Eleições 2014: mulheres são eleitas para cargos no Executivo e Legislativo

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/eleicoes/2014/10/26/eleicoes-2014-mulheres-sao-eleitas-para-cargos-no-executivo-e-legislativo.htm
  • totalImagens: 37
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20141026221100
    • Eleições 2014 [64974];
Fotos

Ainda presentes em menor número entre os políticos eleitos, as mulheres chegaram nestas eleições a cargos no Executivo e no Legislativo. Além da reeleição de Dilma Rousseff (PT) para presidente, foram eleitas uma governadora, sete vices-governadoras e cinco senadoras, além de deputadas federais e estaduais. Veja a seguir Arte UOL Mais

26.out.2014 - A presidente Dilma Rousseff foi reeleita neste domingo (26) na eleição mais apertada da história Pedro Ladeira/Folhapress Mais

A ex-vice-prefeita de Boa Vista Suely Campos (PP) venceu o governador Chico Rodrigues (PSB), 63, no segundo turno das eleições estaduais em Roraima, tornando-se a única governadora do país em 2014 Folha de Boa Vista/Charles Bispo Mais

Nazareth Lambert, 47, do PT, foi eleita vice-governadora do Acre na chapa de Tião Viana, também do PT. Viana foi reeleito governador do Acre. Ela foi procuradora de Justiça do Estado Divulgação Mais

Izolda Cela, 54, do Pros, foi eleita vice-governadora do Ceará na chapa de Camilo Santana (PT). A professora universitária é ex-secretária de Educação do Estado Jarbas Oliveira/Estadão Conteúdo Mais

Professora Rose, 36, do PSDB, foi eleita vice-governadora do Mato Grosso do Sul na chapa de Reinaldo Azambuja (PSDB). Rosiane Modesto é natural de Campo Grande, onde atuou como vereadora Divulgação Mais

Lígia Feliciano, 57, do PSB, foi eleita vice-governadora da Paraíba na chapa de Ricardo Coutinho (PSB). Natural de Campina Grande, ela é casada com o deputado federal Damião Feliciano (PDT) Divulgação Mais

Cida Borghetti (centro), 49, foi eleita vice-governadora do Paraná pelo Pros na chapa de Beto Richa (PSDB), reeleito governador do Estado. Natural de Santa Catarina, ela ocupava até então o cargo de deputada federal Reprodução/www.cidaborghetti.com.br Mais

Margarete Coelho (1ª à esq.), 53, foi eleita vice-governadora do Piauí pelo PP na chapa de Wellington Dias (2º à esq.), que já ocupou o cargo de governador em outras duas ocasiões. Margarete ocupava o cargo de deputada estadual -- foi eleita em 2010 Reprodução/Facebook Mais

Cláudia Lelis, 42, é a primeira vice-governadora eleita pelo Partido Verde no país. Mulher do deputado Marcelo Lelis, presidente estadual do PV em Tocantins, Cláudia fazia parte da chapa do governador eleito Marcelo Miranda (PMDB). Ela substituiu o deputado Marcelo Lelis, a menos de um mês das eleições, porque o marido teve a candidatura rejeitada pela Justiça Eleitoral Divulgação Mais

A deputada federal Rose de Freitas (PMDB) foi eleita senadora pelo Espírito Santo. Rose, 65, chega ao Senado após longa trajetória na Câmara, Casa em que pertencia ao "baixo clero", como é conhecido o grupo de parlamentares menos expressivos em Brasília Reprodução/Facebook Mais

A vice-governadora Simone Tebet (PMDB) venceu a eleição para o Senado e será a segunda representante sul-mato-grossense do PMDB na casa, ao lado de Waldemir Moka. Ela é filha de Ramez Tebet, que governou o Estado pelo PMDB entre 1986 e 1987 e depois foi senador e ministro da Integração Nacional no governo Fernando Henrique Cardoso Divulgação Mais

Conhecida por ser a principal líder da bancada ruralista no Congresso Nacional e pela atuação em defesa do agronegócio, que lhe rendeu apelidos como "Rainha da motosserra" e "Miss Desmatamento", a senadora Kátia Abreu (PMDB), 52, foi reeleita senadora pelo Tocantins Sérgio Lima/Folhapress Mais

A senadora Maria do Carmo (DEM), 73, foi reeleita para o cargo pelo Estado de Sergipe. Ela vai exercer seu terceiro mandato consecutivo. Advogada formada pela UFS (Universidade Federal de Sergipe), Maria foi filiada ao PFL (hoje DEM) e se elegeu senadora pela primeira vez em 1998 Divulgação Mais

A pedagoga e deputada federal Fátima Bezerra (PT), 59, conseguiu eleger-se senadora pelo Rio Grande do Norte. Ela desbancou a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB). Formada em pedagogia pela UFRN, ela iniciou a vida pública ao participar de associações em defesa do magistério e da educação --chegando à presidência do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Brunno Antunes/Eleven/Estadão Conteúdo Mais

A médica Jéssica Sales, 34, do PMDB, foi a deputada federal eleita pelo Acre com maior número de votos (20.339) entre as concorrentes. Ela é filha do prefeito de Cruzeiro do Sul (AC), Vagner Sales, também do PMDB Divulgação Mais

Conceição Sampaio, 48, do PP, foi a deputada federal eleita com a maior votação entre as concorrentes no Amazonas, conquistando 71.878 votos. Até então, ela estava no segundo mandato como deputada estadual. Ela também já ocupou o cargo de vereadora de Manaus Divulgação Mais

Janete Capiberibe, 65, do PSB, foi reeleita deputada pelo Amapá com a maior votação entre as concorrentes -- teve 21.108 votos. Ela já exerceu três mandatos como deputada estadual, foi secretária da Indústria, Comércio, Mineração e Ecoturismo do Estado do Amapá e em 2002 foi a deputada federal mais votada pelo Estado Agência Câmara Mais

Tia Eron, 42, do PRB, foi eleita deputada federal com a maior votação entre as candidatas concorrentes -- teve 116.912 votos. Eronildes Vasconcellos Carvalho, mais conhecida como Tia Eron, estava no seu quarto mandato como vereadora de Salvador (BA) Divulgação Mais

Gorete Pereita, 62, do PR, foi reeleita deputada federal pelo Ceará com a maior votação entre as concorrentes, com 130.983 votos. Natural de Juazeiro do Norte (CE), ela iniciará em 2015 o seu quarto mandato na função Alexandra Martins / Câmara dos Deputados Mais

Érika Kokay, 57, do PT, foi reeleita deputada federal pelo Distrito Federal com a maior votação entre suas concorrentes, com 92.558 votos. Ela ingressou na vida política em 1976, durante a ditadura militar, no movimento estudantil na UnB. Foi presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília e eleita deputada distrital em 2002 Gustavo Lima / Câmara dos Deputados Mais

Flávia Morais, 45, do PDT, foi reeleita deputada federal por Goiás com a maior votação entre as concorrentes, com 159.122. Ela é formada em educação física e casada com o ex-prefeito de Trindade George Morais (PDT). Foi deputada estadual duas vezes pelo PSDB, mas teve o segundo mandato cassado por infidelidade partidária Gabriela Korossy / Câmara dos Deputados Mais

Eliziane Gama, 37, do PPS, foi eleita deputada federal com a maior votação (133.575) no Maranhão. Formada em jornalismo, ela já foi deputada estadual por dois mandatos consecutivos e concorreu à Prefeitura de São Luís (MA) em 2012, porém ficou apenas em terceiro lugar na disputa Reprodução/Facebook Mais

Raquel Muniz (dir.), 51, do PSC, foi eleita deputada federal por Minas Gerais com a maior votação entre suas concorrentes com 96.073 votos. Médica geriatra e do trânsito, ela é mãe de quatro filhos e primeira-dama de Montes Claros (MG) Reprodução/Facebook Mais

Tereza Cristina, 62, do PSB, foi eleita deputada federal pelo Mato Grosso do Sul com a maior votação entre as concorrrentes, com 75.149 votos. Ela é engenheira agrônoma, empresária e ex-secretária de Desenvolvimento do Estado Reprodução/Facebook Mais

Elcione Barbalho, 70, do PMDB, foi reeleita deputada federal pelo Pará com a maior votação entre suas concorrentes. Ela foi casada com o ex-governador Jader Barbalho e foi primeira-dama do Estado por duas vezes. Desde 2011, é procuradora da Mulher da Câmara dos Deputados Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados Mais

Luciana Santos, 49, do PCdoB, foi reeleita deputada federal pelo Pernambuco com a maior votação entre as candidatas ao cargo, 85.053 votos. Ela é engenheira eletricista e vice-presidente nacional do PCdoB. Foi prefeita de Olinda (PE) por dois mandatos consecutivos Luis Macedo / Câmara dos Deputados Mais

Rejane Dias, 42, foi eleita deputada federal com a maior votação no Piauí, com 134.157 votos. Formada em Administração de Empresas, é casada com o ex-governador do Estado Wellington Dias e, em 2010, foi eleita deputada estadual Reprodução/Facebook Mais

Christiane Yared, 54, do PTN, foi a deputada federal mais votada no Paraná com 200.144 votos. Ela ganhou notoriedade ao fundar o Instituto Paz no Trânsito após seu filho morrer em acidente envolvendo o ex-deputado paranaense Luiz Fernando Ribas Carli Filho em 2009 Reprodução/Facebook Mais

Clarissa Garotinho, 32, do PR, foi a mulher mais bem votada para a Câmara dos Deputados e ficou em sétimo no ranking nacional dos eleitos para o cargo. Clarissa recebeu 335.061 votos dos eleitores fluminenses. Ela é filha de Anthony Garotinho (PR-RJ), candidato a governador que ficou de fora do segundo turno no Rio de Janeiro Reprodução/Facebook Mais

Dra. Zenaide Maia, 59, do PR, foi eleita deputada federal pelo Rio Grande do Norte com a maior votação entre as concorrentes, com 134.588 votos. Ela é casada com o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, e vice-presidente do PR Mulher Reprodução/Facebook Mais

Marinha Raupp, 54, do PMDB, foi a deputada federal mais bem votada em Rondônia com 61.419. Com isso, ela exercerá o seu sexto mandato como deputada federal. Formada em psicologia, ela é casada com o senador Valdir Raupp (PMDB) Agência Câmara Mais

Shéridan de Anchieta, 30, do PSDB, foi a deputada federal mais votada de Roraima com 35.555 votos. Ela é mulher do ex-governador do Estado José de Anchieta e ex-secretária da Promoção Humana e Desenvolvimento Divulgação Mais

Maria do Rosário, do PT, foi a deputada federal eleita com a maior votação entre as mulheres no Rio Grande do Sul, com 127.919 votos. Ela foi ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e já exerceu dois mandatos consecutivos como deputada federal Eduardo Lima/Folhapress Mais

Carmem Zanotto, 52, do PPS, foi a deputada federal com maior votação entre suas concorrentes em Santa Catarina, com 78.607 votos. Formada em enfermagem, foi secretária estadual adjunta da Saúde, vereadora em Lages (SC) e deputada federal Gustavo Lima/Câmara dos Deputados Mais

Bruna Furlan, 31, do PSDB-SP, foi reeleita para a Câmara dos Deputados por São Paulo com a maior votação entre as candidatas com 178.606 votos. A advogada é filha de Rubens Furlan, ex-prefeito de Barueri (SP) Adriano Vizoni/Folhapress Mais

Dulce Miranda, 50, do PMDB, foi a candidata mais votada a deputado federal com maior votação no Tocantins, com 75.934 votos. Dulce terá que conciliar o mandato em Brasília com as funções de primeira-dama do Estado, já que seu marido, Marcelo Miranda, foi eleito governador. O peemedebista já havia governado o Tocantins entre 2003 e 2009, quando teve o mandato cassado Reprodução/Facebook Mais