13 famosos que largaram a fama para seguir em profissões comuns

do BOL

A fama é passageira. Razão pela qual algumas ex-celebridades acabaram desencantando dela e seguindo outros caminhos. Outras, todavia, tiveram motivos diferentes, como contas para pagar, doenças para tratar e até a pedido do cônjuge.
 
Confira a seguir os ex-famosos que largaram as carreiras para se dedicarem a ofícios comuns.
 
 

Getty Images e Arquivo pessoal/Ivan Medeiros
Getty Images e Arquivo pessoal/Ivan Medeiros

1

Roger "Guerreiro"

Ex-jogador do Corinthians e do Flamengo, ele, atualmente, é motorista de Uber em São Paulo. Em entrevista ao UOL, em outubro deste ano, Roger relembrou o gol marcado pela Polônia na Eurocopa e a volta ao Brasil em 2013. Tendo passado por times menores desde então, o ex-jogador acabou se desiludindo dos gramados depois de receber vários calotes. Com dois filhos pequenos e contas para pagar no fim do mês, ele se tornou motorista de Uber. Mas, segundo Roger, o plano de voltar a trabalhar em uma área relacionada ao esporte não acabou. Leia mais
Divulgação/Vírgula e Adriano Vizoni/Folha Imagem
Divulgação/Vírgula e Adriano Vizoni/Folha Imagem

2

Lídia Brondi

A atriz de novelas como "O Grito" (1975), "Dancin' Days" (1978), "Vale Tudo" (1988), "Tieta" (1989) e "Meu Bem, Meu Mal" (1990), ela se afastou da dramaturgia em 1991, no auge da carreira. De acordo com o pai de Lídia, Jonas Rezende, em entrevista ao jornal O Globo, em 2011, ela se afastou dos holofotes para cuidar da síndrome do pânico. "Libertou-se e tomou a direção da própria vida. Uma atitude nada fácil, se considerarmos que abriu mão de uma carreira de sucesso, onde era bem remunerada e reconhecida. As pessoas mais chegadas a ela, se não entenderam, pelo menos respeitaram", ponderou o pai. Em um relacionamento com o ator Cássio Gabus Mendes desde 1990, ela deixou a fama sem olhar para trás e, atualmente, trabalha como psicóloga. Leia mais
Reprodução/SBT e Montanha/Arquivo pessoal
Reprodução/SBT e Montanha/Arquivo pessoal

3

Montanha

Gilberto Augusto Félix ficou conhecido por ser o valentão das pegadinhas de Silvio Santos. Afastado da TV, ele abriu um quiosque chamado de "Encontro com Montanha", em Mongaguá, no litoral de São Paulo. Diabético desde os treze anos, ele amputou a perna esquerda depois de sofrer uma inflamação na pele e conta com a ajuda da mulher para tocar o negócio. Leia mais
Divulgação/TV Globo e Reprodução/YouTube
Divulgação/TV Globo e Reprodução/YouTube

4

Psicologia fora dos holofotes

Cecília Dassi fez um enorme sucesso como a pequena Sandrinha, na novela "Por Amor" (1997), seu terceiro papel em obras televisionadas, mas conforme cresceu, e participou de outras tramas, a jovem optou por seguir outro rumo longe das telas. Formada em psicologia, ela abriu um consultório e abandonou a carreira de atriz. "Queria outras possibilidades, pensar numa profissão que fosse uma alternativa. Porque eu sentia uma instabilidade nesse universo", afirmou ao site Notícias da TV em maio deste ano
Divulgação e Marcelo de Jesus/UOL
Divulgação e Marcelo de Jesus/UOL

5

Mário Gomes

No início deste ano, o ex-galã global deu o que falar ao aparecer vendendo lanches na praia. Em entrevista ao programa "A Tarde É Sua", ele revelou que não sente falta de fazer novelas. "Você tem que ficar ligado no futuro, o presente tá mais ou menos organizado, mas e depois? Esse é o problema da televisão, muitas vezes você não a tem... É uma tentativa de buscar um caminho", ponderou em conversa com Geraldo Luís em março. Leia mais
Divulgação
Divulgação

6

Jack Gleeson

O ator que interpretou o odiado Joffrey Baratheon, em "Game of Thrones", já havia atuado em outras produções, mas foi depois do grande sucesso que obteve com a série que resolveu deixar a fama para trás. Ele anunciou, em 2014, a aposentadoria como ator para se dedicar aos estudos. Irlandês, ele voltou a sua terra natal e agora estuda filosofia e teologia na Trinity College, em Dublin
News/Reprodução e Manuela Scarpa/Brazil
News/Reprodução e Manuela Scarpa/Brazil

7

Ana Lilian de la Macorra

A mexicana ficou famosa pelo papel de Paty, a garota por quem Chaves era apaixonado, no seriado que leva o nome do protagonista. Depois que o programa chegou ao fim, ela se formou em psicologia e passou a atuar na área, conquistando, inclusive, um mestrado em psicoterapia (Reprodução/SBT)
Reprodução/Filmow e Reprodução/Nova Mais
Reprodução/Filmow e Reprodução/Nova Mais

8

Patrícia Perrone

Ela atuou em produções como "Noivas de Copacabana" (1992), "Despedida de Solteiro" (1992) e "Olho no Olho" (1993), mas resolveu abandonar a carreira apenas dois anos depois de estrear na TV para estudar, segundo o jornal Extra e, desde então, nunca mais retornou. Ela se formou como advogada e passou a atuar como Procuradora do Estado do Rio de Janeiro e professora de Direito. "Tinha medo de ter uma vida muito incerta profissionalmente, de me faltar trabalho, e fui investir em um caminho mais seguro", contou em entrevista à publicação em 2013
Reprodução/Abhpy/Novelas Brasil e Reprodução/Instagram
Reprodução/Abhpy/Novelas Brasil e Reprodução/Instagram

9

Carolina Pavanelli

Em 1993, ela protagonizou a novela "Sonho Meu" como a pequena Maria Carolina, filha de Cláudia (Patrícia França). Porém, mesmo com todo o sucesso, e com outras atuações no currículo artístico, ela trocou a telinha pela sala de aula. Atualmente, professora de português, ela se formou em Cinema e atua também como escritora
Reprodução/TV Globo e Reprodução/Instagram @duda_little
Reprodução/TV Globo e Reprodução/Instagram @duda_little

10

Duda Little

Ainda criança, ela brilhou em "Lua de Cristal", ao lado de Xuxa, e em "Os Trapalhões", ao lado de Didi e companhia. Porém, sem dar continuidade à carreira de atriz, ela se formou em jornalismo e passou a atuar, inclusive, no ano passado, como editora-chefe do Mais Você, segundo o jornal Extra
Reprodução/AminoApps e Reprodução/Muerge
Reprodução/AminoApps e Reprodução/Muerge

11

Dylan e Cole Sprouse

Dylan ficou famoso ao lado do irmão gêmeo, Cole, com quem dividiu papéis em produções como "O Paizão" e "Friends". Os dois ganharam o próprio programa no canal da Disney, "Zack & Cody: Gêmeos em Ação". No entanto, a série chegou ao fim e os dois resolveram explorar novas opções. De acordo com a revista Monet, ambos entraram na Universidade de Nova York, mas resolveram trancar as matrículas por um ano para só depois concluírem os cursos. Enquanto Dylan estudou design de videogames, Cole escolheu humanidade e arqueologia. Eles concluíram os cursos em 2015, mas, no meio do caminho, Dylan chegou a trabalhar como garçom em um restaurante de Nova York, ainda de acordo com a publicação. Ele bem que tentou se manter afastado dos holofotes, mas após o retorno do irmão em frente às câmeras, declarou que poderia considerar desempenhar algum papel "humano", segundo o The New York Daily News. Enquanto Cole voltou a atuar na série "Riverdale", que estreou em sua primeira temporada no início deste ano, Dylan ensaia um retorno, depois de seis anos longe dos holofotes, no drama "Carte Blanche", que ainda não tem previsão de lançamento ou muitos detalhes a respeito do papel do gêmeo, segundo os sites E! e Hello Giggles
Reprodução/Instagram @moranguinhoreal
Reprodução/Instagram @moranguinhoreal

12

Mulher Moranguinho

A pedido do marido, o cantor Naldo Benny, ela abandonou a carreira como dançarina de funk e, depois de três anos juntos, passou a se dedicar às funções de dona de casa e empresária. De acordo com o jornal Extra, em 2014, Ellen Cardoso também usou algumas economias dos tempos de mulher fruta para investir em uma grife de roupas e sapatos a serem distribuídos para lojas de todo o país. Em julho deste ano, ela inaugurou a própria loja. "Ele não queria que eu trabalhasse. A vida é feita de escolhas. E eu cheguei num momento que eu tinha que escolher: ou eu ia ter o meu marido, uma família, ou ia ter que abrir mão disso e ter o meu sucesso profissional", disse ela à publicação