Por que o Predador é o vilão mais implacável do cinema

Felipe Branco Cruz
Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Cena do filme "O Predador"

    Cena do filme "O Predador"

O vilão mais implacável do cinema atende pelo nome de Yautja, também conhecido no planeta Terra como Predador. Caçador por esporte, em sua busca pelo inimigo perfeito já lutou no Mortal Kombat e enfrentou Jason, Exterminador do Futuro, Batman, Juiz Dredd e Xenomorfo, do filme "Alien". Além, é claro, do próprio Arnold Schwarzenegger. Tem que ser muito durão para tretar com essa galera.

E se ainda assim não for o bastante para entender o nível de periculosidade destes monstrões espaciais, ela poderá ser sanada nos cinemas: "O Predador", que dá continuação aos eventos ocorridos nos filmes de 1987, 1990, 2004, 2007 e 2010, já está em cartaz.

Além de ser o vilão mais perigoso do cinema, o Predador é também um dos mais divertidos. E uma das grandes qualidades deste novo filme é a de que ele não se leva tão a sério. Mesmo porque foi a partir de uma piada entre os roteiristas Jim e John Thomas, lá na década de 1980, que o Predador surgiu.

Na época, eles contavam que o personagem Rocky aguentava tanta porrada que até poderia lutar contra um extraterrestre. Então, veio o estalo: o que seria melhor do que Sylvester Stallone sobrevivendo a uma luta desleal em um ringue de boxe? Que tal Arnold Schwarzenegger numa floresta tropical contra um alien guerreiro? Melhor impossível. Faltava criar a história por trás destes monstrões. Também não foi preciso elaborar muito. Eles vivem num planeta quente e, por isso, eles sempre invadem a Terra a partir das florestas tropicais --desta vez, a justificativa para os Predadores voltarem à Terra é o aquecimento global. 

Mas, afinal, o que faz do Predador o vilão mais perigoso do cinema?

Programado para matar

Cultura

É preciso conhecer a cultura dos Predadores para entender a sua motivação guerreira. A civilização dos Yautja tem a caça como principal conceito e só sobe na pirâmide social aquele que vencer outros grandes guerreiros do universo. Com uma tecnologia muito avançada, eles viajam pelo espaço em busca desses oponentes. Seus troféus são os crânios ou as espinhas dos inimigos. Com isso em mãos, eles ganham status e cargos militares de honra.

Fisiologia

Os Yautja tem uma fisiologia única, capaz de se adaptar e evoluir em cada civilização que visitam. Eles são altos, possuem quatro mandíbulas e seu visual assustador é emoldurado por dreadlocks. Os Predadores também têm alta capacidade regenerativa, muita força física e usam uma armadura super resistente. O sangue dessas criaturas é verde e a pele escamosa, similar à dos répteis. Por natureza, eles evoluíram para se tornarem os caçadores mais avançados e eficientes do universo.

Arsenal

Boa parte da letalidade dos predadores vem de seu vasto arsenal. As tecnologias bélicas mais usadas por eles são a invisibilidade, proporcionada por um dispositivo instalado em seus trajes, e a visão de calor que lhes permite rastrear os humanos no meio da selva. Eles ainda possuem canhões de plasma e lâminas e lanças feitas com um metal desconhecido na Terra.

Código de Honra

Por serem uma civilização guerreira, sua lei mais importante é o Código de Honra que diz, entre outras coisas, que matar crianças, mulheres e idosos desarmados é falta de educação. Além disso, como eles são mais avançados que vários povos, eles devem equalizar as chances dos inimigos, evitando usar armas mais poderosas quando não necessárias. Se, por acaso, eles não forem bem sucedidos, preferem tirar a própria vida do que sofrer a vergonha da derrota.

Inimigos famosos

A melhor maneira de julgar um guerreiro é pelos inimigos que ele enfrentou. A lista dos Predadores é mais do que respeitável. Nos cinemas, vimos os Yautjas enfrentando humanos e o Xenomorfo de Alien. Mas é nos quadrinhos que a criatividade foi longe com Jason, Exterminador do Futuro, Batman e o Juiz Dredd. Nos videogames, o Predador também foi personagem do jogo Mortal Kombat. Como uma espécie guerreira, é natural que os Yautjas busquem enfrentar sempre os oponentes mais difíceis e ainda está para surgir uma espécie que tenha enfrentado mais inimigos do que essa.

Arnold Schwarzenegger e Alice Braga

Por último, mas não menos importante, mesmo os Yautjas sendo a raça guerreira mais perigosa do universo, alguns humanos já sobreviveram a eles. Nos cinemas, alguns deles já duelaram contra os predadores e voltaram para contar a história: Major Alan "Dutch" Schaefer (Arnold Schwarzenegger), no clássico "Predador", de 1988; Tenente Michael "Mike" Harrigan (Danny Glover) em "Predador 2 - A Caçada Continua", de 1990; e Isabelle (Alice Braga) em "Predadores", de 2010.