Busca BOL

Domingo, 25 de agosto de 2019

BOL Notícias

No Brasil, princesa da Holanda defende pequenos produtores rurais

DE RIBEIRÃO PRETO

Em missão comercial para ampliar as relações entre Brasil e Holanda, a princesa Máxima Zorreguieta, dos Países Baixos, defendeu nesta terça-feira (20) em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) a organização de pequeno produtores rurais para sua inclusão na indústria alimentar.

Ela discursou ao final do seminário "O Futuro da Indústria Alimentar", na USP de Ribeirão Preto, falou das vantagens das relações comerciais com o Brasil, mas sugeriu que é preciso encontrar formas para que os pequenos proprietários não sejam esquecidos.

"Juntos podemos aprender uns com os outros", disse ela ao falar das possibilidades de ampliar as parcerias entre as duas nações.

Edson Silva/Folhapress
A princesa Máxima, da Holanda, durante evento na FEA, da USP de Ribeirão Preto (SP)
A princesa Máxima, da Holanda, durante evento na FEA, da USP de Ribeirão Preto (SP)


Pesquisador da USP e um dos organizadores do evento que recebeu a realeza da Holanda em Ribeirão, Marcos Fava Neves disse concordar com a princesa: "Essa preocupação [com os pequenos produtores] é algo histórico na Holanda e a princesa está correta ao dizer que não podemos nos esquecer das pessoas nesse processo."

Para o pesquisador, os exemplos holandeses de cooperativismo e associativismo envolvendo fazendeiros daquele país são exemplos a serem seguidos. Máxima Zorreguieta é argentina e casou-se em 2002 com o Willem-Alexander, príncipe de Orange e herdeiro do trono holandês.

Ele também participou do seminário em Ribeirão Preto, que reuniu ainda pesquisadores da USP e empresários dos dois países.

Além de parte da família real, a missão holandesa que permanece no Brasil até sexta-feira (23) reúne ministros de Estado e representantes de 175 empresas da Holanda.

A missão cumprirá diversas agendas, nas quais devem ser assinados acordos e declarações para intensificar a cooperação setores empresariais e acadêmicos.

Para tentar atrair investimentos brasileiros nos Países Baixos, por exemplo, a Agência Neerlandesa de Investimentos Estrangeiros abrirá um escritório em São Paulo para assessorar empresas do Brasil interessadas em expandir seus negócios no exterior.

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego