Dois morrem após queda de avião monomotor no Triângulo Mineiro

Renata Tavares
Do UOL, em Uberlândia (MG)

Duas pessoas morreram após a queda de um monomotor em Ituiutaba, no Pontal do Triângulo Mineiro, a 673 quilômetros de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, o acidente foi por volta das 19h deste sábado (22). Inicialmente, o Corpo de Bombeiros havia afirmado que houve uma explosão, mas a informação foi desmentida pela PM.

O avião fazia um voo panorâmico em Ituiutaba e caiu na cabeceira da pista do aeroporto da cidade, que recebe o nome de Tito Teixeira. As duas vítimas foram encontradas sem vida pela equipe do Corpo de Bombeiros.

Os corpos do médico Claiber Vieira Borges, 40 anos, e do advogado Carlos Alberto Villas Boas, 60, serão velados em duas funerárias de Ituiutaba, Pontal do Triângulo Mineiro, neste domingo (23).

Ainda não se sabe os motivos do acidente.

A PM informou ainda que o piloto é experiente e tem brevê --permissão para pilotar aviões. No momento do acidente, ele tentava fazer uma manobra. "Ele perdeu a sustentação e caiu. O aeroporto está fechado", disse o capitão Marcelo Salvarani.

O piloto Eurípedes Dias Junior, que trabalha no aeroporto de Ituiutaba, disse que chegou logo após o acidente. Segundo ele, o avião era novo e estava há dois meses no aeroclube. "Esse avião era novo. O piloto (Carlos Alberto) tinha 33 anos de experiência."


Últimas notícias Ver mais notícias