Busca BOL

Sexta-feira, 22 de novembro de 2019

BOL Notícias

Ricardo Teixeira ainda recebe salário da CBF

SÉRGIO RANGEL
DO RIO

Pressionado pelo governo federal e pela Fifa, Ricardo Teixeira renunciou à presidência da CBF há mais de três meses, alegando que precisava cuidar da saúde.

Longe do Brasil, o cartola deixou o comando da confederação, mas ainda recebe pagamentos da entidade que dirigiu por 23 anos.

Morando em Miami desde então, o ex-presidente ganha de José Maria Marin, seu sucessor, mais do que amealhava como dirigente. Na nova gestão, os depósitos para Teixeira continuam sendo feitos na agência do Itaú localizada no condomínio onde funciona a sede da CBF, no Rio.



Vídeos de Esporte

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego