Esporte Online

Busca
Sexta-feira, 05 de JUNHO de 2020

Imprimir

03/02/2010 - 19h58

Silas desabafa e pede cumplicidade para imprensa e torcedores do Grêmio

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre (RS)

Durante o empate em 1 a 1 com o São Luiz, no estádio Olímpico, o técnico Silas Pereira ouviu vaias do torcedor. A cobrança foi forte até o término da partida, com resultado que não agradou os gremistas. Em entrevista coletiva, o técnico desabafou e pediu cumplicidade para imprensa e os descontentes com o Grêmio.

“Às vezes avaliamos só o resultado. Temos que avaliar a semana toda, o trabalho que é realizado, por exemplo com o Maylson, o Mithyuê. Tudo isso leva tempo e trabalho, estamos fazendo de tudo. Por isso precisa existir a parceria e a cumplicidade do torcedor e da imprensa. Temos que trabalhar com o que temos. Não adianta. Para próxima semana teremos Douglas e William. Tudo isso é solitário para o treinador, viver estes momentos e não poder abrir. O São Luiz teve uma chance e fez o gol, nós tivemos muitas e não fizemos. Desculpe meu desabafo, mas temos que dizer estas coisas”, referiu Silas.

Sobre a manifestação dos aficionados, o treinador foi mais além. “Não acredito que o torcedor tenha perdido a paciência. Da mesma forma que não entrou hoje entrará logo ali. Alguns estão se firmando, temos de estar mais unidos que nunca”, completou.

Na sequência da entrevista, Silas voltou a citar o Internacional. " O problema aqui é que temos o Inter na comparação. Mas eles estão em um momento diferente do nosso, nós estamos em formação. Nenhuma construção é rápida e não é dolorosa”, disse.

O tempo é um ponto importante para a reconstrução do time, na avaliação de Silas. “Que jogo que eu pude repetir a equipe? Não pude, é só trabalhar e esperar, mas não posso ficar chorando. É conversar com os jogadores e saber que eles estão satisfeitos. Eu não previa tantos problemas, o Réver era um líder e perdemos ele, o Leandro estava para jogar o Gre-Nal e não pôde. Mas é o que eu falei, o time está bem e estamos crescendo”, referiu.

Com o empate, o Grêmio segue em primeiro no grupo 2 com 11 pontos. O próximo confronto é domingo, às 17h contra o Universidade em Canoas.
 

Enquete

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos: