Veja fotos dos candidatos ao governo de SP no debate da Record

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/eleicoes/2018/10/19/veja-fotos-dos-candidatos-ao-governo-de-sp-no-debate-da-record.htm
  • totalImagens: 9
  • fotoInicial: 2
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20181019141159
    • Márcio França [78943]; João Dória Jr [22908];
    • Eleições 2018 [76593]; Debate [23026];
    • São Paulo [5110];
    • Notícias [35976];
Fotos

Após debate na TV Bandeirantes, Márcio França (PSB) e João Doria (PSDB), candidatos ao governo de São Paulo, participaram nesta sexta-feira (19) do debate da TV Record Adriana Spaca/Framephoto/Estadão Conteúdo Mais

Em discurso inicial, França voltou a apostar contra a polarização PT e PSDB e disse que São Paulo tem que ajudar a guiar o Brasil. Doria afirmou que quer "bandidos na cadeia", a redução da maioridade penal e é contra o aborto. O tucano voltou a pedir voto para Jair Bolsonaro (PSL) Adriana Spaca/Framephoto/Estadão Conteúdo Mais

Assim como no debate anterior, os dois candidatos se atacaram fortemente. França acusou Doria de dívidas trabalhistas e de usar um empréstimo do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) durante os governos do PT para comprar um avião particular. O ex-prefeito de São Paulo rebateu: "Você é um notório mentiroso". O tucano disse que a linha de empréstimo do banco público "ajuda manter empregos em São Paulo" Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo Mais

O jornalista e apresentador Reinaldo Gottino foi o mediador do debate da Record. Com os apoiadores dos dois candidatos fazendo muito barulho durante o evento, o jornalista teve que chamar a atenção da plateia várias vezes Antonio Chahestian/Record TV Mais

Em pergunta entre os candidatos, Doria e França prometeram ampliar o Programa Bom Prato, que oferece refeições por R$ 1. O atual governador prometeu levar o serviço para universidades e hospitais, enquanto o tucano pretende oferecer o serviço aos fins de semana Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

Doria voltou a apostar em ligar a imagem de França com o PT, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a esquerda: "Assuma o seu lado esquerdista". O governador de SP provocou de volta relembrando que o tucano já ajudou a financiar campanhas de petistas e Manuela D?Ávila, hoje vice na chapa do presidenciável Fernando Haddad (PT) Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

Márcio França atacou Doria após o comitê da sua campanha na capital ser alvo da Polícia Federal e disse que ele está fazendo propaganda irregular. O ex-prefeito de SP, por sua vez, acusou o governador de lotear cargos no governo para sindicalistas e ser próximo do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) Reprodução/TV Record Mais

Apesar dos muitos ataques, os dois candidatos apresentaram projetos de ampliar a segurança para combater a violência contra mulher e melhorar o atendimento aos idosos e crianças na área de saúde e educação Werther Santana/Estadão Conteúdo Mais

Apesar dos ataques e do clima tenso entre os dois candidatos, o debate da Record teve momentos de descontração. Em um deles, João Doria disse que Márcio França estava tenso e daria maracugina para o seu rival. O fato gerou risadas entre os presentes na plateia Werther Santana/Estadão Conteúdo Mais

Comente no Facebook