Busca BOL

Quinta-feira, 31 de julho de 2014

BOL Notícias

Dez presidentes irão ao funeral de Chávez, diz chanceler

Caracas, 6 mar (EFE).- Os funerais do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, se realizarão na próxima sexta-feira com a presença de "cerca de dez líderes", disse nesta quarta-feira o chanceler, Elías Jaua.

Após receber no aeroporto internacional Simón Bolívar, que serve a Caracas, os presidentes da Argentina, Cristina Kirchner, Uruguai, José Mujica, e Bolívia, Evo Morales, os primeiros a chegar para o funeral, Jaua declarou a jornalistas que os outros chefes de Estado chegarão amanhã, embora não tenha especificado quem exatamente.

"Uma Venezuela com presidentes amigos e aliados por todo o mundo, uma Venezuela respeitada e querida por todos os povos do mundo e por quase todos os presidentes dos governos do mundo é outro legado que nos deixa o presidente Chávez e que cabe a nós cuidar", sustentou o chefe da diplomacia venezuelana.

Ao lado de Jaua, o presidente boliviano disse à imprensa que para ele constitui "uma obrigação" expressar pessoalmente seu "profundo pensamento de condolência ao povo venezuelano, o governo, à família e à Força Armada Nacional Bolivariana".

Chávez foi, acrescentou, "o comandante das forças libertárias dos povos do mundo" e teve "o tamanho de Simón Bolívar", o herói independentista considerado Libertador da Bolívia, Colômbia, Equador, Panamá, Peru e Venezuela.

Hugo Chávez morreu ontem, terça-feira, aos 58 anos, vítima do câncer que se lhe detectou em junho de 2011.

O vice-presidente, Nicolás Maduro, será o encarregado de assumir a presidência do país de maneira interina, até que se realizem eleições dentro de 30 dias, quando será o candidato do governista Partido Socialista Unido da Venezuela fundado por Chávez, acrescentou Jaua.

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego