Busca BOL

Sábado, 21 de outubro de 2017

BOL Notícias

"Nuvem vertical" destelha casas e arranca árvores em Manaus

Ricardo Oliveira/Em Tempo/AE

Casas destelhadas no bairro Alvorada, em Manaus; veja mais fotos

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Um fenômeno conhecido como “nuvem vertical” atingiu os bairros Alvorada, Nova Esperança e Dom Pedro na zona oeste de Manaus, no início da tarde dessa quinta-feira (14) e deixou um rastro de destruição: casas foram destelhadas, árvores arrancadas e fios de alta tensão destruídos.

De acordo com Gustavo Ribeiro, meteorologista do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), apesar do susto causado nos moradores, o fenômeno é comum na Amazônia nessa época do ano em dias que há calor e chuva.

“Manaus amanheceu sob chuva bastante forte, e o entorno da cidade estava instável. Ao longo do dia, a chuva foi parando e a cidade aquecendo muito. Em razão desses fatores, na primeira hora da tarde, quando o dia alcança a temperatura máxima, houve uma formação de nuvens verticais que atraíram rajadas de vento e pancadas de chuva fortes”, explica.

O meteorologista afirma que esse fenômeno é comum na Amazônia nessa época do ano, fase de transição do período seco e o chuvoso, e não há como prever a sua ocorrência. Segundo Ribeiro, as características de Manaus propiciam a formação de nuvens verticais. “Manaus é uma ilha de calor no meio da floresta por conta dos prédios, asfalto e da energia gerada na cidade”.

Ainda de acordo com o meteorologista, o fenômeno das nuvens verticais não pode ser confundido com um tornado, apesar da aparência semelhante.
 

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego