! Escritor mexicano critica Saramago por negar suposto plágio - BOL Notícias

Brasil Online

Busca
Quinta-feira, 27 de JULHO de 2017

10/01/2009 - 18h28

Escritor mexicano critica Saramago por negar suposto plágio

O jornalista mexicano Teófilo Huerta, que há três anos denunciou ter sido vítima de um suposto plágio por parte de José Saramago, disse hoje que o escritor português está fugindo "saindo pela tangente", ao negar as acusações.

Andre Kosters/Efe
José Saramago foi acusado de plagiar conto do mexicano Téofilo Huerta há três anos
José Saramago foi acusado de plagiar conto do mexicano Téofilo Huerta há três anos


Segundo Huerta, Saramago plagiou um de seus contos para escrever a novela "As Intermitências da Morte", que relata sobre o desaparecimento e o retorno da Morte.

Saramago afirmou em 31 de dezembro que nunco viu nem tocou no conto do mexicano, e que "se dois autores tratam o tema da ausência da morte é inevitável que as situações se repitam no relato e que as fórmulas em que as mesmas se expressas tenham alguma semelhança".

"Isso é fugir pela tangente", assegurou Huerta em entrevista à agência Efe, acrescentando que ele não fala de meras "coincidências", mas sim de um "alvo temático idêntico".

"Saramago roubou partes muito concretas do meu conto. Não as copiou textualmente, mas sim as parafraseou de forma muito clara em várias passagens de sua novela", afirmou.

O mexicano indicou que não reivindica a autoria da novela completa do português, masa sim a idéia de partida e de vários pontos dois primeiros capítulos do livro.

Segundo Huerta, detalhes como as reportagens jornalísticas depois do desaparecimento da morte, a causa da morte ser uma alteração cósmica, entre outros detalhes, são coisas muito concretas que estão em seu conto "Últimas Noticias!" (1983).

Huertas defende que há 20 passagens no livro em que fica claro o suposto plágio. "Definitivamente, José Saramago me copiou nesses trechos de minha obra", afirmou.

Para o jornalista, no entanto, já é uma vitória que Saramago tenha se manifestado sobre o caso. "Até que enfim provoquei uma reação após três anos de luta".

Enquete

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos: