Livro que Roberto Carlos pediu para sair de circulação ainda está à venda

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Capa do livro "Jovem Guarda: moda, música e juventude", de Maíra Zimmermann, da editora Estação das Letras e Cores

A editora Estação das Letras e Cores, responsável pela publicação do livro "Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude", de Maíra Zimmermann, afirmou ao UOL que a obra não saiu de circulação.

Mil exemplares já foram colocados à venda. A editora afirma que poucos foram efetivamente vendidos, mas não sabe precisar quantos.

Na quinta-feira (11), a Estação das Letras e Cores recebeu uma notificação por parte dos advogados do cantor Roberto Carlos para que o livro fosse tirado de circulação. Kathia Castilho, diretora e uma das fundadoras da editora, explica que foi feita uma contranotificação nesta segunda (15). Os representantes do artista terão um prazo de dez dias para responderem.

Uma das razões para o pedido de retirada de circulação, segundo Kathia, foram as ilustrações da capa, que os advogados tomaram como caricaturas. Além disso, os representantes alegam que há fatos de foro íntimo e pessoal do cantor, o que Kathia nega. "[O livro] fala da Jovem Guarda como uma mudança do comportamento jovem brasileiro centrando na moda, como coloca em cena outras formas estéticas. O nosso foco editoral é moda e design."

  • 7933
  • true
  • http://entretenimento.uol.com.br/enquetes/2013/04/24/o-que-voce-achou-sobre-o-pedido-de-roberto-carlos-para-tirar-o-livro-de-maira-zimmermann-de-circulacao.js

Segundo Kathia, a opção pelas ilustrações foi para evitar o uso de imagens de arquivo, o que tornaria a obra cara por conta dos direitos autorais das fotografias e poderia acarretar em problemas de uso de imagem. Há uma única fotografia da Editora Abril e as outras são de domínio público, como capas de disco, e todas as imagens têm função apenas ilustrativa segundo a diretora.

Kathia explica que os mil exemplares colocados à venda foram pensados para suprir o mercado por um período de dois anos e meio. "O livro acadêmico tem essa dificuldade de venda. O público da editora é principalmente de alunos e pesquisadors na área", diz.

"Jovem Guarda: moda, música e juventude" foi lançado no dia 4 de abril, uma semana antes de ser notificado pelos representantes de Roberto Carlos.

Em 2007, após ação promovida pelo cantor, a biografia não-autorizada "Roberto Carlos em Detalhes", de Paulo César de Araújo, teve sua circulação suspensa.

O UOL entrou em contato com representantes de Roberto Carlos, mas não recebeu resposta.


Últimas notícias Ver mais notícias