Qatar-2022 garante estádios climatizados e Copa no verão ou inverno

Do UOL, em São Paulo

O forte calor no verão do Qatar- as temperaturas máximas diárias costumam passar dos 40°C – abriu na Fifa o debate sobre a possível realização da Copa de 2022, que será no país árabe, em dezembro, quando é inverno na região. Ainda não há uma definição sobre o assunto, mas o presidente do Comitê Organizador da Copa de 2022, Nasser Al Khoter, em entrevista à agência de notícias AFP, garantiu que o país está preparado para receber o torneio em qualquer estação.

"Sempre pensamos em realizar a Copa do Mundo no verão, isso é o que prometemos. Penso, porém, que é normal que o mundo do futebol entre em um acordo e decida se deve haver mudança. Estaremos preparados seja qual for a data que escolham. Estamos concentrados no nosso objetivo, que é estarmos preparados em 2020" afirmou Al Khoter.

Segundo o presidente do comitê, a climatização dos estádios – medida prometida para sanar o problema com as temperaturas – ocorrerá independentemente da decisão, e não apenas para a Copa. A ideia é de que a tecnologia seja, eventualmente, oferecida a outros países.

"Nossos planos não mudaram. Os estádios não serão unicamente para o Mundial, temos também um campeonato nacional que pode aproveitá-los, mesmo que joguemos de setembro a maio, quando faz menos calor. A climatização será introduzida aos estádios de qualquer maneira, e pode abrir os horizontes para outros países, pois também é aplicável a espaços abertos e públicos. Outros países que não podem organizar eventos deste tipo devido ao clima vão poder trabalhar conosco para encontrar uma solução" afirmou.

O Qatar tem sido criticado na mídia internacional devido às más condições de trabalho e qualidade de vida dos operários. Al Khoter rebateu as críticas, deixando claro que a má situação não é regra, mas sim uma exceção formada por casos específicos.

"Falta entender que isso não é algo generalizado. Sim, há pessoas que infringem a lei e fazem coisas ilegais. Isso significa que há questões que devem ser revisadas, e asseguradas de que não se repitam, de modo que os responsáveis do governo devem levar o tema muita a sério. Temos estabelecidos regras que obrigam o bom tratamento dos operários, um sistema muito sólido que será aplicado" disse.

2014 marca também o início das obras no país árabe visando a Copa. Um estádio já começou a ser construído para a competição, que terá entre oito e 12 sedes.

"Consideramos 2014 o começo das obras. Apresentamos o desenho do estádio Al Wakrah em novembro, e os trabalhos começaram. Anunciaremos a construção de mais cinco estádios em 2014. Prevemos 12 estádios na candidatura, mas sabemos que o objetivo será contar com entre oito e 12. As conversas sobre o tema com a Fifa continuam", finalizou Al Khoter.

">Veja Álbum de fotos


Últimas notícias Ver mais notícias