Busca BOL

Domingo, 23 de julho de 2017

BOL Notícias

Delegado revela que Bruno é o único suspeito por sumiço de ex-namorada

Márcia Feitosa/Vipcomm

Polícia civil mineira diz não ter pressa para ouvir goleiro Bruno

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

O delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigações de Minas Gerais, revelou nesta terça-feira, que o goleiro Bruno do Flamengo, é o único suspeito da polícia de Minas Gerais de estar envolvido no desaparecimento da estudante Eliza Silva Samúdio, de 25 anos, ex-namorada do jogador.

“O Bruno é o primeiro suspeito, porque não tem outro”, afirmou Edson Moreira, em entrevista ao vivo à TV Record, na manhã desta terça-feira. Apesar dessa situação, o delegado reafirmou que não há pressa para a delegada Alessandra Wilke, que preside o inquérito, colher o depoimento do goleiro do Flamengo, que ainda não tem data marcada.

Segundo o delegado, há fortes indícios de que Eliza Samúdio tenha vindo para Minas Gerais encontrar com o goleiro do Flamengo, antes de desaparecer. “As imagens vão ser analisadas passo a passo, mas há indicativos fortíssimos, que vamos buscar através das provas, de que a Eliza esteve em Minas Gerais”, revelou Edson Moreira.

Ele se referiu às imagens do circuito interno do Condomínio Turmalina, que foram requisitadas pela Polícia Civil e estão sendo analisadas. Nesta segunda-feira, durante cerca de sete horas equipes de policiais civis e militares, além de soldados do Corpo de Bombeiros estiveram no sítio de Bruno e nas imediações em busca de detalhes que levem ao esclarecimento do desaparecimento de Eliza Samúdio, ocorrido no início deste mês.

A estudante, ex-namorada de Bruno, seria mãe do filho do goleiro, de quatro meses, sendo que há uma ação de investigação de paternidade em curso na Justiça do Rio de Janeiro. Duas cisternas existentes perto do sítio do jogador foram vistoriadas por bombeiros em função de uma denúncia anônima de que o corpo da jovem estaria naquele local. Nenhum cadáver foi localizado.

A busca no sítio de Bruno contou também com a participação de peritos do instituto de criminalística, que buscaram marcas de sangue na casa. Fraldas, roupas de mulher e passagens aéreas foram recolhidas como prova pela polícia civil e serão analisadas.

Edson Moreira não confirmou que o jogador será intimado a depor nesta terça-feira, em Belo Horizonte. “O importante é que nós consigamos ter o máximo de provas substanciais, para que a gente faça um relatório à altura para a investigação”, destacou Moreira.

O chefe do Departamento de Investigações informou que o sítio era o melhor local para se começar as buscas, mas que outros locais poderão ser investigados. Ele revelou ainda que o veículo Land Rover, de propriedade de Bruno, que foi apreendido no último dia 7, em poder de pessoas que se identificaram com amigos de Bruno, será periciado.

O veículo, com placa do Rio de Janeiro, foi apreendido pela Polícia Militar de Minas Gerais na estrada que liga o bairro Nova Contagem a Esmeraldas, onde fica o sítio em que há a suspeita de que Eliza tenha sido assassinada. Segundo Edson Moreira, o carro está à disposição da polícia. “Se tiver algum indício de que a moça esteve dentro deste carro nós vamos analisar”, afirmou.
 

Vídeos de Esporte

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego