Boato sobre fim do Bolsa Família causa confusão e tumulto em Estados do Nordeste

Aliny Gama
Do UOL, em Maceió

  • Itawi Albuquerque/Futura Press

    Movimentação de beneficiários do Bolsa Família em agência da Caixa Econômica Federal na cidade de Maceió (AL) neste sábado (18)

    Movimentação de beneficiários do Bolsa Família em agência da Caixa Econômica Federal na cidade de Maceió (AL) neste sábado (18)

A falsa informação de que o programa do governo federal Bolsa Família seria extinto neste sábado (18) causou correria, confusão e tumulto em Estados do Nordeste no fim da tarde. O boato levou beneficiários a tentar sacar o dinheiro em casas lotéricas e terminais de autoatendimento da CEF (Caixa Econômica Federal).

O governo Federal e a Caixa emitiram notas desmentindo a história e afirmaram que o calendário de pagamento continua valendo.

A CEF do Maranhão admitiu que, no Estado, os boatos começaram após a ocorrência de um atraso no cronograma do pagamento do Bolsa Família deste mês de maio. Ao menos nove terminais de autoatendimento foram depredados devido no Estado.

Também há relatos de tumultos nos Estados da Bahia, Alagoas e Piauí.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou que a Polícia Federal abra inquérito para apurar a origem do boato sobre a suspensão do Programa Bolsa Família, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Maranhão

Beneficiários que tentaram sacar dinheiro em agências da CEF no Maranhão e não conseguiram porque os terminais de autoatendimento estavam sem dinheiro ficaram revoltados e depredaram nove terminais, de acordo com a superintendência da Caixa no Estado.

Segundo o superintendente da CEF no Estado, Hélio Duranti, foram registradas ocorrências de depredações em São Luís nas agências localizadas na Cohab, na avenida Gonçalves Dias, na Praça Deodoro e nos bairros São Francisco e Renascença, além de agências do banco em Santa Rita (80km de São Luís) e Barreirinhas (323km de São Luís).

Os boatos no Estado começaram após a ocorrência de um atraso no cronograma do pagamento do Bolsa Família deste mês de maio, de acordo com a CEF. O banco afirma que há dinheiro para os saques, mas que devido à alta demanda os terminais de autoatendimento ficaram sem dinheiro.

Alagoas

A promotora do MP (Ministério Público Estadual) de Alagoas, Marluce Falcão, estava no Shopping Pátio Maceió e quando viu o tumulto na casa lotérica ficou assustada. Falcão é responsável pela fiscalização do Bolsa Família no MP e tentou explicar à multidão que a informação era inverídica.

"A história não procede. Conversei com algumas pessoas, mas é muita gente e não tem como controlar esse tumulto. Pedi à administração do shopping que reforçasse a segurança e acionasse a polícia porque ninguém consegue entrar ou sair daqui e a cada minuto chega mais gente", disse ela, temendo que se "todos os beneficiários de Maceió forem às agências bancárias e lotéricas será uma confusão descontrolada".

A empregada doméstica Jane Cabral, 39, foi uma das beneficiárias do Bolsa Família de Alagoas que acreditou no boato depois que uma vizinha passou pela casa dela, no fim da tarde, e avisou que estava indo sacar o dinheiro e que ela também teria de ir.

"Larguei o que estava fazendo e sai correndo para uma lotérica no supermercado aqui perto de casa, mas não consegui tirar o dinheiro. Tinha muita gente e o pessoal da lotérica avisou que tinha acabado o dinheiro em caixa. A confusão piorou porque ninguém acreditou e chamaram os seguranças do supermercado", contou.

Cabral disse que depois que viu que não ia conseguir sacar o dinheiro na lotérica que estava no bairro do Barro Duro chamou o marido e foi com ele a lotérica do bairro da Gruta de Lourdes, mas também a tentativa foi em vão.

"Estou sem acreditar que isso é boato porque todo mundo veio", disse ela.

A correria da dona de casa Anilsa Marques, 37, que mora na grota do Ouro Preto e estava com os dois filhos, de 8 e 9 anos, foi tão grande que durante o tumulto na lotérica do bairro da Gruta de Lourdes ela perdeu uma das sandálias. "O empurra-empurra está demais. Sai porque estou com meus filhos e não vou morrer imprensada", disse ela, descalça e dizendo que não estava ainda acreditando que não era boato.

Piauí

Em Picos (a 308Km de Teresina), as filas nas lotéricas e na agência da CEF também causaram um "tumulto gigantesco", conta o jornalista Edmar Ferreira. Durante a tarde as lotéricas ficaram lotadas e a agência ainda tinha fila de beneficiários à noite tentando sacar o dinheiro do programa, relata.

O boato que chegou a Picos foi que a "presidente Dilma disse na televisão que o benefício de todos sairá neste dia 18 de maio", diz o jornalista.

Governo e Caixa desmentem boato

O governo Federal emitiu uma nota desmentindo o boato e afirmou que não há nenhuma mudança no calendário de pagamento. Segundo a nota do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome), "não há qualquer veracidade nos boatos relativos à suspensão ou interrupção dos pagamentos do Programa Bolsa Família e não há qualquer possibilidade de alteração nas regras do Programa."

O governo ressaltou que o Bolsa Familia está completando 10 anos, possui 13,8 milhões de famílias beneficiadas e "continuará cumprindo seu papel fundamental para a estratégia de superação da extrema pobreza no Brasil."

A CEF, responsável pelo pagamento do benefício, informou que "o pagamento do programa Bolsa Família ocorre normalmente de acordo com calendário estipulado pelo Governo Federal".

A nota do banco reforça ainda que quem tiver dúvidas sobre o calendário de pagamento do programa deve consultar o site www.caixa.gov.br ou telefonar para o número 0800 726 0101.

Prefeituras também esclarecem rumor

As prefeituras de Conceição do Coité (a 235Km de Salvador) e de Maceió (AL) afirmaram que a informação era um boato e destacaram que "o Programa Bolsa Família continua ativo e os benefícios continuam sendo pagos normalmente".

A secretária de Ação Social de Conceição do Coité, Evania Carneiro, orientou que as famílias devem continuar recebendo nos dias programados de acordo com o final do cartão. "Os benefícios que não forem sacados nas datas indicadas em seus finais podem ser sacados normalmente até o fim da folha de pagamento", informou.


Últimas notícias Ver mais notícias