Jovem de 13 anos pesando 8,8 kg morre após ser maltratado pelos pais

Do BOL, em São Paulo

Um adolescente de 13 anos pesando apenas 8,8 kg morreu de desnutrição grave depois de sofrer maus-tratos, em Foz do Iguaçu, no Paraná. Apesar de o crime ter sido registrado no último dia 5 de abril, a Delegacia de Homicídios do município divulgou o caso somente nesta segunda-feira (22).

De acordo com o site de notícias "CGN" e do site "Tribuna Popular Online", o adolescente foi levado pela família a um posto de saúde, onde já teria chegado sem vida. O corpo foi encaminhado ao IML local, e a causa da morte foi confirmada após exames.

O garoto era palestino, mas a mãe, brasileira. De acordo com o delegado Marcos Araguari, que acompanha o caso, o pai também é de origem árabe e abandonou a criança, mas continuou visitando os outros filhos que teve com a ex-mulher. "Além da magreza, o corpo estava sujo e com crostas na pele", relatou o delegado durante entrevista coletiva à imprensa. O delegado também ressaltou que o padastro, que não está entre os acusados, não teria a obrigação de alimentar o jovem, mas não devia ter se omitido perante o cenário.

Um inquérito foi instaurado no dia 12 de abril para investigar o crime, usando como base o depoimento do médico legista e o laudo da perícia realizada no cadáver do adolescente. A Justiça expediu o mandado de prisão preventiva de 30 dias para a mãe e o pai, cumprido no mesmo dia.

A investigação revelou que o garoto tinha problemas neurológicos. "A criança era especial, fato noticiado pelos próprios pais no interrogatório. Mas esta limitação não seria motivo para que o menino fosse colocado à míngua a ponto de morrer por desnutrição", disse Araguari.

A investigação policial concluiu que os acusados serão incriminados por homicídio qualificado com emprego de meio cruel, já que a inexistência de alimentação e de qualquer tipo de cuidado básico causou sofrimento intenso e desnecessário ao jovem, resultando em sua morte.

(Com informações do CGN, G1 e Tribuna Popular Online)


Últimas notícias Ver mais notícias