Léo Áquilla

Do UOL, em São Paulo

  • Edu Moraes/Divulgação

    Jadson Mendes de Lima, mais conhecido como a drag queen Léo Aquilla, é formado em jornalismo, trabalhou como repórter de TV e se candidatou a deputado estadual por São Paulo em 2010. Tem 41 anos

    Jadson Mendes de Lima, mais conhecido como a drag queen Léo Aquilla, é formado em jornalismo, trabalhou como repórter de TV e se candidatou a deputado estadual por São Paulo em 2010. Tem 41 anos

Jadson Mendes de Lima , 41, mais conhecido como Léo Áquilla, é artista e ativista político. Começou sua carreira fazendo shows performáticos em 1999, quando apresentou “O Feitiço de Áquilla” pela primeira vez em uma grande casa de São Paulo, o Palace. Para bancar o espetáculo, que esgotou as bilheterias, Léo teve que vender o próprio apartamento.

Na televisão, atuou como “drag-Repórter” nos programas Noite Afora, Superpop e Bom Dia Mulher, da “RedeTV!”. Em 2006, atuou no filme "Falsa Loura" e, em 2008, na peça "Moscas mortas num copo de conhaque". Entre 2009 e 2011, apresentou o programa Chupim, da Rádio Metropolitana. Atualmente trabalha em seu 14º musical, “TRANSformer”, apresentando-se nos Estados Unidos e Europa, e na turnê de um novo álbum, “Aqui pra você”.

Além de artista, Léo é formado em jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi e pós-graduado em jornalismo político pela PUC-SP. A Drag Queen ainda se candidatou a Deputado Estadual em 2006 e 2010, sem conseguir se eleger apesar de ter conseguido mais de 14 mil votos em 2010.

Apesar da orientação sexual, Léo tem um filho biológico, de 15 anos, e outro adotivo, de 14 anos.

Últimas notícias Ver mais notícias