Dez vezes em que Angela Ro Ro soltou a voz fora dos palcos e polemizou

Colaboração para o BOL

A cantora e compositora Angela Ro Ro não tem papas na língua. Considerada uma das vozes marcantes da música brasileira, não é apenas nos palcos que ela solta o verbo. A cada entrevista, a ex de Zizi Possi polemiza com alguma declaração ou revelação. Confira dez desses momentos nesta quarta-feira (5/12/2018), em que a cantora e compositora completa 69 anos.


Leia também:

Wayne Camargo/Divulgação/Rede TV
Wayne Camargo/Divulgação/Rede TV

1

Quase freira

"Eu queria ser freira, mas não deu certo. Fiz esta escolha porque sou estranha (...). Estudei oito anos em colégio de freira", contou Angela em entrevista ao programa de Luciana Gimenez em 2013, revelando que, na época, chegou a sonhar em seguir o celibato, mas paquerava a sobrinha da madre superiora
Bob Wolfenson
Bob Wolfenson

2

Homens? Que tal?

Ainda em conversa com Luciana Gimenez em 2013, Angela Ro Ro esclareceu: "Já experimentei [ficar com homens] para saber que não gostava. Eu gosto de mulher"
Reprodução/Música em Prosa
Reprodução/Música em Prosa

3

Zizi e Ro Ro

"Queria cantar com tanta gente. Com Zizi seria engraçado, de verdade. Penso nisso com a cabeça de produtora. Desde 1998 tenho esse projeto na cabeça. Meu escritório chegou a procurá-la, mas não tive muita sorte. Seria engraçado um show comigo cantando músicas dela e vice-versa. O que aconteceu foi um trágico equívoco e um show chamado 'A Paz' [música eternizada na voz de Possi] seria bonito e daria uma bilheteria maravilhosa. Vou pagar alguns poucos anos de saúde com a bilheteria", comentou Ro Ro à Época em 2013. Ela viveu um turbulento romance com Zizi Possi há cerca de 30 anos e enquanto as duas apareciam em páginas policiais, Ro Ro declarava irônica em seus shows: "Vocês já sabem: eu sou a única cantora lésbica da MPB"
Fernanda Maia/UOL
Fernanda Maia/UOL

4

Quer droga pior?

Em entrevista a Gilberto Barros, em 2014, Angela soltou mais uma de suas frases icônicas. Revelando ter emagrecido 60 quilos, parado de fumar, beber e consumir comidas gordurosas, ela comentou sobre o uso de drogas: "Casei várias vezes, quer droga pior? Mas parei com as drogas, só não parei de casar"
Alexandre Moreira/Divulgação
Alexandre Moreira/Divulgação

5

Linda e gostosa

"Sou a pessoa que, muito novinha, caiu na besteira de experimentar álcool e me vi refém dele depois. Além disso, sou linda, gostosa e polêmica. E isso fez com que eu me tornasse uma das figuras mais usadas pela mídia. Apanhei de tudo quanto é lado, acusada do que fiz e do que não fiz. Acho que sou mártir em vida mesmo! [risos]. Mas, por favor, não me canonizem! Não me canonizem, por que eu acho é pouco. De onde eu estiver, morta ou viva, vou sentir desprezo por quem fizer isso comigo! [risos]", refletiu a atriz em entrevista ao Uai em setembro de 2017
Keiny Andrade/Folhapress
Keiny Andrade/Folhapress

6

Sorte com as mulheres

"Sempre estou apaixonada. Ainda tenho sorte com as mulheres. Mas gosto de dizer que não estou comprometida, estou encantada", declarou a cantora, segundo o jornal Extra, em maio deste ano
Reprodução/Instagram @angela_roro_contrate
Reprodução/Instagram @angela_roro_contrate

7

Mundo machista

Ainda em maio, Ro Ro também falou sobre a situação da sociedade: "As pessoas estão mais abertas, mas, na real, as lésbicas ainda padecem na sociedade. O bicho pega na primeira esquina. É um mundo machista, porém broxa"
Reprodução/Instagram @angela_roro_contrate
Reprodução/Instagram @angela_roro_contrate

8

Compulsiva

Em conversa com Pedro Bial, em julho deste ano, Angela Ro Ro revelou que resolveu mudar de vida após perder os pais. Usou como motivação, em especial, a última conversa que teve com a mãe ao telefone para abandonar a vida desregrada que estava levando até então: "Segui o que ela tinha me lembrado: que lixo é reciclável. Peguei meu lixo e estou reciclando até hoje. Larguei tudo. Continuei compulsiva com música e mulheres. Me concentrei nisso"

9

Sexo

Em 2014, numa entrevista ao "Agora é Tarde", comandado por Rafinha Bastos, Angela confessou que não gosta de sexo: "Sempre fui brocha, desde pequenininha". E, durante uma conversa com Pedro Bial, Angela soltou algumas pérolas, como: "Inventava desculpas para não transar. Passei a vida inteira brochando", "Ainda vou escrever um livro: 'As que eu não comi'. Dá um livro de diversos processos" e "Sexo comecei a fazer agora, de novembro para cá"
Reprodução/Instagram @angela_roro_contrate
Reprodução/Instagram @angela_roro_contrate

10

Espancada cinco vezes

Ao contar que as piores situações que viveu nunca foram publicadas, Angela revelou a Bial: "Fui espancada cinco vezes por homofobia. Perdi a visão do olho esquerdo", continuando: "Era a nossa própria segurança pública do Rio de Janeiro, que fez os cinco espancamentos. Quatro militares desde a Ditadura e um pela [polícia] civil, depois da Ditadura". Segundo a cantora, foi preciso realizar algumas intervenções cirúrgicas por conta da violência sofrida: "Fiz algumas operações, mas consegui preservar o olhinho, ficou um pouquinho menor, mas não faz mal. Tenho fotos para provar que já tive os olhos mais lindos do mundo"