Busca BOL

Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

BOL Notícias

Presença de teles na TV por assinatura é inevitável, diz ABTA

O setor das empresas de TV por assinatura admite que atuação de uma forte presença das empresas de telecomunicações é inevitável.

Embora já tivessem indicado que os grandes grupos de telecomunicação deveriam ingressar no serviço, o setor temia não ter condições de competir com as gigantes. Em coletiva de imprensa nesta terça-feira, a ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura) apontou, no entanto, que a coexistência é possível.

"Nós dissemos que a entrada das teles era inevitável, e desejável, mas que era essencial que existissem algumas salvaguardas que impedissem que o grande poderio econômico e o grande poderio de cobertura asfixiasse as operações de TV a cabo. Essas salvaguardas ao longo do tempo foram realizadas", apontou o presidente da ABTA (Associação Brasileira das TV por Assinatura), Alexandre Annenberg, sem detalhar a quais medidas ele se referia.

"Hoje já existem condições para que as empresas de telefonia fixa possam entrar e disputar com isonomia o mercado com as empresas de TV a cabo", reforça.

O presidente acredita que os grandes grupos de telecomunicação ocupariam as cidades com maior potencial econômico. As outras empresas explorariam mercados locais.

"Temos de estar atentos para que as áreas de menor potencial econômico possa ser explorada por empreendedores locais, porque para esses empreendedores elas deixam de ser áreas ruins", explicou.

Para que as empresas de telefonia possam atuar no mercado de TV a cabo seria necessário uma mudança na legislação vigente, que limita a atuação delas para fora da área onde já são concessionárias e que restringe a presença de capital estrangeiro no serviço. A ABTA defende essas mudanças como forma de garantir a expansão do mercado e maior concorrência.

As últimas licenças para o serviço de TV a cabo e MMDS (micro-ondas) foram outorgadas em outubro de 2000. A tecnologia de DTH (satélite) foi o único serviço por assinatura a observar expansão de alcance nacional.

Cotações Bolsa Cambio

05/01/2015 » Outras bolsas

Bovespa: 47516,82 -2,05%Fonte: Reuters

Conversor de moedas

Conversor de moedas

Enquete

Carregando enquete...
Computando seu voto...
Carregando resultado
  • 5779
  • simples
  • false

Vídeos de economia

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego