No apartamento reformado pelo Grupo Garoa Arquitetos, o lavatório do banheiro recebeu uma parede divisória composta por elementos vazados em concreto 10 x 10 cm, pintados de branco. A bancada também em concreto, porém sem acabamento, tem cuba embutida e a iluminação é feita por uma régua acima do espelho Rafaella Netto/ Divulgação

Mais
Assim como o piso do banheiro, o box foi revestido de pastilhas. A área de banho tem porta camarão e um nicho de concreto para acomodar os itens de higiene. O projeto de reforma do apartamento em São Paulo (SP) é assinado pelo Grupo Garoa Arquitetos Rafaella Netto/ Divulgação

Mais
O rigor empregado na modulação do vigamento e dos caixilhos é marcante no projeto da casa Butantã, projetada por Paulo Mendes da Rocha. A superfície envidraçada permite a visualização da paisagem urbana. No teto, a claraboia possibilita a entrada de luz natural no estar com decoração comedida Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Em banheiros bem pequenos, siga a proposta dos arquitetos Nilton Montarroyos e Estela Pinheiro para o Apartamento do Arquiteto, com apenas 33 m², e invista nos acabamentos claros e em um espelho generoso, para aumentar a sensação de amplitude | O projeto está exposto na Morar Mais por Menos RJ (www.morarmais.com.br) até 2 de novembro de 2015 Denílson Machado/ MCA Estúdio/ Divulgação

Mais
Tem um apê com todos os ambientes divivindo um único espaço? Que tal criar um cubo para separar o quarto dos demais cômodos, a exemplo do Someone's Loft? A dupla Flávia Amorim e Renata Melendez, que assina o projeto, explica que a divisória ajuda a controlar a iluminação e dá mais privacidade ao morador | A Casa Cor Brasília (www.casacor.com.br) fica em cartaz até 10 de novembro de 2015 Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
Como todos os ambientes são integrados em um loft, a alternativa para demarcar os espaços e criar um fluxo de circulação é utilizar divisórias vazadas, como essas de metal empregadas no Someone's Loft, assinado por Flávia Amorim e Renata Melendez para a Casa Cor Brasília | A mostra (www.casacor.com.br) fica em cartaz até 10 de novembro de 2015 Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
Excêntrico - Projetado por Tamara Kaye-Honey para o quarto de uma menina, este banheiro tem uma boa dose de ousadia: o piso recebeu pastilhas azuis e parte das paredes ganhou papel de parede vibrante. Objetos decorativos, com destaque para os quadros de Pierre Durrieu, complementam a ambientação "vintage" e bem-humorada Divulgação

Mais
No loft Zoku, de 24 m², o living multifuncional é composto por uma mesa com quatro lugares e um sofá. O morador temporário pode utilizar o local como quiser: por exemplo, atender aos compromissos de trabalho, desfrutar uma refeição ou curtir uma noite de diversão e jogos. Todo mobiliário do microapê é da marca dinamarquesa Muuto Ewout Huibers/ Divulgação Zoku/ Concrete

Mais
Todo mobiliário do Loft Zoku é da marca dinamarquesa Muuto, mas caso queira, o locatário pode adicionar um toque pessoal à ambientação, escolhendo os quadros para decorar as paredes Ewout Huibers/ Divulgação Zoku/ Concrete

Mais
O banheiro é um dos cômodos que ficam escondidos no módulo privado do loft Zoku. Nesse mesmo bloco íntimo estão também o quarto, a mesa de trabalho e as áreas de armazenamento Ewout Huibers/ Divulgação Zoku/ Concrete

Mais
No banheiro do apartamento com 35 m², decorado pelo arquiteto Leandro Matsuda, a inclinação do espelho permite que os moradores se enxerguem de corpo inteiro Leandro Matsuda/ Divulgação

Mais
A fim de aproveitar melhor os espaços, Leandro Matsuda resolveu integrar a varanda com os ambientes internos, removendo as portas de vidro que separavam as áreas (à esq.). Ao fundo, as paredes pintadas com tinta lavável roxa substituem os azulejos. A cor cria um visual descontraído para o apartamento com 35 m² Leandro Matsuda/ Divulgação

Mais
Depois de apenas 30 dias, o jovem casal de moradores recebeu um apartamento totalmente reformulado e com ambientes integrados, previstos pelo projeto de interiores desenhado pelo arquiteto Leandro Matsuda. Na sala, o balcão (Mauricio planejados) acomoda a TV e duas banquetas brancas criadas pelo designer alemão Konstantin Grcic. O móvel preto serve também para delimitar o estar e a cozinha Leandro Matsuda/ Divulgação

Mais
A cortina cinza (Wall Decor), quando fechada, separa o quarto da sala (foto) no apê em São Paulo (SP), reformado pelo arquiteto Leandro Matsuda. O recurso garante a privacidade dos moradores, quando necessário. Na área de estar decorada com um sofá (Tok&Stok) também em tom cinzento, a sanca com luz difusa melhora a luminosidade do ambiente Leandro Matsuda/ Divulgação

Mais
Na sala, o balcão (Mauricio planejados) acomoda a TV e dá lugar para as refeições rápidas. Ao fundo, a bancada de granito (Marmoraria Mogi) acopla a máquina de lavar roupas entre os armários (Mauricio planejados). Combinada a tons neutros como o branco e cinza, a cor roxa das paredes não pesa e dá um ar moderno ao projeto assinado por Leandro Matsuda Leandro Matsuda/ Divulgação

Mais
O ponto alto do apartamento em Copacabana, idealizado pelo arquiteto Fabiano Ravaglia do escritório Ravaglia & Philot, é a marcenaria (Hipólito Marcenaria) executada sob projeto. O móvel linear valoriza o caráter longilíneo da sala. Multiuso, tem estrutura em freijó com portas e frentes de gavetas laqueadas. Um cantinho foi reservado para a galeria que reúne quadros e fotos (à dir.). Destaque para o varal de cabo de aço e para as molduras desmontáveis, que permitem a mudança das obras sempre que desejado Fabiano Ravaglia/ Divulgação

Mais
Projetada pela designer de interiores Fabiana Visacro, a cozinha externa possui fogão a lenha feito com tijolo refratário e revestido de cimento queimado. Além da peça, o espaço decorado com ladrilho hidráulico e parede de tijolinho tem forno de pizza e churrasqueira (à dir.) Divulgação

Mais
A arquiteta Paula Lino empregou os tons de cinza, preto e branco para compor o estar do Gabinete. Listras e texturas no mobiliário e outras cores nas obras de arte dão 'movimento' ao espaço. A Casa Cor Rio Grande do Sul fica em cartaz até dia 9 de agosto de 2015, na Rua Comendador Reighantz, 903, em Porto Alegre. Outras informações: www.casacor.com.br Eduardo Liotti/ Divulgação

Mais
O duo preto-cinza marca a sala de estar do projeto Work Hard Play Hard, de Wagner Costa e Dany Bittencourt. No ambiente, o painel espelhado que acomoda a TV amplia o espaço e o letreiro luminoso garante o ar de despojamento. A Casa Cor Rio Grande do Sul fica em cartaz até dia 9 de agosto de 2015, na Rua Comendador Reighantz, 903, em Porto Alegre. Outras informações: www.casacor.com.br Eduardo Liotti/ Divulgação

Mais
O banheiro, dentro da caixa metálica, tem paredes e forro com altura mínima que acompanha o pé-direito do corredor de acesso (foto 6). O uso de espelhos e cerâmica clara antiga dá a sensação de amplitute ao "caixote". O escritório Spamroom e o arquiteto John Paul Coss desenvolveram as soluções da reforma deste apê em Berlim, com 21 m² Ringo Paulusch/ Divulgação

Mais
2. Para quem adora uma cervejinha - Na cozinha-bar do Ateliê do Mestre Cervejeiro, assinado pelo escritório Sarau Arquitetura, a bancada é composta por uma área de trabalho, com pia e chopeira, e mesa para refeições ladeada por banquetas. O espaço está em exposição até 12 de julho de 2015, na Casa Cor Santa Catarina em Florianópolis, na Rua José Maria da Luz, 163. Outras informações: www.casacor.com.br Lio Simas/ Divulgação

Mais
Osvaldo Tenório desenvolve um estar (foto) e uma sala de jantar onde o design se destaca. Um exemplo são as cadeiras Transat (à dir.), da irlandesa Eileen Gray. Nas paredes, fotografias da atriz Fernanda Montenegro e esculturas assinadas por Rodrigo Bueno, em jacarandá. A Mostra Black fica em cartaz até dia 21 de junho de 2015, na Oca - pavilhão Lucas Nogueira Garcez, no Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP) Bruno Conti/ Divulgação

Mais
Marcelo Borges e Arthur Athayde empregaram um "mix" de estilos no projeto do living. Quadros, esculturas e o lustre de cristal Baccarat, do século 18, estão entre as peças Art Déco e com motivos neoclássicos. A Mostra Black fica em cartaz até dia 21 de junho de 2015, na Oca - pavilhão Lucas Nogueira Garcez, no Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP) Bruno Conti/ Divulgação

Mais
Casa Cor SP 2015 - Na Casa do Bosque, do arquiteto David Bastos, o mobiliário composto de peças neutras dispostas sob a luz natural valoriza a arquitetura e a integra ao entorno com belo paisagismo Katia Kuwabara/ UOL

Mais
Casa Cor SP 2015 - A moderna mesa de centro da Casa do Bosque, de David Bastos, é uma composição e pertence à coleção Rabbit and the Tortoise, do Studio Juju (de Singapura), para a italiana Living Divani Katia Kuwabara/ UOL

Mais
A madeira reutilizada da concretagem da fachada reveste, não só os eixos de circulação entre os três pavimentos da Casa do Zé, mas também as áreas "frias". No banheiro, a portas, os nichos, o apoio para a cuba e as prateleiras tem o material como matéria-prima. O produto é de baixo custo, aquece o interior e é resistente, segundo os arquitetos do Paratelier, responsáveis pelo projeto da residência em Portugal Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Com 2,8 m², este banheiro projetado pela arquiteta Maithiá Guedes teve o mobiliário desenvolvido sob medida para o melhor aproveitamento da área. A cuba escavada na bancada também economiza espaço Carlos Piratininga/ Divulgação

Mais
O escritório Arquitetura 8 ampliou a área de 3,3 m² do antigo banheiro da suíte máster ao reduzir um dos quartos. O ambiente, após a reforma, passou a contar com área de 5,5 m². A distribuição dos espaços e a porta de correr (refletida no espelho) contribuíram para a sensação de amplitude J. Vilhora/ Divulgação

Mais
Com 5,76 m², o banheiro desenhado por Rodrigo Kolton se vale do contraste entre claro e escuro para dar maior profundidade ao espaço. Pastilhas 3 cm x 3 cm foram aplicadas somente nas áreas molhadas e a bancada de concreto é estreita Rogério Neves / Divulgação

Mais
No boxe, pastilhas de vidro em tom de verde mais escuro decoram o ambiente, sem comprometer sua amplitude, enfatizada pelo projeto de iluminação que conta com circuitos e funções direta e focais independentes (Onlight). O banheiro do apartamento com 32 m² tem louças e metais Deca, boxe e espelhos da House Glass e esquadrias de alumínio, Alamarco. O projeto de interiores é de Adriana Fontana Divulgação

Mais
O banheiro foi diminuído em sua área total para que fosse possível instalar uma máquina de lavar roupas na lavanderia (ao lado). O ambiente tem revestimento em pastilhas de vidro claras (Colormix), o que - combinado com circuitos separados de luz - oferece iluminação funcional e aconchegante, e amplia o espaço visualmente. "Criamos um armário espelhado em cima da bancada e da bacia, para guardar os itens de higiene", conta a designer de interiores Adriana Fontana Divulgação

Mais
Para um casal recém-casado que gosta de cozinhar em casa, era preciso que a cozinha recebesse uma bancada em L, com boa área para o preparo dos alimentos. Assim, o micro-ondas foi colocado na aba lateral, o que liberou o espaço da pia. A bancada é de granito preto (Duarte Mármores e Granitos) e os móveis foram executados pela Madero Marcenaria em MDF laqueado de fábrica (Masisa). O projeto de interiores é da designer Adriana Fontana Divulgação

Mais
A namoradeira para dois lugares é em veludo azul (Artefato). Para completar a separação entre living e cozinha, a arquiteta de interiores Adriana Fontana encaixou uma peça de marcenaria, com nichos para objetos de decoração, aumentando a extensão da parede, sem limitar a vista. Os painéis de MDF (Masisa) são da linha Virgínia, que imita os veios naturais da madeira e acompanha a tonalidade do piso laminado Durafloor Divulgação

Mais
O pé-direito de 5,8 m favoreceu a entrada de ventilação e luz naturais na área do estar e do home theater. A cortina tipo painel solar, da Uniflex, controla a insolação e protege o móvel multifunção que embute a TV e pode ser usado como aparador, além de estante e armário para objetos. O elemento é da HDS Marcenaria e recebeu acabamento em laca com portas em freijó. O Apê Cobre Blue tem projeto de reforma do escritório Casa 100 Arquitetura Quadra 2 Fotografia/ Divulgação

Mais
O banheiro da suíte do casal foi ambientado em tons de azul, em sintonia com os demais ambientes do Apê Cobre Blue, reformado pelo Casa 100 Arquitetura. A cor predomina nos azulejos decorados, adquiridos no Cemitério dos Azulejos, e no gabinete em laca produzido pela HDS Marcenaria. As louças e metais são da Deca Quadra 2 Fotografia/ Divulgação

Mais
A sala de leitura no pavimento superior é o canto mais charmoso da residência na Liberdade, Sos anos 1950. O ambiente tem vitrô em esquadria de ferro: "Com a luz do dia, os losangos amarelos criam uma iluminação ímpar e, à noite, reluzem quando vistos de fora" diz o arquiteto responsável pela reforma, Flavio Cunha. A moldura ao redor da esquadria não é de gesso, mas um detalhe original em cimento. No chão, os ladrilhos hidráulicos também são originais e foram recuperados e limpos durante a obra Levi Mendes Jr./ Divulgação

Mais
A piscina da casa Vertical, projetada por Marcos Bertoldi, fica no mesmo nível do mezanino para recepções equipado com "pick up" para DJ e cozinha própria, que se comunica com outras cozinhas, nos pavimentos inferiores, por elevador monta-carga e escadaria de serviços Alessandra Okazaki/ Divulgação

Mais
O banheiro do casal utiliza materiais de demolição, como o piso em chapas de aço revestidas com borracha, paredes metálicas a partir de embalagens usadas e bancada da pia em alumínio. A casa Mangabeiras foi projetada pelo arquiteto Allen Roscoe Leonardo Finotti/ UOL

Mais
A divisão interna entre ambientes se dá em alvenaria cerâmica, formando paredes que não alcançam o forro de concreto aparente. Os pisos reaproveitam a madeira utilizada nas fôrmas de concretagem, lixadas e tingidas e o vão sul (à dir.), com 16 m de comprimento, volta-se para as caixas-contrapeso onde estão as áreas de serviços e de circulação vertical. A arquitetura é do escritório TDA, para residência em Luque, no Paraguai Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Integrado ao quarto, o living do Studio da Designer, criado por Flávia Sá, emprega estruturas em madeira nas paredes que emolduram as cortinas. O linho usado para revestir os estofados e as almofadas deixa o ambiente ainda mais acolhedor. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
À frente das estantes e do sofá brancos, as mesas de centro em madeira se destacam na Sala de Jantar. No ambiente assinado por William Maluf, as cores, em especial o azul e o verde, estão pinceladas em objetos. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
No Living do Empresário, com 90 m², Paola Ribeiro projetou um espaço integrado que abriga sala de estar e cozinha. Ao fundo, a lareira (Construflama) suspensa é feita de aço carbono e foi pintada de marrom. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
No living do Lounge Galeria, sobre o ripado de madeira (Assoalhos Monet), Leo Shehtman pendurou as fotografias de Demian Golovaty (à esq.). No ambiente, o cimento queimado presente em uma das paredes (Miaki), à direita, combina com a textura acinzentada do tapete (Rug Rev). A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
Assim como nos outros espaços do ambiente "Meu Mundo em Chocolate", de Brunete Fraccaroli, a sala de estar tem predomínio dos tons de marrom. No espaço social, os objetos de decoração dourados ganham destaque, a exemplo do conjunto de quadros com silhuetas de cachorros (à esq.). A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
O "neon" foi desenvolvido pelo morador, que é designer gráfico, e deveria ser incorporado à decoração. O arquiteto Ricardo Abreu Borges instalou a luminária junto à entrada do apartamento Jardins, que fica em São Paulo. Na ambientação, tapete preto em algodão da By Kami, sofá feito sob medida pela Clami Design e marcenaria (à dir.) que funciona como apoio para o estar e mesa de trabalho e jantar Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
No estar, a mesa de canto baixa e preta, em marcenaria laqueada, é da Clami Design. Ela foi combinada a uma segunda mesa em alumínio, da Kare. Na decoração ainda se destacam a luminária Reflect (Kare), cuja cúpula cria um efeito de luz difuso e leve; a pequena escultura de Israel Macedo, em ferro fundido, e os quadros do artista Edu Cardoso, comprados na Fibra Galeria de Arte. A reforma do apartamento Jardins, em São Paulo, foi projetada pelo arquiteto Ricardo Abreu Borges Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
A pia original em granito, do apartamento Jardins, recebeu pintura espatular que imita o cimento queimado (Mr. Cryl). A marcenaria, em MDF laqueado cinza, é integrada à da sala de estar, através de módulos suspensos, e cria armários e nichos na parede que divide o banheiro e a cozinha. O espaço foi pensado para encaixar a geladeira Electrolux grande (à esq.) e um cooktop de vidro Tramontina, com duas bocas. A reforma tem projeto assinado pelo arquiteto Ricardo Abreu Borges Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
A solução para aumentar a sensação de espaço no banheiro, muito pequeno, foi instalar diversos espelhos, que revestem trechos da parede e a porta do armário, em frente ao boxe (onde está refletida a imagem do chuveiro elétrico). O "layout" para reforma do apartamento Jardins foi proposto pelo arquiteto Ricardo Abreu Borges Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
Em uma das salas de estar da Casa Contemporânea, desenvolvida por Ana Maria Vieira Santos, um único revestimento (tecido de veludo) cobre por inteiro a parede e as prateleiras, o que cria um efeito impactante, além de unificar os elementos. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
No Loft Metrópole, Adriana Noya revestiu a cozinha com pastilhas brancas e cinzas (ao fundo), que criam a sensação da parede ser de pedra. Para a sala de estar, o papel de parede em tons de azul delimita o espaço. Em ambos os casos, os acabamentos sobressaem em relação ao mobiliário neutro e monocromático. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
Os cobogós (Solarium) possibilitam a entrada de luz natural no Lounge Galeria, de Leo Shehtman. Na área de estar, as estruturas vazadas estão combinadas ao moderno ripado de madeira (Assoalhos Monet) que compõe uma das paredes. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
Ocupando toda a largura do terreno - dez metros - e situado nos fundos do lote, o pavilhão social é composto por estar (foto), jantar e cozinha e possui escada de acesso ao terraço (à dir.). Portas de correr em freijó separam a ala de uso comum da área externa onde estão o pilar estrutural e o espelho d'água com cascata vinda da gárgula do terraço. A Casa de Fim de Semana tem projeto do escritório SPBR Arquitetos Nelson Kon/ UOL

Mais
Nem sempre a composição de um ambiente em cores e tons escuros resultará em um espaço cansativo ou opressivo. Os matizes fechados podem se tornar aliados para uma ambientação aconchegante e moderna, só é necessário proporcionar a aplicação. No projeto do arquiteto Diego Revollo, por exemplo, o preto é usado na estrutura do mezanino, no piso e nos móveis da cozinha para criar contraste. Repare que algumas peças e coloridas destacam-se sobre o fundo escuro Alain Brugier/ Divulgação

Mais
O arquiteto Toninho Noronha recobriu as paredes de seu espaço na Casa Cor São Paulo com papel texturizado na cor grafite. A cor escura que destacou os móveis, acessórios, quadros e até a cortina, mais claros e/ou vibrantes. No piso, um tapete com desenho gráfico compõe-se em preto e branco e arremata o ambiente Kiko Masuda/ Divulgação

Mais
A arquiteta Camila Klein ousou ao recobrir com preto e grafite todo o living de seu espaço na Casa Cor São Paulo, com o intuito de criar uma base que destacasse os móveis brancos. Note a parede, ao fundo, revestida de mármore Gris Armani que dá sofisticação ao cômodo. Antes de se decidir aplicar a ideia em sua casa, Camila aconselha: "Fique atento às dimensões do espaço. Quando a área é pequena, o preto pode diminuí-la. Use o branco de forma vistosa para equilibrar e amplitude" Divulgação

Mais
O living integrado ao home theater, planejado pelo escritório D2N Arquitetura e Interiores, mescla cores sóbrias às contemporâneas, como as nuanças de cinza ao azul mais claro. O branco como base em parte das paredes e no forro e a madeira clara no piso balanceiam a composição, se contrapondo à marcenaria escura e dão forma a um espaço jovem e descontraído Edson Ferreira/ Divulgação

Mais
Nesse projeto do arquiteto Maurício Arruda, o mapa do Brasil (à esq.) ganhou destaque graças à moldura preta. A composição moderna foi feita com outros quadros em diferentes tamanhos, alguns são fotografias, mas também há um pôster e um espelho estilizado, em formato de diamante Fran Parente/ Divulgação

Mais
No living, a mesa-bandeja lateral (à esq.) é metálica (L'oeil) e a "recamier", do acervo do morador, recebeu novo revestimento, com tecido do Armazém Paludetto. A luminária de madeira (também, à esquerda) é do Studio Nada Se Leva. Arquitetura de interiores para reforma do apartamento Alto de Pinheiro foi desenvolvida pelos arquitetos Gabriel Magalhães e Luiz Cláudio Souza Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
O banheiro das crianças tem piso e paredes revestidos por pastilhas de vidro azuis da Colormix. Para aumentar a diversão, foram pintadas listras em uma das paredes "secas", uma a uma, nas cores azul, amarelo e laranja. O projeto de interiores é dos arquitetos Gabriel Magalhães e Luiz Cláudio Souza, para o apartamento Alto de Pinheiros, em São Paulo Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
No banheiro das crianças, uma das paredes foi pintada com listras em tons de azul, amarelo e laranja. Uma cuba de resina laranja apoia-se na bancada composta por pó de mármore e vidro. As louças são da Deca, e os metais, Lorenzetti. O projeto de reforma do apartamento Alto de Pinheiros, em São Paulo, é dos arquitetos Gabriel Magalhães e Luiz Cláudio Souza Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
O banheiro de hóspedes do apartamento Alto de Pinheiros teve o piso revestido por pastilhas de vidro roxas da Colormix e paredes e nichos recobertos por unidades da mesma marca (2 cm x 2 cm) na cor lilás. A bancada é de estrutura cristalizada a base de vidro e pó de mármore e o espelho foi garimpado em Embu das Artes (SP). A reforma da residência é assinada pelos arquitetos Gabriel Magalhães e Luiz Cláudio Souza Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
A dona da casa é desenhista e suas gravuras decoram não só a galeria (corredor) de entrada, mas também seu espaço social integrado, com cozinha, jantar e estar. A convivência está ligada ao quintal da Casa TN, por meio de um sistema de janelas e portas de correr de vidro, cujos trilhos e caixilhos em alumínio estão inseridos no piso (laminado de eucalipto) e no forro de concreto aparente. O forro, que se inclina em direção à área externa, leva rasgos que abrigam lâmpadas fluorescentes Kai Nakamura/ Divulgação

Mais
Decorado com um jardim vertical (Wall Plants), o banheiro do Studio da Designer, projetado por Flávia Sá, possui uma banheira vitoriana que dá um ar romântico ao ambiente. Os mesmos seixos escuros que revestem a parede também compõem o piso da área do box. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
Apesar da mistura de estampas, a escolha por tons pastel do azul, tanto nos revestimentos quanto nos objetos, proporciona harmonia à decoração da Suíte da Jovem, projetada por Vanessa de Barros. No ambiente íntimo, destaque para a banheira vitoriana. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
No Estúdio de 68 m², desenvolvido pelas arquitetas Agnes Manso e Alice Miglorancia, o banheiro tem revestimento monocromático, todo em pastilhas azuis. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
Uma paleta de cor neutra predomina na casa do meio-campista Oscar, em Americana (SP), com o complemento de elementos coloridos e estampados. O projeto de arquitetura é de Aquiles Kílaris e o design de interiores é de Iara Kílaris Leandro Farchi/ Divulgação

Mais
Este refúgio rústico foi montado dentro de um contêiner pela arquiteta Cristina Menezes. Todo revestido por réguas de ipê, o interior ficou mais quente e ganhou textura, ressaltada pela iluminação embutida no forro. O banco com design de Paulo Alves e a mesa de jantar em linhas retas - mais modernos - combinam com o tapete de pele e a poltrona Paulistano, em couro, com desenho de Paulo Mendes da Rocha Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
Com pé-direito amplo e estrutura do telhado à vista, a arquiteta Flávia Ralston enfatizou o tom rústico do projeto que possui também bancos e mesas de apoio (central e lateral) feitas de tocos de troncos e galhos Ronaldo Canale/ Divulgação

Mais
O ambiente "36 x 10 = 360", desenvolvido pelo arquiteto João Armentano, está instalado em meio ao jardim projetado pelo paisagista Gilberto Elkis. O espaço tem portas pivotantes de vidro (Guardian), que integram o interior mobiliado com precisão e equilíbrio à paisagem externa, mais orgânica. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
O ambiente "36 x 10 = 360", desenvolvido pelo arquiteto João Armentano, está instalado em meio ao jardim projetado pelo paisagista Gilberto Elkis. No interior, a decoração é pautada em poucos elementos. A parede espelhada, ao fundo, dá uma sensação de amplitude ao espaço. A 28ª edição da Casa Cor SP apresenta 79 ambientes até dia 20 de julho de 2014, no Jockey Club de São Paulo, na Av. Lineu de Paula Machado, 1173. Outras informações: www.casacor.com.br Katia Kuwabara/UOL

Mais
O living, com dimensões bem reduzidas, foi inteiramente revestido por cimento queimado com aparência de concreto, a fim de criar uma base neutra para a decoração. O sofá em "L", da Gallery, ganhou tecido cinza em contraste com o tapete roxo, da Phenicia Concept. Destaque para o quadro com foto feita por Adriana Duque, da Galeria Zipper, e para a cadeira de papelão desenhada por Frank Gehry, para a Vitra, disponível na Micasa. O loft Vila Leopoldina tem projeto de reforma do arquiteto Diego Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
Apesar da área reduzida, a disposição dos móveis junto às paredes facilitou a circulação pelo living. O sofá em "L" é seguido pela mesa que apoia a luminária de papel reciclado Trash Me, do designer Victor Vetterlein (em primeiro plano). O loft Vila Leopoldina tem projeto de reforma do arquiteto Diego Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
Desenhada pelo arquiteto Diego Revollo, que também assina o projeto de reforma do Loft Vila Leopoldina, a mesa de jantar é estruturada por uma superfície de quartzo amarela. O móvel se prolonga formando uma prática bancada para a cozinha. Os armários planejados, na cor vinho, foram executados pela Florense e embutem os eletrodomésticos Alain Brugier/ Divulgação

Mais
A cozinha apresenta atmosfera vibrante graças às tonalidades escolhidas: vinho para os armários executados pela Florense e amarelo para a bancada com cooktop que se prolonga e forma a mesa de jantar. O Loft Vila Leopoldina tem projeto de reforma assinado pelo arquiteto Diego Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
O mesmo cimento queimado que reveste os ambientes sociais aparece no banheiro, que tem ainda armário preto, bancada e prateleiras em laca cinza e cuba de acrílico. O projeto de reforma do Loft Vila Leopoldina leva a assinatura do arquiteto Diego Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
A banheira revestida em limestone recebeu fechamento em vidro na parte superior e foi estrategicamente colocada junto à janela, de modo que o proprietário pudesse apreciar a paisagem da cidade durante o banho. O projeto de reforma do Loft Vila Leopoldina leva a assinatura do arquiteto Diego Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
O home theater ficou confortável com o apoio de vários elementos: a mesinha de tauari (à dir.), desenhada pelo arquiteto Diego Revollo e executada pela Marcenaria Freire's; a banqueta com assento em pele de carneiro, da Conceito Firma Casa, e a cadeira Paulistano, desenhada pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha, disponível na Dpot. Na sala de jantar, à esquerda, as cadeiras são de Charles Eames para a Artesian. O projeto de reforma do Loft Vila Leopoldina leva a assinatura de Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
O home theater ficou confortável com o apoio de vários elementos: a mesinha de tauari (à dir.), desenhada pelo arquiteto Diego Revollo e executada pela Marcenaria Freire's; a banqueta com assento em pele de carneiro, da Conceito Firma Casa, e a cadeira Paulistano, desenhada pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha, disponível na Dpot. Na sala de jantar, à esquerda, as cadeiras são de Charles Eames para a Artesian. O projeto de reforma do Loft Vila Leopoldina leva a assinatura de Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
O painel de ladrilhos decorados dá um toque de brasilidade ao Banheiro do Casal, criado por Patricia Sepulcri, Helena Pinho e Aparecida Borges. A terceira edição da mostra Morar Mais por Menos Vitória fica em cartaz até dia 15 de junho de 2014, em duas casas vizinhas na Rua Francisco Rubim, 273 e 317, na capital capixaba. Outras informações: www.morarmais.com.br Weverson Rocio/Divulgação

Mais
Piso e nichos revestidos por pastilhas amarelas de vidro e o tonel transformado em cuba se destacam no Banheiro Social, criado por Juliano Müller. A terceira edição da mostra Morar Mais por Menos Vitória fica em cartaz até dia 15 de junho de 2014, em duas casas vizinhas na Rua Francisco Rubim, 273 e 317, na capital capixaba. Outras informações: www.morarmais.com.br Weverson Rocio/Divulgação

Mais
Neste living, a arquiteta Adriana Bijarra Cuoco optou pelos contrastes sutis, mesclando tons pastel de rosa, na cortina, e cinza, no sofá, ao branco das poltronas e à madeira. Repare que as cores mais intensas são das escalas do bege e do marrom, em uma contraposição interessante de frios e quentes Divulgação

Mais
Neste living, idealizado pelo escritório Abreu Borges Arquitetos, pode-se observar o uso mais atual dos tons pastel: com a predominância do bege, as pinceladas de cores mais vibrantes ficam restritas aos detalhes, como nas almofadas sobre o sofá chesterfield, na cúpula da luminária e nas obras de arte. O resultado é um ambiente aconchegante Marcelo Magnani/ Divulgação

Mais
Bege claro é a base da decoração desta sala, composta também por elementos marrons, brancos e amadeirados. O projeto da arquiteta Cilene Monteiro Lupi ganha dinamismo pela conjunção de texturas e padronagens Divulgação

Mais
Na proposta das arquitetas Ana Rozenblit e Sabrina Salles, da Spaço Interior, tons de beges e pitadas de marrom aquecem o living. O branco aqui é um requadro para as cores que deixaram o ambiente acolhedor, como desejava o cliente Edison Ferreira/ Divulgação

Mais
O bege claro foi usado em abundância pela arquiteta Elaine Gonzalez, do escritório UMM Arquitetura, que recorreu às listras na poltrona para criar um contraponto no espaço Kelly Paciullo/ Divulgação

Mais
A madeira cumaru, que forma toda a estrutura da casa, também compõe a decoração do living. O material está em bancadas, bufês, estantes e aparadores. Localizada em Carapicuíba (SP), a Casa Vila Taguaí foi projetada pelos profissionais Cristina Xavier e Hélio Olga Leonardo Finotti/UOL

Mais
Na ala íntima, um pequeno hall abriga a cuba do banheiro e serve também como lavabo. Desse espaço é possível visualizar o vão da escada. O projeto da Casa Vila Taguaí, situada em Carapicuíba (SP), é dos profissionais Cristina Xavier e Hélio Olga Leonardo Finotti/UOL

Mais
O living da Casa Vila Taguaí, projetada pelos profissionais Cristina Xavier e Hélio Olga, explora a beleza do cumaru em seu aspecto natural, sem qualquer tratamento, compondo paredes, piso e laje. Integrados, os ambientes de estar e jantar desfrutam da vista da Mata Atlântica através das fachadas de vidro. Na decoração, destaque para a cadeira de balanço, herança de família, e os quadros na sala de jantar, de autoria do arquiteto João Xavier Leonardo Finotti/UOL

Mais
A cozinha, com mesa de refeições, tem espaço suficiente para o preparo de pratos rápidos e lanches Leonardo Finotti/UOL

Mais
A cozinha dos arquitetos Lucas Sonnewend e Natália Traunmüller preza pela descontração e rusticidade. A parede de tijolinhos contrasta com a modernidade dos eletrodomésticos em inox, enquanto o colorido vem dos azulejos portugueses Divulgação

Mais
A parede revestida de pastilhas Vidrotil, assim como a mesa de refeições, recoberta por azulejos pintados à mão, deram o colorido a essa pequena cozinha projetada pelo escritório Oito Arquitetura Divulgação

Mais
O living da casa de campo "Escape" conta com um teto abobadado que melhora a ventilação no espaço. A lareira embutida na parede (à dir.), onde está colocada a TV de tela plana, ajuda a dar um clima aconchegante ao ambiente. Desse ângulo é possível verificar a integração dos cômodos do motorhome com 37 m² internos, localizado próximo à cidade de Chetek, no estado de Wisconsin (EUA) Canoe Bay/Divulgação

Mais
O living (à esq.) da casa de campo "Escape" é separado da varanda por portas francesas de madeira. Desenhada por Dan George, proprietário da casinha, em conjunto com o escritório de arquitetura SALA Architects, a construção é definida como trailer ou motorhome "para recreação", podendo ser transportada sobre um chassi de caminhão e "estacionada" no local onde o dono desejar Canoe Bay/Divulgação

Mais
O banheiro da casa de campo "Escape" tem piso aquecido e armários em madeira em sintonia com a estrutura principal da residência. Quem adquire a edificação não pode aumentar sua dimensão (limitada em 37 m² para os espaços internos), porque a desqualificaria como uma casa móvel, porém o projeto dá liberdade para que elementos sejam personalizados, como o revestimento do box Canoe Bay/Divulgação

Mais
O ambiente desenhado por Juliana Lyra e Kika Chroniaris é um "Coworking", ou seja, um escritório compartilhado onde profissionais autônomos trabalham de forma independente. Na pequena cozinha, o colorido do acabamento dos armários e dos eletros dá um ar divertido ao espaço. A primeira edição da Casa Cor Alagoas fica em cartaz até dia 11 de maio de 2014, na Rua Aristeu de Andrade, 256, em Maceió. Outras informações: www.casacor.com.br/alagoas Luiz Eduardo Vaz/Divulgação

Mais
O Espaço Varanda do Alto, uma criação da dupla Ceres Vasconcelos e Ana Carolina Vasconcelos, tem como inspiração os lofts contemporâneos. Os pontos de luz destacam de um lado, o volumoso jardim vertical e na parede oposta, o revestimento com desenhos geométricos. A primeira edição da Casa Cor Alagoas fica em cartaz até dia 11 de maio de 2014, na Rua Aristeu de Andrade, 256, em Maceió. Outras informações: www.casacor.com.br/alagoas Luiz Eduardo Vaz/Divulgação

Mais
Na cozinha do Espaço das Pequenas Empresas, desenhada por Adriana Codá, as cores intensas aplicadas ao mobiliário dão vivacidade à ambientação. A fim de retratar o estado de Alagoas, o ambiente recebeu produtos de decoração regionais. A primeira edição da Casa Cor Alagoas fica em cartaz até dia 11 de maio de 2014, na Rua Aristeu de Andrade, 256, em Maceió. Outras informações: www.casacor.com.br/alagoas Luiz Eduardo Vaz/Divulgação

Mais
Na cozinha do Espaço das Pequenas Empresas, desenhada por Adriana Codá, as cores intensas aplicadas ao mobiliário dão vivacidade à ambientação. A fim de retratar o estado de Alagoas, o ambiente recebeu produtos de decoração regionais. A primeira edição da Casa Cor Alagoas fica em cartaz até dia 11 de maio de 2014, na Rua Aristeu de Andrade, 256, em Maceió. Outras informações: www.casacor.com.br/alagoas Luiz Eduardo Vaz/Divulgação

Mais
Para os moradores desse apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ), a cozinha é o espaço mais importante da casa. Para prover uma atmosfera mais jovial e alegre, o projeto da arquiteta Fátima Freire, apostou na combinação de armários com portas laqueadas azuis (Favo Móveis), eletrodomésticos em aço inox e acessórios laranja Divulgação

Mais
Para a cozinha desse apartamento em São Caetano do Sul (SP), as arquitetas Cinthia Garcia e Andréia Karalkovas optaram pelo tom berinjela. Em harmonia com o branco dos armários, a cor aparece na bancada em silestone koan, executada pela Navona Mármores, e na parede revestida com pastilhas de vidro fornecida pela De Stjil Revestimentos J. Vilhora/ Divulgação

Mais
Para a cozinha desse apartamento em São Caetano do Sul (SP), as arquitetas Cinthia Garcia e Andréia Karalkovas optaram pelo tom berinjela. Em harmonia com o branco dos armários, a cor aparece com intensidade na bancada em silestone koan, executada pela Navona Mármores J. Vilhora/ Divulgação

Mais
No Flat Praiano, desenhado pela arquiteta Danielle Magero, a porta de vidro temperado, na cor azul vibrante, integra a cozinha à sala, quando necessário. À esquerda, uma das paredes recebeu revestimento cerâmico com volumetria. A Casa Cor Pernambuco fica em cartaz até dia 27 de abril de 2014, na Av. Beira Mar, 1320, em Jaboatão dos Guararapes. Outras informações: www.casacor-pe.com.br Felipe Araújo/Divulgação

Mais
O sótão do casarão na orla da praia de Piedade (PE) recebeu o projeto de Diogo Viana, decorado em tons do vermelho. No teto, o forro de madeira acompanha a inclinação e dá aconchego ao ambiente. A 17ª edição da Casa Cor Pernambuco fica em cartaz até dia 27 de abril de 2014, na Av. Beira Mar, 1320, em Jaboatão dos Guararapes. Outras informações: www.casacor-pe.com.br Felipe Araújo/Divulgação

Mais
Na sala da família (46,8 m²), o arquiteto Leonardo Junqueira reforçou o clima campestre com a boiserie (revestimento de parede em madeira, com "molduras"), a lareira, a estante e as vigas patinadas no teto, executadas pela Fabricca Marcenaria. O floral dos sofás (Paschoal Ambrósio) compõe com o delicado xadrez da cortina e o padrão listrado do tapete. A poltrona bergère de couro e a mesa de pinho de riga e ferro, da Stile Doc, formam o estar arrematado pelo lustre de madeira J. Vilhora/ Divulgação

Mais
A arquiteta Cristiane Schiavoni criou uma composição de espelhos para decorar o banheiro. A textura da parede foi feita com revestimento cerâmico Paulo Brenta/ Divulgação

Mais
Para comportar os livros do pequeno morador da casa, a arquiteta Camila Klein projetou prateleiras em vidro, que foram instaladas no espelho. Sob a bancada há um móvel com degraus, que serve para as crianças alcançarem a pia, que recebeu acabamento em laca azul, a mesma cor das pastilhas que revestem a área molhada Divulgação

Mais
Objetos de decoração também têm vez no banheiro. Nesse projeto da arquiteta Cinthia Garcia e da designer de interiores Andréia Karalkovas, duas "matrioskas" - que são organizadores com gavetinhas - dão charme à bancada da pia. Repare que as peças dialogam com o os tons aplicados no barrado da parede J. Vilhora/ Divulgação

Mais
O mezanino do primeiro pavimento cria uma convivência aberta, dentro do que seria área íntima da casa N, em Moscou - todo este andar está ocupado pela suíte máster do casal. O espaço tira proveito da fachada frontal envidraçada para captar luz e "ampliar" a sensação de espaço. A reforma da residência russa é um projeto do escritório alemão 4a Architekten Dmitry Chebanenko/ Divulgação

Mais
A escada-caracol liga a sala de estar ao hall da suíte, instalado no mezanino do primeiro andar. O guarda-corpo estruturado em metal tem acabamento em carvalho (corrimão), o que cria uma continuidade em relação ao piso e aos degraus. O mezanino serve como elemento de integração entre a área privativa do casal e o exterior da casa N, devassado pela enorme fachada de vidro. O projeto de reforma desta residência russa é do escritório alemão 4a Architekten Dmitry Chebanenko/ Divulgação

Mais
No pavimento superior, uma saleta íntima precede o corredor de acesso aos dormitórios. Esse espaço possui atmosfera acolhedora e é muito usado pela família. Destaque para a mescla harmônica de materiais, como concreto, madeira, pedra e vidro. A Casa FG foi projetada pelo escritório Reinach Mendonça Arquitetos Associados Nelson Kon/ Divulgação

Mais
Na cozinha, para aproveitar o azulejo original "antiguinho" do apartamento alugado, as arquitetas Roberta Moura, Paula Faria e Luciana Mambrini escolheram uma mesa e quatro cadeiras (Tok&Stok) em estilo retrô. O armário foi projetado pela Marcenaria Monte Sião e tem acabamento em laca branca Juliano Colodeti/ MCA Estúdio/ Divulgação

Mais
Para dar um toque de cor ao banheiro com bancada e piso brancos, o escritório Rocha Andrade Arquitetura aplicou um mix de pastilhas (Portobello - www.portobello.com.br) em uma das paredes do box Divulgação

Mais
No banheiro projetado pela arquiteta Graziela Arruda, as miúdas pastilhas na cor verde foram assentadas em toda extensão do box e do piso do ambiente. O revestimento vibrante deixa o espaço "fresco" e não se torna cansativo, pela combinação neutra com o branco de parte das paredes, mobiliário e louças Divulgação

Mais
No projeto da arquiteta Ana Andrade, a cozinha ganha personalidade com a aplicação de ladrilhos hidráulicos à estreita parede entre a bancada e os armários. O revestimento tem desenhos variados com aspecto envelhecido proposital Divulgação

Mais
Para quebrar com o branco da bancada do banheiro, as arquitetas Claudia Pimenta e Patricia Franco escolheram uma cuba em amarelo claro e aplicaram pastilhas alaranjadas em parte das paredes Divulgação

Mais
A cortina que explora o amplo pé direito do Living, assinado por Ivan Hellmeister, é inspirada nos efeitos visuais da lapidação das pedras preciosas. Com o sofá e as paredes neutras, o designer investiu em tons quentes e avermelhados. A Casa Cor Interior SP fica em cartaz até dia 15 de dezembro de 2013, na rua Hide Maluf 400, em Piracicaba. A mostra já passou pela cidade, em 2008, além de Araraquara, São José do Rio Preto e Sorocaba. Outras informações: www.casacor.com.br/interiorsp Divulgação

Mais
Letícia Rocha, Paula Orsi e Larissa Rodrigues criaram a Sala Íntima que teva tinta mineral (natural e atóxica) em suas paredes. A mostra Morar Mais por Menos Campo Grande segue em cartaz até dia 15 de dezembro de 2013, no Rádio Clube Cidade - Rua Padre João Crippa, 1280, na capital sul-mato-grossense Gilson Barbosa/ Divulgação

Mais
O Living, da arquiteta Larissa Chady, é equipado com móveis e objetos de decoração leves. A Casa Cor Pará fica em cartaz até dia 1º de dezembro de 2013, na Av. Conselheiro Furtado, 100, em Belém. Outras informações: www.casacor.com.br/para Dilermando Cabral Jr./ Divulgação

Mais
O Loft High Tech, criado pelas arquitetas Andréa Riccio e Ana Claudia Peres e pelo engenheiro de automação Sérgio Andrade, tem decoração confortável e eletrônicos totalmente controlados por controle remoto, tablet ou teclado na parede. Na foto, o living. A Casa Cor Pará fica em cartaz até dia 1º de dezembro de 2013, na Av. Conselheiro Furtado, 100, em Belém. Outras informações: www.casacor.com.br/para Dilermando Cabral Jr./ Divulgação

Mais
Uma das tendências da Iquine para o ano de 2014, a paleta "Unidunitê" apresenta os meios-tons energéticos apoiados numa série de tonalidades do cinza-claro. Na cozinha (foto), o "Amarelo Canário" e o azul "Pindaré" deixam o ambiente alegre e luminoso Divulgação

Mais
Para este apartamento que vem com a planta original em aberto, a arquiteta Ana Bartira recorreu à integração dos espaços sociais para driblar a área reduzida de 70 m². Como o jovem casal de moradores gosta de receber amigos, Bartira criou dois espaços, o estar e o home theater, delimitados apenas pelos móveis. Outro artifício para aproveitar a área foi o uso da marcenaria modulada que contorna o ambiente na forma de aparador e se transforma e uma estante com nichos Divulgação

Mais
Pensando na privacidade do jovem casal de moradores, a arquiteta Ana Bartira delimitou a área social do espaço dedicado à suíte com painéis de correr em madeira laqueada, combinados a outros revestidos por fotografias e integrados por nichos. Os tons de turquesa e cinza criam uma atmosfera chique e descontraída. Em vez de forro, a iluminação foi instalada em trilhos no teto para não reduzir o pé-direito do imóvel Divulgação

Mais
No Estar Íntimo da Suíte do Executivo, assinada por Bruno Carvalho e Camila Avelar, as paredes foram revestidas com painéis de madeira tauari e papel reciclado da Orlean. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
No Living do Casal, desenhado por Cristina Bezamat e Laura Bezamat, tons de branco e off-white se alinham à madeira e aos diferentes azuis que pontuam o tapete e alguns móveis e objetos. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
Duda Porto assina a Casa de Fim de Semana, que conta com um sistema de captação de energia solar que atua em todos os ambientes e está programado para armazenar o excedente da energia produzida e não consumida.No living, as paredes revestidas por pedra e o teto de madeira dão aconchego e "quentura" ao ambiente. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
A parede de tijolinhos com junta seca e os drops de cor em amarelo e azul são os destaques da Cozinha Light, assinada por Ketlein Amorim. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
A parede de tijolinhos com junta seca e os drops de cor em amarelo e azul são os destaques da Cozinha Light, assinada por Ketlein Amorim. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
A Ala dos Adolescentes, criada por Mariana Dornelles, Fillipi Sartori e Luciana Arnaud, conta com uma área de convívio bem colorida. No espaço, há um futon apoiado em uma superfície de madeira e uma mesa de estudos para duas pessoas. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
The Loft, criado por Paula Neder, possui cores vibrantes pinceladas sobre a base cinza. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
No Living do Apartamento de Temporada, assinado por Roberto Migotto, predomina o tom acqua, pontuado por variações de tons de verde, beges e branco. Na foto, a varanda. A 23ª edição da Casa Cor Rio segue até 18 de novembro de 2013, na Av. dos Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Outras informações: www.casacor.com.br/riodejaneiro Divulgação

Mais
O "Cubic Microdepartamento", criado por Bárbara Fernández, agrupa em um móvel as funções primordiais de uma casa. Nesta face interna, a cozinha. A Casa Cor Chile fica em cartaz até dia 10 de novembro de 2013, na Avenida Las Condes 11.755, em Santiago Divulgação

Mais
As poltronas (à esq.) de espaldar alto e acabamento em capitonê se destacam na ambientação do "Living y Comedor", assinado por Julio Maturana. A Casa Cor Chile fica em cartaz até dia 10 de novembro de 2013, na Avenida Las Condes 11.755, em Santiago Divulgação

Mais
Prêmio Deca "Um Sonho de Banheiro" - 2013, vencedor na categoria Construtora: Carlos Rossi. A premiação está em sua 18ª edição e ao longo dos anos recebeu cerca de 10 mil projetos e premiou mais de 220 profissionais Divulgação

Mais
Prêmio Deca "Um Sonho de Banheiro" - 2013, vencedor da etapa regional Sudeste na categoria Residencial: Clara Madalon. A premiação está em sua 18ª edição e ao longo dos anos recebeu cerca de 10 mil projetos e premiou mais de 220 profissionais Divulgação

Mais
Por dentro, o bege original - usado a fim de mimetizar a pele de seus moradores - foi substituído pelo branco. Na imagem, a cozinha da Casa Bola, projeto de Eduardo Longo Leandro Moraes/ UOL

Mais
Na cozinha, uma prateleira acomoda os copos e outros utensílios, além de um espelho e uma fruteira - de onde provém o ponto de cor concentrada no ambiente. Com cantos arredondados, a bancada se estende da pia (à dir.), ao cooktop. Para a melhor iluminação da área de preparo dos alimentos, uma luminária que lembra as iluminações públicas. A Casa Bola tem projeto do arquiteto Eduardo Longo Leandro Moraes/ UOL

Mais
Da abertura circular é possível avistar a cozinha da Casa Bola, que foi construída em 1970 e tem projeto do arquiteto Eduardo Longo. Os móveis monocromáticos possuem cantos arredondados. Tais características não são despropositadas, elas servem para criar uma percepção mais ampliada do espaço interno Leandro Moraes/ UOL

Mais
No living, os sofás também são parte do corpo da Casa Bola, ligados à estrutura principal da construção. O estofamento é feito com couro claro e, no chão, o tapete é marrom escuro, criando um contraste às superfícies brilhantes e quase totalmente brancas. A residência é assinada pelo arquiteto Eduardo Longo Leandro Moraes/ UOL

Mais
Na foto, um dos banheiros da Casa Bola. O arquiteto Eduardo Longo, responsável pela obra, optou por incorporar o vaso sanitário à estrutura da residência. Para isso, teve que estudar o funcionamento do equipamento e desenvolver uma forma adaptada e compatível ao projeto Leandro Moraes/ UOL

Mais
Obras de arte, marcenaria volumétrica, jardim vertical e pedra no pórtico (ao fundo, à esq.): esses são alguns elementos que ambientam o Estar Íntimo, criado por Fabiane Cal Amorim Lessa. Dividida em duas mostras, a 19ª Casa Cor Bahia segue até dia 03 de novembro de 2013 nos estacionamentos do Shopping Iguatemi, em Salvador, e do Boulevard Shopping, em Feira de Santana Xico Diniz/ Divulgação

Mais
Na cozinha planejada da Linea Mobili (www.lineamobili.com.br), as portas dos armários ganharam cores vibrantes, aplicadas na madeira com a técnica da pintura automotiva. O móvel conta com estreita mesa com duas banquetas para refeições rápidas Divulgação

Mais
Em um espaço em L, a cozinha funcional e compacta acomoda uma pequena mesa para as refeições. Os nichos abertos organizam os objetos e garantem uma decoração com itens do dia a dia. A Casa Brasileira, nova franquia de móveis planejados da Unicasa Móveis (detentora também das marcas Dell Anno e Favorita), executa o projeto para ambientes menores Adriana Lorete/ Divulgação

Mais
Casa Cor MG - 2013: As arquitetas Juliana Couri e Natacha Nascif transformaram a antiga lavanderia da casa em uma Sala. O espaço tem como elemento principal a parede de cobogós - pintada de branco - que foi contrastada com as demais superfícies pintadas de vermelho. Para balancear, o mobiliário não tem peças de muito destaque Divulgação

Mais
Casa Cor MG - 2013: A "Pocket House", criada pela arquiteta Cristina Menezes, é estruturada em um container naval de 28,89 m², com fechamentos em vidro que garantem a boa iluminação natural. Na decoração, destaque para o banco Charlotte, do designer Paulo Alves (Butzke) e para uma das luminárias (conjunto de pendentes, em frente à foto do indígena) desenvolvidas pela parceria da La Lampe, do designer Marcelo Rosenbaum, estúdios Nada Se Leva e Fetiche Design e os índios Yawanawás, do Acre Divulgação

Mais
Casa Cor MG - 2013: A proposta da arquiteta Estela Netto ao projetar o Gazebo foi criar um diálogo com a locação da Casa Cor, uma residência projetada por Oscar Niemeyer na década de 1950. Assim, Netto empregou peças consagradas de designers nacionais como Etel Carmona e Sérgio Rodrigues Divulgação

Mais
Casa Cor MG - 2013: Projetada por Pedro Lázaro, a Sala Minas Gerais se consolida a partir de conceitos inerentes à cultura mineira: a inspiração inicial é barroca, mas o que se torna visível são os contrastes entre os grandes planos envidraçados e volumes em aço carbono, além do piso e parede em pedra sabão e da cobertura em madeira Divulgação

Mais
A integração dos espaços resultou em ambientes amplos e repletos de luminosidade natural. Cortinas de linho JRJ, confeccionadas por Mônica Bagatelli, criam uma atmosfera agradável para a sala de jantar, que tem mesa redonda com tampo de vidro, cadeiras da Montenapoleone e um lustre do século 19. À direita, a coluna de alabastro com busto de biscuit separa o jantar da sala íntima, equipada com chaise em couro cinza. O projeto de reforma e interiores é do designer de interiores Oscar Mikail Thiago Travesso/ Divulgação

Mais
Com projeto de reforma e decoração do designer de interiores Oscar Mikail, o apartamento com vista para a Paulista exibe ambientes elegantes compostos com base na equilibrada mescla de estilos. É o caso do home theater que conta com um quadro veneziano de 1850, um sofá de linho cinza - da Casa Matriz -, um par de poltronas de mogno anos 1940 e um tapete persa do século 19, além da mesa de aço e vidro da Staten. Sobre ela, coleção de caixas francesas e vaso de Murano Thiago Travesso/ Divulgação

Mais
O AP 1.211, assinado por Alan Chu, recebeu placas de limestone (Mont Blanc Mármores e Granitos) no piso, forro de madeira de demolição (O Relicário) e revestimento cerâmico esmaltado e branco - Antigua - nas paredes. Tal elemento reflexivo, tipo tijolinho, é muito usado em restaurantes. Uma escada (à esq.) metálica em espiral (Serralheria Cabral) faz a circulação vertical para o mezanino Djan Chu/ Divulgação

Mais
O tampo em aço inox (à esq.), da Mekal, para cozinha foi feito sob medida e se apoia sobre uma das caixas que organizam espaços e funções da área social do duplex de apenas 36 m², projetado pelo arquiteto Alan Chu. São esses caixotes que "estocam" os equipamentos da despensa e da cozinha, além de abrigar TV, CDs e outros elementos típicos de uma sala de estar. A marcenaria é Art Mad Djan Chu/ Divulgação

Mais
O box da linha Extra Clear, da marca Pacaembu Vidros (www.pacaembuvidros.com.br), é adaptável às dimensões exigidas pelo projeto do banheiro. Estruturado em vidro temperado com espessura de 8 mm, o item tem valor variável de acordo com o projeto solicitado. Na foto, projeto da design de interiores Liliane Carneiro Paulo Falcão/ Divulgação

Mais
O kit Elegance, da Idea Glass (www.ideiaglass.com.br ), mede 1,5 m²; 2 m² ou 2,5 m² e é estruturado em aço inoxidável - resistente à corrosão e 100% reciclável - e vidro temperado (8 mm). | Consulte o fornecedor para outras informações Divulgação

Mais
O box fixo, da Interbox (www.interbox.com.br), se adapta ao projeto do banheiro. Estruturado em perfis de alumínio e panos de vidro temperado incolor (8 mm), o box é ideal para banheiros de uso coletivo. Na foto, projeto da arquiteta Aline Antoniassi. | Consulte o fornecedor para outras informações Divulgação

Mais
Da Interbox (www.interbox.com.br), o box com abertura de giro tem dimensões adequáveis ao desejo do cliente. Com perfis em alumínio e estrutura de vidro temperado incolor (8 mm). Na foto, projeto da arquiteta Renata Mueller. | Consulte o fornecedor para outras informações Divulgação

Mais
O box Inox Style, da Blindex (www.blindex.com.br), possui medidas de vãos máxima e mínima de acordo com o ambiente. | Consulte o fornecedor para outras informações Divulgação

Mais
O box Inox Style, da Blindex (www.blindex.com.br), possui medidas de vãos máxima e mínima de acordo com o ambiente. | Consulte o fornecedor para outras informações Divulgação

Mais
Para aproveitar melhor a metragem do espaço e transformar a sala de estar em home theater, as arquitetas Débora Stefanelli e Pérola Machado optaram pelo mobiliário sob medida: o sofá em "L"; a mesa de centro com pufe que pode servir como assento; o aparador, atrás do sofá, usado como apoio para o bar e a estante composta por portas ripadas. À esquerda, o quadro da Galeria Emma Thomas dá cor ao ambiente Bernardo Paglia/ Divulgação

Mais
A composição da copa-cozinha se dá através de uma base branca, "aquecida" pela madeira do mobiliário. Para uso diário da família, foi instalada, junto à bancada, a mesa com duas cadeiras e banco estofado de três lugares. As arquitetas Débora Stefanelli e Pérola Machado assinam o projeto de reforma e interiores do apartamento no bairro de Perdizes, em São Paulo Bernardo Paglia/ Divulgação

Mais
Os arquitetos Fabrício Cardoso e Isabel Flecha de Lima assinam o Espaço Design, onde há emprego de fibras naturais como o sisal, além do ferro e do teto de gamela. A 22ª edição da Casa Cor Brasília fica em cartaz até dia 05 de novembro de 2013. A mostra tem lugar no Setor das Indústrias Gráficas (SIG Quadra 01, lote 635), na capital federal. Outras informações: www.casacor.com.br/brasilia Daniel Mira/ Divulgação

Mais
Os 46 m² do Studio da Blogueira são assinados pela arquiteta e designer de interiores Thaciana Silveira. O espaço é neutro com pontos de cor, adamascados e recortes orgânicos. A 22ª edição da Casa Cor Brasília fica em cartaz até dia 05 de novembro de 2013. A mostra tem lugar no Setor das Indústrias Gráficas (SIG Quadra 01, lote 635), na capital federal. Outras informações: www.casacor.com.br/brasilia Daniel Mira/ Divulgação

Mais
Os arquitetos Hélio Albuquerque e Sônia Peres desenharam o Apartamento. Na sala de estar, uma parede de espelhos aumenta a sensação de espaço do ambiente. A 22ª edição da Casa Cor Brasília fica em cartaz até dia 05 de novembro de 2013. A mostra tem lugar no Setor das Indústrias Gráficas (SIG Quadra 01, lote 635), na capital federal. Outras informações: www.casacor.com.br/brasilia Daniel Mira/ Divulgação

Mais
Sarah James Dias e Leo Sommerlatte desenharam o Estar Criativo. O ambiente foi montado em um mezanino e destaca as cores do mobiliário e das obras de arte de artistas mineiros. A 7ª edição da mostra Morar Mais por Menos Belo Horizonte fica em cartaz até 29 de setembro de 2013. A exposição tem lugar na rua Engenheiro Bady Salum, 315, em Mangabeiras, na capital mineira. Outras informações: www.morarmais.com.br Gustavo Xavier/ Divulgação

Mais
Os tons sóbrios são a assinatura do Estar Íntimo, assinado por Maurício Bomfim. Destaque para a divisória estruturada com cobogós. A 7ª edição da mostra Morar Mais por Menos Belo Horizonte fica em cartaz até 29 de setembro de 2013. A exposição tem lugar na rua Engenheiro Bady Salum, 315, em Mangabeiras, na capital mineira. Outras informações: www.morarmais.com.br Gustavo Xavier/ Divulgação

Mais
Os tons sóbrios são a assinatura do Estar Íntimo assinado por Maurício Bomfim. Destaque para lareira (à dir.). A 7ª edição da mostra Morar Mais por Menos Belo Horizonte fica em cartaz até 29 de setembro de 2013. A exposição tem lugar na rua Engenheiro Bady Salum, 315, em Mangabeiras, na capital mineira. Outras informações: www.morarmais.com.br Gustavo Xavier/ Divulgação

Mais
A Saleta do Casal, assinada por Ivana Seabra, é pontuada por elementos coloridos, mas tem como base decorativa um tom neutro. A 7ª edição da mostra Morar Mais por Menos Belo Horizonte fica em cartaz até 29 de setembro de 2013. A exposição tem lugar na rua Engenheiro Bady Salum, 315, em Mangabeiras, na capital mineira. Outras informações: www.morarmais.com.br Gustavo Xavier/ Divulgação

Mais
Willemberg Lobato, ao desenvolver o conceito da Sala do Galerista, aplicou o mesmo tipo de estampa a uma das paredes, ao sofá e às luminárias do ambiente. A 7ª edição da mostra Morar Mais por Menos Belo Horizonte fica em cartaz até 29 de setembro de 2013. A exposição tem lugar na rua Engenheiro Bady Salum, 315, em Mangabeiras, na capital mineira. Outras informações: www.morarmais.com.br Gustavo Xavier/ Divulgação

Mais
Em toda a Casa Galeria, a alvenaria e o forro de gesso levam pintura acrílica branca comum, a fim de destacar pinturas, esculturas e fotografias distribuídas pelas paredes. A tela "Voz do Morro" (à esq.) é de Nuno Ramos. Arquitetura por Fernando Maculan e Mariza Machado Coelho Gabriel Castro/ Divulgação

Mais
Bem ao gosto das crianças, o banheiro dos filhos recebeu colorido vibrante com o gabinete em laminado vermelho e um banquinho amarelo que deixa a bancada na altura certa para a criançada. A Casa Urbana foi projetada pela arquiteta Paula Bittar Sergio Scripilliti/ Divulgação

Mais
A Sala de Almoço, da arquiteta Maria Cláudia Dias Avancini, possui elementos decorativos de ferro e fotos em grandes proporções (como a do "skyline", à esquerda). A 18ª edição da Casa Cor Espírito Santo fica em cartaz até 17 de setembro de 2013, no Boulevard Shopping Vila Velha (Rodovia do Sol, 5.000, Itaparica, Vila Velha (ES)). Outras informações: www.casacor.com.br/espiritosanto Sagrilo/ Divulgação

Mais
Na Sala Íntima, assinada por Rosana Rampazzo e Marcela Pretti, um dos "cantinhos" agrupa poltronas, quadros e luminárias em tom claro contínuo e ressaltado pela parede revestida por folhas de madeira. A 18ª edição da Casa Cor Espírito Santo fica em cartaz até 17 de setembro de 2013, no Boulevard Shopping Vila Velha (Rodovia do Sol, 5.000, Itaparica, Vila Velha (ES)). Outras informações: www.casacor.com.br/espiritosanto Weverson Rocio/ Divulgação

Mais
No Lounge do Office, criado por Fabiane Giestas, um cantinho chama a atenção: nele, a parede rústica e a iluminação cênica são combinadas à bela cadeira Chifruda, de Sérgio Rodrigues. A 18ª edição da Casa Cor Espírito Santo fica em cartaz até 17 de setembro de 2013, no Boulevard Shopping Vila Velha (Rodovia do Sol, 5.000, Itaparica, Vila Velha (ES)). Outras informações: www.casacor.com.br/espiritosanto Sagrilo/ Divulgação

Mais
O Loft da Chef, desenhado pelos arquitetos Fábio Pinho e Fábio Pantaleão, tem ambientação "clean" com base decorativa em tons claros. A 18ª edição da Casa Cor Espírito Santo fica em cartaz até 17 de setembro de 2013, no Boulevard Shopping Vila Velha (Rodovia do Sol, 5.000, Itaparica, Vila Velha (ES)). Outras informações: www.casacor.com.br/espiritosanto Weverson Rocio/ Divulgação

Mais
Sala do Loft do Advogado, projetado pelo arquiteto Sérgio Paulo Rabello. O espaço, em estilo clássico contemporâneo, apresenta tons escuros e marcenaria nas paredes. A 18ª edição da Casa Cor Espírito Santo fica em cartaz até 17 de setembro de 2013, no Boulevard Shopping Vila Velha (Rodovia do Sol, 5.000, Itaparica, Vila Velha (ES)). Outras informações: www.casacor.com.br/espiritosanto Sagrilo/ Divulgação

Mais
O Loft da Chef, desenhado pelos arquitetos Fábio Pinho e Fábio Pantaleão, tem ambientação "clean" com base decorativa em tons claros. A 18ª edição da Casa Cor Espírito Santo fica em cartaz até 17 de setembro de 2013, no Boulevard Shopping Vila Velha (Rodovia do Sol, 5.000, Itaparica, Vila Velha (ES)). Outras informações: www.casacor.com.br/espiritosanto Weverson Rocio/ Divulgação

Mais
Os fechamentos laterais em vidro são importantes para aumentar a entrada de luz natural, filtrada pela vegetação dos muros que ladeiam o terreno. Da sala de TV, é possível avistar a piscina (esq.) através de uma abertura que integra interiores e exteriores. Na Casa Pernambuco, projetada por Flavio Castro, as portas de correr são em alumínio Marcelo Scandaroli/ Divulgação

Mais
Pintura do artista plástico Amilcar de Castro, sobre a lareira em concreto, se destaca diante de outros objetos e esculturas da Galeria Almavera. Os móveis que compõem o ambiente são da Breton Actual, com exceção da mesa central, desenhada pelo arquiteto Flavio Castro, que assina o projeto da Casa Pernambuco Marcelo Scandaroli/ Divulgação

Mais
No mezanino, pavimento intermediário e amplo da Casa dos Pátios, há uma sala de leitura com 30 m². O espaço é decorado espartanamente por uma poltrona Shell, do Estudio Bola, e uma luminária de piso Rock, da Lumini. O projeto arquitetônico é do escritório AR Arquitetos Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Yara Mendes desenhou o Loft da Executiva e nas "abas" que lembram coxias embutiu armários, além de usar o recurso da "camuflagem" - projetando imagens ao fundo do espaço (da foto) - para esconder a cozinha e o banheiro que compõem o ambiente. A 20ª Casa Cor PR fica em cartaz até 15 de setembro de 2013, na Sede Social União Juventus (rua José Izidoro Biazetto, nº 1.000), em Curitiba. Outras informações: www.casacor.com.br/parana/ Manoel Guimarães/ Divulgação

Mais
Manuela Lamego, Sílvia Pedroso Xavier, Fabianne Brandalise e Karin Brenner criaram o Lounge com proposta rústica e destaque para arte e mobiliário nacionais. A 20ª Casa Cor PR fica em cartaz até 15 de setembro de 2013, na Sede Social União Juventus (rua José Izidoro Biazetto, nº 1.000), em Curitiba. Outras informações: www.casacor.com.br/parana/ Manoel Guimarães/ Divulgação

Mais
A arquiteta Renata Pisani criou o espaço Estar Gourmet. O destaque do ambiente é o revestimento cimentício da parede (à esq.) que imita pedra bruta. A 20ª Casa Cor PR fica em cartaz até 15 de setembro de 2013, na Sede Social União Juventus (rua José Izidoro Biazetto, nº 1.000), em Curitiba. Outras informações: www.casacor.com.br/parana/ Manoel Guimarães/ Divulgação

Mais
O Living e Jantar, assinado pelas arquitetas Fernanda Moura Borio e Luciana Moura, conta com jardim vertical (à dir.), além de painéis com recortes geométricos e iluminação cênica em sua composição. A 20ª Casa Cor PR fica em cartaz até 15 de setembro de 2013, na Sede Social União Juventus (rua José Izidoro Biazetto, nº 1.000), em Curitiba. Outras informações: www.casacor.com.br/parana/ Manoel Guimarães/ Divulgação

Mais
Na sala de estar predomina uma atmosfera acolhedora, com elementos chiques e rústicos num só tempo. Como o banco de madeira, da Dpot, as luminárias de vime da Artefacto Beach & Country e a mesa de centro da l'oeil. A Casa Iporanga foi reformada pela designer de interiores Marília de Campos Veiga Ricardo Breda/ Divulgação

Mais
Com todos os espaços da área social integrados, a beleza da arquitetura da década de 1970 sobressai. A pátina branca aplicada sobre as tesouras aparentes e no forro de madeira realçam o pé-direito alto e dão destaque à escada em madeira escura. A Casa Iporanga teve o projeto de reforma assinado pela designer de interiores Marília de Campos Veiga Ricardo Breda/ Divulgação

Mais
No projeto da designer de interiores Ingrid Hirsch, a sala do apartamento de 40 m² ganhou ares mais rústicos graças à pintura especial. As paredes foram cobertas com tinta que imita cimento queimado. O mix de estampas das almofadas, o chapéu pendurado na parede e o conjunto de móveis e objetos ao lado do sofá-cama conferem ainda mais charme e personalidade à decoração Igor Giroto/Divulgação

Mais
A lareira (à esq.) já existia neste living com 54 m², que se comunica com o jardim através das grandes janelas. A arquiteta Tania Bertolucci, responsável pela reforma da casa, acrescentou um degrau no volume e trocou o revestimento externo por mármore preto absoluto (Basalto Santo Antônio), combinado ao móvel de madeira laqueada. O duto da chaminé foi recoberto com espelho, ampliando visualmente o espaço Eduardo Liotti/ Divulgação

Mais
Para a cozinha do Loft do Publicitário, os arquitetos Antonio Ferreira Junior e Mario Celso Bernardes uniram a contemporaneidade das cores fortes aos eletrodomésticos de ar retrô e às peças antigas. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Katia Kuwabara/ UOL

Mais
Para a cozinha do Loft do Publicitário, os arquitetos Antonio Ferreira Junior e Mario Celso Bernardes uniram a contemporaneidade das cores fortes aos eletrodomésticos de ar retrô e às peças antigas. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Katia Kuwabara/ UOL

Mais
Única a optar pela temática "famosos", a arquiteta Simone Goltcher homenageia Fátima Bernardes e William Bonner com a Suíte do Casal. O espaço é dividido em dormitório e antessala, com destaque para o telão "touch" de 100 polegadas. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
Ao lado da sala do Loft do Italiano, projeto assinado pela dupla Andrea Pontes e Matteo Nunziati, há um jardim de inverno que complementa a decoração do estar. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
Ao lado da sala do Loft do Italiano, projeto assinado pela dupla Andrea Pontes e Matteo Nunziati, há um jardim interno que complementa a decoração do estar. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
Para a mostra, a arquiteta Francisca Reis projetou a Sala Íntima, um espaço aconchegante, pensado para toda a família, e decorado de modo sóbrio em tons amarronzados. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
Para a mostra, a arquiteta Francisca Reis projetou a Sala Íntima, um espaço aconchegante, pensado para toda a família, e decorado de modo sóbrio em tons amarronzados. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
A proposta da arquiteta Marília Caetano para a mostra é o ambiente Loft de Hóspedes, de 40 m². Para decorar o living, a profissional escolheu os tons de cinza e marrom. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
Para o Ateliê do Estilista, o profissional Bruno GAP projetou o living junto à área de trabalho. No espaço, as cores claras e texturas leves do mobiliário e dos objetos de decoração se aliam ao painel de madeira e ao piso com aparência de pedra natural. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
O Home Office Weekend, das arquitetas Monise Rosa e Isabella Narchi, é um ambiente para lazer e trabalho. Na área de estar, com TV, a "cortina verde" se alinha à decoração de cores sóbrias. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
O Home Office Weekend, das arquitetas Monise Rosa e Isabella Narchi, é um ambiente para lazer e trabalho. Na área de estar, com TV, a "cortina verde" se alinha à decoração de cores sóbrias. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
No Chalé do Velejador, assinado por Selma Tammaro, o living tem decoração em cores neutras. O papel de parede tem estampa com referência à vida dos velejadores e ao cenário beira-mar. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Kátia Kuwabara/ UOL

Mais
Os arquitetos Juan Germán Guardati, Román Renzi e Virginia Kahanoff gostam de dizer que o elemento predominante na Casa Caja - ou Patio - é "o branco". Isso porque, na verdade, tudo é branco e na cozinha não poderia ser diferente: com claraboia superior para entrada de luz natural, tem bancadas executadas em cimento branco. Por toda a construção, onde há alvenaria, há pintura branca. Só o piso ficou na cor natural do cimento, polido e resinado Leonardo Finotti/ UOL

Mais
O living com ambientes integrados e revestimento em cimento queimado no piso, parede e teto forma uma caixa cinza. Destaque para a poltrona Charles Eames, da Artesian, e para a luminária Xote.Co, da Bertolucci, cuja base é um tripé de freijó. O projeto de reforma do Loft Real Park é do arquiteto Diego Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
Para aquecer visualmente o aspecto frio do cimento queimado, o arquiteto Diego Revollo que assina o projeto de reforma do Loft Real Park, utilizou madeira cumaru nas portas de entrada e do lavabo. Já a estante vazada foi executada em pau-ferro natural pela Donalou Marcenaria. O sofá em linho cru, da Estar Móveis, com almofadas da Regatta, é combinado à mesinha lateral Wave Plus, da Érea, à luminária Tom Dixson, da Lumini, e à mesa de centro em Limestone Alain Brugier/ Divulgação

Mais
Em preto e cinza, a pequena cozinha tem móveis planejados da Artigiano e segue o estilo sóbrio e contemporâneo restante do Loft Real Park, cuja reforma foi projetada pelo arquiteto Diego Revollo Alain Brugier/ Divulgação

Mais
Pensado para uma jovem conectada à moda e beleza, o Loft da Blogueira é de autoria da arquiteta Adriana Noya. A 27ª Casa Cor SP segue até dia 21 de julho de 2013, no Jockey Club de São Paulo Katia Kuwabara/ UOL

Mais
As arquitetas Gabriella Saback e Ana Paula Munhoz desenvolveram a Sala Íntima, um ambiente predominantemente em tons claros e neutros, com pontuais elementos retrô. A 17ª Casa Cor Goiás, que abre as edições da franquia neste ano, segue até dia 25 de junho de 2013, no Setor Marista, em Goiânia Edgar César/Divulgação

Mais
O banheiro completamente branco tem bancada Corian e revestimentos Nanoglass - material obtido por microcristalização do vidro, pó de mármore e aglutinantes, resultante da aplicação da nanotecnologia (Artimex). As louças e metais são Deca; e os acessórios da Arte e Banho Xico Diniz/Divulgação

Mais
O projeto desta cozinha, assinado pela profissional Sandra Perito, previu o tampo da pia ajustável. O forno localiza-se em altura ideal para cadeirantes. E, para o acesso da lava-louças, contabilizou-se a área de manobras para a cadeira de rodas Divulgação

Mais
Na cozinha projetada pela arquiteta Sandra Perito, foram colocados os tampos de diferentes alturas. Note que o módulo com rodízio permite abrir espaço sob a bancada do cooktop para o cadeirante Divulgação

Mais
Na cozinha projetada pela arquiteta Sandra Perito, os armários são baixos e equipados com aramados que ficam visíveis ao cadeirante Divulgação

Mais
A cozinha da Casa PL, com arquitetura de Fernando Maculan e Pedro Morais, tem luz natural farta, que entra a partir de janelas de alumínio (Metalfer) e redomas de policarbonato translúcido sobre a cobertura ("bolas" no forro, por onde entra a luz solar). A bancada foi desenhada para Corian (Corrieri) Leonardo Finotti/ Divulgação

Mais
Na área do mezanino na casa de montanha, a arquiteta Flávia Quintanilha projetou o escritório, de onde é possível observar toda a movimentação na residência. O imóvel fica localizado no bairro Itaipava, em Petrópolis (RJ) Leonardo Finotti/ Divulgação

Mais
No ambiente decorado em tonalidades do azul, o papel de parede estampado da marca Eijffinger, comercializado pela Orlean, divide o espaço com uma composição de molduras vazias Divulgação

Mais
O revestimento da parede (no centro da imagem), da linha Seixos da Villagres, faz referência aos elementos encontrados no fundo dos rios. Uma simples composição de quadros e outros objetos em uma única prateleira na cor branca destaca o acabamento texturizado Divulgação

Mais
Na cozinha desenhada pelas arquitetas Flávia Soares e Patrícia Abreu, sobre as pastilhas de vidro que revestem toda a parede, as canecas na cor azul deixam o ambiente ainda mais charmoso Divulgação

Mais
No projeto assinado por FGMF Arquitetos, os painéis de ladrilho hidráulico desenhados pelo artista Fábio Flaks, em duas paredes do apartamento, compõem os ambientes e integram o andar inferior ao piso superior Divulgação

Mais
A Casa Maracanã, com projeto arquitetônico do escritório Terra e Tuma, possui pé-direito de 5,15 m possibilitando a instalação de um mezanino no nível da rua, onde estão a garagem e a entrada da casa. No inferior, a área social com estar, jantar e escritório é integrada ao jardim Pedro Kok/ Divulgação

Mais
Com o objetivo dar unidade ao projeto nos dois níveis do apartamento duplex, foram selecionados paleta de cores e materiais restritos e basicamente sóbrios. O projeto de reforma do duplex na Alameda Campinas, em São Paulo, é assinado por Maurício Arruda Fran Parente/ Divulgação

Mais
Para dar a sensação que o pé-direito é mais alto, foram retirados os rodapés das paredes. A iluminação do teto limita-se ao lustre sobre a bancada da cozinha e ao plafon próximo aos armários do quarto, peças - respectivamente - datadas dos anos 1960 e 70. Os interiores do duplex na Alameda Campinas são assinados pelo arquiteto Maurício Arruda Fran Parente/ Divulgação

Mais
A casa Acapulco, de Flavio Castro, tem quatro suítes e, em cada um dos banheiros, há em mosaico de pastilhas (Kolorines) de cor diferente, em três tons. Todavia, o revestimento é padrão, discreto e branco em três paredes e no piso. As janelas basculantes voltam-se para a fachada lateral direita, têm 90 cm x 90 cm e promovem a ventilação e iluminação naturais. Os metais e as louças são Deca, sendo o chuveiro do modelo Acqua Plus, monocomando Marcelo Scandaroli/ Divulgação

Mais
Na cozinha projetada pelas arquitetas Andrea Lucchesi e Carolina Razuk, os armários da marcenaria Santíssima Fé em laca na cor amarela dão vivacidade ao ambiente Divulgação

Mais
A partir do pedido do cliente, as tonalidades do vermelho foram largamente exploradas pela arquiteta Cristiane Schiavoni para a decoração do ambiente. "O cliente se sente em casa, aconchegado", conta a profissional Divulgação

Mais
No projeto das designers de interiores Fabiana Visacro e Laura Santos, da VS Design, o uso da mesma cor (o vermelho) nas paredes das salas de estar e jantar funcionam como um elemento integrador para os dois espaços Alexandre Lima/Divulgação

Mais
Combinada aos tons neutros, a cor verde escolhida pelas designers de interiores Fabiana Visacro e Laura Santos, da VS Design, para a decoração da cozinha, cria um ambiente acolhedor propício a este tipo de cômodo Alexandre Lima/Divulgação

Mais
Para a decoração da sala, a arquiteta Yáskara Idemori combinou a parede na cor Luxúria - R225 (Tinta Suvinil) com o sofá Flipper, assinado pelo designer Fernando Jaeger, revestido com tecido lona no tom verde escuro Divulgação

Mais
Nas casas projetadas por Cristián Undurraga em Zapallar, no Chile, o peso do concreto foi aliviado pelo uso extensivo do vidro emoldurado por esquadrias de alumínio. Destaque para as poltronas de couro e madeira com design de Cristián Valdés que ajudam a compor o living da residência Leonardo Finotti/ UOL

Mais
Valorizando ainda mais a arquitetura, nos interiores das Casas del Horizonte buscou-se utilizar poucos ornamentos, evidenciando o concreto aparente. O pilar compõe um nicho com a lareira e a escada de acesso ao pavimento superior. Destaque para o mobiliário assinado por Cristián Valdés e utilizado na decoração da residência projetada pelo arquiteto Cristián Undurraga em Zapallar, Chile Leonardo Finotti/ UOL

Mais
O tapete de náilon listrado é o destaque desta sala de estar projetada por Cristiane Schiavoni Divulgação

Mais
Na sala de estar, o vão sob a escada foi aproveitado para a criação de um recanto com peças artesanais. Piso vinílico no padrão madeira, da Highco Revestimentos, e mobiliário Fernando Jaeger e Tok&Stok compõem a área social. A Casa do Moinho foi projetada pela arquiteta Nora de Queiroz Leonardo Finotti/ Divulgação

Mais
O espaço de estar apresenta um clima acolhedor dado pela lareira cujo desenho valoriza o emprego de volumetria.O mobiliário do ambiente é basicamente composto por peças do designer Fernando Jaeger e da Tok&Stok. Brindada por uma intensa luminosidade natural, que só é filtrada por persianas rolô instaladas nas amplas portas de correr com cinco metros, a sala é aconchegante. A Casa do Moinho foi projetada pela arquiteta Nora de Querioz Leonardo Finotti/ Divulgação

Mais
Os espelhos reinam neste projeto de Aquiles Nícolas Kílaris: na parede, em forma de mosaico, e na mesa de centro. A cortina de tecido translúcido mantém a privacidade no local, mas não impede a entrada da luz Divulgação

Mais
A arquiteta Deborah Roig recorreu à madeira de demolição para delimitar a área da cozinha (8m²) deste loft de 150 m². Repare que para manter a unidade dos ambientes sociais ela usou um mesmo piso ebanizado. Em uma das paredes, o projeto previu a instalação do armário que embute a geladeira. Nas outras duas superfícies, a profissional distribuiu os eletrodomésticos e a cuba com bancada de trabalho Eduardo Girão/ Divulgação

Mais
Na cozinha do apartamento do arquiteto Gustavo Calazans, os armários originais do imóvel, que já eram pintados, foram repintados. À frente, a geladeira que herdou da família. Calazans assina o projeto de reforma e decoração de sua residência no bairro de Higienópolis em São Paulo (SP) Alexandre Kissajikian/Divulgação

Mais
O apê Lima e Silva, em "L", possui apenas 26 m² e foi dividido de forma a promover uma circulação inteligente entre os cômodos, garantindo a passagem de luz do dormitório e da cozinha para o living, sem perder a privacidade da área íntima. Da porta principal de entrada, pela sala de estar, chega-se ao banheiro passando pelo lado da estante, através do dormitório. A cama, por questões de circulação e privacidade, fica encostada à parede. O projeto de reforma é do arquiteto Vitor Hugo Rebello Junior MB/ UOL

Mais
Sala de Entrada assinada por Érique Moreira. A mostra Morar Mais por Menos em Campo Grande segue até 02 de dezembro de 2012, na Rua da Paz, n° 342. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e a visitação pode ser feita de de terça a domingo, das 16h às 22h Marcos Vollkopf/ Divulgação

Mais
Sala de Boas Vindas criada por Adélia e Sílvio Zaccur Haddad. A mostra Morar Mais por Menos em Campo Grande segue até 02 de dezembro de 2012, na Rua da Paz, n° 342. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e a visitação pode ser feita de de terça a domingo, das 16h às 22h Marcos Vollkopf/ Divulgação

Mais
Estar "Mais Por Menos" criado por Luciano Dourado, Thaylise e Thaline Queiróz. A mostra homônima, em Campo Grande, segue até 02 de dezembro de 2012, na Rua da Paz, n° 342. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e a visitação pode ser feita de de terça a domingo, das 16h às 22h Marcos Vollkopf/ Divulgação

Mais
Estar assinado por Sandra Madeira. A mostra Morar Mais por Menos em Campo Grande segue até 02 de dezembro de 2012, na Rua da Paz, n° 342. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e a visitação pode ser feita de de terça a domingo, das 16h às 22h Marcos Vollkopf/ Divulgação

Mais
Outro banheiro (3 m²) em que o espelho é a alma do projeto: para passar a sensação de amplitude, a arquiteta Cristiane Schiavoni trabalhou a conjunção do antigo revestimento com espelhos, da Alto da Lapa Vidros, e nichos de mármore que ficaram sobrepostos, ampliando os usos do espaço para um casal Gustavo Escatena/ Divulgação

Mais
O banheiro (3,5 m²) idealizado pela arquiteta Giselle Macedo e pela designer Patrícia Covolo para uma garota pré-adolescente deveria ser atemporal, claro e feminino. Assim, a extensa área espelhada, as peças claras e o piso em Marmoglass ampliaram o ambiente, destacando a área do box revestida de porcelanato Portinari, linha Vivere, tom Lilac. A cuba de encaixe, com toalheiro, resolve a falta de espaço com classe e estilo João Ribeiro/ Divulgação

Mais
Para estender a área da bancada, a arquiteta Shenia Nogueira mudou a posição original da bacia no banheiro de 4,5 m². A jovem usuária necessitava de muito espaço para maquiagem, cremes e perfumes, sendo necessária a criação do nicho com prateleiras de vidro de fácil de acesso, para acomodar os cosméticos. À equerda, note o dente da bancada que deixa espaço para a abertura do gabinete e para o lixo. Nas paredes, mescla de pastilhas rejuvenescem o espaço Sergio Israel/ Divulgação

Mais
Pastilhas e metais dourados dão o leve toque clássico ao banheiro de 7,8 m², idealizado por Shenia Nogueira. A confortável bancada de mármore piguês apoia duas cubas da Deca e embute o gabinete, executado pela JSA Marcenaria. Bacia com caixa acoplada e ducha higiênica, em vez de bidê, racionalizam o espaço. No boxe, o nicho para xampus otimiza a área útil do banho Sérgio Israel/ Divulgação

Mais
A moldura em pastilhas coloridas, Bisazza, foi idealizada por Shenia Nogueira a pedido de uma garota pré-adolescente que ama o tom pink. A lista de necessidades do banheiro com 4 m² incluia uma bancada ampla - que foi executada em mármore e vidro -, um super chuveiro e o grande nicho no box para acomodar produtos de beleza e banho Sergio Israel/ Divulgação

Mais
Apesar de possuir apenas 4 m², este banheiro planejado por Shenia Nogueira parece bem maior. O segredo está na bancada de mármore que apoia a ampla cuba e nas paredes azulejadas preexistentes (opostas ao lavatório) que foram mantidas. Para quebrar com o branco predominante, Nogueira aplicou pastilhas acobreadas da Bizzasa e, no box, o chuveiro com cromoterapia proporciona relaxamento e conforto Sergio Israel/ Divulgação

Mais
Para dar ares de lavabo ao pequeno banheiro (2,9 m²), a solução encontrada pela arquiteta Giselle Macedo e pela designer Patrícia Covolo foi instalar o box de vidro preto até o teto, escondendo a área do chuveiro. O revestimento em papel de parede deixou o local mais charmoso e com estilo. Sob a bancada em granito, o projeto previu gaveteiros e uma prateleira que levam maior funcionalidade ao ambiente João Ribeiro/ Divulgação

Mais
Com 4,3 m², este banheiro foi planejado por Ana Rita Sousa e Silva segundo o tema marítmo, satisfazendo o gosto de um menino por barcos. Para racionalizar o espaço, espelho é menor, deixando área para as prateleiras e o toalheiro. A bancada em quartzo, da Montblanc, acomoda a cuba e os misturadores da Docol. Mesmo enxuto, o ambiente abriga com conforto bacia com caixa acoplada, quadros na parede e o pequeno boxe Evelyn Müller/ Divulgação

Mais
Neste projeto (5,1 m²) assinado pela arquiteta Ana Rita Sousa e Silva, a bancada com pia esculpida em Marmoglass, da Montblanc, é agregadora de funcionalidade. Com porta tolha fixado, abriga sob si um gaveteiro e um banquinho. O armário superior executado pela Stilos Marcenaria tem porta de correr espelhada. Detalhe: para ganhar espaço, a arquiteta instalou os misturadores da Deca na parede Evelyn Müller/ Divulgação

Mais
Com 2,6 m², o projeto da Ahga Arquitetura contemplou uma menina de 3 anos e sua mãe, que salientou a necessidade de armários para o pequeno banheiro. Assim, visto que a bancada possui apenas 75 cm de largura, as arquitetas Alessandra Hurtado e Andréia Paoleschi desenharam outro armário sobre a bacia com caixa acoplada, além do nicho dentro do box. Para ampliar o ambiente, peças sanitárias, porcelanato e bancada brancos. A pastilhas Glass Mosaic alegraram o espaço Henry Lopes/ Divulgação

Mais
Bancada de Silestone da MontBlanc com pia embutida - que funciona como o lavabo da casa - as paredes das áreas secas foram recobertas por papel de parede vinílico (WallPaper). A arquiteta Ana Rita Sousa e Silva instalou, também, uma estante sob medida, executada pela Stilos Marcenaria. O móvel ocupa parte do pequeno nicho sobre o lavarório, dando espaço para os pertences pessoais e objetos decorativos Evelyn Müller/ Divulgação

Mais
As largas faixas nas paredes e o piso em pastilhas (Colormix), pretos e contínuos, deram movimento e o tom masculino ao banheiro projetado pela arquiteta Cristina Menezes. Sobre a delimitação escura e ao lado da bancada, foi instalado o vaso da Deca, assistido por ducha higiênica em vez de bidê. Na área do chuveiro, o branco volta a reinar, refletindo a luz que provém do exterior e ampliando visualmente o espaço do box Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
O revestimento cerâmico (Cecrisa) em tom claro e a farta área espelhada foram os recursos adotados pela arquieta Cristina Menezes para levar amplitude ao banheiro de 4,30 m², que deveria apresentar soluções práticas e de baixo custo. A bancada encaixada no vão da parede apoia o lavatório Deca, deixando espaço para os pertences pessoais. Repare que para vencer as dificuldades com pequena área, a arquiteta adotou uma porta de correr (veja o reflexo no espelho) Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
Um dos banheiro da casa reformada pelo escritório Arqdonini, com 4,37 m², ganhou gabinete com estrutura de compensado, revestida por laminado texturizado em diferentes padrões, da Formica. No ambiente, a parede do box é forrada por porcelanato estampado Navarti que imita pedras roladas. Driblando a área diminuta, o projeto beneficiou-se pela bancada que avança a área do chuveiro e serve como aparador para produtos de banho Chico Zelesnikar/ Divulgação

Mais
Como o banheiro seria usado apenas por hóspedes, o projeto assinado por Cristina Menezes pode eleger a bancada de madeira de demolição (peroba do campo) como a vedete deste ambiente com 3,75 m². O lavatório de semi-encaixe, linha Carrara Deca, racionalizou o espaço, ampliado graças ao fundo de mármore e cerâmica claros, ao espelho e a distribuição racional dos elementos. Atendendo ao desejo dos clientes foram escolhidos materiais e disposições práticas, de fácil manutenção e baixo custo Jomar Bragança/ Divulgação

Mais
Living e Sala de Jantar são criações de Marília Caetano. A 4ª Mostra Artefacto Beach & Country abriu no último dia 11 de novembro de 2012 e fica em cartaz por um ano, na Avenida Brasil, 1823, em São Paulo. A entrada é gratuita. Mais informações pelo site da Artefacto Beach & Country (www.artefactobc.com.br) Divulgação

Mais
Sala Versátil da Família criada por Roselisa Monteiro e Ricardo Leão. A mostra Morar Mais por Menos RJ segue até dia 4 de novembro de 2012, na Av. Epitácio Pessoa, 4.866, Rio de Janeiro Divulgação

Mais
Sala do Estúdio Contemporâneo criada por Nilton Montarroyos. A mostra Morar Mais por Menos RJ segue até dia 4 de novembro de 2012, na Av. Epitácio Pessoa, 4.866, Rio de Janeiro Divulgação

Mais
O Estar Íntimo do Casal com Copinha, assinado pela arquiteta Rachell Aguiar, é um dos ambientes da 14ª Casa Cor CE, que segue até dia 20 de novembro de 2012, na Praça Portugal, em Fortaleza Esdras Guimarães/ Divulgação

Mais
A reforma integrou copa e cozinha da Casa no Alto de Pinnheiros, deixando mais espaço para a sala de jantar. O tom mostarda da parede dá identidade ao espaço e realça a mesa Saarinen preta (Lauberge) e os armários brancos da Kitchens. O projeto de interiores é da decoradora Marília Veiga Divulgação

Mais
Outro ângulo do living, com um espaço para leitura, onde o destaque é uma poltrona Charles & Ray Eames, revestida em couro (Clami Design). Como apoio, a mesa de madeira cria contraste com o design mais clássico. O projeto de decoração da Casa no Alto de Pinheiros é assinado por Marília Veiga Divulgação

Mais
O living - com pé-direito duplo - conta com sofá (Montenapoleone) forrado por sarja (Bauhaus), além de poltrona e almofadas da Empório Beraldin. A mesa de centro, releitura da mesa Bertóia, possui tampo mais rústico e contrasta com a cadeira branca (Empório Vermeil), à esquerda. À direita, sobre o patamar, a estante de madeira desenhada por Marília Veiga - que também assina a decoração da Casa no Alto de PInheiros - foi executada pela marcenaria Takae Divulgação

Mais
No living da Casa no Alto de Pinheiros, a lareira foi realçada com revestimento de madeira de demolição (Galpão Demolições). O ambiente recebeu também tapete bege (Fanucchi Tapetes), tela assinada por Flávia Brunetti e cortinas de Luiz Decor, como elementos de decoração. Os interiores são assinados por Marília Veiga Divulgação

Mais
O Apartamento dos Filhos, criado pela arquiteta Marise Marini, divide os 32 m² disponíveis em living (foto), um quarto para o menino de 16 anos e outro para a menina de 14 anos, além de um banheiro que atende aos dois dormitórios. A Casa Cor RJ vai de 03 de outubro a 19 de novembro de 2012, no Rio de Janeiro Divulgação

Mais
Apartamento da Fotógrafa criado por Adriana Valle e Patrícia Carvalho: a suíte com sala ganhou uma pequena cozinha e paredes revestidas de pinus de reflorestamento. A Casa Cor RJ vai de 03 de outubro a 19 de novembro de 2012, no Rio de Janeiro Divulgação

Mais
As arquitetas Carolina Magalhães e Tatiana Pandolfi projetaram os 55m² do Quarto do Casal. No ambiente, uma divisória desenhada pelas profissionais segmenta os espaços de dormir e descansar e sustenta TV's de ambos os lados. A Casa Cor Brasília fica aberta ao público de 29 de setembro a 06 de novembro de 2012 Divulgação

Mais
A cozinha reúne a modernidade do aço escovado dos eletrodomésticos e a nobreza do mármore. Contudo, em relação aos demais cômodas da Casa Valinhos, o espaço ganha destaque por um elemento em especial: a janela em formato arredondado que recebeu venezianas de vidro. O projeto é assinado por Ruy Ohtake Daniel Ducci/ UOL

Mais
Casa Cor MT - 2012: na Sala da Melhor Idade, criada pela arquiteta e designer Débora Silva, o revestimento 3D Board (em ondas) é combinado ao padrão rendado Levi Mendes Junior/ Divulgação

Mais
Casa Cor MT - 2012: o living do Loft, projetado pelo arquiteto Marcelo Villaça Epaminondas, é separado dá área íntima por uma parede de madeira rústica Levi Mendes Junior/ Divulgação

Mais
O banheiro do casal explora as texturas visuais e a combinação de revestimentos foscos e com brilho. O projeto usou tinta metalizada e revestimento cimentício nas paredes e na área do box. A casa projetada pelo arquiteto Gustavo Calazans está em exposição na 1ª Mostra Casa Leroy Merlin, em São Paulo Cacá Bratke/ Divulgação

Mais
Na sala de estar, as cores são trabalhadas em acessórios como cortinas e almofadas e o painel fotográfico confere um ar irreverente ao projeto. Destaque para o sofá e a mesa bricolados. A casa projetada pelo arquiteto Gustavo Calazans está em exposição na 1ª Mostra Casa Leroy Merlin, em São Paulo Cacá Bratke/ Divulgação

Mais
No projeto de cozinha executado pelo arquiteto Danilo Hadad, foi assentado no porcelanato o piso cerâmico Ecoslim Bianchetto, da Lepri, que possui espessura de 6 mm e medidas de 11,5 x 11,5 cm. Hadad conta que o revestimento é fabricado à partir de vidros de lâmpadas fluorescentes e peças de cerâmicas recicladas. A espessura permite a aplicação sobre outros revestimentos. Para a parede, o arquiteto escolheu lambril de MDF, da JSA, pintado com tinta acrílica acetinada para madeira Divulgação

Mais
Duas chaise longue da Flexform foram estrategicamente colocadas em frente à janela, permitindo a visualização da Lagoa Rodrigo de Freitas e do Cristo Redentor. O aparador de ferro da Breton acomoda CD's e objetos decorativos e ainda oferece espaço para um bar. No móvel: bandeja de fibra de bananeira da Tânia Bulhões; lanterna de madeira da Beach Country e, sobre as chaises, manta da Missoni Home. A decoração é assinada pelo proprietário do imóvel, o arquiteto Oscar Mikail Thiago Travesso/Divulgação

Mais
No living, o aparador/banco de concreto é o destaque da decoração. Sobre ele, uma vitrola com inspiração vintage, além de objetos pop - livros e miniaturas dos Beatles e uma Kombi bicolor - e da máquina de escrever antiga. O Apê 43 fica em São Paulo e tem decoração assinada por Marcel Steiner Fernanda Petelinkar/ Divulgação

Mais
O esmalte fosco na cor preta recobre parte das paredes da cozinha do Apartamento 43, em São Paulo. A marcenaria do ambiente também recebeu tratamento escuro que, segundo o designer de interiores Marcel Steiner, garante aconchego ao espaço. Pôsteres de filmes, como o hitchcockiano "Um Corpo que Cai" (Vertigo, 1958), fazem parte da decoração Fernanda Petelinkar/ Divulgação

Mais
O banheiro da suíte de uma das unidades do Residencial Vila Maida tem forro de gesso rebaixado, revestimento em pastilhas Jatobá, cuba Deca e bancada de mármore piguês da Pedras Karina. O piso do cômodo é de granilite branco (Casa Franceza) e a bancada foi executada em marcenaria pela Marfel. O Vila Maida tem projeto arquitetônico assinado por Maristela Faccioli MOS/ Divulgação

Mais
Disposto no fosso voltado para o muro cego que limita o terreno a leste, longitudinalmente, as salas das unidades do Residencial Vila Maida são contempladas por jardins internos. Em cada um dos ambientes, plantas de sombra - como samambaias - se adaptam bem. As pequenas áreas verdes podem ficar isoladas dos livings por sistemas de portas de vidro com três folhas, estruturadas em caixilhos de alumínio. O Vila Maida, em Santo Anfré (SP), tem projeto da arquiteta Maristela Faccioli MOS/ Divulgação

Mais
Para a realização do Residencial Vila Maida, a arquiteta Maristela Faccioli optou pela praticidade, com materiais como blocos de concreto autoportantes (Prensil), estruturais, e que permanecem aparentes, combinados com vigas (moldadas em loco) e lajes-painel treliçadas de concreto (pré-fabricadas). A ideia era levantar rapidamente a edificação, sem a necessidade do uso de fôrmas para pilares, uma vez que as próprias paredes são estruturais MOS/ Divulgação

Mais
Apenas o tapete da Século, na cor bege, quebra com a unidade do branco proposto pela arquiteta Cristina Menezes no home theater. As poltronas Charles Eames, da Tetum, trazem sofisticação e design ao ambiente Marco Antônio da Silva/ Divulgação

Mais
O banheiro da suíte do casal é moderno e prático, com mobiliário criado para deixar tudo à mão. A banheira da Albacete completa o espaço e possibilita momentos de relax aos moradores. O projeto de reforma transformou a casa térrea em sobrado, preservando as características originais Lilian Knobel/ Divulgação

Mais
A sala de televisão apresenta uma atmosfera relaxante e descontraída, com almofadas coloridas sobre as capas brancas do sofá, das poltronas e dos pufes. A janela com esquadrias de pinus da Mado, possui uma parte basculante a 60 cm do chão, mais uma opção de ventilação. O projeto de reforma assinado pela arquiteta Marina Adell transformou a casa térrea em sobrado Lilian Knobel/ Divulgação

Mais
O banheiro da Suíte do Menino, da dupla Gerson Dutra de Sá e Ana Lucia Salama, é moderno e clean. Na porta de correr, o desenho de um jovem skatista. O quarto é um ambiente direcionado para pré-adolescentes que apreciam lutas, música e cinema Katia Kuwabara/ UOL

Mais
O banheiro da suíte da menina mantém tons lilás do quarto, com mescla de pastilhas lilás e roxas, assentadas na largura da janela. A casa em São Caetano do Sul (SP) tem reforma assinada pela arquiteta Mayra Lopes Marcelo Scandaroli/ Divulgação

Mais
A cozinha recebeu revestimento da Vidrotil arroxeado e mobiliário executado sob medida pela marcenaria Eterna Móveis. As peças foram projetadas pelas arquitetas do escritório Urbana, também responsável pela reforma e pelo projeto de interiores do apartamento em Porto Alegre. O tampo da bancada é Rosito Luce da Marmoglass, enquanto a coifa e o cooktop são da Emerbras, as torneiras monocomando, Fabrimar, e a luminária, KWA Materiais Elétricos Marcelo Donadussi/ Divulgação

Mais
A bancada do segundo banheiro, também executada pela Eterna Móveis, recebeu tampo de mármore Rosito Luce, box de vidro da Alumnalves, revestimentos da linha Portinari e pastilhas da Vidrotil. A cuba é de louça branca de embutir da Incepa e os metais são da Docol. O projeto que eliminou paredes e ampliou o espaço do apê em PoA é da Urbana Arquitetura Marcelo Donadussi/ Divulgação

Mais
Interligada ao jantar, a sala de estar tem mantido o laminado Durafloor. A marcenaria foi executada pela Eterna Móveis, sob projeto do Urbana Arquitetura - que também é responsável pelos interiores do apê em Porto Alegre (RS). Os pufes usam tecidos Casa Rima e são combinados às clássicas poltronas Charles Eames (também com pufe) e Swan, de Arne Jacobsen, compradas na Inside. No ambiente, ainda sofá da ZIG-ZAG, luminárias KWA Materiais Elétricos e cortinas da Manjabosco Marcelo Donadussi/ Divulgação

Mais
Interligada ao jantar, a sala de estar tem mantido o laminado Durafloor. A marcenaria foi executada pela Eterna Móveis, sob projeto do Urbana Arquitetura - que também é responsável pelos interiores do apê em Porto Alegre (RS). Os pufes usam tecidos Casa Rima e são combinados às clássicas poltronas Charles Eames (também com pufe) e Swan, de Arne Jacobsen, compradas na Inside. No ambiente, ainda sofá da ZIG-ZAG, luminárias KWA Materiais Elétricos e cortinas da Manjabosco Marcelo Donadussi/ Divulgação

Mais
Junto à mesa Micasa, o volume de Limestone Mont Dorê (Pedras de Esquina Marmoraria) com cooktop. Ao fundo, o fogão à lenha da cozinha gourmet também serve, no inverno, para aquecer os ambientes sociais. O projeto no interior de SP é de Maurício Karam Sérgio Israel/ Divulgação

Mais
A área molhada do boxe da suíte recebeu porcelanato em relevo da Portobello com iluminação especial que ressalta textura da parede. O projeto de interiores do apartamento Putti, em São Paulo, é assinado pelo arquiteto Flávio Castro Alessandro Guimarães / Divulgação

Mais
Na parde que limita a varanda e o living está a obra de Cris Rocha (30x80 cm), comprada na Galeria Almavera. O arquiteto Flavio Castro, responsável pelos interiores do apartamento Putti, prestou assessoria na escolha das obras de arte e objetos Alessandro Guimarães / Divulgação

Mais
A mesa de centro "Barata", em madeira e vidro foi escolhida para a composição do ambiente de estar e é produção da Maria Jovem. O projeto de interiores é assinado pelo arquiteto Flavio Castro Alessandro Guimarães / Divulgação

Mais
O apartamento Putti tem 60 m² e projeto de interiores assinado pelo arquiteto Flavio Castro. O imóvel foi entregue pela construtora no contrapiso, com louças e metais simples e, depois, repaginado pela troca de 100% de seus revestimentos Alessandro Guimarães / Divulgação

Mais
A mesa de centro "Barata", em madeira e vidro foi escolhida para a composição do ambiente de estar e é produção da Maria Jovem. O projeto de interiores é assinado pelo arquiteto Flavio Castro Alessandro Guimarães / Divulgação

Mais
Apartamento no Itaim Bibi, São Paulo, reformado por Sidney Quintela Arquitetos Associados Rômulo Fialdini/ Divulgação

Mais
Apartamento no Itaim Bibi, São Paulo, reformado por Sidney Quintela Arquitetos Associados Rômulo Fialdini/ Divulgação

Mais
No térreo do sobrado, o banheiro localizado sob a escada também tem piso feito com ladrilho hidráulico da Dalle Piagge Fabiano Cerchiari/UOL

Mais
Idealizado pela arquiteta Adriana Tupinambá, o banheiro de 6 m² ganha tom alegre com o "jogo de damas" azul em pastilhas da VR. Moldada in loco, a banheira de concreto, revestida com o mesmo acabamento do piso e da parede, serve-se do nicho iluminado. Funcional, a ideia se repete na área do box (esq., acima), que tem vista para a vegetação exterior Martin Szmick/Divulgação

Mais
No banheiro de 6 m² ligado ao quarto de casal, criado pelo arquiteto Samy Dayan e o designer de interiores Ricky Dayan, o revestimento em laminado madeirado contrapõe com as pastilhas de vidro da banheira que se repetem no box, integrando as duas áreas. Repare na iluminação embutida no espelho que facilita a feitura da barba ou da maquiagem. A lâmpada utilizada é a fluorescente convencional, garantindo claridade discreta e delicada Luis Gomes/Divulgação

Mais
O ponto alto deste banheiro feminino com 5,2 m², projetado pela arquiteta Tania Bertolucci Delduque, é a iluminação em opaline acoplada sobre o espelho, que ilumina o rosto de frente sem criar as sombras que a iluminação tangente (de cima) provoca. A cuba da Deca em linhas arredondadas destaca-se sobre o tampo da bancada crema marfil Eduardo Liotti/Divulgação

Mais
Apesar do tradicional azul, este banheiro masculino inova pela miscela e as faixas de pastilhas na parede e no piso, bem como a aplicação de acrílico na frente das gavetas e entre os espelhos. Projetado pela arquiteta Cinthia Garcia e pela designer de interiores Andréia Karalkovas para dois meninos, o espaço (4 m²) ganhou azulejo no resto da parede, porcelanato no chão e gabinete suspenso para facilitar a limpeza do dia a dia. Louças e metais, da Deca J. Vilhora/Divulgação

Mais
Pensado em tons claros, pela arquiteta Camila Klein, para ser um espaço clean e moderno para um casal, o banheiro de apenas 3 m² é compacto e se resolve em duas áreas separadas pelo pano de vidro. Tem bancada em mármore travertino polido Navona, box revestido por porcelanato Eliane e é servido pelo generoso espelho sobre a bancada Bruno Barriguelli/Divulgação

Mais
Na cozinha, a bancada é de granito preto são gabriel. No piso, o porcelanato polido Diamante (da Portinari) confere maior amplitude ao ambiente. Trabalho de interiores da arquiteta Camila Klein para um apartamento de 75 m² Bruno Barriguelli/Divulgação

Mais
Apesar de toda a transparência conferida pelo fechamento de vidro, o interior da construção é acolhedor. A presença da madeira nos acabamentos contribui para o efeito, enfatizado pela paisagem Nelson Kon / Divulgação

Mais
O ambiente de estar fica separado dos equipamentos de lazer -o spa e a sauna instalados no bloco avarandado transversal- apenas pela porta de vidro Nelson Kon / Divulgação

Mais
Lavabo e boudoir criados pelos arquitetos Ricardo Melo e Rodrigo Passos. A 21ª edição da Casa Cor Rio tem lugar no Palacete Linneo de Paula Machado, em Botafogo. O prédio do século 19, em estilo renascentista francês, foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) e teve seu telhado em ardósia, vitrais, pisos em parquê, colunas e azulejos restaurados pela equipe da Casa Cor Rio. A mostra fica em cartaz de 04 de outubro à 16 de novembro de 2011 e reúne 86 profissionais e 54 ambientes. Os ingressos custam, em média, R$ 35. Mais informações no site do evento Divulgação

Mais
No banheiro da segunda suíte do apartamento em São Paulo, reformado pelo arquiteto Guto Requena, as pastilhas verdes da Vidrotil revestem bancada, paredes e até o forro. Louças e metais sanitários são Deca Marcelo Magnani / Divulgação

Mais
A suíte principal tem banheira de hidromassagem, localizada em um ponto com vista privilegiada Andrés García Lachner/Divulgação

Mais
Os acabamentos internos, como piso de madeira e as paredes e forro de drywall pintado de branco, dão unidade ao conjunto e proporcionam frescor e sensação de amplitude Andrés García Lachner/Divulgação

Mais
O home theater que vira quarto de hóspedes é separado por porta de correr, e tem sofá Florence Knoll, mesa de centro em jacarandá Sergio Rodrigues e poltrona branca de ferro aramado de autor desconhecido, original da década de 1960 Fran Parente / UOL

Mais
Ao lado do home theater há um lavabo, que também serve como banheiro para visitas (foto) e, no antigo quarto de empregadas, fica a lavanderia Fran Parente / UOL

Mais
O piso da pequena área molhada foi executado em granilite claro, e as paredes, no box para chuveiro, receberam pastilhas de porcelana Jatobá Fran Parente / UOL

Mais
A combinação de paredes brancas e revestidas com arenito também está presente nos banheiros. Nas áreas molháveis, como no boxe dos chuveiros, foram empregadas pastilhas de porcelana (da Jatobá), que apresentam baixa absorção de água. Projeto de Monica Drucker e Ruben Otero para o Makenna Resort, no sul da Bahia Leonardo Finotti / UOL

Mais
Banheiro da suíte Clássico Moderno, dos designers de interiores Solange Marchezinni e Jorge Paulinetti, apresentada na mostra Decora Etna. Com quatro lofts e 22 ambientes decorados, a mostra fica em cartaz de 1º de junho a 1º de setembro, em São Paulo Kátia Kuwabara / UOL

Mais
Brunete Fracarolli inova na ambientação da cozinha ao usar espelho revestido com película para refletir ampliar e colorir o espaço Tuca Reinés / Divulgação

Mais
Na composição desta cozinha, a arquiteta Brunete Fraccaroli inovou ao contrastar o branco do mobiliário com acabamento de parede em vidro revestido de película rosa. Para dar maior funcionalidade e aproveitar melhor o espaço, centralizou a ilha com fogão e criou duas áreas de trabalho Tuca Reinés / Divulgação

Mais
Presente na Casa Cor Goiás pela quarta vez, a designer de interiores e artista plástica Rosângela Queiroz assina o Lounge Merzian, de 41 m². Para a produção do local de descanso, Queiroz, levou em conta a utilização de materiais ecologicamente corretos. O evento na capital goiana chega a sua 15ª edição em 2011 Ricardo Lima/ Divulgação

Mais
O mesmo tom petróleo aparece nas paredes do banheiro da suíte, em contraste com as louças brancas Fernanda Petelinkar / Divulgação

Mais
O espaço do estar em estilo contemporâneo tem apenas o necessário: sofá de camurça roxa, tapete neutro da Leroy Merlin, mesinha lateral Saarinen e cadeira desenhada por Juliana Llussa. Destaque para a cortina branca em gaze de linho que separa o ambiente do home-office. A luminária é da Reka Fernanda Petelinkar / Divulgação

Mais
Ao ser recolhida, a cortina permite a integração do home-office ao estar e compõe elegante efeito junto ao sofá. Mesa de trabalho da Tok&Stok Fernanda Petelinkar / Divulgação

Mais
As cortinas brancas e a luz indireta da luminária Reka criam uma atmosfera suave para o estar, que possui bancada horizontal para guardar CDs e DVDs Fernanda Petelinkar / Divulgação

Mais
Tons de branco e cru predominam nos revestimentos e objetos de decoração. Neutros, proporcionam um estilo refinado aos ambientes Divulgação

Mais
Como o pilar entre os ambientes de jantar (originalmente um dormitório) e estar não podia ser removido, foi alongado para acomodar toda a largura do sofá, além de formar uma estante Divulgação

Mais
Detalhe do estar, que desfruta da vista da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro Divulgação

Mais
O sofá Aya, da Micasa, é revestido de linho. À esquerda do móvel, uma mesa lateral de alumínio, da Érea, apoia a luminária da Diesel. A mesa de centro desenhada no escritório de Diego Revollo é de larice, um tipo de madeira. A luminária à direita do sofá é o modelo Netuno, à venda na Micasa. O tapete de nylon é da Santa Mônica Alain Brugier/Divulgação

Mais
As paredes do loft reformado pelo arquiteto Diego Revollo receberam uma camada fluida de cimento queimado, preservando, assim, os tijolos aparentes. A grande área envidraçada é coberta por uma tela solar de acionamento eletrônico Alain Brugier/Divulgação

Mais
Espaço de estar e hall de escada da Casa Estúdio do arquiteto chileno Mathias Klotz, em Santiago Mathias Klotz / Divulgação

Mais
Sala de estar de flat no bairro do Itaim, em São Paulo, reformado e decorado por Oscar Mikail João Ribeiro / Divulgação

Mais
No banheiro do casal, paredes revestidas com mosaico de vidro da Vidrotil, tampo da bancada e piso em mármore branco Thassus e louças da Deca. Bastante práticos, os gabinetes sob a bancada, desenhados por Oscar Mikail, podem ser facilmente deslocados graças à utilização de rodízios João Ribeiro / Divulgação

Mais
Para ter o sofá em L, Oscar Mikail fechou parcialmente um dos acessos à varanda, deixando uma janela que recebeu moldura de madeira com acabamento de laca branca na qual foi embutida a cortina Silhouette, da Luxaflex João Ribeiro / Divulgação

Mais
Detalhe do pufe de couro branco usado como mesa de centro. Os objetos são da Cecília Dale João Ribeiro / Divulgação

Mais
Vista geral do living, com piso revestido de porcelanato da Portobello e iluminação da La Lampe João Ribeiro / Divulgação

Mais
A TV fica embutida em painel de aço inox desenhado pelo decorador. O rack que acomoda os equipamentos de áudio e vídeo também foi desenhado por Mikail e executado em marcenaria com acabamento de laca branca. Cortinas da Luxaflex e objetos de Cecília Dale João Ribeiro / Divulgação

Mais
A pequena cozinha americana é completa com fogão cooktop, coifa, geladeira e armários João Ribeiro / Divulgação

Mais
No banheiro do casal, paredes revestidas com mosaico de vidro da Vidrotil, tampo da bancada e piso em mármore branco Thassus e louças da Deca. Bastante práticos, os gabinetes sob a bancada, desenhados por Oscar Mikail, podem ser facilmente deslocados graças à utilização de rodízios João Ribeiro / Divulgação

Mais
A cozinha do tipo americana tem bancada de Corian (da Dupont) e armários com gavetas providas de organizadores. Os eletrodomésticos são da Bosch, a coifa é da Falmec, e as cubas e torneiras são da Deca João Ribeiro / Divulgação

Mais
O banheiro da suíte tem cuba Deca Trio na cor preta, torneira Deca Axis e ducha da Elevato. O vidro do box é da Vidroarte e os puxadores pertencem à linha Quadra, da Altero. No piso foi aplicada cerâmica da série Ônix Polido, da Portinari, o box recebeu revestimento da linha White Plain Matte, da mesma marca Eduardo Aigner / Divulgação

Mais
No banheiro social, a iluminação interna da pia de acrílico desafia as limitações do material. O desenho das arquitetas foi executada pela Resultado Final. Espelho da Sigallis Vidraçaria, puxadores das linhas Piana e Quadra da Altero; piso e azulejos da linha Metrópole Petra Damasco, da Portinari Eduardo Aigner / Divulgação

Mais
Chique, o lavabo é todo preto - parede com pintura, piso de taco ebanizado, louças pretas. Exceção é a parede com pastilhas bege-douradas da Colormix. Destaque para a parede inteiramente coberta por espelho Fran Parente / UOL

Mais
Cozinha projetada pela arquiteta Luciane Zulian Reprodução/Portal Decoração

Mais
Sala de Estar do apartamento do designer Marcel Steiner Fernanda Petelinkar/Divulgação

Mais
Vista do estar do apartamento East Village, em Nova York, do escritório norte-americano JPDA Frank Oudeman e Sean Karns / Divulgação

Mais
Sala ambientada com mobiliário da italiana Arketipo, linha Malta, design de Gordon Guillaumier, e o tapete Parking, criação do escritório japonês Decoboco Divulgação

Mais
Do boxe com chuveiro da Deca, o proprietário tem visão do home office e do estar Romulo Fialdini / Divulgação

Mais
A pequena cozinha foi disposta em uma parede e se separa do serviço pela porta de correr ao fundo. Os armários em laminado melamínico, da Celmar, embutem poucos e primordiais eletrodomésticos, visto que o proprietário pouco para em casa. A bancada em Limestone da Montblanc dá praticidade ao ambiente. Ao lado da pia, Adorno incluiu uma mesa para refeições rápidas Romulo Fialdini / Divulgação

Mais
Paredes abaixo, o apartamento virou um grande salão, dividido apenas pelo móvel giratório. A área de estar é demarcada pelo tapete aconchegante que recobre o piso de pedras cimentícias da Castelatto, material aplicado no apartamento inteiro. O forro de gesso também foi previsto para dar unidade ao ambiente, além de facilitar a iluminação Romulo Fialdini / Divulgação

Mais
A pequena cozinha foi disposta em uma parede e se separa do serviço pela porta de correr ao fundo. Os armários em laminado BP da Celmar embutem poucos e primordiais eletrodomésticos, uma vez que o proprietário para pouco em casa. A bancada em Limestone da Montblanc dá praticidade ao ambiente. Ao lado da pia, Adorno incluiu uma mesa para pequenas refeições. Romulo Fialdini / Divulgação

Mais
Nos momentos de diversão a poltrona e o sofá são usados para ver TV. Repare que, por ser giratório, o móvel pode ser direcionado para qualquer lado Romulo Fialdini / Divulgação

Mais
A tinta acrílica azul super lavável da Sherwin Williams dá o tom masculino ao living integrado à cozinha. O bloco do lavabo, feito com painel de MDF laqueado, divide o ambiente e também serve de apoio à TV. Detalhe: a porta de acesso é camuflada e abre por toque. No forro de gesso, além da iluminação, há caixas de som B&W embutidas. No estar, sofá Brentwood, tapete Clatt, e gravuras da Galeria Gravura Brasileira Gui Morelli / Divulgação

Mais