Busca BOL

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

BOL Notícias

Artilheiro que nunca existiu, lenda dos games ganha time de verdade em sua homenagem

Reprodução

Escrete do F.C. Tó Madeira, time em homenagem a um craque que nunca existiu

Francisco De Laurentiis
Do UOL, em São Paulo

Na década de 2000, nenhum jogador no mundo marcou mais gols do que o português Tó Madeira. Revelado pelo pequeno Gouveia, de Portugal, esse atacante rápido, ambidestro e letal chegou a ir às redes mais de 50 vezes em uma temporada, e atuou por grandes clubes de todo o planeta. Sua contratação era disputada a tapa pelos mais poderosos "managers" do futebol mundial, e nem nomes consagrados como Ronaldo e Ruud van Nistelrooy podiam fazer frente ao goleador nas tabelas de artilharia. Se você não se lembra de Tó Madeira, porém, só pode ser por um motivo: ele nunca existiu.

Aquele que é conhecido como um dos melhores jogadores de todos os tempos entre os que nunca existiram é uma verdadeira lenda para os amantes de "Championship Manager", game de computador no qual o jogador é colocado no lugar de técnico de uma equipe de futebol. Contratar Tó Madeira era o caminho para sucesso e títulos, o que fez do português um fenômeno cultuado até hoje. Assim como outras grandes lendas dos games de futebol, o maior camisa 9 de mentira da história possui inúmeros fóruns, comunidades e perfis dedicados a ele.

QUEM FOI TÓ MADEIRA DE VERDADE?

  • O fenômeno Tó Madeira foi criado pelo português Antônio Lopes, responsável por introduzir o plantel do Gouveia na edição 2001/02 do Championship Manager. Só que o programador exagerou nos atributos do jogador, fazendo com que ele se tornasse um novo Pelé. A fama que Tó ganhou após o lançamento do jogo (que é até hoje um dos títulos mais vendidos da história) fez até com que clubes ligassem para o Gouveia, interessados em conhecer o futebol do atacante. A resposta era sempre a mesma: "Esse gajo não existe!".

A adoração por Tó Madeira entre os amantes dos games é tamanha que um grupo de amigos na Inglaterra decidiu fundar um time com o nome do matador. Em 2011, surgiu o F.C. Tó Madeira, que disputa a Central London Sunday Super League, torneio amador da capital inglesa que tem até site oficial.

Formada em sua maioria por programadores da Sports Interactive, empresa que criou e desenvolve até hoje o jogo "Championship Manager" (atualmente chamado de "Football Manager"), a equipe laranja pode não ser uma potência do Campeonato Inglês, mas já tem fãs-clubes internacionais e ganha cada vez mais adeptos no Twitter e no Facebook.

O UOL Esporte conversou com Stuart Warren, jogador, auxiliar-técnico e “assessor de imprensa” do F.C. Tó Madeira. Cabeça por trás da fundação da equipe, o inglês tem o atacante como seu maior ídolo no futebol: “Sem dúvida, é o maior entre os que nunca existiram”, diz. Apesar dos desejos dos fãs, que querem ver o esquadrão laranja brigando no alto escalão do futebol inglês, Warren já avisa que o principal objetivo da equipe é mesmo a diversão.

“A turma da Sports Interactive já costumava jogar junto nos fins de semana, então decidimos criar o time e entrar na Sunday League. Assim nasceu o F.C. Tó Madeira, em agosto de 2011”, explica Warren, que afirma não ter nenhuma intenção de profissionalizar a equipe: “No momento, queremos só diversão. Acho que o time pode durar muito tempo, principalmente pelo fato dos jogadores trabalharem na mesma empresa. Mas pensar em profissionalizar a equipe nem passa pela nossa cabeça”, diz.

Desde sua fundação, porém, a equipe laranja ainda não conseguiu se firmar como uma potência na Sunday League. A primeira temporada, em 2011, foi marcada por fracassos, mas Warren assegura que o F.C. Tó Madeira já está melhorando para fazer justiça ao seu patrono: “A última temporada não foi nada boa, pois terminamos na última colocação entre 10 times. Esse ano, porém, estamos mais fortes e organizados, apesar de termos perdido nossos três primeiros jogos, contra as três melhores equipes da chave. Estamos todos dando duro para melhorar”, conta.

OUTROS CRAQUES VIRTUAIS

ALLEJO: Um monstro no ataque do Brasil no International Superstar Soccer, tem fama de ser melhor que Pelé
JANCO TIANO: Fenômeno do ataque da seleção brasileira nos primórdios da série Fifa, era letal na cara do goleiro
CASTOLO: Artilheiro implacável, era o favorito dos fãs de Pro Evolution Soccer no modo Master League
LUKUNKU: Esse até existiu, apesar de ser desconhecido. No Elifoot 98, porém, era um goleador dos melhores

Stuart também confessa que não é lá muito bom de bola, mas revela ter suas habilidades como manager após tantos anos desenvolvendo jogos de futebol: depois perder seu craque para o exterior na janela de transferência, já repôs à altura. Segundo o inglês, o esquadrão laranja tem até um Tó Madeira para chamar de seu.

“Para esta temporada, acertamos com o ‘Tó Madeira inglês’, que é o Dave Kempshall. Ele é nosso artilheiro na liga até agora, e joga na mesma posição do mito. Mas foi uma pena que perdemos David Milmine, que era nosso melhor jogador e marcou 14 gols na última temporada. Ele teve que se mudar para o Brasil em dezembro, e faria grande dupla com o Kempshall”, sonha.

Apesar de não ter muitos sucessos nos campos britânicos, o F.C. Tó Madeira já tem fã-clubes tanto em seu país como no estrangeiro. O perfil do time no Facebook tem opiniões de gamers e amantes do futebol de todo o planeta, que dão pitacos na escalação e comentam os últimos resultados do escrete. A equipe também ganhou o perfil “F.C. Tó Madeira - Clube de Fãs Portugueses”, feito por conterrâneos do craque inexistente. Satisfeito com a fama, Warren promete tentar até mandar presentes para os torcedores.

“Tudo isso que estamos vivendo é maluco, mas amamos e nos sentimos honrados. Somos todos grandes fãs de "Championship" e "Football Manager", então é ótimo saber que tantas pessoas têm essa conexão especial com o jogo e com o time. Apesar de estarmos muito ocupados trabalhando na versão 2013 do game, estamos fazendo todo o esforço possível para continuar atualizando nossas redes sociais e conversando com os fãs. Quem sabe a gente não manda umas camisas do F.C. Tó Madeira de presente pra todo mundo quando der”, promete.

Nas novas versões do "Football Manager", o “erro” Tó Madeira foi corrigido e o atacante de mentira foi excluído do jogo, mas os fãs insistem até hoje em recriar o astro na base de registros, já que todos sonham em um dia contar com o fenômeno no plantel de sua equipe. Uma prova de que os grandes craques, mesmo os inexistentes, nunca morrem.

 

Vídeos de Esporte

Carregando vídeos

Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego