Belém comemora 402 anos: saiba o que visitar na capital do Pará

do BOL

  • Eduardo Vessoni/UOL

Cheia de história para contar, a cidade portuária fundada por portugueses é uma das mais importantes da região Norte, com seu grande centro comercial, boa comida e lindos parques. Ficou curioso para conhecer? Veja alguns pontos a serem visitados.

Leia também:

Divulgação / Luiz Vogel
Divulgação / Luiz Vogel

1

Basílica de Nazaré

Erguida a partir de 1909, no local onde foi encontrada a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, a igreja reúne milhares de fiéis durante o Círio de Nazaré, que acontece no mês de outubro
Wikipedia
Wikipedia

2

Catedral Metropolitana de Belém, a Igreja da Sé

Localizada no centro histórico, no bairro da Cidade Velha, é de onde partem as procissões do Círio de Nazaré após a celebração da missa
Raimundo Paccó/Framephoto/Estadão Conteúdo
Raimundo Paccó/Framephoto/Estadão Conteúdo

3

Círio de Nazaré

É a maior festa da cidade e um dos maiores eventos religiosos do mundo. Reúne mais de 2 milhões de devotos de Nossa Senhora de Nazaré no segundo domingo do mês de outubro, desde 1793
Tarso Sarraf/Estadão Conteúdo
Tarso Sarraf/Estadão Conteúdo

4

Baía do Guajará

É o local onde se reúnem as embarcações que acompanham a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré na Romaria Fluvial
Wikipedia
Wikipedia

5

Casarões

Os casarões coloniais da rua Marquês de Pombal, na Cidade Velha, são um espetáculo à parte. Coloridos, eles chamam a atenção pela harmonia visual e pela preservação
Divulgação/Agência Pará
Divulgação/Agência Pará

6

Mercado Ver-o-Peso

Inaugurada em 1627, é considerada a maior feira livre da América Latina, e foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1977. Na feira, é possível encontrar frutas e legumes regionais, ervas medicinais para chás e banhos indicados pelas rezadeiras, artesanatos, carnes, peixes e muitos temperos, além dos utensílios regionais. A curiosidade é que o nome da feira tem origem nas chamadas "Casas de Haver-o-Peso", criadas no Brasil para conferir o peso das mercadorias para cobrar os devidos impostos para a coroa portuguesa, e passou a ser chamado popularmente por "lugar de Ver-o-Peso". Funciona de terça a sexta das 10h às 18h e sábado e domingo das 10h às 14h
Reprodução/Agência Pará
Reprodução/Agência Pará

7

Estação das Docas

Antes de se tornar um complexo turístico, no local funcionavam armazéns antigos do porto de Belém. Além de bares, restaurantes, lojas, exposições, teatro e feira de artesanato, na estação encontra-se também um terminal fluvial, de onde partem barcos para passeios na orla. Fica aberta aos domingos e segundas das 10h à meia-noite, terças e quintas das 10h à 1h e nas sextas e sábados das 10h às 3h
Jader Paes/Divulgação/Agência Belém
Jader Paes/Divulgação/Agência Belém

8

Ilha de Mosqueteiro

Praia de rio que possui altas ondas, possibilitando a realização do campeonato de surfe "Taça da Cidade de Belém"
Wikipedia
Wikipedia

9

Forte do Presépio

Erguido para defender a cidade de invasões, é um dos marcos da fundação e um dos pontos turísticos mais famosos de Belém. Seu nome verdadeiro é Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém. Visite de terça a sexta das 10h às 15h e sábados e domingos das 9h às 13h
Wikipedia
Wikipedia

10

Casa das Onze Janelas

Construção histórica que atualmente funciona como espaço cultural, mas já foi residência de senhor de engenho, na praça Frei Caetano Brandão. Aberta de terça a sexta das 10h às 18h e sábado e domingo das 10h às 14h
Reprodução/Everaldo Nascimento/Agência Pará
Reprodução/Everaldo Nascimento/Agência Pará

11

Mangal das Garças

É um parque zoobotânico que abriga espécies da Amazônia e, como diz o nome, muitas garças. Funciona de terça a domingo, das 9h às 18h
Reprodução/Museu Paraense Emílio Goeldi
Reprodução/Museu Paraense Emílio Goeldi

12

Museu Paraense Emílio Goeldi

Inaugurado em 1871, o museu possui o parque zoobotânico, um campus de pesquisa e uma estação científica, sendo reconhecido mundialmente como uma das mais importantes instituições de pesquisa. Abriga acervos para conhecimento nas áreas de ciências naturais e humanas relacionadas à Amazônia. Seu nome é em homenagem ao zoólogo suíço Emílio Goeldi, que dirigiu o parque de 1894 até 1907. Aberto de quarta a domingo, das 9h às 17h
Wikipedia
Wikipedia

13

Praça do Relógio

O nome verdadeiro é praça Siqueira Campos, mas nem todos sabem disso. A praça é conhecida mesmo pelo apelido, inspirado no relógio instalado na praça, importado da Inglaterra. Fica em Campina
Reprodução/Theatro da Paz
Reprodução/Theatro da Paz

14

Theatro da Paz

Inaugurado em 1878, tem capacidade para 880 pessoas, e foi construído com recursos da exportação de látex, no Ciclo da Borracha. É considerado um dos teatros-monumentos segundo o IPHAN. Localizado na praça da República, está aberto ao público de terça a sexta das 9h às 17h, sábado das 9h às 12h e domingo das 9h às 11h
Wikimedia
Wikimedia

15

Tacacá

E, é claro, quem vai a Belém não pode deixar de experimentar seu prato mais famoso, o tacacá, um caldo feito com a goma da mandioca que é encontrado por todos os cantos da cidade