Busca BOL

Sexta-feira, 22 de novembro de 2019

BOL Notícias

Na raça e com um a menos, Corinthians vence o Avaí de virada e volta a ser líder

Thiago Bernardes/UOL

Emerson comemora gol do Corinthians, que garantiu virada em jogo duro no Pacaembu

Carlos Padeiro
Em São Paulo

Depois da tempestade vem a liderança. A pequena alteração no ditado popular define bem a vitória do Corinthians sobre o Avaí por 2 a 1, neste domingo, no Pacaembu. Na raça, com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, o time alvinegro virou um jogo praticamente perdido, com gols de Emerson Sheik e Liedson.

Com o triunfo em casa, o Corinthians volta ao topo da tabela do Brasileiro, agora com 58 pontos, e leva vantagem sobre o Vasco no número de vitórias. A liderança veio graças a uma ajuda do rival São Paulo, que segurou o 0 a 0 com a equipe carioca em São Januário. Já o Avaí não consegue deixar a vice-lanterna. Tem 29 pontos e corre sério risco de ser rebaixado.

No primeiro tempo, durante um dilúvio, o time paulista não se encontrou em campo e viu Robson abrir o placar aos 12min. Aos 5min da etapa final, Leandro Castan foi expulso e aumentou o drama corintiano.

Apesar do gol salvador de Liedson, aos 32min, em uma bola que o goleiro Felipe tirou já dentro do gol, o nome do jogo foi Emerson Sheik, que entrou aos 30min do primeiro tempo e atormentou a defesa catarinense. O camisa 11 empatou o duelo aos 16min, após assistência de Willian.

No gol do Avaí, a defesa cochilou, Lincoln cobrou uma falta rapidamente e tocou para William. O centroavante ajeitou para Robson, que finalizou colocado, com precisão, no canto esquerdo de Julio Cesar.

Os comandados de Tite se perderam em campo. Erros bobos foram cometidos na defesa, e por pouco não colocaram Julio Cesar em perigo. No ataque, nenhuma jogada foi criada.

A chuva apertou, o nível técnico da partida caiu, com erros de passes para os dois lados. A situação começou a mudar quando Jorge Henrique, machucado, deu lugar a Sheik, que não atuava desde 25 de setembro por conta de suspensões e uma tendinite na coxa.

Somente nos cinco minutos finais do primeiro tempo que o Corinthians entrou no jogo e desperdiçou boas chances, com Fábio Santos, Leandro Castan e Sheik.

“A gente está querendo, mas tem que ser mais inteligente. Vamos virar esse jogo, pode ter certeza”, decretou Sheik, na saída para o intervalo.

“Tivemos a oportunidade de encaixar o contra-ataque para matar o jogo. Se a gente mantiver esse padrão tático no segundo tempo, podemos ganhar o jogo”, rebateu do outro lado Robson.

A chuva parou no segundo tempo. Leandro Castan puxou Lincoln, que corria para sair na cara do gol, e foi expulso direto, sem receber o amarelo. O lance revoltou os corintianos.

Foi aí que Sheik começou a brilhar. O atacante de 32 anos recebeu passe de Willian, apareceu nas costas da zaga e bateu forte, na saída do goleiro Felipe. Aos 32min, Liedson anotou o gol chorado, de cabeça.

Vídeos de Esporte

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego