! Ensino superior custa o dobro do fundamental no país - BOL Notícias

Brasil Online

Busca
Sexta-feira, 05 de JUNHO de 2020

12/12/2007 - 10h26

Ensino superior custa o dobro do fundamental no país

São Paulo - As famílias brasileiras gastam mais que o dobro para pagar universidades do que para custear a educação fundamental de seus filhos. Pesquisa realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) a pedido da Fenep (Federação Nacional das Escolas Particulares) mostra que as despesas com ensino superior privado representam 48,83% dos gastos com educação. O fundamental é responsável por 21,69% dos gastos.

Segundo a pesquisa, há 10,7 milhões de domicílios no país com pelo menos um morador estudando na rede privada - básica ou superior. Isso representa 22,13% do total. Deles, 14% têm renda de até cinco salários mínimos; 46%, entre 5 e 15 salários; e 38,85%, acima de 15. Mais de 12 milhões de estudantes brasileiros cursam o ensino particular.

Em alguns Estados, a proporção entre gastos com universidade e educação fundamental é maior ainda. No Distrito Federal, são 64% e 15%, respectivamente. Foram analisados 14 Estados. Em apenas três, as famílias tiveram mais despesas com a escola do que com a faculdade: Pernambuco, Paraíba e Amazonas.

"Isso acaba com o mito de que a classe alta gasta muito dinheiro com escola dos filhos, mas depois alivia os gastos no ensino superior, já que eles vão para a universidade pública", diz o educador da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) Abílio Baeta Neves.

Para ele, os resultados podem ser explicados pela análise da quantidade de alunos em cada nível de ensino no país, combinada com o porcentual deles que cursa a rede privada.

Na educação fundamental, cerca de 20% dos 30 milhões de alunos estão em escolas particulares. Já no ensino superior, a situação é inversa, são 70% cursando universidades pagas, de um total de 4 milhões de alunos.

Esse quadro, atrelado aos resultados da pesquisa, indica que as mensalidades das universidades no país são mais altas que as cobradas pelas escolas, de maneira geral. Os gastos privados em educação, com maior peso para o ensino superior, lembram o que ocorre no ensino público brasileiro.

O investimento por aluno na universidade pública chega a ser cinco vezes maior do que na escola pública. Países desenvolvidos têm relações bem menores entre os gastos nos dois níveis.

Enquete

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos: