Busca BOL

Sábado, 20 de julho de 2019

BOL Notícias

Ex-miss Brasil Adalgisa Colombo morre no Rio aos 73 anos

Arquivo Caras

Adalgisa Colombo antes e depois: quando foi eleita Miss Brasil 1958 e recentemente

DO RIO

A carioca Adalgisa Colombo Teruskin, eleita Miss Brasil em 1958 e vice Miss Universo no mesmo ano, morreu no Rio na última quinta-feira (17), aos 73 anos, de causas não divulgadas. Ela foi enterrada na sexta-feira, no Cemitério Israelita de Vilar dos Teles, na Baixada Fluminense, segundo informou a Associação Religiosa Israelita Chevra Kadisha.

Adalgisa era casada com o empresário Flávio Teruszkin e tinha três filhos: Jackson, Rafaela e Rodrigo.

Sua eleição como Miss Brasil foi noticiada na "Folha da Noite" em 23 de junho de 1958: "Ela foi escolhida pelo júri devido a sua elegância de porte, graça, naturalidade e a sua medida-padrão: 1m69 de altura, 59,5 kg de peso, 60 cm de cintura, 90 cm de busto, 90 cm de quadris e 21 cm de tornozelos."

Em entrevista à Folha em 2008, ano em que comentou a disputa do Miss Universo para a TV Bandeirantes, Adalgisa lembrou as diferenças dos concursos de sua época para os atuais, em que as candidatas concorrem mesmo tendo feito cirurgias plásticas.

"Naquela época era proibido até usar cílios postiços", disse. Ela, no entanto, não recriminou a nova geração: "A cirurgia plástica é a invenção do século! Eu já fiz tudo o que você imaginar".

Adalgisa também afirmou que sua derrota no Miss Universo foi injusta. "Perdi para uma colombiana [Luz Marina Zuloaga]. Só para você ter uma ideia, ela media 1,58 m e eu, 1,70 m. Dá para entender?"
 

Enquete

Carregando enquete...
Computando seu voto...
Carregando resultado
  • 5779
  • simples
  • false
Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego