Flagras do mundo animal

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2014/01/23/flagras-do-mundo-animal.htm
  • totalImagens: 779
  • fotoInicial: 727
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20140123010317
    • Animais [64748]; Meio ambiente [64747]; Animais [17229];
Fotos

O fotógrafo americano David Austin flagrou o momento em que um gavião foi surpreendido por uma cobra ao tentar capturá-la. O americano, que publicou a imagem em seu Instagram, contou ao site "LAist" que avistou o gavião no chão, pensando que o animal havia sido atropelado. Ao chegar mais perto, David viu o gavião desesperado com uma cobra enrolada nele. O fotógrafo ficou por perto, para que os animais não corressem o risco de serem atropelados, e aguardou o momento em que cobra se desenrolou do gavião. De acordo com o fotógrafo, nenhum dos animais saiu ferido da batalha Reprodução/Daily Mail Mais

Um guarda conseguiu flagrar o exato momento em que um sapo-boi ou sapo cururu ("Rhinella marina") abocanhou um morcego no Parque Nacional Amotape, na Amazônia peruana. <a href="http://blog.perunature.com/2013/09/what-heck-is-going-on-in-this-picture.html">Pela descrição no blog do parque</a>, o morcego voava perto do chão buscando insetos quando voou diretamente para a boca do sapo, que estava "sentado com a boca aberta". Mas o sapo não engoliu o morcego (<a href="http://www.biotemas.ufsc.br/volumes/pdf/volume232/215a218Final.pdf">apesar de haver registros de alimentação deste tipo no Brasil</a>), ele cuspiu o morcego, que depois de um tempo saiu voando para bem longe dali Phillip Torres/Divulgação Mais

Durou apenas dois segundos, mas uma câmera de monitoramento na Sibéria, na Rússia, que pretendia filmar tigres, registrou o momento exato em que uma águia real ("Aquila chrysaetos") capturou um jovem veado. Sua carcaça foi encontrada duas semanas mais tarde, perto dali. A imagem rara aparece em um estudo na edição de setembro do "Journal of Research Raptor". As águias reais costumam comer pequenos animais como coelhos, mas há um registro de 2004 que mostra uma águia atacando um filhote de urso marrom Linda Kerley/Sociedade Zoológica de Londres (ZSL) Mais

Crocodilo de água salgada ("Crocodylus porosus") ataca um tubarão no Parque Nacional Kakadu, na Austrália. A imagem foi capturada por um grupo de britânicos que fazia um cruzeiro na região. Os crocodilos desta espécie são os maiores répteis vivos atualmente, sendo que os machos adultos podem chegar a sete metros de comprimento Reprodução Mais

O fotógrafo irlandês David Jenkins preparou uma isca para tirar esta foto no nascer do sol do tubarão branco em Seal Island, False Bay, na África do Sul Reprodução Mais

Chacal ataca abutres na Tanzânia, no Leste da África, para defender sua comida Caters Mais

Grupo de orcas ataca foca Robert L. Pitman/BBC Mais

Pesquisadora brasileira registrou, pela primeira vez, o ataque mortal e bem sucedido de uma jiboia a um bugio na Amazônia, na região de Rondônia. Dez minutos depois de escalar uma árvore, ficando a 7,5 metros de distância do chão, uma macaca adulta foi surpreendida pela cobra, que se enroscou no seu corpo e a matou em apenas cinco minutos por sufocamento. Cerca de quarenta minutos após o bote, a jiboia começou a comer a presa pela cabeça e levou outros 76 minutos para ingerir toda a presa Erika Patrícia Quintino Mais

Pesquisadora brasileira registrou, pela primeira vez, o ataque mortal e bem sucedido de uma jiboia a um bugio na Amazônia, na região de Rondônia. Dez minutos depois de escalar uma árvore, ficando a 7,5 metros de distância do chão, uma macaca fêmea foi surpreendida pela cobra, que se enroscou no seu corpo e a matou em apenas cinco minutos por sufocamento. Cerca de 40 minutos após o bote, a jiboia começou a comer a presa pela cabeça e levou outros 76 minutos para ingerir toda a presa Erika Patrícia Quintino Mais

Pesquisadores da Universidade de Delaware, nos Estados Unidos, fisgaram um tubarão que estava sendo devorado por outro, e acabaram alçando os dois, em agosto de 2013 Reprodução/ Facebook/ University of Delaware Mais

Leopardo durante ataque mortal no Parque Kgalagadi, na África do Sul. O registro feito em dezembro de 2012 venceu um concurso de fotos de vida selvagem na Inglaterra Bridgena Barnard Mais

Dois leões brigam por território na reserva natural de Cheetah Plains, na África do Sul Justin Glanvill/Barcroft Media Mais

Pardais se bicam em luta captada por fotógrafo no quintal de sua casa em Sherz, na Suíça Urs Schmidli/Barcroft Media Mais

Duas aves de rapina travam disputa em pleno céu de Oxfordshire, na Inglaterra Anne Algar Mais

A ave poupa-eurasiática ("Upupa epops") alimenta filhote com larva National News and Pictures Mais

O fotógrafo irlandês David Jenkins é conhecido por fazer fotos de tubarões na costa da Cidade do Cabo, na África do Sul. Desta vez, ele conseguiu flagrar o exato momento em que uma foca escapa de uma mordida de um tubarão branco, de acordo com o <a href="http://www.dailymail.co.uk/news/article-2449505/Seal-manages-escape-Great-White-shark-balancing-beasts-NOSE.html">Daily Mail</a>. Ao saltar, a foca ficou apoiada no nariz do tubarão, muito perto de sua boca, antes de fugir para longe dali e conseguir escapar com vida. O tubarão branco pode ter seis metros de comprimento e pesar até 3000 quilos Reprodução/Daily Mail Mais

Ver imagens da vida selvagem ao vivo pode ser excitante. O surfista Mike Durand colocou uma câmera e um capacete e foi procurar um grande tubarão branco em El Porto, na praia Manhattan, na Califórnia, EUA. Ele ficou surpreso ao ver um tubarão se aproximar, mas não esperava que outro apareceria por ali também Reprodução Mais

Uma pomba se salvou por pouco de virar comida de um leão no zoológico de Adelaide, na Austrália. A ave voou de encontro à jaula do felino, que não bobeou e a pegou com os dentes. Mas as grades estavam atrapalhando um pouco a mordida, então, o leão foi dar uma "ajeitadinha". A pomba aproveitou e fugiu, deixando o leão com a cara triste que você vê no canto inferior à direita da imagem, como fotografou David Gartland Reprodução/Facebook Mais

Era só uma visita normal ao zoológico de São Paulo quando uma onça atacou uma garça que voava por seu recinto. Em um só pulo a onça pegou a ave no ar. Depois de alguns minutos de "luta", a garça morre. <a href="http://www.youtube.com/watch?v=HwjrgUgTSdI">O internauta Luis Gustavo Bussioli postou o vídeo</a> Reprodução Mais

O que você faz se está andando por seu caminho despretensiosamente e, de repente, encontra um predador? Foge, seria a resposta mais prudente, mas este louva-deus, ao ver um sapo de barriga para cima, resolveu continuar seu caminho e subir na barriga do sapo. Em três segundos, o inseto subiu no anfíbio, fez uma certa "massagem" e seguiu seu caminho. A imagem foi fotografada em Jacarta, na Indonésia, por Fahmi Bhs, que colocou a foto em seu Facebook Facebook Mais

Susan Darrah, uma artista culinária de Rockaway, em Nova Jersey, nos EUA, fotografou este veado com uma flecha atravessada em sua cabeça. Segundo ela, o animal consegue comer normalmente, não há sinais de sangue e ele parece não sentir dor. No último final de semana, ela chamou a divisão de pesca e vida selvagem do Estado para cuidar do animal Facebook/Susan Darrah Mais

Rian Van Schalkwyk passou férias com a família na reserva Erindi, na Namíbia, e viu este ataque de elefante a um hipopótamo. A mãe foi salvar seu filhote do ataque do elefante enfurecido e na briga acabou sendo virada de ponta cabeça enquanto o filho fugia. Ela saiu sem grandes ferimentos Rian Van Schalkwyk/Facebook Mais

Um leão atacou e matou uma leoa no zoológico de Dallas, no Texas, nos EUA. <a href="http://edition.cnn.com/2013/11/18/us/dallas-zoo-lion-killed/">Veja o vídeo em inglês no site da CNN</a> Reprodução Mais

Montagem com sequência de fotos mostra o momento em que um tigre de Sumatra se aproxima de um cuidador de animais de zoológico de Sunshine Coast, na Austrália, e o ataca (dir.). O funcionário sofreu ferimentos na cabeça e ombros e foi socorrido por colegas. O caso aconteceu na última terça-feira (26) e as imagens foram divulgadas hoje. O tratador foi levado de helicóptero para um hospital e se recupera das lesões Johanna Schehl/AP Mais

Montagem com sequência de fotos mostra o momento em que um tigre de Sumatra se aproxima de um cuidador de animais de zoológico de Sunshine Coast, na Austrália, e o ataca (dir.). O funcionário sofreu ferimentos na cabeça e ombros e foi socorrido por colegas. O caso aconteceu na última terça-feira (26) e as imagens foram divulgadas hoje. O tratador foi levado de helicóptero para um hospital e se recupera das lesões Fotomontagem/Johanna Schehl/AP Mais

Fotógrafo alemão capturou o momento em que dois tigres lutaram por seu território na reserva "Tiger Canyons", na África do Sul. O embate começou quando um deles deu um golpe com as garras no pescoço do oponente. O tigre da direita, maior e mais jovem, venceu a batalha. Quando ele se distraiu e achou que o outro tigre já estava morto após 45 minutos de mordidas e arranhões, o rival conseguiu escapar com vida Reprodução Daily Mail Mais

Crocodilo devora uma zebra no rio Mara, em Maasai, no Quênia, enquanto gnus atravessam o rio. Apenas alguns meses depois de sua migração anual para o sul para o Parque Nacional Serengeti na Tanzânia, milhares de gnus foram vistos de volta À Maasi, uma rara ocorrência, que segundo oficiais, pode ser resultado da seca e pastagens insuficiente na Tanzânia AP/Rebecca Blackwell Mais

Um tigre atacou seu domador durante espetáculo em Madri, na Espanha. A cena foi gravada em vídeo por um assistente e mostra o tigre pular no homem de 35 anos e primeiro morder seus ombros e depois a cabeça. O domador bate no tigre com um pau, sem conseguir se salvar dele até que um ajudante entra no picadeiro e tira o tigre de cima do homem. Ele saiu andando, foi para o hospital e se encontra fora de perigo. <a href=""http://www.antena3.com/noticias/sociedad/asi-fue-ataque-tigre-domador-plena-actuacion-madrid_2013120800065.html>Veja o vídeo em espanhol</a> Reprodução Mais

Um búfalo jovem foi atacado por uma leoa na reserva Mjejane, na África do Sul. Após tentar se livrar dos dentes e garras do felino, o búfalo já parecia ter se rendido quando outro búfalo veio para salvá-lo. Com os chifres, o búfalo lançou a leoa para os ares. Os dois grupos de animais então se afastaram sem grandes ferimentos. Reprodução Mais

Turistas faziam um passeio na costa argentina quando foram surpreendidos por uma baleia gigante de 50 toneladas sob seu pequeno barco, perto da Península Valdés. As baleias costumam ir para as águas mais quentes da região nesta época do ano para criar seus filhotes. Veja mais fotos no <a href="http://www.mirror.co.uk/news/world-news/whale-under-boat-amazing-pictures-2940085">site do Daily Mirror</a> Reprodução Mirror Mais

No início de dezembro ocorreu um embate clássico no Parque Nacional Everglades, nos EUA: um jacaré versus uma cobra píton de espécie invasora birmanesa. Desta vez, quem se deu bem foi o jacaré (embora algumas vezes ocorra o contrário e a cobra devore o réptil). Os funcionários do parque foram chamados por um visitante que viu o jacaré correr rápido para debaixo de uma ponte e depois com a cobra na boca Reprodução/Facebook Mais

O fotógrafo colombiano Nicolas Reusens registrou do começo ao fim o bote de uma cobra em uma pequena rã perto do vulcão El Arena na Costa Rica. "O anfíbio estava vivo e eu o estava fotografando quando tudo aconteceu", disse ao Metro. O fotógrafo disse que viu a cobra se aproximar e devorar o sapo, que não ofereceu muita resistência. "Eu me sinto culpado por não ajudar esta pobre criatura de ser comida, mas é como a natureza funciona". <a href="http://metro.co.uk/2014/01/05/sorry-ive-got-a-frog-in-my-throat-hungry-snake-swallows-amphibian-whole-4250599/">Veja mais fotos no site do Metro em inglês</a> Reprodução Mais

Uma cobra píton matou e engoliu um antílope no parque Moremi em Botsuana. As imagens foram capturadas por Fred von Winckelmann que conta no Mirror que a cobra estava tão entretida com sua presa que permitiu sua aproximação. O holandês estava em um safari na África quando viu a cena. Em 45 minutos, a cobra engoliu o animal da cintura até as pernas. Ela consegue abrir seu maxilar para engolir toda a presa e depois fica bastante vulnerável enquanto faz a digestão. <a href="http://www.mirror.co.uk/news/world-news/python-swallows-impala-antelope-pictured-3027636">Veja mais fotos, no site em inglês</a> Reprodução Mais

Jovem leão derruba filhote de elefante no Parque Nacional Hwange, no Zimbábue. O elefante ainda tentou escapar desequilibrando o inimigo, mas outros dois leões se aproximaram e venceram a disputa. A imagem foi retratada por Heidi e Kurt Haas. Segundo Haas, a luta do elefante pela sobrevivência levou cerca de 40 minutos Reprodução/Dailymail Mais

3.mar.2014 - Foto tirada com um telefone celular nesta segunda-feira (3) mostra uma cobra Phython estrangular e comer um crocodilo. O fato chocou os visitante do lago Moondarra, no noroeste de Queensland, Austrália TIFFANY CORLIS via ABC Northwes/EPA/Efe Mais

6.mar.2014 - O fotógrafo grego Kyriakos Kaziras, especialista em vida selvagem, registrou a luta de uma leoa para atravessar um rio no parque nacional Masai Mara, no Quênia, carregando o filhote na boca Kyriakos Kaziras Mais

6.mar.2014 - Segurando o filhote com a mandíbula, a leoa tentava se juntar ao resto do bando na outra margem do rio Kyriakos Kaziras Mais

6.mar.2014 - Nestes grupos, são as fêmeas que caçam, geralmente à noite. Na maioria das vezes, as presas escolhidas são antílopes, zebras e gnus. Na foto, a leoa é flagrada em um salto cuidadoso para chegar à outra margem Kyriakos Kaziras Mais

6.mar.2014- Leões podem se reproduzir o ano inteiro e estima-se que eles copulem cerca de 3 mil vezes para cada filhote que nasce. Acima, depois de atravessar o rio, leoa e filhote estão ensopados Kyriakos Kaziras Mais

6.mar.2014 - Um estudo que durou 45 anos, realizado na Tanzânia, revelou que os grupos de leões que têm as melhores taxas de reprodução têm territórios localizados mais próximos de áreas de confluência de rios. Acima, a leoa e o filhote se juntam ao bando depois de cruzar o rio Kyriakos Kaziras Mais

6.mar.2014 - Nestas áreas, os leões têm acesso a água, sombra e bons pontos para emboscar as presas durante o ano todo. Por isso, os grupos de leões precisam montar uma defesa forte para se manter nestes locais. Acima, leoa e filhote já estão a salvo junto com o resto do grupo Kyriakos Kaziras Mais

24.mar.2014 - O fotógrafo Richard Chew capturou o momento em que uma leoa faminta enfrentou um bando de crocodilos pelo corpo de um hipopótamo que estava morto desde o dia anterior em uma reserva natural do Quênia. A luta pela refeição faz com que, mesmo em desvantagem númerica, a leoa atacasse os outros predadores com suas garras, fazendo com que eles revidassem com raiva. Pelo outro lado do rio, a fêmea e um companheiro [um leão que não aparece nas imagens] já estavam rodeando a carcaça do hipopótamo, que havia morrido na noite anterior, há horas. No entanto, assim que chegaram perto do corpo, os crocodilos apareceram prontos para a briga. O fotógrafo, no entanto, não registrou quem levou a melhor na luta Reprodução/Daily Mail Mais

24.mar.2014 - O fotógrafo Richard Chew capturou o momento em que uma leoa faminta enfrentou um bando de crocodilos pelo corpo de um hipopótamo que estava morto desde o dia anterior em uma reserva natural do Quênia. A luta pela refeição faz com que, mesmo em desvantagem númerica, a leoa atacasse os outros predadores com suas garras, fazendo com que eles revidassem com raiva. Pelo outro lado do rio, a fêmea e um companheiro [um leão que não aparece nas imagens] já estavam rodeando a carcaça do hipopótamo, que havia morrido na noite anterior, há horas. No entanto, assim que chegaram perto do corpo, os crocodilos apareceram prontos para a briga. O fotógrafo, no entanto, não registrou quem levou a melhor na luta Reprodução/Daily Mail Mais

24.mar.2014 - O fotógrafo Richard Chew capturou o momento em que uma leoa faminta enfrentou um bando de crocodilos pelo corpo de um hipopótamo que estava morto desde o dia anterior em uma reserva natural do Quênia. A luta pela refeição faz com que, mesmo em desvantagem númerica, a leoa atacasse os outros predadores com suas garras, fazendo com que eles revidassem com raiva. Pelo outro lado do rio, a fêmea e um companheiro [um leão que não aparece nas imagens] já estavam rodeando a carcaça do hipopótamo, que havia morrido na noite anterior, há horas. No entanto, assim que chegaram perto do corpo, os crocodilos apareceram prontos para a briga. O fotógrafo, no entanto, não registrou quem levou a melhor na luta Reprodução/Daily Mail Mais

24.mar.2014 - O fotógrafo Richard Chew capturou o momento em que uma leoa faminta enfrentou um bando de crocodilos pelo corpo de um hipopótamo que estava morto desde o dia anterior em uma reserva natural do Quênia. A luta pela refeição faz com que, mesmo em desvantagem númerica, a leoa atacasse os outros predadores com suas garras, fazendo com que eles revidassem com raiva. Pelo outro lado do rio, a fêmea e um companheiro [um leão que não aparece nas imagens] já estavam rodeando a carcaça do hipopótamo, que havia morrido na noite anterior, há horas. No entanto, assim que chegaram perto do corpo, os crocodilos apareceram prontos para a briga. O fotógrafo, no entanto, não registrou quem levou a melhor na luta Reprodução/Daily Mail Mais

24.mar.2014 - O fotógrafo Richard Chew capturou o momento em que uma leoa faminta enfrentou um bando de crocodilos pelo corpo de um hipopótamo que estava morto desde o dia anterior em uma reserva natural do Quênia. A luta pela refeição faz com que, mesmo em desvantagem númerica, a leoa atacasse os outros predadores com suas garras, fazendo com que eles revidassem com raiva. Pelo outro lado do rio, a fêmea e um companheiro [um leão que não aparece nas imagens] já estavam rodeando a carcaça do hipopótamo, que havia morrido na noite anterior, há horas. No entanto, assim que chegaram perto do corpo, os crocodilos apareceram prontos para a briga. O fotógrafo, no entanto, não registrou quem levou a melhor na luta Reprodução/Daily Mail Mais

24.mar.2014 - O fotógrafo Richard Chew capturou o momento em que uma leoa faminta enfrentou um bando de crocodilos pelo corpo de um hipopótamo que estava morto desde o dia anterior em uma reserva natural do Quênia. A luta pela refeição faz com que, mesmo em desvantagem númerica, a leoa atacasse os outros predadores com suas garras, fazendo com que eles revidassem com raiva. Pelo outro lado do rio, a fêmea e um companheiro [um leão que não aparece nas imagens] já estavam rodeando a carcaça do hipopótamo, que havia morrido na noite anterior, há horas. No entanto, assim que chegaram perto do corpo, os crocodilos apareceram prontos para a briga. O fotógrafo, no entanto, não registrou quem levou a melhor na luta Reprodução/Daily Mail Mais

5.mai.2014 - Pode parecer, mas não é história de pescador. O australiano Angus James fisgou um peixe e, ao retirar o anzol para devolver o animal à agua, encontrou um sapo vivo na garganta do bicho. "Eu fiquei chocado. Primeiro pensei que poderia ser grama, então ele piscou", revelou. Segundo o australiano, o sapo escapou logo após a imagem acima ser feita. "Sempre carrego uma câmera, então tirei a foto e aí ele pulou". Angus enviou o flagra para a revista Reptiles, que publicou a foto no Facebook na última sexta (2). Até a tarde desta segunda-feira, a imagem já tinha mais de 32 mil compartilhamentos. "Foi uma das coisas mais legais que já vi na vida", contou o pescador Reprodução/Daily Mail Mais

26.mai.2014 - Depois de cair de um penhasco íngreme, um filhote de leão tentava pedir socorro, quando sua mãe apareceu com outras três leoas e um leão para ajudá-lo. Sem hesitar, a mamãe leoa coloca sua vida em risco para salvar o filho antes que ele caia para uma morte certa. As outras leoas chegaram a olhar sobre a borda do precipício antes de abortar a missão de resgate por causa da altura, mas a mãe foi até o fim e se arrastou para baixo do penhasco para chegar ao filhote em perigo. Depois de levá-lo na boca até um lugar a salvo, a leoa tratou de dar uma lambida para dizer ao pequeno que estava tudo bem. O resgate dramático aconteceu no Quênia e foi flagrado pelo fotógrafo da vida selvagem Jean Francois Largot Reprodução/Daily Mail Mais

26.mai.2014 - Depois de cair de um penhasco íngreme, um filhote de leão tentava pedir socorro, quando sua mãe apareceu com outras três leoas e um leão para ajudá-lo. Sem hesitar, a mamãe leoa coloca sua vida em risco para salvar o filho antes que ele caia para uma morte certa. As outras leoas chegaram a olhar sobre a borda do precipício antes de abortar a missão de resgate por causa da altura, mas a mãe foi até o fim e se arrastou para baixo do penhasco para chegar ao filhote em perigo. Depois de levá-lo na boca até um lugar a salvo, a leoa tratou de dar uma lambida para dizer ao pequeno que estava tudo bem. O resgate dramático aconteceu no Quênia e foi flagrado pelo fotógrafo da vida selvagem Jean Francois Largot Reprodução/Daily Mail Mais

26.mai.2014 - Depois de cair de um penhasco íngreme, um filhote de leão tentava pedir socorro, quando sua mãe apareceu com outras três leoas e um leão para ajudá-lo. Sem hesitar, a mamãe leoa coloca sua vida em risco para salvar o filho antes que ele caia para uma morte certa. As outras leoas chegaram a olhar sobre a borda do precipício antes de abortar a missão de resgate por causa da altura, mas a mãe foi até o fim e se arrastou para baixo do penhasco para chegar ao filhote em perigo. Depois de levá-lo na boca até um lugar a salvo, a leoa tratou de dar uma lambida para dizer ao pequeno que estava tudo bem. O resgate dramático aconteceu no Quênia e foi flagrado pelo fotógrafo da vida selvagem Jean Francois Largot Reprodução/Daily Mail Mais

26.mai.2014 - Depois de cair de um penhasco íngreme, um filhote de leão tentava pedir socorro, quando sua mãe apareceu com outras três leoas e um leão para ajudá-lo. Sem hesitar, a mamãe leoa coloca sua vida em risco para salvar o filho antes que ele caia para uma morte certa. As outras leoas chegaram a olhar sobre a borda do precipício antes de abortar a missão de resgate por causa da altura, mas a mãe foi até o fim e se arrastou para baixo do penhasco para chegar ao filhote em perigo. Depois de levá-lo na boca até um lugar a salvo, a leoa tratou de dar uma lambida para dizer ao pequeno que estava tudo bem. O resgate dramático aconteceu no Quênia e foi flagrado pelo fotógrafo da vida selvagem Jean Francois Largot Reprodução/Daily Mail Mais

26.mai.2014 - Depois de cair de um penhasco íngreme, um filhote de leão tentava pedir socorro, quando sua mãe apareceu com outras três leoas e um leão para ajudá-lo. Sem hesitar, a mamãe leoa coloca sua vida em risco para salvar o filho antes que ele caia para uma morte certa. As outras leoas chegaram a olhar sobre a borda do precipício antes de abortar a missão de resgate por causa da altura, mas a mãe foi até o fim e se arrastou para baixo do penhasco para chegar ao filhote em perigo. Depois de levá-lo na boca até um lugar a salvo, a leoa tratou de dar uma lambida para dizer ao pequeno que estava tudo bem. O resgate dramático aconteceu no Quênia e foi flagrado pelo fotógrafo da vida selvagem Jean Francois Largot Reprodução/Daily Mail Mais

27.mai.2014 - Um dia da caça, outro do caçador! Uma chita, animal conhecido pela velocidade, pensou que se daria bem ao atacar um gnu (espécie de antílope africano) no Quênia. Acontece que o gnu não era do tipo que leva desaforo para casa. Ao perceber que a chita tentava caçá-lo, o animal, em vez de fugir, resolveu revidar e partiu para a briga. O felino foi pego de surpresa pela audácia de sua presa. O resultado da briga foi a chita desapontada sem refeição, e o gnu seguindo firme e forte por aí. O impasse foi flagrado pelo fotógrafo Vadim Onishchenko Reprodução/Daily Mail Mais

27.mai.2014 - Um dia da caça, outro do caçador! Uma chita, animal conhecido pela velocidade, pensou que se daria bem ao atacar um gnu no Quênia. Acontece que o gnu não era do tipo que leva desaforo para casa. Ao perceber que a chita tentava caçá-lo, o animal, em vez de fugir, resolveu revidar e partiu para a briga. O felino foi pego de surpresa pela audácia de sua presa. O resultado da briga foi a chita desapontada sem refeição, e o gnu seguindo firme e forte por aí. O impasse foi flagrado pelo fotógrafo Vadim Onishchenko Reprodução/Daily Mail Mais

27.mai.2014 - Um dia da caça, outro do caçador! Uma chita, animal conhecido pela velocidade, pensou que se daria bem ao atacar um gnu no Quênia. Acontece que o gnu não era do tipo que leva desaforo para casa. Ao perceber que a chita tentava caçá-lo, o animal, em vez de fugir, resolveu revidar e partiu para a briga. O felino foi pego de surpresa pela audácia de sua presa. O resultado da briga foi a chita desapontada sem refeição, e o gnu seguindo firme e forte por aí. O impasse foi flagrado pelo fotógrafo Vadim Onishchenko Reprodução/Daily Mail Mais

27.mai.2014 - Um dia da caça, outro do caçador! Uma chita, animal conhecido pela velocidade, pensou que se daria bem ao atacar um gnu no Quênia. Acontece que o gnu não era do tipo que leva desaforo para casa. Ao perceber que a chita tentava caçá-lo, o animal, em vez de fugir, resolveu revidar e partiu para a briga. O felino foi pego de surpresa pela audácia de sua presa. O resultado da briga foi a chita desapontada sem refeição, e o gnu seguindo firme e forte por aí. O impasse foi flagrado pelo fotógrafo Vadim Onishchenko Reprodução/Daily Mail Mais

27.mai.2014 - Um dia da caça, outro do caçador! Uma chita, animal conhecido pela velocidade, pensou que se daria bem ao atacar um gnu no Quênia. Acontece que o gnu não era do tipo que leva desaforo para casa. Ao perceber que a chita tentava caçá-lo, o animal, em vez de fugir, resolveu revidar e partiu para a briga. O felino foi pego de surpresa pela audácia de sua presa. O resultado da briga foi a chita desapontada sem refeição, e o gnu seguindo firme e forte por aí. O impasse foi flagrado pelo fotógrafo Vadim Onishchenko Reprodução/Daily Mail Mais

27.mai.2014 - Um dia da caça, outro do caçador! Uma chita, animal conhecido pela velocidade, pensou que se daria bem ao atacar um gnu no Quênia. Acontece que o gnu não era do tipo que leva desaforo para casa. Ao perceber que a chita tentava caçá-lo, o animal, em vez de fugir, resolveu revidar e partiu para a briga. O felino foi pego de surpresa pela audácia de sua presa. O resultado da briga foi a chita desapontada sem refeição, e o gnu seguindo firme e forte por aí. O impasse foi flagrado pelo fotógrafo Vadim Onishchenko Reprodução/Daily Mail Mais

27.mai.2014 - Um dia da caça, outro do caçador! Uma chita, animal conhecido pela velocidade, pensou que se daria bem ao atacar um gnu no Quênia. Acontece que o gnu não era do tipo que leva desaforo para casa. Ao perceber que a chita tentava caçá-lo, o animal, em vez de fugir, resolveu revidar e partiu para a briga. O felino foi pego de surpresa pela audácia de sua presa. O resultado da briga foi a chita desapontada sem refeição, e o gnu seguindo firme e forte por aí. O impasse foi flagrado pelo fotógrafo Vadim Onishchenko Reprodução/Daily Mail Mais

30.mai.2014 - Para fugir de dois cães, um urso resolveu subir no topo de um poste, em Shellbrook, no Canadá, e acabou pegando no sono. Com medo de acontecer alguma pane no sistema elétrico, um morador decidiu chamar a companhia de energia para retirar o animal do local. Segundo o jornal ?Metro?, o urso não criou problemas à equipe da companhia de energia e desceu sozinho do poste Reprodução/Daily Mail Mais

30.mai.2014 - Para fugir de dois cães, um urso resolveu subir no topo de um poste, em Shellbrook, no Canadá, e acabou pegando no sono. Com medo de acontecer alguma pane no sistema elétrico, um morador decidiu chamar a companhia de energia para retirar o animal do local. Segundo o jornal ?Metro?, o urso não criou problemas à equipe da companhia de energia e desceu sozinho do poste Reprodução/Daily Mail Mais

30.mai.2014 - Para fugir de dois cães, um urso resolveu subir no topo de um poste, em Shellbrook, no Canadá, e acabou pegando no sono. Com medo de acontecer alguma pane no sistema elétrico, um morador decidiu chamar a companhia de energia para retirar o animal do local. Segundo o jornal ?Metro?, o urso não criou problemas à equipe da companhia de energia e desceu sozinho do poste Reprodução/Daily Mail Mais

30.mai.2014 - Para fugir de dois cães, um urso resolveu subir no topo de um poste, em Shellbrook, no Canadá, e acabou pegando no sono. Com medo de acontecer alguma pane no sistema elétrico, um morador decidiu chamar a companhia de energia para retirar o animal do local. Segundo o jornal ?Metro?, o urso não criou problemas à equipe da companhia de energia e desceu sozinho do poste Reprodução/Daily Mail Mais

30.mai.2014 - Para fugir de dois cães, um urso resolveu subir no topo de um poste, em Shellbrook, no Canadá, e acabou pegando no sono. Com medo de acontecer alguma pane no sistema elétrico, um morador decidiu chamar a companhia de energia para retirar o animal do local. Segundo o jornal ?Metro?, o urso não criou problemas à equipe da companhia de energia e desceu sozinho do poste Reprodução/Daily Mail Mais

A cadela Whisper se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. O alpinista Dean Potter levou a melhor amiga para saltar da montanha Eiger, na região dos Alpes Berneses, na Suíça Reprodução/Instagram Mais

A cadela Whisper se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. Reprodução/Instagram Mais

O alpinista Dean Potter levou a melhor amiga para saltar da montanha Eiger, na região dos Alpes Berneses, na Suíça. Reprodução/Instagram Mais

A cadela Whisper se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. O alpinista Dean Potter colocou a melhor amiga dentro de uma mochila para saltarem juntos da montanha Eiger, na região dos Alpes Berneses, na Suíça. Reprodução/Instagram Mais

A cadela Whisper foi levada para o alto da montanha da montanha Eiger, na região dos Alpes Berneses, na Suíça, por uma espécie de tirolesa. O animal se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. Reprodução/Instagram Mais

Inseparáveis, o alpinista Dean Potter leva a cadela Whisper, de quatro anos de idade, para toda aventura que planeja. Faça chuva, sol ou neve!. Reprodução/Instagram Mais

A cadela Whisper, de quatro anos de idade, mostra que não tem medo de altura e é capaz de "escalar" uma montanha sozinha! O animal se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. Reprodução/Instagram Mais

A cadela Whisper, de quatro anos de idade, mostra que não tem medo de altura e é capaz de "escalar" uma montanha sozinha! O animal se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. Reprodução/Instagram Mais

Companheiros de aventura, o alpinista Dean Potter e a cadela Whisper não se desgrudam! Nem na hora de escalar uma montanha. Reprodução/Instagram Mais

O alpinista Dean Potter leva a cadela Whisper, de quatro anos de idade, para escalar montanhas mesmo com uma tempestade de neve. Sinal que os melhores amigos não temem a altura e nem o frio. Reprodução/Instagram Mais

Melhor amigo que é melhor amigo não abandona o outro nem se a pior nevasca do mundo estiver caindo. O alpinista Dean Potter e a cadela Whisper provaram isso. Reprodução/Instagram Mais

Corajosa, a cadela Whisper olha para baixo mesmo que os seus pés não estejam exatamente no chão, aliás, bem longe disso! O animal se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. Reprodução/Instagram Mais

Faça chuva, faça sol ou faça neve, o alpinista Dean Potter e a cadela Whisper encaram uma aventura nas montanhas. Reprodução/Instagram Mais

O alpinista Dean Potter e a cadela Whisper treinam, com um tempo não muito agradável, para uma grande aventura. O animal se tornou o primeiro cachorro a saltar de base jumping no mundo. Reprodução/Instagram Mais

2.jun.2014 - Depois de um dia difícil, nada como relaxar no balanço de uma rede, não é mesmo? Um urso preto de Daytona Beach, Flórida (EUA) parece concordar com isso. Ele se deitou para descansar em uma rede pendurada em uma residência e ficou lá por cerca de 20 minutos, relaxando e tirando um cochilo até se assustar quando as luzes do quintal foram acesas. Um jovem que mora ao lado da residência, registrou a cena a uma distância de 60 metros, o que não incomodou o sono do animal. Assim que o animal saiu da rede, o dono da casa, Vicente James, tratou de retirar a rede rapidamente, antes que o visitante voltasse para tirar mais uma soneca. Há alguns dias o mesmo animal foi visto revirando as latas de lixo da região para encontrar comida Rafael C. Torres/Reuters Mais

10.jun.2014 - Sabe aquele aviso de não alimente os pombos? Parece que a canguru fofa da foto não deu muita atenção à mensagem. A fotógrafa Ann Cameron flagrou a mamãe canguru, carregando o filhote em sua bolsa, oferecendo um pouco de sua comida para o amigo pombo em um parque de Sydney, na Austrália. Segundo a autora da foto contou ao Daily Mail, o pombo não recusou o convite para comer e aproveitou um pouco da refeição oferecida pela canguru Reprodução/Daily Mail Mais

10.jun.2014 - O filhote canguru viu da bolsa aconchegante sua mamãe oferecer um pouco de comida a um pombo em um parque de Sydney, na Austrália. Segundo a autora da foto contou ao Daily Mail, o pombo não recusou o convite para comer e aproveitou um pouco da refeição oferecida pela canguru Reprodução/Daily Mail Mais

11.jun.2014 - Dois leões disputam o direito de acasalar com as fêmeas na reserva de Londolozi, na África no Sul. O vencedor se torna o líder do grupo Reprodução/Facebook/Londolozi Game Reserve Mais

12.jun.2014 - A sequência de imagens a seguir mostra o momento dramático em que uma girafa idosa é cercada por dois leões na África. Segundo informações do Daily Mail, a girafa, cega de um olho, foi caçada durante a noite toda pelo par de leões e, ao perceber que continuar a fuga seria inútil, virou-se para enfrentar os adversários em uma última tentativa de luta pela sobrevivência. O fotógrafo Morkel Erasmus, 31, flagrou o embate e contou à publicação que a velha girafa carregava cicatrizes de batalha na pele, o que sugere que este não foi seu primeiro encontro com os leões. O problema é que, desta vez, a batalha foi fatal para ela Reprodução/Daily Mail Mais

12.jun.2014 - Após horas fugindo de seus caçadores, a girafa idosa já estava cansada demais para enfrentar os leões Reprodução/Daily Mail Mais

12.jun.2014 - Assim que a girafa parou de tentar fugir para encarar seus algozes, os leões atacaram as patas traseiras da vítima, que caiu no chão Reprodução/Daily Mail Mais

12.jun.2014 - O fato de a girafa estar muito velha foi importante para que os leões levassem a melhor. "Girafas têm cascos imensos e pernas poderosas, longas e musculosas, que permitem que elas arremessem os cascos em supostos assaltantes com força suficiente para um golpe letal. Essa velha girafa, infelizmente, estava muito cansada para chutar com esse tipo de ferocidade. Até tentou desferir alguns chutes e se balançar diante de seus atacantes algumas vezes, mas os chutes apenas mostravam sua fadiga. Um dos jovens leões machos logo encontrou uma oportunidade de agarrar as nádegas da girafa, justamente do lado em que ela não o via por causa do olho cego", explicou Morkel Erasmus, 31, ao Daily Mail. Ele flagrou o momento do ataque Reprodução/Daily Mail Mais

12.jun.2014 - Após um dos leões ter agarrado a girafa pelas nádegas, ela ficou indefesa. "Com a perna direita presa, não podia fazer muito. Seu espírito foi corajoso, mas seu corpo estava fraco e o inevitável aconteceu logo após sua outra perna ser agarrada", contou o fotógrafo Morkel Erasmus, 31, ao Daily Mail. Ele flagrou o momento do ataque Reprodução/Daily Mail Mais

12.jun.2014 - "Apenas 30 segundos após o primeiro leão agarrá-la, a girafa caiu no chão. Era um gigante caído, um guerreiro derrotado, uma fortaleza vencida. É uma dualidade estranha na vida de um fotógrafo da vida selvagem encontrar alegria e adrenalina com a chance de fotografar essas coisas, mas também sentir tristeza e empatia pela vítima", desabafou Morkel Erasmus, 31, ao Daily Mail. Ele flagrou o momento do ataque Reprodução/Daily Mail Mais

12.jun.2014 - "Dado o nível de fadiga que a velha girafa tinha apresentado, não fiquei surpreso que ela não conseguia afastar o leão de sua perna, mesmo assim ela tentou bravamente se manter viva", relatou o fotógrafo Morkel Erasmus, 31, ao Daily Mail. Ele flagrou o momento do ataque Reprodução/Daily Mail Mais

29.jun.2014 - "Isso" na boca da mamãe panda é um filhotinho. Calma! Apesar de a cena ser um pouco diferente, na verdade, Qing Qing, como é chamada, estava carregando seu bebê da maneira mais segura possível. O especialista Jeroen Jacobs, que trabalha no Centro de Proteção, na China, onde mora a mamãe de primeira viagem, explicou ao Daily Mail que, no reino animal, algumas mães podem se mostrar desinteressadas no filhote logo de início, no entanto, Qing Qing surpreendeu com seu cuidado extremo com o filhotinho, ainda sem nome: "Estas imagens são muito encorajadores. Qing Qing sabe o que fazer e está carregando seu bebê suavemente. O melhor lugar para o filhote está na boca da mãe, onde ele pode ficar protegido" Reprodução/Daily Mail Mais

29.jun.2014 - Mamãe babona, Qing Qing observa seu filhotinho no Centro de Proteção, na China, onde mora Reprodução/Daily Mail Mais

2.jul.2014 - Um ursinho de seis meses estava vasculhando o lixo, quando acabou com a cabeça presa em um pote de biscoitos nos EUA. Assustado, o filhote saiu correndo e escalou uma árvore, onde ficou por duas horas até uma equipe conseguir ajudá-lo. Funcionários do Departamento de Proteção Ambiental forraram a área ao redor da árvore para no caso de o animal cair no chão. Depois um biólogo tranquilizou o animal, para que ele pudesse ser conduzido em segurança para baixo. Em seguida, bombeiros cortaram cuidadosamente o frasco de plástico da cabeça do urso. Ele estava desidratado, e a equipe o mergulhou em água fria para reanimá-lo. O filhote foi levado para um centro de reabilitação animal, onde permanecerá por quatro a seis semanas antes de voltar à natureza. Não havia nenhum sinal de outros ursos, incluindo a mãe do filhote, enquanto funcionários estavam no local Reprodução/Daily Mail Mais

2.jul.2014 - Um ursinho de seis meses estava vasculhando o lixo, quando acabou com a cabeça presa em um pote de biscoitos nos EUA. Assustado, o filhote saiu correndo e escalou uma árvore, onde ficou por duas horas até uma equipe conseguir ajudá-lo. Funcionários do Departamento de Proteção Ambiental forraram a área ao redor da árvore para no caso de o animal cair no chão. Depois um biólogo tranquilizou o animal, para que ele pudesse ser conduzido em segurança para baixo. Em seguida, bombeiros cortaram cuidadosamente o frasco de plástico da cabeça do urso. Ele estava desidratado, e a equipe o mergulhou em água fria para reanimá-lo. O filhote foi levado para um centro de reabilitação animal, onde permanecerá por quatro a seis semanas antes de voltar à natureza. Não havia nenhum sinal de outros ursos, incluindo a mãe do filhote, enquanto funcionários estavam no local Reprodução/Daily Mail Mais

3.jul.2014 - Uma gravação feita no Pantanal brasileiro flagrou o momento em quem uma onça ataca um jacaré, que estava tomando sol, pelas costas. As imagens mostram quando o felino vem pela água e surpreende o réptil, que tenta fugir, mas a onça crava suas presas no couro do animal e o leva embora. Clique no link 'Mais' e confira o vídeo. Reprodução Mais

3.jul.2014 - Na imagem, uma onça vem pela água e surpreende um jacaré, que estava tomando sol, pelas costas. O réptil tenta fugir, mas o felino crava suas presas no couro do animal e o leva embora. O vídeo foi feito no Pantanal brasileiro. Clique no link 'Mais' para conferir o flagra. Reprodução Mais

10.jul.2014 - Não mexa com um hipopótamo com fome! Fotos mostram um hipopótamo escancarando as mandíbulas em um sinal de luta pela refeição. Apesar da desvantagem numérica, o hipopótamo enfrentou uma leoa e seu grupo e continuou comendo sob o olhar vigilante dos felinos. O fotógrafo da vida selvagem Grant Atkinson, 46, contou ao Daily Mail que o grupo de leões chegou primeiro e estava se alimentando do elefante, morto por causas naturais próximo ao rio, quando o hipopótamo chegou e espantou a família. A mãe tentou ficar firme diante da situação, mas viu que o outro bicho não estava para brincadeira, então se afastou e esperou com os filhos pacientemente até que o hipopótamo se afastasse e eles pudessem ficar com as sobras. Embora a dieta dos hipopótamos seja predominantemente composta por plantas, eles também podem comer carne, embora seja raro que optem por esse tipo de alimento Reprodução/Daily Mail Mais

10.jul.2014 - Não mexa com um hipopótamo com fome! Fotos mostram um hipopótamo escancarando as mandíbulas em um sinal de luta pela refeição. Apesar da desvantagem numérica, o hipopótamo enfrentou uma leoa e seu grupo e continuou comendo sob o olhar vigilante dos felinos. O fotógrafo da vida selvagem Grant Atkinson, 46, contou ao Daily Mail que o grupo de leões chegou primeiro e estava se alimentando do elefante, morto por causas naturais próximo ao rio, quando o hipopótamo chegou e espantou a família. A mãe tentou ficar firme diante da situação, mas viu que o outro bicho não estava para brincadeira, então se afastou e esperou com os filhos pacientemente até que o hipopótamo se afastasse e eles pudessem ficar com as sobras. Embora a dieta dos hipopótamos seja predominantemente composta por plantas, eles também podem comer carne, embora seja raro que optem por esse tipo de alimento Reprodução/Daily Mail Mais

10.jul.2014 - Não mexa com um hipopótamo com fome! Fotos mostram um hipopótamo escancarando as mandíbulas em um sinal de luta pela refeição. Apesar da desvantagem numérica, o hipopótamo enfrentou uma leoa e seu grupo e continuou comendo sob o olhar vigilante dos felinos. O fotógrafo da vida selvagem Grant Atkinson, 46, contou ao Daily Mail que o grupo de leões chegou primeiro e estava se alimentando do elefante, morto por causas naturais próximo ao rio, quando o hipopótamo chegou e espantou a família. A mãe tentou ficar firme diante da situação, mas viu que o outro bicho não estava para brincadeira, então se afastou e esperou com os filhos pacientemente até que o hipopótamo se afastasse e eles pudessem ficar com as sobras. Embora a dieta dos hipopótamos seja predominantemente composta por plantas, eles também podem comer carne, embora seja raro que optem por esse tipo de alimento Reprodução/Daily Mail Mais

10.jul.2014 - Não mexa com um hipopótamo com fome! Fotos mostram um hipopótamo escancarando as mandíbulas em um sinal de luta pela refeição. Apesar da desvantagem numérica, o hipopótamo enfrentou uma leoa e seu grupo e continuou comendo sob o olhar vigilante dos felinos. O fotógrafo da vida selvagem Grant Atkinson, 46, contou ao Daily Mail que o grupo de leões chegou primeiro e estava se alimentando do elefante, morto por causas naturais próximo ao rio, quando o hipopótamo chegou e espantou a família. A mãe tentou ficar firme diante da situação, mas viu que o outro bicho não estava para brincadeira, então se afastou e esperou com os filhos pacientemente até que o hipopótamo se afastasse e eles pudessem ficar com as sobras. Embora a dieta dos hipopótamos seja predominantemente composta por plantas, eles também podem comer carne, embora seja raro que optem por esse tipo de alimento Reprodução/Daily Mail Mais

10.jul.2014 - Não mexa com um hipopótamo com fome! Fotos mostram um hipopótamo escancarando as mandíbulas em um sinal de luta pela refeição. Apesar da desvantagem numérica, o hipopótamo enfrentou uma leoa e seu grupo e continuou comendo sob o olhar vigilante dos felinos. O fotógrafo da vida selvagem Grant Atkinson, 46, contou ao Daily Mail que o grupo de leões chegou primeiro e estava se alimentando do elefante, morto por causas naturais próximo ao rio, quando o hipopótamo chegou e espantou a família. A mãe tentou ficar firme diante da situação, mas viu que o outro bicho não estava para brincadeira, então se afastou e esperou com os filhos pacientemente até que o hipopótamo se afastasse e eles pudessem ficar com as sobras. Embora a dieta dos hipopótamos seja predominantemente composta por plantas, eles também podem comer carne, embora seja raro que optem por esse tipo de alimento Reprodução/Daily Mail Mais

10.jul.2014 - Não mexa com um hipopótamo com fome! Fotos mostram um hipopótamo escancarando as mandíbulas em um sinal de luta pela refeição. Apesar da desvantagem numérica, o hipopótamo enfrentou uma leoa e seu grupo e continuou comendo sob o olhar vigilante dos felinos. O fotógrafo da vida selvagem Grant Atkinson, 46, contou ao Daily Mail que o grupo de leões chegou primeiro e estava se alimentando do elefante, morto por causas naturais próximo ao rio, quando o hipopótamo chegou e espantou a família. A mãe tentou ficar firme diante da situação, mas viu que o outro bicho não estava para brincadeira, então se afastou e esperou com os filhos pacientemente até que o hipopótamo se afastasse e eles pudessem ficar com as sobras. Embora a dieta dos hipopótamos seja predominantemente composta por plantas, eles também podem comer carne, embora seja raro que optem por esse tipo de alimento Reprodução/Daily Mail Mais

13.jul.2014 - Um filhote de leão estava com um grupo durante a procura por alimento. Rapidamente os leões conseguem pegar um búfalo. Empolgado com a conquista, o jovem leão "cai de boca" no banquete e fica com a cabeça entalada na carcaça do bicho. Na sequência de fotos, o jovem leão aparece lutando para se livrar da situação, ele faz força com as patas, balança o corpo, mas nada adianta e o leãozinho acaba desmaiando com a cabeça presa na traseira do búfalo. A equipe do Parque Nacional Kruger, na África do Sul, onde o caso aconteceu, no entanto, garantiu que o filhote passa bem, pois os outros leões organizaram uma missão de resgate e comeram a carcaça ao redor de onde o leãozinho ficou preso até que ele pudesse sair Reprodução/Daily Mail Mais

13.jul.2014 - Um filhote de leão estava com um grupo durante a procura por alimento. Rapidamente os leões conseguem pegar um búfalo. Empolgado com a conquista, o jovem leão "cai de boca" no banquete e fica com a cabeça entalada na carcaça do bicho. Na sequência de fotos, o jovem leão aparece lutando para se livrar da situação, ele faz força com as patas, balança o corpo, mas nada adianta e o leãozinho acaba desmaiando com a cabeça presa na traseira do búfalo. A equipe do Parque Nacional Kruger, na África do Sul, onde o caso aconteceu, no entanto, garantiu que o filhote passa bem, pois os outros leões organizaram uma missão de resgate e comeram a carcaça ao redor de onde o leãozinho ficou preso até que ele pudesse sair Reprodução/Daily Mail Mais

13.jul.2014 - Um filhote de leão estava com um grupo durante a procura por alimento. Rapidamente os leões conseguem pegar um búfalo. Empolgado com a conquista, o jovem leão "cai de boca" no banquete e fica com a cabeça entalada na carcaça do bicho. Na sequência de fotos, o jovem leão aparece lutando para se livrar da situação, ele faz força com as patas, balança o corpo, mas nada adianta e o leãozinho acaba desmaiando com a cabeça presa na traseira do búfalo. A equipe do Parque Nacional Kruger, na África do Sul, onde o caso aconteceu, no entanto, garantiu que o filhote passa bem, pois os outros leões organizaram uma missão de resgate e comeram a carcaça ao redor de onde o leãozinho ficou preso até que ele pudesse sair Reprodução/Daily Mail Mais

13.jul.2014 - Um filhote de leão estava com um grupo durante a procura por alimento. Rapidamente os leões conseguem pegar um búfalo. Empolgado com a conquista, o jovem leão "cai de boca" no banquete e fica com a cabeça entalada na carcaça do bicho. Na sequência de fotos, o jovem leão aparece lutando para se livrar da situação, ele faz força com as patas, balança o corpo, mas nada adianta e o leãozinho acaba desmaiando com a cabeça presa na traseira do búfalo. A equipe do Parque Nacional Kruger, na África do Sul, onde o caso aconteceu, no entanto, garantiu que o filhote passa bem, pois os outros leões organizaram uma missão de resgate e comeram a carcaça ao redor de onde o leãozinho ficou preso até que ele pudesse sair Reprodução/Daily Mail Mais

22.jul.2014 - O guia de pesca Warren Smith estava passeando de barco no norte das Ilhas Tiwi, na Austrália, quando se deparou com uma cena inusitada: um crocodilo de cinco metros de comprimento comendo outro, de cerca de três metros. Entusiasmado por estar tão perto da cena, o homem chegou a apenas 10 metros de distância e fotografou o animal maior com o que sobrou do outro na boca. "Não é muito comum ver algo assim... Eu vivo por aqui há mais de 20 anos e vi cenas como essa apenas meia dúzia de vezes", contou ao Daily Mail. Ele ainda afirmou que os crocodilos são conhecidos por praticarem o canibalismo, principalmente durante a nidificação, temporada de construção dos ninhos em que as mães ficam mais atentas para defender seus bebês Warren Smith/Reprodução/Daily Mail Mais

22.jul.2014 - O guia de pesca Warren Smith estava passeando de barco no norte das Ilhas Tiwi, na Austrália, quando se deparou com uma cena inusitada: um crocodilo de cinco metros de comprimento comendo outro, de cerca de três metros. Entusiasmado por estar tão perto da cena, o homem chegou a apenas 10 metros de distância e fotografou o animal maior com o que sobrou do outro na boca. "Não é muito comum ver algo assim... Eu vivo por aqui há mais de 20 anos e vi cenas como essa apenas meia dúzia de vezes", contou ao Daily Mail. Ele ainda afirmou que os crocodilos são conhecidos por praticarem o canibalismo, principalmente durante a nidificação, temporada de construção dos ninhos em que as mães ficam mais atentas para defender seus bebês Warren Smith/Reprodução/Daily Mail Mais

22.jul.2014 - O guia de pesca Warren Smith estava passeando de barco no norte das Ilhas Tiwi, na Austrália, quando se deparou com uma cena inusitada: um crocodilo de cinco metros de comprimento comendo outro, de cerca de três metros. Entusiasmado por estar tão perto da cena, o homem chegou a apenas 10 metros de distância e fotografou o animal maior com o que sobrou do outro na boca. "Não é muito comum ver algo assim... Eu vivo por aqui há mais de 20 anos e vi cenas como essa apenas meia dúzia de vezes", contou ao Daily Mail. Ele ainda afirmou que os crocodilos são conhecidos por praticarem o canibalismo, principalmente durante a nidificação, temporada de construção dos ninhos em que as mães ficam mais atentas para defender seus bebês Warren Smith/Reprodução/Daily Mail Mais

22.jul.2014 - O guia de pesca Warren Smith estava passeando de barco no norte das Ilhas Tiwi, na Austrália, quando se deparou com uma cena inusitada: um crocodilo de cinco metros de comprimento comendo outro, de cerca de três metros. Entusiasmado por estar tão perto da cena, o homem chegou a apenas 10 metros de distância e fotografou o animal maior com o que sobrou do outro na boca. "Não é muito comum ver algo assim... Eu vivo por aqui há mais de 20 anos e vi cenas como essa apenas meia dúzia de vezes", contou ao Daily Mail. Ele ainda afirmou que os crocodilos são conhecidos por praticarem o canibalismo, principalmente durante a nidificação, temporada de construção dos ninhos em que as mães ficam mais atentas para defender seus bebês Warren Smith/Reprodução/Daily Mail Mais

22.jul.2014 - O guia de pesca Warren Smith estava passeando de barco no norte das Ilhas Tiwi, na Austrália, quando se deparou com uma cena inusitada: um crocodilo de cinco metros de comprimento comendo outro, de cerca de três metros. Entusiasmado por estar tão perto da cena, o homem chegou a apenas 10 metros de distância e fotografou o animal maior com o que sobrou do outro na boca. "Não é muito comum ver algo assim... Eu vivo por aqui há mais de 20 anos e vi cenas como essa apenas meia dúzia de vezes", contou ao Daily Mail. Ele ainda afirmou que os crocodilos são conhecidos por praticarem o canibalismo, principalmente durante a nidificação, temporada de construção dos ninhos em que as mães ficam mais atentas para defender seus bebês Warren Smith/Reprodução/Daily Mail Mais

22.jul.2014 - Um guia de pesca australiano capturou o momento em que m crocodilo de cinco metros devorou um de três metros, Warren Smith, que trabalha nas ilhas Tiwi, registrou o momento enquanto estava pescando Reprodução/Daily Mail Mais

24.jul.2014 - O fotógrafo Andy Rouse conseguiu registrar imagens de tigres-de-bengala com seus filhotes em Ranthambhore, na Índia. "Estive a 2 metros de distância de um tigre. Eles não te veem como comida se você está em um carro, te deixam quieto", diz Rouse. Na imagem, a mamãe tigresa carrega o filhote na boca Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - O fotógrafo Andy Rouse conseguiu registrar imagens de tigres-de-bengala com seus filhotes em Ranthambhore, na Índia Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - "Tomei cuidado para ficar a 150 metros no primeiro jipe porque não queria que os filhotes ficassem nervosos, já que era a primeira vez que veriam pessoas" Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - Ao contrário de outros felinos, tigres são bons nadadores e costumam se refrescar em lagos e riachos durante o calor do dia Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - Infelizmente, eles estão no limite da sua existência por causa da caça e da perda de seu hábitat, com três de oito raças já extintas e outras em alto risco Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - Milhares de tigres-de-bengala, os tipos mais numerosos de tigres, costumavam habitar Bangladesh, Butão, Índia e Nepal, mas os números caíram dramaticamente nas últimas décadas Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - A diminuição brusca de tigres está ligada ao desmatamento das florestas, a destruição de seu hábitat, o desaparecimento de suas presas, a caça ilegal e o tráfico de animais selvagens Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - O calor chegava a 44ºC no Rajastão quando Rouse, há dois dias em uma trilha, conseguiu as fotos que queria. A mãe tigre, chamada Noor, tinha filhotes de três meses, mas eles ficavam em uma caverna deserta no Parque Nacional de Ranthambore Andy Rouse/Rex Features Mais

24.jul.2014 - Nitish Bambhaniya fotografou em uma aldeia da Índia o momento em que uma cobra píton devora o filhote de um antílope típico da região, também conhecido como touro azul. O homem trabalha como socorrista de animais e ao chegar à cena, conforme explicou ao Daily Mail, encontrou os animais cercados por muitas pessoas, que queriam matar a cobra com medo que ela pudesse fazer mal às crianças da aldeia. Temendo a quantidade de gente a sua volta, a cobra parou de engolir e regurgitou a presa, preparando-se para fugir. "Fazendo isso, a píton perde peso e consegue escapar mais rápido, mas convencemos as pessoas a não matar a cobra e a entregamos funcionários do departamento florestal", contou ele ao Daily Mail Nitish Bambhaniya/Reprodução/Daily Mail Mais

24.jul.2014 - Nitish Bambhaniya fotografou em uma aldeia da Índia o momento em que uma cobra píton devora o filhote de um antílope típico da região, também conhecido como touro azul. O homem trabalha como socorrista de animais e ao chegar à cena, conforme explicou ao Daily Mail, encontrou os animais cercados por muitas pessoas, que queriam matar a cobra com medo que ela pudesse fazer mal às crianças da aldeia. Temendo a quantidade de gente a sua volta, a cobra parou de engolir e regurgitou a presa, preparando-se para fugir. "Fazendo isso, a píton perde peso e consegue escapar mais rápido, mas convencemos as pessoas a não matar a cobra e a entregamos funcionários do departamento florestal", contou ele ao Daily Mail Nitish Bambhaniya/Reprodução/Daily Mail Mais

24.jul.2014 - Nitish Bambhaniya fotografou em uma aldeia da Índia o momento em que uma cobra píton devora o filhote de um antílope típico da região, também conhecido como touro azul. O homem trabalha como socorrista de animais e ao chegar à cena, conforme explicou ao Daily Mail, encontrou os animais cercados por muitas pessoas, que queriam matar a cobra com medo que ela pudesse fazer mal às crianças da aldeia. Temendo a quantidade de gente a sua volta, a cobra parou de engolir e regurgitou a presa, preparando-se para fugir. "Fazendo isso, a píton perde peso e consegue escapar mais rápido, mas convencemos as pessoas a não matar a cobra e a entregamos funcionários do departamento florestal", contou ele ao Daily Mail Nitish Bambhaniya/Reprodução/Daily Mail Mais

24.jul.2014 - Nitish Bambhaniya fotografou em uma aldeia da Índia o momento em que uma cobra píton devora o filhote de um antílope típico da região, também conhecido como touro azul. O homem trabalha como socorrista de animais e ao chegar à cena, conforme explicou ao Daily Mail, encontrou os animais cercados por muitas pessoas, que queriam matar a cobra com medo que ela pudesse fazer mal às crianças da aldeia. Temendo a quantidade de gente a sua volta, a cobra parou de engolir e regurgitou a presa, preparando-se para fugir. "Fazendo isso, a píton perde peso e consegue escapar mais rápido, mas convencemos as pessoas a não matar a cobra e a entregamos funcionários do departamento florestal", contou ele ao Daily Mail Nitish Bambhaniya/Reprodução/Daily Mail Mais

24.jul.2014 - Nitish Bambhaniya fotografou em uma aldeia da Índia o momento em que uma cobra píton devora o filhote de um antílope típico da região, também conhecido como touro azul. O homem trabalha como socorrista de animais e ao chegar à cena, conforme explicou ao Daily Mail, encontrou os animais cercados por muitas pessoas, que queriam matar a cobra com medo que ela pudesse fazer mal às crianças da aldeia. Temendo a quantidade de gente a sua volta, a cobra parou de engolir e regurgitou a presa, preparando-se para fugir. "Fazendo isso, a píton perde peso e consegue escapar mais rápido, mas convencemos as pessoas a não matar a cobra e a entregamos funcionários do departamento florestal", contou ele ao Daily Mail Nitish Bambhaniya/Reprodução/Daily Mail Mais

24.jul.2014 - Nitish Bambhaniya fotografou em uma aldeia da Índia o momento em que uma cobra píton devora o filhote de um antílope típico da região, também conhecido como touro azul. O homem trabalha como socorrista de animais e ao chegar à cena, conforme explicou ao Daily Mail, encontrou os animais cercados por muitas pessoas, que queriam matar a cobra com medo que ela pudesse fazer mal às crianças da aldeia. Temendo a quantidade de gente a sua volta, a cobra parou de engolir e regurgitou a presa, preparando-se para fugir. "Fazendo isso, a píton perde peso e consegue escapar mais rápido, mas convencemos as pessoas a não matar a cobra e a entregamos funcionários do departamento florestal", contou ele ao Daily Mail Nitish Bambhaniya/Reprodução/Daily Mail Mais

27.jul.2014 - Durante visita ao campo Kicheche Bush, dentro do centro de conservação de vida selvagem Olare Motorogi, no Quênia, o casal Bill e Barbara Westbrooks flagrou o momento em que uma girafa partiu para cima de um grupo de leões para proteger seu filhote. O vídeo foi divulgado no YouTube e ganhou destaque no site Huffington Post. Clique no link 'Mais' e assista à gravação. Reprodução/YouTube/Kicheche Camps Mais

1.ago.2014 - Uma hiena enfrenta um guepardo no safári Inyati Game Lodge, na África do Sul. A hiena não deixou barato o ataque, encarou e tentou lutar contra o guepardo, mas o rival fugiu com velocidade Reprodução/Andrew Schoeman Mais

1.ago.2014 - Uma hiena enfrenta um guepardo no safári Inyati Game Lodge, na África do Sul. A hiena não deixou barato o ataque, encarou e tentou lutar contra o guepardo, mas o rival fugiu com velocidade Reprodução/Facebook/Ranger Diaries/Andrew Schoeman Mais

2.ago.2014 - Assim é fácil! Um trio de leões preguiçosos resolveu garantir a boa vida e roubar o alimento de um leopardo (foto), depois de o felino caçar sua presa por 45 minutos na África do Sul. Após matar uma impala, espécie de antílope, o leopardo, decidiu desfrutar a refeição no galho de uma árvore na África do Sul. Só que para tristeza do bicho, um bando de leões estavam por perto, observando e esperando o momento exato para atacar. Eles rapidamente saltaram na árvore e começaram a brigar pelo alimento ao mesmo tempo em que lutavam para manter o equilíbrio. No fim, o leopardo perdeu a comida, mas conseguiu sair ileso de cena Andrew Schoeman/Reprodução/Daily Mail Mais

2.ago.2014 - Assim é fácil! Um trio de leões preguiçosos resolveu garantir a boa vida e roubar o alimento de um leopardo (foto), depois de o felino caçar sua presa por 45 minutos na África do Sul. Após matar uma impala, espécie de antílope, o leopardo, decidiu desfrutar a refeição no galho de uma árvore na África do Sul. Só que para tristeza do bicho, um bando de leões estavam por perto, observando e esperando o momento exato para atacar. Eles rapidamente saltaram na árvore e começaram a brigar pelo alimento ao mesmo tempo em que lutavam para manter o equilíbrio. No fim, o leopardo perdeu a comida, mas conseguiu sair ileso de cena Andrew Schoeman/Reprodução/Daily Mail Mais

2.ago.2014 - Assim é fácil! Um trio de leões preguiçosos resolveu garantir a boa vida e roubar o alimento de um leopardo (foto), depois de o felino caçar sua presa por 45 minutos na África do Sul. Após matar uma impala, espécie de antílope, o leopardo, decidiu desfrutar a refeição no galho de uma árvore na África do Sul. Só que para tristeza do bicho, um bando de leões estavam por perto, observando e esperando o momento exato para atacar. Eles rapidamente saltaram na árvore e começaram a brigar pelo alimento ao mesmo tempo em que lutavam para manter o equilíbrio. No fim, o leopardo perdeu a comida, mas conseguiu sair ileso de cena Andrew Schoeman/Reprodução/Daily Mail Mais

2.ago.2014 - Assim é fácil! Um trio de leões preguiçosos resolveu garantir a boa vida e roubar o alimento de um leopardo (foto), depois de o felino caçar sua presa por 45 minutos na África do Sul. Após matar uma impala, espécie de antílope, o leopardo, decidiu desfrutar a refeição no galho de uma árvore na África do Sul. Só que para tristeza do bicho, um bando de leões estavam por perto, observando e esperando o momento exato para atacar. Eles rapidamente saltaram na árvore e começaram a brigar pelo alimento ao mesmo tempo em que lutavam para manter o equilíbrio. No fim, o leopardo perdeu a comida, mas conseguiu sair ileso de cena Andrew Schoeman/Reprodução/Daily Mail Mais

2.ago.2014 - Assim é fácil! Um trio de leões preguiçosos resolveu garantir a boa vida e roubar o alimento de um leopardo (foto), depois de o felino caçar sua presa por 45 minutos na África do Sul. Após matar uma impala, espécie de antílope, o leopardo, decidiu desfrutar a refeição no galho de uma árvore na África do Sul. Só que para tristeza do bicho, um bando de leões estavam por perto, observando e esperando o momento exato para atacar. Eles rapidamente saltaram na árvore e começaram a brigar pelo alimento ao mesmo tempo em que lutavam para manter o equilíbrio. No fim, o leopardo perdeu a comida, mas conseguiu sair ileso de cena Andrew Schoeman/Reprodução/Daily Mail Mais

2.ago.2014 - Assim é fácil! Um trio de leões preguiçosos resolveu garantir a boa vida e roubar o alimento de um leopardo (foto), depois de o felino caçar sua presa por 45 minutos na África do Sul. Após matar uma impala, espécie de antílope, o leopardo, decidiu desfrutar a refeição no galho de uma árvore na África do Sul. Só que para tristeza do bicho, um bando de leões estavam por perto, observando e esperando o momento exato para atacar. Eles rapidamente saltaram na árvore e começaram a brigar pelo alimento ao mesmo tempo em que lutavam para manter o equilíbrio. No fim, o leopardo perdeu a comida, mas conseguiu sair ileso de cena Andrew Schoeman/Reprodução/Daily Mail Mais

2.ago.2014 - Assim é fácil! Um trio de leões preguiçosos resolveu garantir a boa vida e roubar o alimento de um leopardo (foto), depois de o felino caçar sua presa por 45 minutos na África do Sul. Após matar uma impala, espécie de antílope, o leopardo, decidiu desfrutar a refeição no galho de uma árvore na África do Sul. Só que para tristeza do bicho, um bando de leões estavam por perto, observando e esperando o momento exato para atacar. Eles rapidamente saltaram na árvore e começaram a brigar pelo alimento ao mesmo tempo em que lutavam para manter o equilíbrio. No fim, o leopardo perdeu a comida, mas conseguiu sair ileso de cena Andrew Schoeman/Reprodução/Daily Mail Mais

5.ago.2014 - O fotógrafo Roland Ross conseguiu capturar o exato momento em que um enorme crocodilo abocanha um filhote de hipopótamo. Com a presa entre os dentes, o crocodilo se debate para conter o pequeno animal, que tentou - sem sucesso - escapar. A cena aconteceu na África do Sul e durou 25 minutos, até que o crocodilo mergulhou na água com a presa contida em sua boca Roland Ross/Reprodução/DailyMail Mais

5.ago.2014 - O fotógrafo Roland Ross conseguiu capturar o exato momento em que um enorme crocodilo abocanha um filhote de hipopótamo. Com a presa entre os dentes, o crocodilo se debate para conter o pequeno animal, que tentou - sem sucesso - escapar. A cena aconteceu na África do Sul e durou 25 minutos, até que o crocodilo mergulhou na água com a presa contida em sua boca Roland Ross/Reprodução/DailyMail Mais

5.ago.2014 - O fotógrafo Roland Ross conseguiu capturar o exato momento em que um enorme crocodilo abocanha um filhote de hipopótamo. Com a presa entre os dentes, o crocodilo se debate para conter o pequeno animal, que tentou - sem sucesso - escapar. A cena aconteceu na África do Sul e durou 25 minutos, até que o crocodilo mergulhou na água com a presa contida em sua boca Roland Ross/Reprodução/DailyMail Mais

5.ago.2014 - O fotógrafo Roland Ross conseguiu capturar o exato momento em que um enorme crocodilo abocanha um filhote de hipopótamo. Com a presa entre os dentes, o crocodilo se debate para conter o pequeno animal, que tentou - sem sucesso - escapar. A cena aconteceu na África do Sul e durou 25 minutos, até que o crocodilo mergulhou na água com a presa contida em sua boca Roland Ross/Reprodução/DailyMail Mais

5.ago.2014 - O fotógrafo Roland Ross conseguiu capturar o exato momento em que um enorme crocodilo abocanha um filhote de hipopótamo. Com a presa entre os dentes, o crocodilo se debate para conter o pequeno animal, que tentou - sem sucesso - escapar. A cena aconteceu na África do Sul e durou 25 minutos, até que o crocodilo mergulhou na água com a presa contida em sua boca Roland Ross/Reprodução/DailyMail Mais

5.ago.2014 - O fotógrafo Roland Ross conseguiu capturar o exato momento em que um enorme crocodilo abocanha um filhote de hipopótamo. Com a presa entre os dentes, o crocodilo se debate para conter o pequeno animal, que tentou - sem sucesso - escapar. A cena aconteceu na África do Sul e durou 25 minutos, até que o crocodilo mergulhou na água com a presa contida em sua boca Roland Ross/Reprodução/DailyMail Mais

5.ago.2014 - O fotógrafo Roland Ross conseguiu capturar o exato momento em que um enorme crocodilo abocanha um filhote de hipopótamo. Com a presa entre os dentes, o crocodilo se debate para conter o pequeno animal, que tentou - sem sucesso - escapar. A cena aconteceu na África do Sul e durou 25 minutos, até que o crocodilo mergulhou na água com a presa contida em sua boca Roland Ross/Reprodução/DailyMail Mais

7.ago.2014 - Um grupo de visitantes do Parque Nacional de Pilanesburg, na África do Sul, levou um susto quando um elefante se aproximou do carro em que estavam e começou a se coçar. Isso mesmo! Na falta de pedras e árvores, o animal aproveitou o veículo para aliviar a coceira. O carro foi bastante chacoalhado, mas os ocupantes saíram sem nenhum arranhão. A cena foi fotografada pelo guia turístico Armand Glober no ano passado, mas só agora as imagens foram divulgadas Reprodução/Armand Glober/Barcroft TV Mais

7.ago.2014 - Um grupo de visitantes do Parque Nacional de Pilanesburg, na África do Sul, levou um susto quando um elefante se aproximou do carro em que estavam e começou a se coçar. Isso mesmo! Na falta de pedras e árvores, o animal aproveitou o veículo para aliviar a coceira. O carro foi bastante chacoalhado, mas os ocupantes saíram sem nenhum arranhão. A cena foi fotografada pelo guia turístico Armand Glober no ano passado, mas só agora as imagens foram divulgadas Reprodução/Armand Glober/Barcroft TV Mais

7.ago.2014 - Um grupo de visitantes do Parque Nacional de Pilanesburg, na África do Sul, levou um susto quando um elefante se aproximou do carro em que estavam e começou a se coçar. Isso mesmo! Na falta de pedras e árvores, o animal aproveitou o veículo para aliviar a coceira. O carro foi bastante chacoalhado, mas os ocupantes saíram sem nenhum arranhão. A cena foi fotografada pelo guia turístico Armand Glober no ano passado, mas só agora as imagens foram divulgadas Reprodução/Armand Glober/Barcroft TV Mais

7.ago.2014 - Um grupo de visitantes do Parque Nacional de Pilanesburg, na África do Sul, levou um susto quando um elefante se aproximou do carro em que estavam e começou a se coçar. Isso mesmo! Na falta de pedras e árvores, o animal aproveitou o veículo para aliviar a coceira. O carro foi bastante chacoalhado, mas os ocupantes saíram sem nenhum arranhão. A cena foi fotografada pelo guia turístico Armand Glober no ano passado, mas só agora as imagens foram divulgadas Reprodução/Armand Glober/Barcroft TV Mais

12.ago.2014 - Um jacaré de aproximadamente 4 metros foi flagrado comendo um animal da mesma espécie na reserva Circle B Bar, em Lakeland, Florida (EUA). A briga feroz terminou com o pequeno sendo devorado, após ser cortado ao meio. "Meu coração batia acelerado quando eu terminei de fazer as fotos", contou o fotógrafo Neil Furlong, que divulgou a sequência da disputa em seu perfil do Facebook. "Ouvi um barulho na água e soube que o jacaré tinha pego algo. Eu não sabia o que tinha fotografado até olhar na câmera. Apesar de ser um fotógrafo novo, eu sabia que tinha capturado um momento que é incomum", disse Neil ao Huffington Post. De acordo com a publicação, o ataque entre animais dessa espécie acontece, principalmente, por disputas territoriais Reprodução/Facebook/Neil Furlong Mais

12.ago.2014 - Um jacaré de aproximadamente 4 metros foi flagrado comendo um animal da mesma espécie na reserva Circle B Bar, em Lakeland, Florida (EUA). A briga feroz terminou com o pequeno sendo devorado, após ser cortado ao meio. "Meu coração batia acelerado quando eu terminei de fazer as fotos", contou o fotógrafo Neil Furlong, que divulgou a sequência da disputa em seu perfil do Facebook. "Ouvi um barulho na água e soube que o jacaré tinha pego algo. Eu não sabia o que tinha fotografado até olhar na câmera. Apesar de ser um fotógrafo novo, eu sabia que tinha capturado um momento que é incomum", disse Neil ao Huffington Post. De acordo com a publicação, o ataque entre animais dessa espécie acontece, principalmente, por disputas territoriais Reprodução/Facebook/Neil Furlong Mais

12.ago.2014 - Um jacaré de aproximadamente 4 metros foi flagrado comendo um animal da mesma espécie na reserva Circle B Bar, em Lakeland, Florida (EUA). A briga feroz terminou com o pequeno sendo devorado, após ser cortado ao meio. "Meu coração batia acelerado quando eu terminei de fazer as fotos", contou o fotógrafo Neil Furlong, que divulgou a sequência da disputa em seu perfil do Facebook. "Ouvi um barulho na água e soube que o jacaré tinha pego algo. Eu não sabia o que tinha fotografado até olhar na câmera. Apesar de ser um fotógrafo novo, eu sabia que tinha capturado um momento que é incomum", disse Neil ao Huffington Post. De acordo com a publicação, o ataque entre animais dessa espécie acontece, principalmente, por disputas territoriais Reprodução/Facebook/Neil Furlong Mais

12.ago.2014 - Um jacaré de aproximadamente 4 metros foi flagrado comendo um animal da mesma espécie na reserva Circle B Bar, em Lakeland, Florida (EUA). A briga feroz terminou com o pequeno sendo devorado, após ser cortado ao meio. "Meu coração batia acelerado quando eu terminei de fazer as fotos", contou o fotógrafo Neil Furlong, que divulgou a sequência da disputa em seu perfil do Facebook. "Ouvi um barulho na água e soube que o jacaré tinha pego algo. Eu não sabia o que tinha fotografado até olhar na câmera. Apesar de ser um fotógrafo novo, eu sabia que tinha capturado um momento que é incomum", disse Neil ao Huffington Post. De acordo com a publicação, o ataque entre animais dessa espécie acontece, principalmente, por disputas territoriais Reprodução/Facebook/Neil Furlong Mais

12.ago.2014 - Um jacaré de aproximadamente 4 metros foi flagrado comendo um animal da mesma espécie na reserva Circle B Bar, em Lakeland, Florida (EUA). A briga feroz terminou com o pequeno sendo devorado, após ser cortado ao meio. "Meu coração batia acelerado quando eu terminei de fazer as fotos", contou o fotógrafo Neil Furlong, que divulgou a sequência da disputa em seu perfil do Facebook. "Ouvi um barulho na água e soube que o jacaré tinha pego algo. Eu não sabia o que tinha fotografado até olhar na câmera. Apesar de ser um fotógrafo novo, eu sabia que tinha capturado um momento que é incomum", disse Neil ao Huffington Post. De acordo com a publicação, o ataque entre animais dessa espécie acontece, principalmente, por disputas territoriais Reprodução/Facebook/Neil Furlong Mais

12.ago.2014 - Um jacaré de aproximadamente 4 metros foi flagrado comendo um animal da mesma espécie na reserva Circle B Bar, em Lakeland, Florida (EUA). A briga feroz terminou com o pequeno sendo devorado, após ser cortado ao meio. "Meu coração batia acelerado quando eu terminei de fazer as fotos", contou o fotógrafo Neil Furlong, que divulgou a sequência da disputa em seu perfil do Facebook. "Ouvi um barulho na água e soube que o jacaré tinha pego algo. Eu não sabia o que tinha fotografado até olhar na câmera. Apesar de ser um fotógrafo novo, eu sabia que tinha capturado um momento que é incomum", disse Neil ao Huffington Post. De acordo com a publicação, o ataque entre animais dessa espécie acontece, principalmente, por disputas territoriais Reprodução/Facebook/Neil Furlong Mais

15.ago.2014 - Rapaz que nadava em Sian Ka'an, no México, dá de cara com crocodilo e é perseguido pelo animal. Pessoas que presenciaram a cena aterrorizante conseguiram resgatar o jovem depois que um homem, que estava em uma ponte próxima, distraiu o bicho atirando objetos na água. Assista ao vídeo da cena clicando no MAIS. Reprodução Mais

15.ago.2014 - Rapaz que nadava em Sian Ka'an, no México, dá de cara com crocodilo e é perseguido pelo animal. Pessoas que presenciaram a cena aterrorizante conseguiram resgatar o jovem depois que um homem, que estava em uma ponte próxima, distraiu o bicho atirando objetos na água. Na imagem é possível ver um dos objetos atirados ao lado do animal, que vira a cabeça para olhar, enquanto o rapaz consegue ganhar distância. Assista ao vídeo da cena clicando no MAIS. Reprodução Mais

18.ago.2014 - Um grupo de caçadores no Alabama, Estado norte-americano onde a prática é permitida, capturaram e mataram um jacaré-americano de 4,57 m de comprimento e 459 kg. Mandy Stokes (dir.) afirma ter caçado o animal no rio Alabama, na altura da cidade de Thomaston, com ajuda do marido, John Stokes (dir.), o cunhado, Kevin Jenkins (esq. de camiseta vermelha), e os filhos dele, Savannah, 16, e Parker, 14 Sharon Steinmann/AP/Al.com Mais

18.ago.2014 - Um grupo de caçadores no Alabama, Estado norte-americano onde a prática é permitida, capturaram e mataram um jacaré-americano de 4,57 m de comprimento e 459 kg. Eles reclamam agora o recorde estadual de 'maior aligátor já caçado'' Sharon Steinmann/AP/Al.com Mais

18.ago.2014 - Um grupo de caçadores no Alabama, Estado norte-americano onde a prática é permitida, capturaram e mataram um jacaré-americano de 4,57 m de comprimento e 459 kg. O maior animal capturado até então tinha sido um outro aligátor, também capturado no rio Alabama, com 4,26 m e 380 kg pelo caçador Keith Fancher Sharon Steinmann/AP/Al.com Mais

18.ago.2014 - Um grupo de caçadores no Alabama, Estado norte-americano onde a prática é permitida, capturaram e mataram um jacaré-americano de 4,57 m de comprimento e 459 kg. A família Stokes, que o caçou, pretende levar o animal até uma loja de taxidermia para que seja empalhado Sharon Steinmann/AP/Al.com Mais

21.ago.2014 - Um grupo de leões resolveu puxar briga com um crocodilo no Quênia. A disputa aconteceu por causa de uma carcaça de um elefante, que morreu ao lado de um lago em uma reserva no país africano. Apesar de a carne ser suficiente para alimentar muitos animais, os leões famintos quiseram desfrutar do banquete sem precisar dividir com outras espécies, e o crocodilo, que também estava se aproximando para fazer a refeição, acabou tornando-se rival do grupo. No final, os leões levaram a melhor e, segundo o Daily Mail, o réptil acabou aleijado pelos felinos. O flagra foi feito por um turista Reprodução/Daily Mail Mais

21.ago.2014 - Um grupo de leões resolveu puxar briga com um crocodilo no Quênia. A disputa aconteceu por causa de uma carcaça de um elefante, que morreu ao lado de um lago em uma reserva no país africano. Apesar de a carne ser suficiente para alimentar muitos animais, os leões famintos quiseram desfrutar do banquete sem precisar dividir com outras espécies, e o crocodilo, que também estava se aproximando para fazer a refeição, acabou tornando-se rival do grupo. No final, os leões levaram a melhor e, segundo o Daily Mail, o réptil acabou aleijado pelos felinos. O flagra foi feito por um turista Reprodução/Daily Mail Mais

21.ago.2014 - Um grupo de leões resolveu puxar briga com um crocodilo no Quênia. A disputa aconteceu por causa de uma carcaça de um elefante, que morreu ao lado de um lago em uma reserva no país africano. Apesar de a carne ser suficiente para alimentar muitos animais, os leões famintos quiseram desfrutar do banquete sem precisar dividir com outras espécies, e o crocodilo, que também estava se aproximando para fazer a refeição, acabou tornando-se rival do grupo. No final, os leões levaram a melhor e, segundo o Daily Mail, o réptil acabou aleijado pelos felinos. O flagra foi feito por um turista Reprodução/Daily Mail Mais

21.ago.2014 - Um grupo de leões resolveu puxar briga com um crocodilo no Quênia. A disputa aconteceu por causa de uma carcaça de um elefante, que morreu ao lado de um lago em uma reserva no país africano. Apesar de a carne ser suficiente para alimentar muitos animais, os leões famintos quiseram desfrutar do banquete sem precisar dividir com outras espécies, e o crocodilo, que também estava se aproximando para fazer a refeição, acabou tornando-se rival do grupo. No final, os leões levaram a melhor e, segundo o Daily Mail, o réptil acabou aleijado pelos felinos. O flagra foi feito por um turista Reprodução/Daily Mail Mais

21.ago.2014 - Um grupo de leões resolveu puxar briga com um crocodilo no Quênia. A disputa aconteceu por causa de uma carcaça de um elefante, que morreu ao lado de um lago em uma reserva no país africano. Apesar de a carne ser suficiente para alimentar muitos animais, os leões famintos quiseram desfrutar do banquete sem precisar dividir com outras espécies, e o crocodilo, que também estava se aproximando para fazer a refeição, acabou tornando-se rival do grupo. No final, os leões levaram a melhor e, segundo o Daily Mail, o réptil acabou aleijado pelos felinos. O flagra foi feito por um turista Reprodução/Daily Mail Mais

21.ago.2014 - Um grupo de leões resolveu puxar briga com um crocodilo no Quênia. A disputa aconteceu por causa de uma carcaça de um elefante, que morreu ao lado de um lago em uma reserva no país africano. Apesar de a carne ser suficiente para alimentar muitos animais, os leões famintos quiseram desfrutar do banquete sem precisar dividir com outras espécies, e o crocodilo, que também estava se aproximando para fazer a refeição, acabou tornando-se rival do grupo. No final, os leões levaram a melhor e, segundo o Daily Mail, o réptil acabou aleijado pelos felinos. O flagra foi feito por um turista Reprodução/Daily Mail Mais

23.ago.2014 - Peter Watson, de 73 anos, levou um susto quando tentou afastar uma fêmea de crocodilo dos seus ovos. Veloz, o réptil cravou os dentes no sapato que o tratador usava e atingiu o seu pé esquerdo. O incidente aconteceu no KwaZulu-Natal, na África do Sul. Peter teve sorte e conseguiu se livrar do animal, mas o seu pé ficou ferido. Ele tomou pontos e passa bem. Veja nas fotos a seguir a sequência do ataque Reprodução/EarthTouchNews Mais

23.ago.2014 - Peter Watson, de 73 anos, levou um susto quando tentou afastar uma fêmea de crocodilo dos seus ovos. Veloz, o réptil cravou os dentes no sapato que o tratador usava e atingiu o seu pé esquerdo. O incidente aconteceu no KwaZulu-Natal, na África do Sul. Peter teve sorte e conseguiu se livrar do animal, mas o seu pé ficou ferido. Ele tomou pontos e passa bem Reprodução/EarthTouchNews Mais

23.ago.2014 - Peter Watson, de 73 anos, levou um susto quando tentou afastar uma fêmea de crocodilo dos seus ovos. Veloz, o réptil cravou os dentes no sapato que o tratador usava e atingiu o seu pé esquerdo. O incidente aconteceu no KwaZulu-Natal, na África do Sul. Peter teve sorte e conseguiu se livrar do animal, mas o seu pé ficou ferido. Ele tomou pontos e passa bem Reprodução/EarthTouchNews Mais

23.ago.2014 - Peter Watson, de 73 anos, levou um susto quando tentou afastar uma fêmea de crocodilo dos seus ovos. Veloz, o réptil cravou os dentes no sapato que o tratador usava e atingiu o seu pé esquerdo. O incidente aconteceu no KwaZulu-Natal, na África do Sul. Peter teve sorte e conseguiu se livrar do animal, mas o seu pé ficou ferido. Ele tomou pontos e passa bem Reprodução/EarthTouchNews Mais

23.ago.2014 - Peter Watson, de 73 anos, levou um susto quando tentou afastar uma fêmea de crocodilo dos seus ovos. Veloz, o réptil cravou os dentes no sapato que o tratador usava e atingiu o seu pé esquerdo. O incidente aconteceu no KwaZulu-Natal, na África do Sul. Peter teve sorte e conseguiu se livrar do animal, mas o seu pé ficou ferido. Ele tomou pontos e passa bem Reprodução/EarthTouchNews Mais

23.ago.2014 - Peter Watson, de 73 anos, levou um susto quando tentou afastar uma fêmea de crocodilo dos seus ovos. Veloz, o réptil cravou os dentes no sapato que o tratador usava e atingiu o seu pé esquerdo. O incidente aconteceu no KwaZulu-Natal, na África do Sul. Peter teve sorte e conseguiu se livrar do animal, mas o seu pé ficou ferido. Ele tomou pontos e passa bem Reprodução/EarthTouchNews Mais

24.ago.2014 - Segundo informações do Daily Mail, um chef de cozinha morreu ao ser picado por uma cabeça de cobra cortada em um restaurante na China. A vítima, Peng Fan, preparava uma sopa com a carne do bicho, que havia sido decapitado há 20 minutos quando mordeu o cozinheiro. Na imagem, reprodução do ataque com uma serpente da mesma espécie, uma cuspideira indochinesa. Reprodução/Daily Mail Mais

24.ago.2014 - De acordo com relatos, a serpente, espécie cuspideira indochinesa, teria dado o bote quando o chef de cozinha Peng Fan pegou a cabeça do bicho para jogar no lixo. Não houve tempo suficiente para que a vítima fosse levada ao hospital para receber o antídoto. Na imagem, reprodução do ataque. Reprodução/Daily Mail Mais

24.ago.2014 - O caso do chef de cozinha que foi picado por uma cabeça de serpente cortada foi considerado raro por autoridades. Segundo depoimento de Yang Hong-chang, especialista em cobras, ao Daily Mail, todos os répteis podem ter reações por até uma hora depois de perder partes do corpo ou até mesmo todo o seu corpo. Reprodução/Daily Mail Mais

24.ago.2014 - Segundo informações do Daily Mail, um chef de cozinha morreu ao ser picado por uma cabeça de cobra cortada em um restaurante na China. A vítima, Peng Fan, preparava uma sopa com a carne do bicho, que havia sido decapitado há 20 minutos quando mordeu o cozinheiro. Na imagem, reprodução do ataque com uma cobra da mesma espécie, uma cuspideira indochinesa. Reprodução/Daily Mail Mais

26.ago.2014 - Crocodilo agarra tartaruga verde pelo pescoço no Parque Nacional Corcovado, na Costa Rica. "Com um movimento rápido, o crocodilo segurou a tartaruga pela nadadeira, depois agarrou-a pela cabeça", afirmou o fotógrafo Alejandro Prieto. A imagem foi uma das finalistas do concurso Wildlife Photographer of the Year, do Museu de História Natural de Londres Alejandro Prieto/Wildlife Photographer of the Year Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

2.set.2014 - Uma cobra venenosa invadiu a toca de suricatos na África do Sul e acabou ficando com cinco filhotes recém-nascidos do bando. Rapidamente, os suricatos organizaram uma operação de resgate. Os animais são conhecidos por viverem em grupos familiares bem unidos. O fotógrafo Robin Hoskyns conseguiu captar o momento em que o bando arrasta os bebês um a um para fora. "Filhotes ficam no subsolo e não surgem por até três semanas, até que seus olhos se abram e eles sejam capazes de reagir ao ambiente um pouco", contou em entrevista ao Daily Mail. Na operação que, segundo Robin, foi frenética, a fêmea dominante do grupo acabou sendo picada na perna. Mesmo com o membro inchado e sangrando, ela carregou um bebê na boca e achou abrigo para todos em outra toca, a cerca de 300 metros Robin Hoskyns/Reprodução/Daily Mail Mais

6.set.2014 - Ao tentarem atacar uma fuinha, mamífero típico da África, três leoas se surpreenderam com a reação do pequeno animal. A fuinha rosnou e chegou a morder o focinho de uma delas. Depois de alguns minutos o animal conseguiu se livrar dos felinos e se abrigar em um buraco. O flagra aconteceu no Parque Nacional Masaa Mara, no Quênia, em 2011, mas só agora as fotos foram liberadas Jerome Guillaumo/Barcroft Media Mais

6.set.2014 - Ao tentarem atacar uma fuinha, mamífero típico da África, três leoas se surpreenderam com a reação do pequeno animal. A fuinha rosnou e chegou a morder o focinho de uma delas. Depois de alguns minutos o animal conseguiu se livrar dos felinos e se abrigar em um buraco. O flagra aconteceu no Parque Nacional Masaa Mara, no Quênia, em 2011, mas só agora as fotos foram liberadas Jerome Guillaumo/Barcroft Media Mais

6.set.2014 - Ao tentarem atacar uma fuinha, mamífero típico da África, três leoas se surpreenderam com a reação do pequeno animal. A fuinha rosnou e chegou a morder o focinho de uma delas. Depois de alguns minutos o animal conseguiu se livrar dos felinos e se abrigar em um buraco. O flagra aconteceu no Parque Nacional Masaa Mara, no Quênia, em 2011, mas só agora as fotos foram liberadas Jerome Guillaumo/Barcroft Media Mais

6.set.2014 - Ao tentarem atacar uma fuinha, mamífero típico da África, três leoas se surpreenderam com a reação do pequeno animal. A fuinha rosnou e chegou a morder o focinho de uma delas. Depois de alguns minutos o animal conseguiu se livrar dos felinos e se abrigar em um buraco. O flagra aconteceu no Parque Nacional Masaa Mara, no Quênia, em 2011, mas só agora as fotos foram liberadas Jerome Guillaumo/Barcroft Media Mais

6.set.2014 - Ao tentarem atacar uma fuinha, mamífero típico da África, três leoas se surpreenderam com a reação do pequeno animal. A fuinha rosnou e chegou a morder o focinho de uma delas. Depois de alguns minutos o animal conseguiu se livrar dos felinos e se abrigar em um buraco. O flagra aconteceu no Parque Nacional Masaa Mara, no Quênia, em 2011, mas só agora as fotos foram liberadas Jerome Guillaumo/Barcroft Media Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

7.set.2014 - Três leoas tentaram colocar bife de búfalo no cardápio do dia. O solitário búfalo passeava no território dos leões na Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, quando foi atacado pelas leoas. Um dos felinos tentou agarrar o enorme bovídeo, mas foi surpreendido pelo coice do animal que disparou igual os touros das festas de peão do boiadeiro. Resultado, a leoa foi parar longe. Depois o búfalo conseguiu sair sem ser morto. As fotos foram feitas por Laurent Renaud e Dominique Haution, professores franceses. Eles disseram: "leões e búfalos estão sempre em conflito. Os búfalos nunca toleram a presença dos leões". Rnaud and Haution / Barcroft Me Mais

12.set.2014 - Um leopardo enfrenta hienas pela carcaça de uma zebra, na reserva ambiental de Maasai Mara, no Quênia Reprodução/Facebook/Laurent Renaud et Dominique Haution Mais

12.set.2014 - Uma lontra capturando um papagaio-do-mar, também nas Ilhas Shetland, foi a foto vencedora na categoria Comportamento Animal. O autor é Richard Shucksmith Richard Shucksmith Mais

19.set.2014 - Tigre de Bengala branco sobe em árvore para alcançar um faisão pendurado por cuidador, em parque da vida selvagem em Kunming, sul da China, nesta sexta-feira (19). Veja outros animais que roubaram a cena nesta semana. Wong Campion/Champion Mais

23.set.2014 - Os ecologistas Dr. Driscoll e Dr. Sam Banks flagraram um fato bem inusitado nos Alpes australianos. Em meio às montanhas nevadas, eles encontraram um cavalo morto, com um enorme buraco na barriga e os intestinos "mordicados" e puxados para o lado de fora do corpo. Eles não conseguiram pensar no que podia ter causado o dano, mas, ao passarem pelo local no dia seguinte, encontraram outros cavalos ao lado do corpo, devorando o companheiro. "O grupo estava mordendo o que restava das entranhas. Eles estavam obviamente morrendo de fome", ressaltou o Dr. Driscoll em entrevista ao Daily Mail, lembrando que esses animais são herbívoros. Para ele, os cavalos selvagens deviam estar desesperados por comida nas montanhas cheias de neve e acabaram sem alternativas além de devorar um companheiro Sam Banks/Reprodução/Daily Mail Mais

23.set.2014 - Os ecologistas Dr. Driscoll e Dr. Sam Banks flagraram um fato bem inusitado nos Alpes australianos. Em meio às montanhas nevadas, eles encontraram um cavalo morto, com um enorme buraco na barriga e os intestinos "mordicados" e puxados para o lado de fora do corpo. Eles não conseguiram pensar no que podia ter causado o dano, mas, ao passarem pelo local no dia seguinte, encontraram outros cavalos ao lado do corpo, devorando o companheiro. "O grupo estava mordendo o que restava das entranhas. Eles estavam obviamente morrendo de fome", ressaltou o Dr. Driscoll em entrevista ao Daily Mail, lembrando que esses animais são herbívoros. Para ele, os cavalos selvagens deviam estar desesperados por comida nas montanhas cheias de neve e acabaram sem alternativas além de devorar um companheiro Sam Banks/Reprodução/Daily Mail Mais

23.set.2014 - Os ecologistas Dr. Driscoll e Dr. Sam Banks flagraram um fato bem inusitado nos Alpes australianos. Em meio às montanhas nevadas, eles encontraram um cavalo morto, com um enorme buraco na barriga e os intestinos "mordicados" e puxados para o lado de fora do corpo. Eles não conseguiram pensar no que podia ter causado o dano, mas, ao passarem pelo local no dia seguinte, encontraram outros cavalos ao lado do corpo, devorando o companheiro. "O grupo estava mordendo o que restava das entranhas. Eles estavam obviamente morrendo de fome", ressaltou o Dr. Driscoll em entrevista ao Daily Mail, lembrando que esses animais são herbívoros. Para ele, os cavalos selvagens deviam estar desesperados por comida nas montanhas cheias de neve e acabaram sem alternativas além de devorar um companheiro Sam Banks/Reprodução/Daily Mail Mais

23.set.2014 - Os ecologistas Dr. Driscoll e Dr. Sam Banks flagraram um fato bem inusitado nos Alpes australianos. Em meio às montanhas nevadas, eles encontraram um cavalo morto, com um enorme buraco na barriga e os intestinos "mordicados" e puxados para o lado de fora do corpo. Eles não conseguiram pensar no que podia ter causado o dano, mas, ao passarem pelo local no dia seguinte, encontraram outros cavalos ao lado do corpo, devorando o companheiro. "O grupo estava mordendo o que restava das entranhas. Eles estavam obviamente morrendo de fome", ressaltou o Dr. Driscoll em entrevista ao Daily Mail, lembrando que esses animais são herbívoros. Para ele, os cavalos selvagens deviam estar desesperados por comida nas montanhas cheias de neve e acabaram sem alternativas além de devorar um companheiro Sam Banks/Reprodução/Daily Mail Mais

23.set.2014 - Os ecologistas Dr. Driscoll e Dr. Sam Banks flagraram um fato bem inusitado nos Alpes australianos. Em meio às montanhas nevadas, eles encontraram um cavalo morto, com um enorme buraco na barriga e os intestinos "mordicados" e puxados para o lado de fora do corpo. Eles não conseguiram pensar no que podia ter causado o dano, mas, ao passarem pelo local no dia seguinte, encontraram outros cavalos ao lado do corpo, devorando o companheiro. "O grupo estava mordendo o que restava das entranhas. Eles estavam obviamente morrendo de fome", ressaltou o Dr. Driscoll em entrevista ao Daily Mail, lembrando que esses animais são herbívoros. Para ele, os cavalos selvagens deviam estar desesperados por comida nas montanhas cheias de neve e acabaram sem alternativas além de devorar um companheiro Sam Banks/Reprodução/Daily Mail Mais

27.set.2014 - Um vídeo divulgado pelo Daily Mail mostra um sapo indefeso gritando desesperadamente ao ser atacado por uma cobra. A gravação mostra quando a serpente abocanha o anfíbio enquanto ele ainda está vivo. Clique no link 'Mais' para conferir a filmagem. Reprodução/Daily Mail Mais

27.set.2014 - As imagens foram feitas por um americano e sua mulher. Com uma vara, o casal tenta, sem sucesso, espantar a cobra. Reprodução/Daily Mail Mais

27.set.2014 - O pequeno sapo esboça gritinhos de desespero, mas a serpente é implacável. Reprodução/Daily Mail Mais

27.set.2014 - Aos 35 segundos da filmagem, as costas bichinho já está na boca da devoradora. Em seguida, a cobra morde a cabeça e as pernas do animal. Reprodução/Daily Mail Mais

27.set.2014 - Vídeo feito por um casal flagrou uma cobra devorando um sapo indefeso. Reprodução/Daily Mail Mais

29.set.2014 - O adolescente Boris Barath, de 17 anos, estava no atol de Ari, nas Maldivas, quando flagrou esta tartaruga devorando uma água-viva. A imagem é uma das as finalistas do prêmio de fotografia da Sociedade Britânica de Biologia 2014 Boris Barath/ BBC Mais

29.set.2014 - Nagarjun Ram, também de 17 anos, foi um dos finalistas na categoria juvenil com esta foto de um leopardo feita em Kabini, no Estado de Karnataka, na Índia. A imagem é uma das as finalistas do prêmio de fotografia da Sociedade Britânica de Biologia 2014 Nagarjun Ram/ BBC Mais

29.set.2014 - A foto de vespas parasitas construindo seu ninho de argila foi tirada na ilha de Bornéu por Thomas Endlein. A imagem é uma das as finalistas do prêmio de fotografia da Sociedade Britânica de Biologia 2014 Thomas Endlein/ BBC Mais

30.set.2014 - Na natureza selvagem nem tudo é belo, e as coisas podem ficar bem nojentas. Esta imagem está em um documentário da BBC filmado na região das florestas de Bornéu e mostra uma gigantesca sanguessuga (vermelha), que mede aproximadamente um metro de comprimento, devorando uma minhoca, com mais de 75 centímetros, como se fosse um espaguete. Segundo Paul Williams, o diretor do filme, primeiro a sanguessuga analisa a presa para ver se ela é muito grande para ser comida e, quando encontra a ponta, começa a sugar. Esse tipo de sanguessuga foi descoberto recentemente, não possui nome científico e seu comportamento predatório ainda é desconhecido pela ciência. Se "tiver estômago", clique no MAIS para ver o vídeo. Reprodução/BBC Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

3.out.2014 - O fotógrafo espanhol Viktoras Dubinskas observou recentemente diversas zebras lutando em meio a milhares de gnus para cruzar um dos rios do parque Serengeti, na Tanzânia. "Eu já fiz mais de 20 viagens à região selvagem da África, mas nunca vi nada parecido com isso", disse o fotógrafo. "Fotografar rebanhos nunca é fácil, mas quando as zebras entraram no rio, elas nos deram algo para nós nos focarmos. Quando uma zebra escapou da lama ao morder todos os gnus ao redor em pânico, era como se fosse um milagre", acrescentou. Os animais migram de acordo com as chuvas, em busca de pasto e água Viktoras Dubinskas/Caters News Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

7.set.2014 - No Quênia, o fotógrafo Aditya Singh registrou a batalha entre um leão e um gnu, que estava perdido quando foi surpreendido pela fera. Em menos de 60 segundos, o leão se aproximou de sua presa e com um poderoso ataque imobilizou a vítima. O gnu ainda tentou lutar, mas não conseguiu se livrar das garras do bicho, que com uma mordida no pescoço finalizou a batalha Reprodução/DailyMail Mais

10.out.2014 - Durante uma viagem à África do Sul, a professora norte-americana Amanda Brewer, de 26 anos, conseguiu fazer uma foto assustadora de um tubarão-branco, com detalhes de sua mandíbula. A imagem foi registrada pela turista durante um passeio pelas águas que cercam Mossel Bay, região sul-africana famosa por abrigar o predador. No local, turistas entram no mar dentro de gaiolas, que os permitem chegar bem perto dos tubarões. A foto de Brewer foi captada com uma câmera GoPro no momento em que o animal era alimentado com pedaços de carne Instagram/Amanda Brewer Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

16.out.2014 - O fotógrafo Andreas Knausenberger clicou o parto e os primeiros passos de um bebê girafa na reserva de Masai Mara, no Quênia. "Quando nos aproximamos das girafas, notamos que havia algo pendurado em uma delas. Vimos na hora que ela estava em trabalho de parto. Foi muito interessante ver as outras girafas ficarem de guarda enquanto isso, já que havia hienas nas proximidades", disse Andreas à rede BBC. "Depois de 30 minutos, o bebê começou a sair pouco a pouco e finalmente caiu de uma altura de dois metros". Cair é a primeira experiência da vida de uma girafa, já que as fêmeas dão à luz de pé Andreas Knausenberger Mais

17.out.2014 - O fotógrafo alemão Mario Nonaka registrou o momento exato do salto de uma baleia-jubarte que quase acertou um pássaro, que voava baixo. Na internet, a foto ganhou grande repercussão por parecer que o mamífero tenta cumprimentar a gaivota com uma de suas barbatanas. O clique de Mario Nonaka foi feito durante um passeio de barco na costa californiana Mario Nonaka/Caters News/Grosby Group Mais

17.out.2014 - O fotógrafo alemão Mario Nonaka registrou o momento exato do salto de uma baleia-jubarte que quase acertou um pássaro, que voava baixo. Na internet, a foto ganhou grande repercussão por parecer que o mamífero tenta cumprimentar a gaivota com uma de suas barbatanas. O clique de Mario Nonaka foi feito durante um passeio de barco na costa californiana Mario Nonaka/Caters News/Grosby Group Mais

17.out.2014 - O fotógrafo alemão Mario Nonaka registrou o momento exato do salto de uma baleia-jubarte que quase acertou um pássaro, que voava baixo. Na internet, a foto ganhou grande repercussão por parecer que o mamífero tenta cumprimentar a gaivota com uma de suas barbatanas. O clique de Mario Nonaka foi feito durante um passeio de barco na costa californiana Mario Nonaka/Caters News/Grosby Group Mais

21.out.2014 - O entomologista e fotógrafo do Museu de Zoologia da Universidade de Harvard Piotr Naskrecki encontrou a maior aranha do mundo em uma caminhada noturna pela floresta tropical da Guiana. Segundo informações do jornal O Globo, o aracnídeo da espécie Goliath Birdeater da América do Sul pode possuir patas de até 30 cm e pesar em torno de 200 gramas - peso similar ao de um filhote de cachorro. Reprodução/Piotr Naskrecki Mais

21.out.2014 - O entomologista e fotógrafo do Museu de Zoologia da Universidade de Harvard Piotr Naskrecki encontrou a maior aranha do mundo em uma caminhada noturna pela floresta tropical da Guiana. Segundo informações do jornal O Globo, o aracnídeo da espécie Goliath Birdeater da América do Sul pode possuir patas de até 30 cm e pesar em torno de 200 gramas - peso similar ao de um filhote de cachorro. Reprodução/Piotr Naskrecki Mais

21.out.2014 - O entomologista e fotógrafo do Museu de Zoologia da Universidade de Harvard Piotr Naskrecki encontrou a maior aranha do mundo em uma caminhada noturna pela floresta tropical da Guiana. Segundo informações do jornal O Globo, o aracnídeo da espécie Goliath Birdeater da América do Sul pode possuir patas de até 30 cm e pesar em torno de 200 gramas - peso similar ao de um filhote de cachorro. Reprodução/Piotr Naskrecki Mais

24.out.2014 - Gorila fêmea come um bolo para celebrar seu aniversário de 40 anos no zoológico de Londres, na Inglaterra, na última quinta-feira (23). Pela carinha dela, dividir não era uma opção, não é mesmo? London Zoo/ AFP/ HO Mais

26.out.2014 - Uma polonesa registrou um momento de fúria de uma girafa que vive no centro de reabilitação Moholoholo Wildlife, na África do Sul. Na imagem, o bicho dá um chute em um rinoceronte após ser "incomodado". Os animais, que se chamam Gerald e Olive, são filhotes e dividem o mesmo espaço na reserva. Clique no link 'Mais' e vaja o flagra em vídeo. Reprodução Mais

3.nov.2014 - Leões atacam búfalo em grupo nas moitas Gwarrie, na reserva Londozi, África do Sul Reprodução/ James Tyrrell/Londolozi Game Reserve Mais

7.nov.2014 - O canal norte-americano Discovery vai mostrar uma cobra gigante engolindo uma pessoa viva, o cineasta, explorador e naturalista Paul Rosolie. O especial, chamado "Eaten Alive" (Comido Vivo), será transmitido nos Estados Unidos no dia 7 de dezembro e no Brasil em fevereiro. Para ser devorado, Rosolie usou uma roupa "à prova de serpentes". Ele será comido por uma sucuri, uma das maiores cobras do mundo, originária da América do Sul. Por segurança, uma corda ficou presa na cintura do explorador para que ele pudesse ser puxado assim que chegasse à barriga do animal. O programa foi gravado na região amazônica. Reprodução/Discovery Mais

12.nov.2014 - O indiano Jasoprakas Debdas conseguiu registrar o momento em que dois homens abandonaram a moto em que estavam para fugir em disparada de um elefante. Os dois seguiam por uma estrada na Índia quando foram surpreendidos pelo animal, que resolveu encarar o motociclista e o passageiro. Logo depois, o elefante começou a persegui-los. Confira a aventura nas imagens a seguir. Reprodução/YouTube Mais

12.nov.2014 - Na Índia, dois homens foram surpreendidos por um elefante furioso e tiveram que fugir deixando a moto em que estavam para trás. A aventura foi filmada por um indiano chamado Jasoprakas Debdas. O vídeo foi postado no YouTube e teve mais de 380 mil visualizações. Reprodução/YouTube Mais

12.nov.2014 - Na Índia, dois homens foram surpreendidos por um elefante furioso e tiveram que fugir deixando a moto em que estavam para trás. A aventura foi filmada por um indiano chamado Jasoprakas Debdas. O vídeo foi postado no YouTube e teve mais de 380 mil visualizações. Reprodução/YouTube Mais

12.nov.2014 - Um vídeo feito por um grupo de turistas flagrou um filhote de elefante perdido de sua manada e em apuros. Na gravação, o bebê paquiderme enfrenta 14 leoas no Parque Luangwe, na Zâmbia. Persistente, o bicho conseguiu se livrar do grupo de inimigas, mas não foi nada fácil. Clique no link 'Mais' para ver o flagra. Reprodução/YouTube Mais

12.nov.2014 - Um vídeo feito por um grupo de turistas flagrou um filhote de elefante perdido de sua manada e em apuros. Na gravação, o bebê paquiderme enfrenta 14 leoas no Parque Luangwe, na Zâmbia. Clique no link 'Mais' para ver o flagra. Reprodução/YouTube Mais

12,nov.2014 - Um vídeo feito por um grupo de turistas flagrou um filhote de elefante perdido de sua manada e em apuros. Na gravação, o bebê paquiderme enfrenta 14 leoas no Parque Luangwe, na Zâmbia. O animal só conseguiu despistar as leoas quando seguiu em direção a um lago. Clique no link 'Mais' para ver o flagra. Reprodução/YouTube Mais

12.nov.2014 - Uma cobra naja nivea assustou banhistas em uma praia perto da Cidade do Cabo, na África do Sul. A serpente de quase dois metros não costuma nadar no oceano, mas pode fazer isto durante a troca de pele, segundo especialistas Reprodução/Facebook/Jeffrey Rink Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media. Confira nas imagens a seguir a sequência que levou o mergulhar a perder sua câmera Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

15.nov.2014 - Um mergulhador foi roubado por um crocodilo. Isso mesmo! Enquanto captava imagens no fundo de um rio, Amos Nachoum foi surpreendido pelo réptil, que cravou os dentes em sua câmera GoPro. A sorte foi que o mergulhador estava acompanhado de um amigo, que conseguiu registrar a cena com outra câmera. O flagra foi feito em Okavango Delta (Botsuana), em outubro, mas as imagens só foram divulgadas nesta semana pelo Barcroft Media Reprodução/Barcroft Media Mais

22.nov.2014 - O site Daily Mail publicou um vídeo que mostra um leão em apuros. Na gravação, o felino é atacado por um crocodilo. As imagens foram feitas em um safári na África do Sul. A filmagem mostra quando o animal, distraído, tenta atravessar Rio Sabie, que fica dentro do Parque Zoológico Nacional, também conhecido como Kruger. Será que o bicho conseguiu escapar? Clique no link 'Mais' para ver o flagra. Reprodução/YouTube Mais

22.nov.2014 - De acordo com o Daily Mail, o leão parece ser filhote, por isso não percebeu a presença do crocodilo no rio. Reprodução/YouTube Mais

22.nov.2014 - Na gravação, é possível ouvir a pessoa que registrou a cena lamentando o ataque do réptil, que pega o leão pela cabeça. Reprodução/YouTube Mais

25.nov.2014 - Foca fêmea traz um pinguim de presente para o fotógrafo, que ela adotou enquanto ele mergulhava em região da Antártida. "Ela saiu e pegou um pinguim vivo para mim. Veio e começou a dar o pinguim para eu comer. Ela soltava esses pinguins vivos, o pinguim disparava para longe, e ela olhava aborrecida enquanto passava por mim. Fez isso várias e várias vezes", disse Paul Nicklen, autor da imagem acima Paul Nicklen/National Geographic Creative Mais

26.nov.2014 - Aranha envolve um besouro em sua teia. Esse drama em miniatura aconteceu na República de Palau, composta por oito ilhas grandes e 250 ilhas menores Tim Laman/National Geographic Creative Mais

25.nov.2014 - Cientistas do Instituto de Pesquisa do Aquário da Baía de Monterrey, na Califórnia, conseguiram filmar um exemplar do misterioso "diabo negro do mar", uma espécie de peixe abissal conhecida pelo nome científico Melanocetus johnsonii. Segundo os pesquisadores da instituição, esta foi a primeira vez que este estranho e pequeno animal foi filmado em seu habitat natural. O peixe pode chegar a viver em uma profundidade de até 3 mil metros. O exemplar filmado é uma fêmea de 9 centímetros que se encontrava a cerca de 600 metros da profundidade no cânion submarino de Monterrey, na costa californiana. Divulgação/MBARI Mais

2.dez.2014 - Surfistas em uma competição na Austrália foram surpreendidos pela aparição de um grande tubarão-galha-preta no mar. Espectadores viram o tubarão na água durante o evento anual de surfe de Coffs Harbour, na praia de Macauley, no sudeste da Austrália, no domingo. O animal foi flagrado pela moradora Steph Bellamy. Os competidores foram retirados do mar por dez minutos, após os quais o concurso foi retomado, segundo ela. Ninguém ficou ferido. Steph disse que estava fotografando os esportistas quando viu um salto na água. "O tubarão realmente saltou duas vezes", disse ela à BBC. "Pulou uma vez, e pulou de novo, e este foi o pulo que eu fotografei. Foi tudo num piscar de olhos". "Eu ouvia as pessoas perguntando 'O que foi isso?'- e eu não entendi que era um tubarão até dar um zoom na imagem." Steph Bellamy/AP Mais

2.dez.2014 - Em entrevista ao site New York Post, o cineasta, explorador e naturalista Paul Rosolie, 27, falou sobre a experiência de ter sido engolido vivo por uma anaconda de quase 8 metros de comprimento e com mais de 180 kg para o canal Discovery. Rosolie contou que trabalhou com uma equipe de engenheiros que adaptou um macacão feito de fibra de carbono. A peça, equipada com suprimento para três horas de oxigênio, recebeu dispositivos de comunicação, com tecnologia 3D e câmeras. Além disso, Rosolie tomou uma pílula para transmitir seus sinais vitais, caso ele ficasse inconsciente. A atração, "Eaten Alive" ("Comido Vivo"), vai ao ar no próximo domingo (7) nos Estados Unidos e no Brasil em fevereiro. Clique no link 'Mais' para ver o teaser do programa. Reprodução/New York Post Mais

2.dez.2014 - A revelação sobre a iniciativa do Discovery foi feita no início do mês de novembro, quando o canal anunciou que iria mostrar uma cobra gigante engolindo uma pessoa viva (o cineasta, explorador e naturalista Paul Rosolie) no dia 7 de dezembro nos EUA. Para ser devorado, Rosolie usou uma roupa "à prova de serpentes". Ele foi comido por uma sucuri, uma das maiores cobras do mundo, originária da América do Sul. Por segurança, uma corda ficou presa na cintura do explorador para que ele pudesse ser puxado assim que chegasse à barriga do animal. O programa foi gravado na região amazônica. Reprodução/Discovery Mais

2.dez.2014 - Uma equipe de 12 pessoas acompanhou o cineasta Paul Rosolie na aventura pela Amazônia. Os especialistas se preocuparam não apenas com o naturalista, mas também com o bicho - mesmo com a certeza de que a adaptação do macacão não seria agressiva à cobra. Reprodução/New York Post Mais

2.dez.2014 - O réptil gigante é conhecido por crescer até 30 metros de comprimento e por atacar sua presa usando seus dentes e mandíbulas poderosas antes de esmagá-la com o seu corpo maciço. Reprodução/New York Post Mais

2.dez.2014 - Ainda ao New York Post, Rosolie se defendeu das críticas de ativistas dos direitos dos animais, que acreditam que a cobra foi torturada durante a experiência. Além de admitir que o objetivo era "chocar as pessoas", o cineasta revelou que a ação foi por uma boa causa: arrecadar dinheiro para salvar o habitat do animal. Reprodução/New York Post Mais

2.dez.2014 - Rosolie não tem autorização para revelar o que aconteceu após ser abocanhado pela cobra, mas ele diz que conheceu "o verdadeiro poder do animal". Reprodução/New York Post Mais

8.dez.2014 - Durante um safári na reserva florestal Masai Mara, no Quênia, o turista inglês Caron Steele fez um flagra impressionante da vida selvagem. Em uma sequência de fotos, o turista registrou o ataque de uma píton gigante contra um filhote de antílope. A serpente, de 4,5m de comprimento, se enrola ao corpo da presa antes de engoli-la por inteiro. Depois de "almoçar" a presa, a píton se esconde em um rio. As informações são do Daily Mail. As fotos chamaram a atenção das imprensa internacional nesta semana, mas foram feitas em outubro Montagem BOL / Reprodução / Richards Camp Maasai Mara Kenya Mais

9.dez.2014 - Contratada para registrar algumas aves e peixes no mar da Baía de Monterey, na Calfórnia, Estados Unidos, a fotógrafa americana Kate Cummings retratou uma cena inusitada: o momento exato que uma baleia jubarte salta no ar e abocanha um pelicano. O mais curioso é que o ataque não foi fatal. Isso porque, ao estranhar a ave, a baleia soltou a presa. "É provável que, ao sentir o pelicano, a baleia não quis engoli-lo. Nós vimos quando a baleia abriu a boca antes de mergulhar de novo, soltando o pelicano", contou Kate, que diz ter visto o pelicano emergir na água "sem danos visíveis". As informações são do Daily Mail Reprodução / Facebook / Blue Ocean Whale Watch Mais

9.dez.2014 - Contratada para registrar algumas aves e peixes no mar da Baía de Monterey, na Calfórnia, Estados Unidos, a fotógrafa americana Kate Cummings retratou uma cena inusitada: o momento exato que uma baleia jubarte salta no ar e abocanha um pelicano. O mais curioso é que o ataque não foi fatal. Isso porque, ao estranhar a ave, a baleia soltou a presa. "É provável que, ao sentir o pelicano, a baleia não quis engoli-lo. Nós vimos quando a baleia abriu a boca antes de mergulhar de novo, soltando o pelicano", contou Kate, que diz ter visto o pelicano emergir na água "sem danos visíveis". As informações são do Daily Mail Reprodução / Facebook / Blue Ocean Whale Watch Mais

21.dez.2014 - A imagem reproduz um vídeo, feito em uma estação de trem na cidade de Kanpur, no norte da Índia, que mostra quando um macaco chega para resgatar um "colega" que está caído inconsciente. Ele tomou um choque enquanto andava em fios de alta tensão no local. Clique no link 'Mais' para ver a gravação. Reprodução Mais

21.dez.2014 - O macaco salvador tentou de tudo para acordar o animal - bater, morder e até mergulhá-lo na água -, mas nada pareceu funcionar. Reprodução Mais

21.dez.2014 - O macaco salvador tentou de tudo para acordar o animal - bater, morder e até mergulhá-lo na água -, mas nada pareceu funcionar. Na imagem, o animal demonstra desespero. Reprodução Mais

21.dez.2014 - A imagem reproduz um vídeo, feito em uma estação de trem na cidade de Kanpur, no norte da Índia, que mostra quando um macaco chega para resgatar um "colega" que está caído inconsciente. Ele tomou um choque enquanto andava em fios de alta tensão no local. Na imagem, o animal mergulha o "amigo" em uma poça. Reprodução Mais

21.dez.2014 - Foi então que depois de mais de 20 minutos, o macaquinho inconsciente começou a mostrar sinais vitais novamente arrancando aplausos dos viajantes de trem que assistiam a tudo atentamente e ficaram boquiabertos com o ato heroico do macaco. Reprodução Mais

21.dez.2014 - Em uma estação de trem na cidade de Kanpur, no norte da Índia, uma multidão olha surpresa como um macaco chega para resgatar um "colega" que está caído inconsciente. Ele tomou um choque enquanto andava em fios de alta tensão no local. Reprodução Mais

19.dez.2014 - O fotógrafo Don Johnston conseguiu flagrar o momento em que dois ursos brigavam em uma área reservada à espécie em Montana, nos Estados Unidos. Nas imagens, é possível ver os dois animais duelando na neve. "A força destes bichos é incrível. O chão tremeu quando eles rolaram", contou Johnston ao Daily Mail. Veja mais fotos da luta a seguir Reprodução/ Daily Mail Mais

19.dez.2014 - Na imagem, registrada pelo fotógrafo Don Johnston, dois ursos brigam na neve, em Montana, nos Estados Unidos Reprodução/ Daily Mail Mais

19.dez.2014 - Na imagem, registrada pelo fotógrafo Don Johnston, dois ursos brigam na neve, em Montana, nos Estados Unidos Reprodução/ Daily Mail Mais

19.dez.2014 - Na imagem, registrada pelo fotógrafo Don Johnston, dois ursos brigam na neve, em Montana, nos Estados Unidos Reprodução/ Daily Mail Mais

19.dez.2014 - Na imagem, registrada pelo fotógrafo Don Johnston, dois ursos brigam na neve, em Montana, nos Estados Unidos Reprodução/ Daily Mail Mais

19.dez.2014 - Na imagem, registrada pelo fotógrafo Don Johnston, dois ursos brigam na neve, em Montana, nos Estados Unidos Reprodução/ Daily Mail Mais

19.dez.2014 - Na imagem, registrada pelo fotógrafo Don Johnston, dois ursos brigam na neve, em Montana, nos Estados Unidos Reprodução/ Daily Mail Mais

29.dez.2014 - O fotógrafo Yusri Harisandi fez um flagra inusitado enquanto trabalhava em uma região da Indonésia. Yusri flagrou momentos de aparente amizade entre uma rã voadora de Wallace (encontrada na Indonésia, essa espécie de rã mede entre 8 e 10 centímetros) e um caramujo-gigante-africano (que pode atingir até 18 centímetros). Nas imagens, a pequena rã primeiramente parece dar um beijo no caramujo (foto acima). Em seguida, após dar uma espécie de abraço, a rã sobe no casco do caramujão e "pega uma carona". É mole? Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - O fotógrafo Yusri Harisandi fez um flagra inusitado enquanto trabalhava em uma região da Indonésia. Yusri flagrou momentos de aparente amizade entre uma rã voadora de Wallace (encontrada na Indonésia, essa espécie de rã mede entre 8 e 10 centímetros) e um caramujo-gigante-africano (que pode atingir até 18 centímetros). Nas imagens, a pequena rã primeiramente parece dar um beijo no caramujo. Em seguida, a rã parece dar um abraço no caramujo (veja na imagem acima, se eles não parecem estar esperando o flash) Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - A pequena rã voadora de Wallace, que mede entre 8 e 10 centímetros, pegou carona no casco de um caramujo-gigante-africano Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - A pequena rã voadora de Wallace, que mede entre 8 e 10 centímetros, pegou carona no casco de um caramujo-gigante-africano Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - Que folga! A pequena rã voadora de Wallace, que mede entre 8 e 10 centímetros, pegou carona no casco de um caramujo-gigante-africano Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - Que folga! A pequena rã voadora de Wallace, que mede entre 8 e 10 centímetros, pegou carona no casco de um caramujo-gigante-africano Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - Que folga! A pequena rã voadora de Wallace, que mede entre 8 e 10 centímetros, pegou carona no casco de um caramujo-gigante-africano Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - Que folga! A pequena rã voadora de Wallace, que mede entre 8 e 10 centímetros, pegou carona no casco de um caramujo-gigante-africano Reprodução / Yusri Harisandi Mais

29.dez.2014 - Que folga! A pequena rã voadora de Wallace, que mede entre 8 e 10 centímetros, pegou carona no casco de um caramujo-gigante-africano Reprodução / Yusri Harisandi Mais

6.jan.2014 - Uma seleção com as 30 melhores imagens de animais em movimento está circulando na web. Nesta foto, do fotógrafo José Luis Rodríguez, os passarinhos parecem uma coisa só, de tão juntos que estão. Reprodução/José Luis Rodríguez Mais

6.jan.2014 - A imagem formada por um gafanhoto e uma planta se assemelha a uma bicicleta. O flagra do fotógrafo Tuscel Ico integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Tustel Ico Mais

6.jan.2014 - Um passarinho parece não querer que o outro saia de perto. O flagra do fotógrafo Urs Schmidli integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Urs Schmidli Mais

6.jan.2014 - Parece que o passarinho da esquerda está irritado com o da direita. O flagra do fotógrafo Urs Schmidli integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Urs Schmidli Mais

6.jan.2014 - A mãe alimenta um de seus filhotes. O flagra do fotógrafo Cherly integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Cherly Mais

6.jan.2014 - O cão parece fazer careta ao ser flagrado se chacoalhando. O flagra do fotógrafo Carli Davidson integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Carli Davidson Mais

6.jan.2014 - Um pequeno esquilo luta contra o frio e a neve. O flagra do fotógrafo Marco Sartori integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Marco Sartori Mais

6.jan.2014 - Os ursos estão querendo muito "pescar" o peixe. Será que tiveram coragem de descer? O flagra reproduzido integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução Mais

6.jan.2014 - Encontro de um lagarto com uma borboleta. O flagra do fotógrafo Hakan Pekbelgin integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Hakan Pekbelgin Mais

6.jan.2014 - Um lagarto salva o outro de uma queda. O flagra do fotógrafo Mahmoud Edeeb integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Mahmoud Edeeb Mais

6.jan.2014 - Um passarinho se refresca e se chacoalha. O flagra reproduzido integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução Mais

6.jan.2014 - É impossível saber se essa cobra e esse lagarto estavam brigando ou brincando. O que será que aconteceu? O flagra do fotógrafo David Maitland integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/David Maitland Mais

6.jan.2014 - Passarinho é clicado em cima de uma câmera. O flagra do fotógrafo Zoltan Gyori integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Zoltan Gyori Mais

6.jan.2014 - Passarinho é fotografado devorando uma ave menor. O flagra do fotógrafo Yaki Zander integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Yaki Zander Mais

6.jan.2014 - Um peixe aparece dentro da boca de um crocodilo. O flagra reproduzido integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução Mais

6.jan.2014 - Uma libélula tenta se esconder da fotógrafa, e o resultado ficou incrível. O flagra do fotógrafo Roeselien Raimond integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Roeselien Raimond Mais

6.jan.2014 - O passarinho deixa sua comida cair. Coitado! O flagra do fotógrafo Harry Roekens integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Harry Roekens Mais

6.jan.2014 - Um rato está prestes a ser engolido por um pássaro. O flagra do fotógrafo Shimi Eni integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Shimi Eni Mais

6.jan.2014 - Parece que há uma briga entre os pássaros por um alimento. O flagra do fotógrafo Yaki Zander integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Yaki Zander Mais

6.jan.2014 - Ave aparece toda desajeitada sobre um galho. O flagra do fotógrafo Anders Gronlund integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Anders Gronlund Mais

6.jan.2014 - Ave captura sua presa. O flagra do fotógrafo Nissim integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Nissim Mais

6.jan.2014 - O sapo parece fazer uma espécie de pole dance sobre o objeto em que está apoiado. O flagra do fotógrafo Urs Schmidli integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Urs Schmidli Mais

6.jan.2014 - Uma abelha cheia de pólen foi clicada pelo fotógrafo Urs Schmidli. O flagra do fotógrafo Urs Schmidli integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Urs Schmidli Mais

6.jan.2014 - Briga de cavalos. O flagra do fotógrafo Vedran Vidak integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Vedran Vidak Mais

6.jan.2014 - A imagem mostra um cachorro debaixo d'água atrás de uma bola de tênis. O flagra do fotógrafo Seth Casteel integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Seth Casteel Mais

6.jan.2014 - Inseto repleto de gotas forma uma imagem curiosa. O flagra do fotógrafo Urs Schmidli integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Urs Schmidli Mais

6.jan.2014 - Elefante até parece ter pelo de cordeiro! O flagra do fotógrafo Marina Caso integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Marina Caso Mais

6.jan.2014 - Nova briga é mostrada: dessa vez, entre hipopótamos. O flagra do fotógrafo Marcel van Oosten integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Marcel van Oosten Mais

6.jan.2014 - Pequeno pássaro abocanha um peixe menor ainda. O flagra do fotógrafo Thomas Will integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/Thomas Will Mais

6.jan.2014 - Égua ganha um abraço de seu filhote. O flagra do fotógrafo K. Buchmann integra uma seleção das melhores 30 imagens de animais em movimento que está circulando na web Reprodução/K. Buchmann Mais

A Sociedade Ecológica Britânica organiza anualmente um concurso para premiar as melhores fotos da natureza. Acima, foto dramática feita por Stephen Pringle que, em 2014, ganhou destaque entre os juízes e mostra moscas se juntando em uma zebra que acabou de morrer. Confira a seguir mais fotos das três últimas edições do concurso Stephen Pringle/BBC Mais

2012 - A Sociedade Ecológica Britânica organizou um concurso de fotografia que premiou as melhores imagens de natureza do ano. A coleção inclui uma variedade de sapos, morcegos, lagartos, uma raposa-do-ártico, bisões selvagens no Oeste americano e um elefante que tentou invadir uma casa para obter água após descobrir que a fonte onde costumava beber havia secado na Namíbia. Andrew Richardson Mais

2012 - A Sociedade Ecológica Britânica organizou um concurso de fotografia que premiou as melhores imagens de natureza do ano. A coleção inclui uma variedade de sapos, morcegos, lagartos, uma raposa-do-ártico, bisões selvagens no Oeste americano e um elefante que tentou invadir uma casa para obter água após descobrir que a fonte onde costumava beber havia secado na Namíbia. A exposição completa está sendo exibida durante o encontro anual da entidade na Universidade de Birmingham neste mês de dezembro Silviu Petrovan Mais

2012 - A Sociedade Ecológica Britânica organizou um concurso de fotografia que premiou as melhores imagens de natureza do ano. A coleção inclui uma variedade de sapos, morcegos, lagartos, uma raposa-do-ártico, bisões selvagens no Oeste americano e um elefante que tentou invadir uma casa para obter água após descobrir que a fonte onde costumava beber havia secado na Namíbia. A exposição completa está sendo exibida durante o encontro anual da entidade na Universidade de Birmingham neste mês de dezembro Hannah Peck Mais

2012 - A Sociedade Ecológica Britânica organizou um concurso de fotografia que premiou as melhores imagens de natureza do ano. A coleção inclui uma variedade de sapos, morcegos, lagartos, uma raposa-do-ártico, bisões selvagens no Oeste americano e um elefante que tentou invadir uma casa para obter água após descobrir que a fonte onde costumava beber havia secado na Namíbia. A exposição completa está sendo exibida durante o encontro anual da entidade na Universidade de Birmingham neste mês de dezembro P. Blaen Mais

2012 - A Sociedade Ecológica Britânica organizou um concurso de fotografia que premiou as melhores imagens de natureza do ano. A coleção inclui uma variedade de sapos, morcegos, lagartos, uma raposa-do-ártico, bisões selvagens no Oeste americano e um elefante que tentou invadir uma casa para obter água após descobrir que a fonte onde costumava beber havia secado na Namíbia. A exposição completa está sendo exibida durante o encontro anual da entidade na Universidade de Birmingham neste mês de dezembro Shane White Mais

2012 - A Sociedade Ecológica Britânica organizou um concurso de fotografia que premiou as melhores imagens de natureza do ano. A coleção inclui uma variedade de sapos, morcegos, lagartos, uma raposa-do-ártico, bisões selvagens no Oeste americano e um elefante que tentou invadir uma casa para obter água após descobrir que a fonte onde costumava beber havia secado na Namíbia. A exposição completa está sendo exibida durante o encontro anual da entidade na Universidade de Birmingham neste mês de dezembro Adam Seward Mais

Em 2013, a Sociedade Ecológica Britânica escolheu novos vencedores de sua competição anual de fotografia. Acima, a foto de Zoe Davies, a vencedora geral, com a imagem de dois albatrozes nas ilhas Malvinas (Falklands). O prêmio de 2013 marca os cem anos da sociedade, criada para estimular a pesquisa ecológica Zoe Davies Mais

2013 - Gavin Ballantyne foi o vencedor na categoria Ecossistemas e Comunidades, com a foto de uma aranha em uma flor de rododendro, em Dorset, no Reino Unido Gavin Ballantyne Mais

2013 - Silviu Petrovan competiu na categoria Ecologia e Sociedade com esta imagem de macacos relaxando na Floresta Sagrada dos Macacos em Ubud, Bali Silviu Petrovan Mais

2013 - Anna Carter competiu na categoria Ecologia em Ação com esta imagem de um tuatara. Os movimentos da fêmea deste réptil, perto da área onde fica seu ninho, eram rastreados graças ao carretel de algodão na cauda dela Anna Carter Mais

2013 - Jacob Bishop enviou uma imagem de uma aranha saltadora atacando uma abelha e conseguiu o segundo lugar na categoria Estudantes Jacob Bishop Mais

2013 - Carsten Meyer fez esta imagem de tubarões mortos sem as barbatanas na costa do México, no Pacífico, a milhares de quilômetros de distância dos consumidores de barbatana de tubarão, na China. A imagem venceu na categoria Ecologia e Sociedade Carsten Meyer Mais

2014 - A Sociedade Ecológica Britânica escolheu as fotos vencedoras de seu prêmio anual. A imagem vencedora foi feita em um quintal na Suécia, por Alejandro Ruete, um pós-graduando da Universidade Sueca de Ciências da Agricultura. Ruete chamou esta foto de "Beijo no Quintal" Alejandro Ruete/BBC Mais

2014 - A imagem de uma cobra se elevando da água de uma lagoa na Romênia, para respirar, foi feita por Silviu Petrovan. Ele venceu na categoria Organismos Completos e Populações Silviu Petrovan/BBC Mais

2014 - Esta imagem de uma matriarca levando o grupo de elefantes para a água foi feita por Graeme Shannon. Os juízes do concurso deram muito destaque para esta foto Graeme Shannon/BBC Mais

2014 - Flagrados durante o acasalamento, um ato que dura apenas alguns segundos, estas libélulas fotografadas por Karine Monceau, venceram na categoria Ecossistemas e Comunidades Karine Monceau/BBC Mais

2014 - Um louva-a-deus decapitando uma borboleta foi outra foto que ganhou destaque entre os juízes, feita por Peter Steward, no Quênia Peter Steward/BBC Mais

2014 - Um ganso-patola adulto conduz três filhotes em uma corrente de ar nos penhascos de Hermaness, o ponto mais ao norte das ilhas britânicas, nesta foto de Leejiah Dorward Leejiah Dorward/BBC Mais

13.jan.2015 - Imagine a situação: você está passeando de carro por um parque quando de repente um elefante aparece na via e amassa o seu veículo subindo em cima dele. Pois foi o que aconteceu no parque nacional de Khao Yai, na Tailândia. Um elefante "furioso" esmagou quatro carros de visitantes em um período de 10 dias. O último ataque foi filmado e aconteceu no sábado (10). Assista ao flagrante clicando no link ao lado. Reprodução Mais

13.jan.2015 - Imagine a situação: você está passeando de carro por um parque quando de repente um elefante aparece na via e amassa o seu veículo subindo em cima dele. Pois foi o que aconteceu no parque nacional de Khao Yai, na Tailândia. Um elefante "furioso" esmagou quatro carros de visitantes em um período de 10 dias. O último ataque foi filmado e aconteceu no sábado (10). Reprodução Mais