Apaixonado por fogo, bombeiro mostra a beleza e o perigo das chamas

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/bol-listas/2017/08/06/apaixonado-por-fogo-bombeiro-mostra-a-beleza-e-o-perigo-das-chamas.htm
  • totalImagens: 35
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20170806070000
    • BOL Listas [76492];
Fotos

1. O bombeiro norte-americano Gregg Boydston faz parte da equipe de prestação de serviços para extinguir incêndios florestais, inclusive em parques nacionais. Porém, ele não só apaga, como dá início ao fogo, em locais apropriados, é claro, em seus momentos de folga. A paixão pelas chamas, no entanto, divide o coração de Gregg com outro hobby: a fotografia. Confira o trabalho do bombeiro, que o compartilha com o público por meio de imagens que mostram o cotidiano de sua profissão Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

2. Gregg costuma compartilhar fotos dos incêndios florestais que ajuda a combater, falando sobre a importância de os bombeiros montarem uma estratégia e plano de ação para poderem extinguir as chamas com eficiência e rapidez Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

3. Gregg compartilha as imagens em seu site oficial e no Instagram, rede social em que acumula mais de 25 mil seguidores Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

4. Uma das paixões do bombeiro é acampar. Logo, para passar a noite e se esquentar, ele é responsável por acender fogueiras Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

5. Gregg faz questão de registrar as chamas, enaltecendo a beleza do fogo Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

6. Os amigos de Gregg também sentem-se confortáveis perto das chamas, mas, com um bombeiro por perto, a segurança vem em primeiro lugar Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

7. Muitos seguidores de Gregg revelam que começaram a ver o fogo sob uma nova perspectiva com os relatos do bombeiro, prestando mais atenção às próprias atitudes que podem iniciar chamas perto de áreas florestais, por exemplo Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

8. O bombeiro-fotógrafo fala sobre a importância das pessoas prestarem atenção às florestas, principalmente durante o verão, alertando os bombeiros ao menor sinal de fumaça Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

9. Os bombeiros não agem apenas em terra, mas estão em constante comunicação com o os profissionais, que, do ar, trabalham para eliminar e orientar a equipe Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

10. A comunicação, aliás, juntamente como a paciência, é a chave para que a equipe de bombeiros consiga agir rapidamente e eliminar as chamas Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

11. Alguns seguidores costumam fazer para Gregg perguntas sobre o fogo e o trabalho cotidiano como bombeiro, e ele interage e responde, alertando e dando dicas para as pessoas Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

12. Após quatro anos trabalhando na Apple atrás de um computador, exercendo seu lado mais criativo por meio de atividades envolvendo fotografia, design, animação e desenhos, Gregg resolveu, em 2013, aos 26 anos, dar outro rumo a sua vida e ficar mais próximo à natureza, assim como quando era criança, e trabalhar como bombeiro florestal Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

13. O verão é a estação do ano com mais incêndios a serem combatidos. Gregg costuma fazer alguns balanços de como foi para ele enfrentar cada chama e os estragos causados Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

14. Gregg não esconde o quanto ama o trabalho e sente que a vocação falou mais alto ao trazê-lo para próximo da natures em um tarefa árdua, porém cheia de aventura e adrenalina Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

15. Muitos seguidores enaltecem o trabalho heróico dos bombeiros, mandando constantemente desejos de proteção para Gregg e seus colegas Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

16. O bombeiro não apenas fotografa, mas grava alguns vídeos, mostrando a ação das chamas Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

17. Em entrevista ao site "City Lab", Gregg garante que o fato de nunca saber o que esperar do dia seguinte, o motiva a ir para o trabalho Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

18. Gregg pode atuar em terra apagando o fogo, acompanhar as chamas a bordo de um helicóptero ou ainda apenas caminhar pela floresta garantindo que tudo esteja bem Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

19. Ele faz questão de dizer que nem tudo é glorioso ou heróico, um bombeiro florestal também recolhe galhos, poda árvores e faz limpeza na área para garantir que não haja fogo Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

20. Gregg começou a tirar as fotografias dos incêndios para mostrar um pouco do trabalho que fazia todos os dias para os amigos e para a família Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

21. O bombeiro acha engraçado o fato de alguns de seus seguidores ficarem espantados com o trabalho que ele realiza por estarem acostumados a sempre lembrar da profissão por meio de homens em roupas vermelhas segurando mangueiras e saindo de um enorme carro de bombeiros vermelho Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

22. Ele tira as fotos com o próprio celular nos segundos livres em que está chegando ou saindo do local do incêndio Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

23. Gregg revela que se sente confortável diante das chamas, apesar de muitos dos seguidores enaltecerem o perigo diário com o qual ele convive Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

24. Ele garante que a segurança vem em primeiro lugar e que nunca se colocou em situações de risco para garantir uma boa foto Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

25. Gregg garante que a interação dos seguidores fez com que ele mudasse seu estilo de fotografia, buscando sempre mostrar novas perspectivas, além de estudar mais para aprimorar suas fotos Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

26. Gregg revela que se não fosse bombeiro, estaria trabalhando integralmente como fotógrafo Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

27. Apesar de considerar a carreira como bombeiro exaustiva, especialmente no verão, quando os chamados aumentam, Gregg ama a profissão Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

28. Durante as épocas de mais incêndios florestais, Gregg chega a trabalhar de 14 a 21 dias sem folga por 16 horas seguidas, segundo revelou ao "High Country News" Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

29. Gregg resolveu fazer o curso de bombeiros inspirado pelo namorado da mãe e, durante as aulas, se apaixonou pela parte em que os alunos combatiam as chamas na natureza, percebendo que era isso que queria para sua vida Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

30. O período com mais incidência de incêndios, segundo Gregg, acontece entre os meses de maio e outubro Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

31. Gregg se orgulha de ter a oportunidade de conhecer partes da floresta que a maioria das pessoas nem desconfia existir Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

32. Gregg revela que não caiu de paraquedas na profissão, ele fez questão de estudar muito e evitar surpresas, buscando estar sempre atualizado sobre as localizações que pode atender e técnicas a serem usadas Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

33. O bombeiro ainda exalta a equipe com a qual trabalha e evolui constantemente Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

34. Os dias de folga são sagrados. Gregg, no entanto, não se afasta da natureza, buscando estar sempre respirando ar puro, fazendo caminhadas e, durante a noite, acendendo fogueiras para se esquentar e desfrutar bons momentos com os amigos Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

35. Gregg ainda não sabe se será bombeiro para "sempre", mas garante que a profissão o faz imensamente feliz Reprodução/Instagram @greggboydston Mais

Comente no Facebook