Criminosos invadem república, agridem e roubam estudantes em Campinas

Do UOL, em Campinas

A Polícia Civil de Campinas (a 93 km de São Paulo) investiga um assalto a uma república de estudantes ocorrido na noite de terça-feira (27), no distrito de Barão Geraldo, perto da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Um dos estudantes foi espancado ao tentar reagir.

De acordo com a polícia, ao menos dez universitários estavam na casa quando três bandidos armados entraram e roubaram notebooks, carteiras e celulares dos moradores.

As vítimas, que estudam em universidades da região, contaram à polícia que dois criminosos pularam o muro, renderam um dos estudantes e abriram o portão eletrônico para liberar a entrada de um terceiro assaltante. Um outro suspeito teria ficado dentro do carro do lado de fora.

Os universitários foram rendidos e trancados em um quarto pelos assaltantes. Um dos estudantes tentou reagir, mas foi agredido com joelhadas e coronhadas. Ele foi levado para o Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp e liberado depois de passar por atendimento médico.

Após o assalto, que durou cerca de 30 minutos, os suspeitos fugiram sem deixar pistas. O caso foi registrado no plantão do 1° Distrito Policial, mas deve ser encaminhado para o 7º DP, que fica no próprio distrito.

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo mostram que os registros de furtos na região entre janeiro e julho deste ano tiveram um aumento de 11,5% em relação ao mesmo período de 2012. Foram 946 casos neste ano e 848 no ano passado.

Entretanto, o número de roubos registrados caiu 28%. Enquanto nos primeiros sete meses do ano passado foram registrados 296 casos, este ano foram 213. Até as 13 horas desta quarta-feira (28) a assessoria de imprensa da Unicamp não havia sido informada sobre o caso.


Últimas notícias Ver mais notícias