Busca BOL

Sábado, 14 de dezembro de 2019

BOL Notícias

Empresário confirma pedido de demissão de Renato Gaúcho e saída do Grêmio

Fernando Donasci/UOL

Renato Gaúcho pediu demissão, não é mais técnico do Grêmio e caso não tem volta, diz agente

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Renato Gaúcho não é mais técnico do Grêmio. O empresário do comandante, Gerson Oldemburg, confirmou o pedido de demissão na madrugada desta quinta-feira e que Renato se despedirá do elenco à tarde. O clube ainda não se manifestou oficialmente, o que deve ser feito em breve. Renato Gaúcho encerra sua participação no time portoalegrense após empatar em casa em 2 a 2 com o Avaí, na última quarta.

Renato irá comparecer ao estádio Olímpico, conversar com os jogadores que se reapresentam nesta tarde e depois conceder entrevista coletiva. Ainda na quarta, Antônio Vicente Martins, vice de futebol do Grêmio, havia tentado manter o treinador no cargo, mas não foi possível. Paulo Odone, por sua vez, indicou claramente a saída.

"Pediu demissão e agora à tarde se despede do grupo", postou o agente em seu perfil no microblog. Procurado pela reportagem do UOL Esporte, o agente confirmou tal situação. "É uma situação que não tem volta. Ele pediu demissão e agora vai resolver estas coisas. Foi ontem [quarta-feira] depois do jogo. Ele vai à tarde no clube se despedir dos jogadores e conversar com a imprensa", referiu.

Últimos momentos de duelo

Carmelito Bifano/UOL Esporte
Antônio Vicente Martins, mesmo tendo repreendido o comandante em outro momento, pretendia sua permanência no time tricolor

Renato Gaúcho encerra sua participação no Grêmio com 66 jogos, 34 vitórias, 16 empates e 16 derrotas, o que totaliza 59,6% de aproveitamento. No entanto, houve uma queda drástica de 2010 para 2011. No ano passado, a arrancada que saiu da zona do rebaixamento e partiu para classificação à Libertadores, contou com 65,4% de aproveitamento, refletido em 15 vitórias, 6 empates e 4 derrotas. Porém, neste ano houve a queda de praticamente 10 pontos percentuais. Ao todo foram 19 vitórias, 10 empates e 11 derrotas, com 55,8% de aproveitamento.

Ainda nesta quinta-feira, o treinador irá resolver questões pessoais e voltar para o Rio de Janeiro, onde tem residência. "Na sexta-feira eu vou até o Olímpico só resolver as questões contratuais. Não tem volta, a decisão já está tomada. Não há mágoa com ninguém, nem com presidente ou com cartolas", disse Gerson.

Renato Gaúcho e a direção do Grêmio viviam problemas de relacionamento desde que a atual gestão assumiu o comando do clube. Discussões, críticas públicas, cobranças por reforços, pedido de dispensa, tudo movimentou os contatos entre Paulo Odone e seus pares com Renato. Os últimos pontos de discussão pública entre comandantes e comandado ocorreu quando Renato disse participar do processo de contratações, inclusive, 'entregando tudo mastigadinho' para os cartolas. Tal manifestação não foi bem aceita, gerou represália pública e contestações.

O Grêmio passa, agora, a procurar um treinador e pretende formalizar o anúncio o mais rápido possível. Entre os nomes pretendidos e disponíveis no mercado, Cuca é visto com bons olhos. Além dele Diego Aguirre também está cotado.

Vídeos de Esporte

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego