Estes 20 famosos são engajados nas mais variadas causas. Conheça!

Colaboração para o BOL

A fama e o prestígio das celebridades a seguir têm um propósito. Eles atuam em prol das causas em que acreditam, sejam sociais ou ambientais. Alguns chegaram a ser presos defendendo seus ideais, mas não fogem à luta.


Leia também:

AP
AP

1

Angelina Jolie

Conhecida ativista dos direitos humanos, apoio aos refugiados e causas ambientais, Angelina Jolie já se envolveu em uma série de iniciativas. Justamente por isso, a atriz coleciona honras e títulos, como Enviada Especial do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, Embaixadora da Boa Vontade da ONU, dama da Ordem de São Miguel e São Jorge e vencedora do Prêmio Humanitário Jean Hersholt. Desde pequenos, os filhos da atriz também já são envolvidos, mesmo que indiretamente, nas causas que despertam a luta da mãe. Em 2003, ao adotar Maddox, no Camboja, ela transformou 60 mil hectares do parque nacional Samlout em uma reserva da vida selvagem - que foi ampliado e, atualmente, abriga diversas outras iniciativas financiadas pela artista, como escolas e uma fábrica de leite de soja. Em 2014, para citar outro exemplo, juntamente com o então marido Brad Pitt, a atriz criou a Fundação Shiloh Jolie-Pitt - em homenagem à filha - para ajudar a vida selvagem na Namíbia. A norte-americana tornou-se patrona das Harnas Wildlife Foundation, orfanato de vida selvagem e centro médico que fica no deserto de Kalahari; adepta do trabalho de conservação da reserva natural Naankuse Wildlife Sanctuary e, por fim, financiadora de projetos de conservação de animais grandes na Namíbia. Na imagem, a atriz distribui bolas às crianças de um campo de refugiados na província de Ratchaburi, na Tailândia, em 2002
Eric Gay/AP
Eric Gay/AP

2

Beyoncé

A cantora é uma das fundadoras da ONG Survivor Foundation, que ajuda na construção de abrigos para pessoas que perderam suas casas em catástrofes naturais. Beyoncé também é conhecida por incentivar o público de seus shows a fazer doações em postos de coletas criados por ela. A artista também faz questão de se posicionar politicamente e falar sobre o racismo. Em setembro deste ano, foi capa da revista Vogue America e exigiu ser clicada por Tyler Mitchell, primeiro fotógrafo negro a fazer a capa da publicação. Ainda em 2018, ao ser a primeira mulher negra a protagonizar o festival Coachella, prestou tributo a Nina Simone e citou um texto de Malcom X. Já no clipe da música "Apeshit", protagonizado ao lado do marido, Bey faz uma crítica à cultura branca e eurocêntrica
Getty Images
Getty Images

3

Bono Vox

O irlandês já chegou a ser premiado com o Nobel da Paz em 2008. Além de líder do grupo U2, ele está constantemente envolvido em projetos que tratam de causas ambientais e humanitárias. É um nome famoso na luta contra a Aids e costuma contribuir para a ONG RED. O artista ainda é co-fundador da ONE, projeto que abarca mais de sete milhões de pessoas na luta contra a fome e a pobreza no continente africano
Reuters
Reuters

4

Daryl Hannah

A intérprete de Angel em "Sense8" é uma ativista de causas ambientais. Por lutar de forma direta e ativa, ela já chegou a ser presa em protestos. Na imagem, por exemplo, ela é detida após protestar na frente da Casa Branca contra a construção de um oleoduto de 7 bilhões de dólares
Dia Dipasupil/Getty Images
Dia Dipasupil/Getty Images

5

Emma Watson

Conhecida pelo papel de Hermione Granger, na saga "Harry Potter", a britânica é um nome que ganha destaque quando o assunto é a luta pelos direitos das mulheres, inclusive seu discurso na ONU sobre o tema acabou tornando-se viral e ela foi indicada pela ONU Mulheres como Embaixadora da Boa Vontade para defender o empoderamento de mulheres jovens. A artista já compareceu ao Globo de Ouro de 2017 acompanhada por uma conhecida líder feminista e doou mais de R$ 4 milhões para campanha contra o assédio. Além disso, a artista é comprometida também com a sustentabilidade e veste apenas marcas que cuidam do meio ambiente. Ela chegou a criar uma conta no Instagram para compartilhar seus looks de grifes famosas enaltecendo de que forma a roupa e a marca são sustentáveis
Andreas Pessenlehner/Efe
Andreas Pessenlehner/Efe

6

Eva Longoria

A atriz nasceu no Texas (nos EUA), mas se orgulha das suas raízes mexicanas e na luta pela qualidade de vida dos latinos no país governado atualmente por Trump, criou a fundação Eva's Heroes (Heróis da Eva, em tradução para o português), a fim de promover reforço escolar para crianças com dificuldade de aprendizado
AP
AP

7

Gisele Bündchen

Em 2004, a brasileira visitou uma tribo indígena no Xingu. Foi aí que começou a história dela com a luta pelo meio ambiente. Gisele passou a encarar com mais seriedade o seu amor pela natureza e, com isso, se envolver em uma série de projetos relacionados à água, energia limpa, aquecimento global, prevenção do HIV e preservação da Floresta Amazônica, entre outros. Para se ter uma ideia, ela já criou uma floresta (como parte de uma campanha de reflorestamento), costuma participar de campanhas de conscientização e já reverteu alguns cachês em prol das causas que acredita. Graças à sua dedicação, a modelo foi reconhecida pela ONU (Organização das Nações Unidas) e nomeada por um de seus programas, a UNEP, como Embaixadora da Boa Vontade para o Meio Ambiente
Reprodução/Instagram @fillardis
Reprodução/Instagram @fillardis

8

Isabel Fillardis

A atriz fundou e é presidente da ONG Doe Seu Lixo, que tem como objetivo reduzir o impacto ambiental que os resíduos podem causar, ajudando, com isso, na geração de empregos por meio da coleta seletiva
Jeff Spicer/Getty Images for Warner Bros
Jeff Spicer/Getty Images for Warner Bros

9

Lady Gaga

A cantora é conhecida pela luta contra a Aids e a favor dos direitos LGBTI+, chegando a pedir que o Senado dos EUA derrubasse a lei que obriga os soldados a ocultarem sua orientação sexual. Em 2010, ela foi campeã de doações para causas beneficentes e, no ranking da ONG Do Something, ficou em primeiro lugar entre as celebridades que praticam o bem. Em 2016, participou de um debate sobre o poder da bondade e esteve ao lado de Dalai Lama e, por conta disso, teve sua música banida da China
Getty Images
Getty Images

10

Leonardo DiCaprio

Desde 1998, o ator comanda a Fundação Leonardo DiCaprio, por meio da qual luta por diversas questões, como: proteger florestas e oceanos, combater o aquecimento global, e, mais pontualmente, vigiando pelo bem estar de tubarões na Califórnia (EUA), elefantes na África e tigres na Ásia, por exemplo. Seu trabalho o fez ser nomeado pela ONU como Mensageiro da Paz pelas Mudanças Climáticas. Além disso, ele ainda faz parte do conselho de diversas ONGs eco-friendly, como World Wildlife Fund, Natural Resources Defense Council, National Geographic's Pristine Seas, Oceans 5 e International Fund for Animal Welfare
Eduardo Knapp/Folhapress
Eduardo Knapp/Folhapress

11

Letícia Sabatella

A atriz é ativista pelo direitos dos povos indígenas e dirigiu o documentário "Hotxuá", a fim de mostrar a vida da tribo Krahô, em Tocantins. Além disso, atua em defesa da democracia, está envolvida na causa do Movimento Sem Terra e do Movimento Gota d'Água e foi uma das personalidades mais marcantes na luta contra a transposição do Rio São Francisco
Reprodução/TV UOL
Reprodução/TV UOL

12

Luisa Mell

Não é segredo para ninguém que a artista é engajada nas causas de apoio aos animais. Em agosto de 2018, ela contabilizou para o Universa ter salvo de maus-tratos cerca de 10 mil animais. O Instituto Luisa Mell foi fundado em 2015 e, nele, a famosa atua voluntariamente. Além disso, assina uma linha de sapatos veganos e faz questão de recusar todas as propostas de trabalho que esbarrem em suas convicções ambientalistas
Thoko Chikondi/AP
Thoko Chikondi/AP

13

Madonna

A cantora apoia várias ONGs que tratam de inclusão social e apoio a crianças e suas famílias, como, por exemplo, a Success For Kids, que oferece cursos livres de artes e esportes. Ela também criou a fundação Raising Malawi, por meio da qual financia obras de infraestrutura no país. Em 2012, por exemplo, ajudou a construir dez escolas no país, que estima-se atenderem mais de quatro mil crianças
Foto Rio News
Foto Rio News

14

Marcos Palmeira

O ator é responsável pelo projeto PAIS (Produção Agrícola Integrada Sustentável), que promove um sistema de produção agroecológica por meio do uso de energia solar, a fim de beneficiar diversas famílias, suprindo a necessidade de alimentos e ainda incentivando a geração de renda das produções próprias. Marcos, inclusive, é dono de uma fazenda orgânica, no Rio, que produz alimentos sem agrotóxicos e é referência em sustentabilidade. Além disso, o artista ainda é envolvido com projetos indígenas
Kevin Winter/Getty Images
Kevin Winter/Getty Images

15

Oprah Winfrey

A ex-apresentadora comanda um projeto que abriga mais de 170 garotas na África e chegou a ganhar um Oscar honorário em 2011 por conta do seu trabalho humanitário. De acordo com a Forbes, é uma das mulheres mais filantropas de todos os tempos. O nome da artista dá também nome a uma lei, pela qual ela lutou no Senado dos EUA, que cria uma base de dados com todas as pessoas condenadas por terem abusado de menores
Getty Images
Getty Images

16

Príncipe Harry

Seguindo o exemplo da mãe, Lady Di, o herdeiro real está constantemente envolvido em causas humanitárias. Ao lado do irmão, William, administra um instituto que capta fundos para financiar projetos sociais no Reino Unido e no mundo. No casamento com Meghan Markle, ele e a noiva escolheram sete ONGs para que os convidados encaminhassem contribuições em vez de comprarem presentes. O fato de o príncipe ter faltado a uma das tradicionais caçadas feitas pela família real foi atribuído à influência da amada e demonstraria mais uma mudança no comportamento do ruivo
Getty Images
Getty Images

17

Rihanna

Engajada em causas sociais, a cantora, que é natural de Barbados, já participou de uma série de ações filantrópicas, além de ter criado uma bolsa para que estudantes latinos possam estudar nos EUA. Em outubro deste ano, ela mais uma vez mostrou que fica firme nas causas em que acredita ao recusar fazer, em 2019, o show do intervalo do Super Bowl, um dos eventos mais assistidos do mundo, por apoiar o jogador Colin Kaepernick, afastado pela NFL desde 2016, quando protestou contra o racismo e a violência policial contra os negros nos EUA. Em 2015, a cantora já havia cancelado a participação no show de desfile da Victoria's Secret depois que Kendall Jenner, irmã de Kim Kardashian, foi anunciada como a nova modelo da marca no lugar de uma modelo negra
Reinaldo Canato/UOL
Reinaldo Canato/UOL

18

Roger Waters

O ex-Pink Floyd pode ter deixado alguns brasileiros desavisados surpresos este ano, mas a verdade é que o posicionamento político e ideológico sempre foi uma das marcas dos trabalhos do artista - na música ou fora dela, promovendo o ativismo contra o fascismo
AFP Photo/Morton County Sheriff´s Office
AFP Photo/Morton County Sheriff´s Office

19

Shailene Woodley

A atriz não foge à luta e está constantemente envolvida em militâncias. Famosa por filmes como "A Culpa É Das Estrelas", a artista chegou a ser presa em 2016 ao participar de um movimento contra o uso de terras indígenas nos EUA
Foto Rio News
Foto Rio News

20

Victor Fasano

O ator está envolvido no projeto Criadouro Tropicus, que cria e reintroduz animais em extinção na natureza. Além disso, é conselheiro da FAS (Fundação Amazonas Sustentável), atua como um dos coordenadores do projeto Amazônia Para Sempre e já produziu documentários sobre a preservação dos animais