Harry - De solteirão cobiçado a maridão de uma mulher fora dos padrões

Colaboração para o BOL

  • Reprodução e Getty Images - Montagem BOL

O príncipe Harry cresceu sob os holofotes e foi um dos solteirões mais cobiçados do Reino Unido - ou do mundo - até que se casou com Meghan Markle, mulher norte-americana, de origem negra, feminista e separada, em maio de 2018. Agora, quando completa 34 anos (15/9/2018), o príncipe voltou a ser notícia com a informação de uma suposta gravidez de Meghan, de gêmeos, segundo tabloides internacionais. Recheada de polêmicas, a trajetória de Harry mostra como o adolescente rebelde se transformou em um adulto engajado e consciente.


Leia também:

Reprodução/Kim Knott/Camera Press/ The Telegraph
Reprodução/Kim Knott/Camera Press/ The Telegraph

1

Bebidas e drogas

O filho mais novo do príncipe Charles e da princesa Diana cresceu acostumado a estar no centro das atenções e a ter cada um dos seus passos acompanhado pela mídia. Na foto, ele aparece ainda menino ao lado da mãe e do irmão, William. As controvérsias envolvendo Harry, que perdeu a mãe aos 12 anos, começaram cedo. Em 2002, aos 17 anos, ele estremeceu a sociedade britânica ao indicar que já bebia e fumava maconha. Com a confissão, seu pai, o príncipe Charles, o mandou para um centro de reabilitação. Harry passou um dia na instituição
Getty Images
Getty Images

2

'Harry Potty'

Em 2004, o príncipe ganhou o apelido Harry Potty quando voltou a estampar as capas dos jornais por causa de uma briga com um paparazzo. Ele perdeu a paciência com o fotógrafo que o seguia e o atacou fisicamente, ferindo sua boca. Harry precisou ser segurado e foi fotografado com a fisionomia alterada pela raiva. "Potty" significa penico e, junto do prenome Harry, forma um trocadilho com o bruxo dos livros e filmes Harry Potter
REUTERS/Handout
REUTERS/Handout

3

Uniforme nazista

Em 2005, Harry teve que se desculpar depois de usar uma suástica nazista em uma festa a fantasia, fato que repercutiu negativamente, especialmente entre a comunidade judaica. Fotografias dele com a roupa foram veiculadas em todos os jornais e revistas britânicas na época
Handout/Reuters
Handout/Reuters

4

Comentários racistas

Em 2009, mais uma polêmica envolvendo o príncipe: foram vazados vídeos em que ele fazia comentários preconceituosos sobre um colega soldado. Harry chamou o cadete de "nosso amiguinho Paqui", um termo pejorativo usado para descrever paquistaneses, e de "raghead", que, em inglês, significa algo como "quem usa pano na cabeça"
Reprodução/The Sun
Reprodução/The Sun

5

Nu nos EUA

Em 2012, o tabloide inglês "The Sun" divulgou imagem, na capa, do príncipe completamente nu em um quarto de hotel de Las Vegas. Na foto, Harry cobre o órgão genital com as mãos. A família real britânica chegou a cogitar um processo contra o jornal, porém desistiu, alegando que Harry estava focado em suas atividades militares no Afeganistão
Reuters
Reuters

6

Carreira militar

Os sucessivos escândalos envolvendo o membro da família real abrandaram com o início da carreira militar. Os dez anos que Harry dedicou às forças armadas colaboraram para limpar a imagem do príncipe que, durante a adolescência e no início da vida adulta, era visto como a ovelha negra da realeza. Terminado o ano sabático, com passagens pela África, Austrália e Argentina, Harry foi recebido como cadete na prestigiada Academia Militar Sandhurst, passando a integrar o exército em abril de 2006
Reprodução/Dailystar
Reprodução/Dailystar

7

Candidatas ao trono

Namorar um príncipe não é uma tarefa fácil. Harry teve várias namoradas, algumas mais conhecidas do público do que outras, como Chelsy Davy (foto), quem o jovem namorou por mais tempo. A atriz e modelo britânica Cressida Bonas, namorada de Harry entre 2012 e 2014, foi apresentada a ele pela prima, a princesa Eugenie. Mas, assim como Chelsy, Cressida teve dificuldades para gerenciar a superexposição na mídia. Outra modelo, Florence Brudenell-Bruce, também não soube lidar com a fama do namorado. Segundo notícias da época, foi essa a principal razão que ditou o fim da relação. Em 2015, dizia-se que o príncipe estaria namorando uma das estrelas da série Doctor Who, Jenna Coleman. Os dois foram vistos em clima romântico numa festa para celebridades, porém, à época, Coleman namorava o ator Richard Madden, de Guerra dos Tronos
Chris Jackson/ Reuters
Chris Jackson/ Reuters

8

Causas sociais

Nos últimos anos, Harry tem se dedicado ao trabalho com caridade. Seu esforço maior está na presidência dos Jogos Invictus, uma competição internacional de estilo paralímpico para veteranos militares mutilados. Junto com o irmão, William, e a cunhada, Kate Middleton, fundou o grupo Heads Together (Cabeças Juntas), que visa combater o estigma e angariar fundos para serviços de apoio às doenças mentais. Ele também trabalha pela instituição Walking With the Wounded (Caminhando com os Feridos), para veteranos, e defende causas que sua mãe costumava abraçar, como a de acabar com as minas terrestres e ajudar crianças afetadas pelo HIV
Getty Images
Getty Images

9

Quebrando protocolos

O casamento de Herry e Meghan, agora duquesa de Sussex, se transformou em um dos grandes acontecimentos de 2018. O filho mais novo de Diana de Gales e do príncipe Charles se casou com a atriz norte-americana em uma cerimônia muito comentada por quebrar alguns protocolos da realeza. Pela primeira vez, uma mulher filha de mãe negra e pai branco, divorciada, feminista e mais velha que seu companheiro entrou para a família real britânica. A cerimônia teve os votos de um pastor americano. No almoço oferecido pela rainha Elizabeth 2ª, outra quebra de protocolo: além dos discursos do príncipe de Gales e de Harry, Meghan também falou. Por costume, quem também deveria se pronunciar seria o pai da noiva, porém, como Thomas Markle não estava presente, a nova duquesa de Sussex assumiu a responsabilidade
Getty Images
Getty Images

10

Gravidez?

O casal Harry e Meghan voltou a ser notícia nos últimos dias com a informação de uma suposta gravidez. A imprensa internacional anunciou recentemente que a duquesa de Sussex se prepara para ser mãe pela primeira vez e, possivelmente, de gêmeos. No início do mês a duquesa foi fotografada com um vestido mais solto que indicaria uma "saliência" na barriga. Embora possivelmente a imagem seja apenas um volume do tecido, a notícia de que a mãe de Meghan está fazendo curso sobre como cuidar de recém-nascidos e que está de mudança para a Inglaterra só fez aumentar a suspeita. O Palácio Real não negou as notícias sobre os possíveis herdeiros, o que também reforçou as especulações. O plano do casal de aumentar a família o mais rápido possível é conhecido. Só resta aguardar para saber se, em breve, o Palácio de Kensington anunciará a boa notícia