Lareiras compõem salas aconchegantes e espaços de relaxamento para o inverno; inspire-se

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2013/07/20/diversos-tipos-de-lareira-podem-compor-salas-aconchegantes-para-o-inverno-inspire-se.htm
  • totalImagens: 21
  • fotoInicial: 15
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130720081500
    • decoração [18997]; sala de estar [26086];
Fotos

Para combinar com o ambiente em tons de cinza na Casa Cor 2013, a lareira em aço carbono Girolar - Milão, da Largrill (à esq.), escolhida pela arquiteta Brunete Fraccaroli, foi pintada. O modelo é suspenso e giratório e é alimentado por biofluido ou lenha Romulo Fialdini/ Divulgação Mais

A varanda (50 m²) transformou-se em um espaço de convivência sofisticado e aconchegante ao ser decorado por Karina Affonso. No ambiente foi instalada a lareira a gás da Construflama (ao centro), acoplada ao nicho de mármore travertino navona, da Mont Blanc. Enfatizando o estilo étnico, a escultura, os bancos e as poltroninhas criam certo contraste em relação aos estofados neutros Divulgação Mais

O destaque deste home theater (62 m²), criado pelo arquiteto José Ricardo Basiches, é o móvel laqueado que integra todas as necessidades do espaço e inclui a lareira a gás, embutida no rasgo aparente, revestido com mármore travertino romano bruto. Para delimitar a área de estar, o piso de madeira de demolição foi recoberto com o tapete felpudo Fran Parente/ Divulgação Mais

O destaque deste home theater (62 m²), criado pelo arquiteto José Ricardo Basiches, é o móvel laqueado que integra todas as necessidades do espaço e inclui a lareira a gás, embutida no rasgo aparente, revestido com mármore travertino romano bruto. Para delimitar a área de estar, o piso de madeira de demolição foi recoberto com o tapete felpudo Fran Parente/ Divulgação Mais

Integrada aos ambientes sociais, a sala de cinema (48 m²), planejada pela arquiteta Tania Bertolucci, recebeu duas lareiras abastecidas por etanol, da Arcaz (à esq.). O ambiente teve o teto rebaixado para criar uma maior sensação de aconchego André Bastian/ Divulgação Mais

Na sala de cinema idealizada pela arquiteta Tania Bertolucci, a caixa que embute as lareiras (à dir.) foi executada em mármore crema marfil, da Marmoraria Real. O elemento combina com a parede revestida pelo mesmo material, o painel laqueado de suporte da TV e a tonalidade dos móveis. Repare que os volumes ficam em maior evidência graças a iluminação LED embutida André Bastian/ Divulgação Mais

Integrado com a varanda, o home theater (46 m²) ganhou lareira gás embutida na bancada de mármore travertino romano bruto (à esq.). O revestimento segue os tons claros do restante da decoração assinada pelo designer de interiores Augusto Perez Sérgio Israel/ Divulgação Mais

Integrado com a varanda, o home theater (46 m²) ganhou lareira gás embutida na bancada de mármore travertino romano bruto (à esq.). O revestimento segue os tons claros do restante da decoração assinada pelo designer de interiores Augusto Perez Sérgio Israel/ Divulgação Mais

Esta lareira a gás foi acoplada à bancada em mármore nácar, que também reveste a parede e dá unidade ao ambiente com inspiração étnica e tons neutros. Destaque para o mosaico de pastilhas e mármore criado pelo arquiteto Roberto Borja J. Vilhora/ Divulgação Mais

A lareira em vidro e aço é o centro do projeto das arquitetas Adriana Agostinho e Claudia Schneider. Apoiado na base de madeira de demolição, o equipamento é cercado por quatro mesas espelhadas e funciona a base de álcool etílico. Os estofados cômodos deixam o ambiente propício ao convívio Rogério Neves/ Divulgação Mais

Coberto pelo pergolado, este ambiente (18,50 m²) de descanso com lareira foi idealizado pelo arquiteto paisagista Ronaldo Kurita e atende a uma vila, sendo um refúgio para os moradores. O bloco central, grande e maciço, tem nicho projetado especialmente para embutir a lareira ecológica da Artfire. O vão foi revestido com tijolo inglês, da Palimanan, e granito marrom castor, da Gramazon; enquanto o sofá e as poltronas da linha Arpoador (Amazônia) compõem a área de estar Wagner Silveira/ Divulgação Mais

Para aquecer esta área de estar, o arquiteto Fernando Schwertner apostou na pira da Artfire que funciona com fluido para biolareira. Compacta e com base colorida, ela se adequa ao design do ambiente, misturando-se aos objetos decorativos Kelly Knevels/ Divulgação Mais

Assinada pela arquiteta Cristina Menezes, a reforma desta sala (37,50 m²) repaginou a lareira a lenha (à dir.), mas aproveitou a chaminé pré-existente. A solução foi cortar as laterais do equipamento e substituí-las por vidro, escondendo a estrutura do duto com caixa de madeira, de modo a acompanhar os lambris do forro. Os sofás (São Romão) acompanhados pelas mesas Tetum formam um ambiente confortável e relaxante Jomar Bragança/ Divulgação Mais

Na reforma pilotada por Tania Bertolucci, a lareira pré-existente no estar (52 m²) ganhou revestimento em mármore botticcino e painéis em laca para receber a TV. Os outros equipamentos foram acomodados no balcão com portas ripadas, acessíveis por controle remoto. O projeto criou também o nicho para a lenha e um degrau de mármore para proteger o piso. O protetor de fagulhas em vidro temperado e aço inox e os acessórios de lareira são da Faro Design Carlos Edler/ Divulgação Mais

A pedido dos proprietários, a sala de lareira, projetada pela arquiteta Patrícia Magalhães, foi equipada com sistema tradicional a lenha. Para a construção, foi utilizado o kit-pronto da Construflama. Combinando com a decoração que mistura peças clássicas e étnicas, a lareira recebeu revestimento em mármore travertino navona executado pela Habittare Alexia Buzzoleti/ Divulgação Mais

Executada em alvenaria e revestida por pedras, a lareira a lenha (ao centro) é o elemento principal do living desta casa de campo, por isso o arquiteto Maurício Karam desenvolveu um volume imponente e vistoso. Estruturada com duto pré-moldado, o equipamento tem duas "bocas", uma voltada para a sala e outra para a varanda Divulgação Mais

A lareira (à dir.), idealizada pelo arquiteto Maurício Karam, divide o estar e o jantar. Abastecido por lenha, o equipamento tem corpo de alvenaria e é revestido por pedra madeira. Destaque para o duto em aço corten interligado a um segundo duto embutido no pilar, que enfatiza o estilo rústico do ambiente Divulgação Mais

A lareira (à esq.) já existia neste living com 54 m², que se comunica com o jardim através das grandes janelas. A arquiteta Tania Bertolucci, responsável pela reforma da casa, acrescentou um degrau no volume e trocou o revestimento externo por mármore preto absoluto (Basalto Santo Antônio), combinado ao móvel de madeira laqueada. O duto da chaminé foi recoberto com espelho, ampliando visualmente o espaço Eduardo Liotti/ Divulgação Mais

A arquiteta Cristina Menezes atendeu ao desejo dos clientes em ter uma "casa com cara de casa" ao criar espaços mais tradicionais e incluiur uma lareira na sala (34,50 m²). O equipamento se fazia necessário, pois a residência está localizada em uma região de clima ameno e exigia aquecimento nos dias mais frios. O modelo a lenha foi construído com peças pré-moldadas e emoldurado por madeira de demolição canela. O mobiliário da Artefacto completa a sala Jomar Bragança/ Divulgação Mais

Para aquecer os 27 m² do living com sala de jogos, o designer Marcelo Mujalli optou pela lareira a lenha, revestida com mármores rosso verona e botticino polido. O painel em madeira teca, o sofá com chaise da Montenapoleone e a mesa de jogos, da Entreposto, com cadeiras em couro, da Interni, criam um clima quente e acolhedor Celina Germer/ Divulgação Mais

O espaço multiuso ficou mais completo com a lareira convencional idealizada pela arquiteta Daniela Velloza e a designer Virginia Velloza. Abastecido por lenha, o equipamento tem corpo revestido por canjiquinha. Como medida de segurança, a tela (Creare) em inox com alças evita que as brasas caiam do lado de fora. Os móveis da Breton e da Kartell levam cor ao espaço e formam um canto agradável para as noites de inverno Carlos Henrique dos Santos/ Divulgação Mais

Comente no Facebook