Busca BOL

Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

BOL Notícias

Revoltado, presidente atleticano cancela 'bicho' e insinua 'entrega' do time ao rival

Bruno Cantini/site oficial do Atlético-MG

Após goleada sofrida para o Cruzeiro por 6 a 1, Kalil disparou contra o grupo atleticano

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Irritado e se dizendo envergonhado com a goleada sofrida para o arquirrival Cruzeiro, por 6 a 1, na tarde deste domingo, em Sete Lagoas, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, disparou contra o elenco alvinegro, “suspendeu” o “bicho” que o grupo receberia pela permanência na Série A e disse ter “desconfiado” de uma “entrega” de resultados para o time celeste não ser rebaixado para a Série B.

“A torcida do Atlético não merece esta vergonha, cansei de prometer, de fazer para jogadores, tinha um bicho que eu tinha prometido, se saísse do rebaixamento, de R$ 1 milhão, este bicho está sendo cancelado, não tem palavra, dei o bicho e acabo de tomar. Fomos desmoralizados”, disse Alexandre Kalil, em entrevista à Rádio Itatiaia.

O presidente disse que a atuação do Atlético o fez “desconfiar” de um acordo com o maior rival para “entregar” o resultado. “Teve festa no meio da semana, saímos do rebaixamento e abandonamos o campeonato diante do Botafogo. É uma vergonha, até eu estou achando que houve um acerto para entregar o jogo para o Cruzeiro tamanha desmotivação e falta de compromisso”, destacou.

“Tive na sala de reunião com os jogadores e falei o tamanho da importância deste jogo para o Atlético. Vamos tratar o futebol de outra forma, esta comissão técnica é a que vai tocar o barco ano que vem, mas o presidente vai ter outra postura, porque o que vi hoje (domingo) foi um time apático, medroso e que não respeitou nós torcedores do Atlético”, acrescentou Kalil.

Para Kalil, o grupo atleticano entrou em campo desmotivado e apático. “A torcida pode brincar, falar, faz parte, mas nós não, tínhamos de estar motivados, mobilizados para vencer, isso mostra a desmobilização do grupo do Atlético, com a ciência da diretoria”, desabafou.

“Estou envergonhado, sou o mais envergonhado de todos, amanhã (segunda-feira) não vou sair de casa, com vergonha na cara. Isso não acontece por acaso, aquela roda no círculo central contra o Botafogo nos impôs esta derrota”, acrescentou Kalil.

Vídeos de Esporte

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego