! Músicos cubanos formalizam pedido de asilo nesta segunda-feira - BOL Notícias

Brasil Online

Busca
Terça-feira, 17 de SETEMBRO de 2019

Imprimir

16/12/2007 - 20h35

Músicos cubanos formalizam pedido de asilo nesta segunda-feira

De Angela Lacerda
Em Recife


Os músicos cubanos Miguel Angel Nuñez Costafreda, Arodis Verdecia Pompa e Juán Alcides Diaz se apresentarão na tarde desta segunda-feira na Polícia Federal, no Recife, para formalizar o pedido de asilo político ao governo brasileiro.

"O ministro da Justiça, Tarso Genro, prometeu o salvo conduto aos músicos", antecipou o deputado federal Raul Jungmann (PPS), depois de conversa telefônica com o ministro.

O visto de permanência dos três no País expirou na sexta-feira, mesmo dia em que o advogado José Antonio Ferreira foi à Polícia Federal com uma procuração dos músicos solicitando o asilo, sob a alegação de "perseguição política e ameaça de vida". "Tecnicamente o pedido foi feito", assegura ele.

"Mas o procedimento burocrático exige que os solicitantes digam, de viva voz, que querem o asilo". Por isso, foi orientado a retornar na segunda-feira com os cubanos.

De acordo com o advogado, os músicos estavam "apavorados" com medo de serem deportados para Cuba, já que o juiz Gabriel Queiroz, da 6ª Vara da Justiça Federal, negou ontem o habeas corpus preventivo impetrado pelo deputado federal Raul Jungmann (PPS) em favor dos três. Segundo o juiz, eles estavam irregulares no Brasil, já que o visto havia expirado no dia anterior. A decisão surpreendeu Jungmann, que acreditava que os músicos tinham um visto de permanência de 90 dias.

Novo caso

Para evitar uma deportação pelo governo brasileiro - a exemplo do que ocorreu com os boxeadores Guillermo Rigondeaux e Erislandy Lara, que não embarcaram de volta a Cuba em julho, durante os jogos do Pan, no Rio - o deputado telefonou para o ministro da Justiça, Tarso Genro. "O ministro já sabia do caso, disse que iria viajar, mas que deixaria o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, encarregado do assunto", afirmou.

Em um novo telefonema, desta vez com Tuma Júnior, o deputado teve a promessa de que o Brasil dará salvo-conduto para os cubanos. "Pode dizer publicamente que eles não serão presos nem serão coagidos, sabemos que eles fizeram o pedido (de asilo, pelo advogado) dentro do prazo", disse Tuma a Jungmann.

Os músicos integram o grupo musical Los Galanes, que veio a Pernambuco para seis apresentações em um período de sete dias. Eles chegaram ao Recife no dia cinco e não compareceram ao Aeroporto dos Guararapes, na manhã de quarta-feira, como previsto. Viajaram de volta a Cuba os outros três membros do grupo e o representante do Instituto Cubano de Amizade entre os Povos (ICAP), Salvador Santana, que os acompanhou.

Costafreda, Pompa e Diaz são músicos populares com base erudita, casados e com filhos. José Antonio Ferreira disse que depois de conseguirem asilo no Brasil, eles vão lutar para trazer as famílias. "Eles disseram que em Cuba ninguém sabe o que aconteceu com os dois atletas deportados, ninguém tem notícia deles", destacou, ao explicar a angústia dos seus clientes.

Enquete

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos: