11 declarações polêmicas de Deborah Secco

do BOL

  • Folhapress/Instagram/AgNews

Deborah Secco, que completa 39 anos nesta segunda-feira, já apareceu diversas vezes na mídia não apenas por seu talento na profissão, mas também por sua vida pessoal. Dona de declarações para lá de polêmicas, a atriz já revelou ter traídos todos os ex, engravidado por causa de uma camisinha furada, ter achado o início da maternidade frustrante e acreditar que mulheres devem fazer sexo mesmo sem vontade. Relembre o que mais ela já andou falando por aí.

Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube

1

"Se você não faz sexo com o seu homem, outra pessoa vai fazer"

"É o seguinte: você pode até estar sem vontade, mas quando você começa ? é um pouquinho só que você fica sem vontade, aí começou já fica bom. Então não pensa no desânimo, pensa na animação que vem. Outra coisa importantíssima: se você não faz sexo com o seu homem, outra pessoa vai fazer. Homem não fica sem sexo. Então, ah, está com preguiça? Começa, que a parte chata é só essa preliminar de começar mesmo. Depois que começou fica gostoso", disse a atriz incentivando mulheres a manterem relações sexuais mesmo sem vontade sob o olhar atento de Julia Faria, que a entrevistava. A polêmica foi tanta que o vídeo foi retirado do canal da blogueira. Leia mais
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

2

"Traí todos"

"Já traí todas as pessoas com quem eu tive, menos o Hugo. Também não posso cobrar das pessoas o que eu não dou. Acho hipócrita e eu não sou hipócrita. Talvez do Hugo eu cobre porque eu dou. Dos outros eu não cobrava porque eu não dava, era um momento meio ruim...", contou ela ao programa Fofocalizando, enfatizando que a única relação em que não traiu foi a com o atual marido, Hugo Moura. Leia mais
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

3

"Quem quiser trair, que traia"

Ao falar sobre a repercussão de sua declaração sobre traição, a atriz desabafou para a Veja e rebateu as críticas. "Traí todos. E fui traída por quase todos. Não me orgulho, mas não vou mentir. Não tenho necessidade de ser vista pelos homens como gostosinha, bonitinha e boazinha. Se algum quiser ficar com outra para não ser traído, que seja feliz. Comigo é vida real. É terrível ver mulheres que só são fiéis porque acham que é o certo. Isso é muito retrógrado. Quem quiser trair, que traia. O que mais me chocou foi ver que as maiores críticas vieram de mulheres. É inadmissível que em 2017, com o enorme movimento pela liberação feminina, 90% das que comentaram o fizeram para se pronunciar contra mim. É muito triste que as mulheres não se defendam, não lutem pela liberdade mínima de aceitar que a gente pode, sim, trair o homem. Como os homens traem a gente"
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

4

Tentou roubar namorado da irmã

"Eu tinha 14 anos, eu era apaixonada por um menino. Ele morava em um prédio em frente ao meu. Passava o dia inteiro no muro olhando ele na varanda. Ele se apaixonou pela minha irmã e ele foi o primeiro grande namorado da minha irmã. Eu ficava dentro de casa aterrorizando ele, seduzindo ele, mesmo ele namorando a minha irmã. Muito feio da minha parte, eu concordo. Eu levei uma surra da minha mãe, única vez que ela me bateu na vida. Ela botou eu e Bárbara e falou: 'Quando é de uma, nunca mais é da outra'", disse a atriz em bate-papo com Julia Faria sobre a irmã Bárbara, dois anos mais nova
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

5

"Eu não era uma pessoa correta com as atitudes de uma família"

"Confesso que homens com mulheres, já me envolvi muito e me arrependo muito. Homens casados, com namoradas, mas nunca conhecia as mulheres. Eu conhecia os caras. Eles sempre vinham com aquela conversa que homens sempre vem, que vão separar, que não estão felizes. Eu acreditava. E como nunca tinha tido uma família ou um relacionamento sério, acho que não sabia o peso que era interferir na vida de uma família. Me arrependo muito. A relação de um casamento, ainda mais com filho, não é 100% ativa, sexualmente, ou romanticamente. Não estou com meu marido como eu estava antes da minha filha nascer. Às vezes, numa semana, a gente tá um pouco ausente, cria-se um espaço que pode ser preenchido não por falta de amor, mas por falta de tempo", disse ela sobre já ter sido amante em um bate-papo ainda para o canal de Julia Faria
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

6

"Não tenho o dinheiro da Sandy"

Em entrevista à revista Veja, a atriz foi questionada sobre a suposta superexposição da filha, Maria Flor, e resolveu rebater com uma indireta para a irmã de Junior. "Sempre tive certeza de que não conseguiria evitar a exposição dela. Não tenho o dinheiro da Sandy, não ando cheia de seguranças e não moro em Campinas. Então, quis evitar que, cada vez que ela aparecesse, isso causasse uma comoção. Acho que, ao divulgar a imagem da Maria, ela vai ficando mais comum e não desperta tanta curiosidade", disse, comparando sua vida com a da mãe de Theo, que faz de tudo para blindar o filho do assédio da mídia. Leia mais
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

7

Relacionamentos abusivos

"Eu tive homens muito controladores, que me oprimiam, de quem eu dependia emocionalmente. Vivi relações abusivas em grau muito forte. Convivi com um que me trancava no quarto para eu não comer. Dizia que eu estava gorda e que, se continuasse assim, ele não iria me querer mais. Nunca, mas tive medo de apanhar. Sofri muitas agressões verbais. Um deles dizia que eu só era bem-vista e tinha amigos por ser namorada dele... Eu era cega, viciada nesse tipo de relacionamento", afirmou a atriz em entrevista à revista Veja. Leia mais
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

8

"Ninguém nunca terminou comigo"

"Nunca tive uma pessoa que tenha terminado comigo. O dia que termino é porque a pessoa não significa absolutamente mais nada pra mim, nem bom, nem ruim", revelou ela em entrevista a Leo Dias para o Fofocalizando
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

9

"Dane-se o que pensam"

"Sempre lidei com isso de uma forma um pouco rebelde, dane-se o que pensam, dane-se o que falam. Porque pra mim é muito claro que minha vida é uma só e eu tenho que vivê-la. Não poderia tentar ser uma pessoa perfeita aos 15, 16 anos", afirmou a atriz em mais uma declaração polêmica revelada ao Fofocalizando
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

10

"É frustrante"

"Ninguém me avisou que a criança não dá amor no primeiro mês! Ainda mais no meu caso, que não amamentei. Sentia que, qualquer pessoa que estivesse ali trocando fralda, dando banho e mamadeira, pra ela estava bom. É uma dedicação absurda, o bebê demanda de 3h em 3h cronometradas. Aí você sente que dá muito e não recebe nada em troca. É frustrante", disse ela sobre a maternidade à revista Glamour
Reprodução/Instagram @dedesecco
Reprodução/Instagram @dedesecco

11

"Camisinha Furada"

Ainda sobre a filha, Deborah revelou a Glamour que a gravidez não foi planejada. "Parei de tomar pílula pra congelar meus óvulos, porque todas as minhas amigas estavam com dificuldade de engravidar, e o médico falou que o ideal era congelar com 35. Pra fazer o procedimento, tinha que ficar durante seis meses sem anticoncepcional. Aí, por causa de uma camisinha furada, Maria nasceu", disse, lembrando que a menina foi concebida no dia 28 de março de 2015