Busca BOL

Sexta-feira, 22 de novembro de 2019

BOL Notícias

Programa forma jovens bailarinos em comunidades carentes

DE SÃO PAULO

O Núcleo de Artes Cênicas Sebastian, em Osasco (SP), é uma ONG que usa a arte-educação para a inclusão de crianças e adolescentes carentes.

Funciona como uma escola de dança que segue padrões internacionais para a formação profissional de jovens bailarinos.

Para os fundadores do núcleo, a dança possibilita trabalhar aspectos culturais, emocionais e sociais (além de, obviamente, os físicos), para o desenvolvimento integral desses jovens e tem potencial para ser uma futura fonte de renda.

Entre outras vantagens, o balé vai além do exercício físico. Exige memória, expressão, mobiliza as emoções e desenvolve a criatividade.

O programa do núcleo, oferecido aos alunos de seis a 17 anos da rede pública de ensino de Osasco, foi idealizado como uma formação de dez anos. É mantido por uma parceria da Sebastian Produções com o Instituto C&A, prefeitura de Osasco e Ministério da Cultura e da empresa Meritor.

Para participar, a criança passa por uma audição pública. As selecionadas têm aulas de balé clássico e moderno, dança contemporânea, capoeira, música, teatro e história da dança.

A partir dos 15 anos, os alunos entram para o Corpo de Baile do núcleo, que monta um espetáculo por ano, apresentado no Teatro Municipal de Osasco e, no ano seguinte, levado às escolas públicas do município.

Para o espetáculo de 2011, o núcleo está preparando, pela primeira vez, uma coreografia própria, a adaptação para balé do livro "O Caso da Borboleta Atíria", de Lúcia Machado de Almeida.

Será uma espécie de rito de passagem para a primeira turma de formandos. São as crianças que entraram em 2003, primeiro ano de atividades do projeto e, ano que vem, sairão de lá como profissionais de dança.

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego