Além de Hitler, você sabe quais foram os líderes da Segunda Guerra Mundial?

do BOL

A Segunda Guerra Mundial deixou o planeta sob enorme tensão, mais especificamente em 1939, quando a Alemanha decidiu invadir a Polônia. Imediatamente, França e Inglaterra declararam guerra à Alemanha de Hitler, que formaria um eixo com a Itália de Mussolini e o Japão. Esses países defendiam o totalitarismo e a expansão de seus territórios por meio do nazismo e fascismo.

O outro grupo, dos Aliados, foi composto por Inglaterra, França, União Soviética e posteriormente os Estados Unidos. Por trás dos inúmeros confrontos que marcaram os seis anos (1939-1945) da Segunda Guerra, estavam líderes nacionais e peças-chave no último grande confronto global. A seguir, conheça um pouco mais sobre esses personagens históricos.

Leia também:

Reprodução/Biography.com
Reprodução/Biography.com

1

Adolf Hitler

Chamado também de Führer (chefe), foi cabo do exército alemão na Primeira Guerra Mundial e, ao término do acontecimento, fundou um partido de extrema direita que logo se tornou um Partido Nazista. Tentou dar um golpe de estado e assumir o governo em 1923, mas acabou sendo levado para a prisão. Na cadeia, escreveu o livro "Minha Luta", com teses racistas e antissemitas. Em 1933, foi nomeado chanceler alemão e deu início à Segunda Guerra ordenando o ataque à Polônia, em 1939. Em 1941, assumiu o controle das Forças Armadas, impondo um regime totalmente nacionalista. Sob sua liderança, o regime nazista executou um dos maiores genocídios da História, matando pelo menos 6 milhões de judeus e milhões de outras pessoas consideradas "sub-humanas" ou "indesejáveis". Em 1945, enquanto as forças soviéticas batalhavam pela capital alemã, Hitler cometeu suicídio em seu quartel-general
Reprodução/Russian7
Reprodução/Russian7

2

Benito Mussolini

Chamado de Duce da Itália, que significa condutor, elegeu a si próprio como Primeiro-ministro do país, cargo que ocupou de 1922 a 1943. Mussolini foi um dos fundadores do fascismo, que incluía elementos como nacionalismo, expansionismo, progresso social e anticomunismo. Tornou a Itália uma das potências do grupo do Eixo, ao lado da Alemanha nazista de Hitler
Reprodução/KnowYourName
Reprodução/KnowYourName

3

Charles De Gaulle

De Gaulle foi uma figura central na Segunda Guerra, liderando o movimento Franceses Livres e sendo chefe provisório do governo francês após a libertação do país na Segunda Guerra Mundial. Resistiu bravamente às investidas da Alemanha nazista até conseguir retomar o controle das colônias. Depois, de 1958 a 1959, foi presidente de seu país e empregou com veemência a França como nação livre e independente, sem associação a nenhum país aliado
Reprodução/history.uk
Reprodução/history.uk

4

Erwin Rommel

Foi um general alemão de campo durante a Segunda Guerra Mundial. Ficou conhecido por sua audácia nas táticas de guerra, planejando com Hitler estratégias de rápido avanço e domínio, com suporte aéreo militar. Recebeu o apelido de Raposa do Deserto
Reprodução/Biography.com
Reprodução/Biography.com

5

Franklin Roosevelt

Foi presidente dos Estados Unidos na época da Segunda Guerra Mundial, tendo sido reeleito três vezes. Tornou os EUA peça-chave na vitória dos Aliados sobre os alemães no final da Segunda Guerra, porém morreu nos momentos finais das batalhas em 1945, dando lugar a Harry Truman. Foi um dos incentivadores do capitalismo e da plena democracia
Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube

6

Hideki Tojo

Primeiro-ministro do Japão na maior parte da Segunda Guerra, de 1941 a 1944, coordenou a luta de seu país a favor dos países do Eixo (Alemanha e Itália). Foi condenado à morte pelos crimes de guerra no Japão Imperial, em 1948
Reprodução/KnowYourName
Reprodução/KnowYourName

7

Josef Stalin

Primeiro-ministro da União Soviética de 1941 a 1953, Stalin era um comunista com ideias revolucionárias que recebeu todos os créditos pelo sucesso soviético. O líder de origem humilde empregava postura antifascista, mas deportou mais de três milhões de pessoas do território soviético por diferenças étnicas ou por serem opositoras ao seu governo
Reprodução/TheDailyBeast
Reprodução/TheDailyBeast

8

Klaus Barbie

Um dos responsáveis operacionais pelo Holocausto, foi um oficial da SS Nazista (organização paramilitar ligada ao Partido Nazista). Era conhecido como Carniceiro de Lyon, pela brutalidade com que torturava os prisioneiros. Em seu julgamento, foi acusado de 177 crimes contra a humanidade e condenado à prisão perpétua
Reprodução/The Verge
Reprodução/The Verge

9

Winston Churchill

Foi o primeiro-ministro britânico durante o período da guerra. Ele reacendeu o espírito patriota britânico, com discursos entusiastas ao povo, afirmando que só interessava a vitória à Inglaterra, que, "sem a vitória, não sobreviveremos". Mesmo tendo seu território bombardeado seguidamente pela Alemanha, não sinalizou desistência, e sua postura acabou sendo fundamental para o término da Segunda Guerra. Durante o período, manteve dublês para aparições em público. Um deles, inclusive, acabou morrendo ao ter seu avião derrubado pelos alemães. Posteriormente, em 1953, ganhou o Prêmio Nobel de Literatura por uma descrição histórica e biográfica da Segunda Guerra Mundial