Quartos de garotos adolescentes ganham temas urbanos e esportivos; veja

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2014/08/04/quartos-de-garotos-adolescentes-ganham-temas-urbanos-e-esportivos-veja.htm
  • totalImagens: 27
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos: direita
  • timestamp: 20140804070500
    • Adolescência - Geral [62968]; Quarto de solteiro [30616];
Fotos

Inspirada no adolescente atual, a arquiteta Marta Calasans (www.martacalasans.com.br) projetou o espaço de 16,60 m² para a Mostra Quartos & Etc (www.qequartos.com.br). Além de cama, escrivaninha e criado-mudo, o projeto incluiu painéis de madeira para melhor organização do ambiente. Os tons seguem o estilo urban street, a exemplo do colorido do papel de parede que forma um grafite e o uso do preto e cinza. O tom laranja tangerina, tendência em 2014, foi determinante por transmitir sensação de alegria e movimento Evelyn Muller/Divulgação Mais

Esta proposta assinada pelo escritório Sesso & Dalanezi (www.sessoedalanezi.com.br) atendeu a dois meninos de 13 e 15 anos que adoram skate, bicicleta e grafite em um espaço de 8 m². Por isso, o projeto aproveitou todos os cantos com a marcenaria sob medida. Aqui a inspiração veio do estilo urbano, onde o cinza destaca o branco, o amarelo dos nichos e o colorido do tecido que reproduz um grafite. A parede espelhada amplia o quarto Bruno Cocozza/Divulgação Mais

Este quarto 15,72 m² tem com forro de gesso, assoalho e pintura neutra como base; o colorido aparece nos detalhes, acessórios e no quadro que lembra um grafite. Para dividir o quarto em duas áreas, o projeto desenvolvido por Eliana de Sousa (www.arquitetaelianadesousa.com.br) e executado pela marcenaria Blanco Design (www.blancodesign.com.br) usou um frontão que funciona como divisória. O tapete listrado dá o toque de vanguarda ao local Rogério Cajui/Divulgação Mais

Em tons neutros, este dormitório planejado pela designer de interiores Ana Cristina Moral (11 2669-2186) destaca-se pela marcenaria executada pela Florense ABC (www.florense.com) que racionalizou o espaço de 9 m². Tons de preto e azul repetem-se nos móveis e na cabeceira, quebrados pelo amarelo da almofada e da luminária, e pelo colorido dos quadros CAAD Fotografia/Divulgação Mais

Papel com estampa de fitas cassetes e LPs de vinil presos na parede enfatizam o gosto de dois irmãos pela música. O quarto foi projetado pela designer Marcia Brunello (www.marciabrunello.com.br), que elegeu o cinza e o amarelo para trazer descontração e modernidade ao ambiente Fabiana Stig/Divulgação Mais

Elaborada em tons azul e cinza claro pela arquiteta Ana Bartira Brancante (www.anabartira.com.br) para um adolescente que precisava de seu espaço para estudos e sossego, a decoração do quarto de 16 m² é composta pelo painel de tecido estampado com manchetes de jornal, almofadas com estampas de bandeiras e ícones urbanos jovens, todos remetendo à tradição da música inglesa. O tapete listrado também combina com o design, com tons de laranja para aquecer o ambiente Raul Fonseca/Divulgação Mais

Deste ângulo do quarto idealizado pela arquiteta Ana Bartira Brancante (www.anabartira.com.br), é possível ver como a escrivaninha divide o espaço em dois cantos distintos: o de trabalho e o de descanso. As portas de correr espelhadas do armário não só ganham espaço físico como dão a sensação visual de maior amplitude. O projeto reservou área na parede para os violões Raul Fonseca/Divulgação Mais

Para aproveitar o espaço, a designer Bianka Mugnatto (www.biankamugnatto.com.br) recorreu à marcenaria em cada centímetro do quarto. Veja que a luminária de teto atende à cama sem ocupar o criado-mudo. O adesivo na parede com ícones urbanos, as almofadas e o estofamento da cadeira rompem com a monotonia do branco dos móveis Divulgação Mais

Nesta outra proposta da designer Bianka Mugnatto (www.biankamugnatto.com.br), o quarto foi idealizado para um garoto que gosta de esportes. Com base branca, a ambientação destaca-se com o adesivo na parede e os tons de azul usados na roupa de cama e nas almofadas Divulgação Mais

Neste detalhe do quarto idealizado por Bianka Mugnatto (www.biankamugnatto.com.br), o projeto transformou a varanda em um pequeno espaço para estudos Divulgação Mais

Um adolescente de 14 anos queria um quarto (8,80 m²) que mostrasse sua paixão pelo time de basquete Boston Celtics. Assim, Cinthia Garcia e Andréia Karalkovas (www.garciaekaralkovas.com.br) projetaram um espaço versátil que se transforma com o tempo. O ponto de partida foi painel e o logo do time. "Quando o rapaz decidir mudar o quarto, basta substituir o adesivo por um papel", diz Andréia Divulgação Mais

Entregue cru, com os de blocos estruturais das paredes ainda aparentes, o cômodo recebeu pintura em tom cinza, assoalho e forro de gesso. O ambiente com 10 m² foi planejado para um garoto de 15 anos que ama skate, daí o adesivo na parede sobre a cama, que ainda faz parceria com o cubo mágico nas cores primárias. A cortina romana filtra a luz e deixa o ambiente mais aconchegante. Projeto da arquiteta Eliana de Sousa (www.arquitetaelianadesousa.com.br). Edu Castelo/Divulgação Mais

A arquiteta Ana Lúcia Jucá (www.alj.arq.br) inspirou-se em um adolescente que adora esportes para criar este quarto de 13 m² para a Mostra Quartos & Etc do Rio de Janeiro (www.qequartos.com.br). Em uma composição contemporânea, o amarelo destaca-se sobre a base preta e cinza. Destaque para a parede espelhada que amplia o ambiente e o painel onde estão fixadas a bicicleta e TV Evelyn Muller/Divulgação Mais

O quarto de 11,70 m², projetado pela arquiteta Maria Alice de Melo Aguiar, da Escala Arquitetura (www.escalaarquitetura.com.br), foi para um garoto de 12 anos com espírito descolado e que adora surf. O painel na cabeceira da cama evidencia o gosto pelo esporte. Em tons de branco e amadeirado, o cômodo ganhou pinceladas de azul na roupa de cama e em alguns detalhes J.Vilhora/Divulgação Mais

A marcenaria executada pela Stabilitá (www.stabilita.com.br) organizou o ambiente planejado pela Escala Arquitetura e Construções, tanto compartilhando-o em áreas de estudo e descanso, quanto acomodando livros e objetos pessoais nos nichos e armários J.Vilhora/Divulgação Mais

Inspirado em temas londrinos, o projeto de 9,63 m² foi pensado pela arquiteta Izabela Lessa (www.izabelalessa.com.br) para um adolescente de 14 anos. O espelho tem a função de decorar, seguindo as últimas tendências, e também ampliar e iluminar o ambiente Denilson/MCA Estúdio/Divulgação Mais

Este é outro dormitório (11 m²) em que o tema foi a bandeira da Inglaterra. Foi projetado pela arquiteta Cilene Monteiro Lupi (www.cilenemlupi.com.br) para um garoto de 14 anos. Em tons crus e madeiras, o projeto mescla azul escuro e o vermelho queimado imprimindo personalidade ao quarto. A escrivaninha é arredondada para permitir que a porta se abra completamente Denilson/ MCA Estúdio/Divulgação Mais

O papel de parede listrado norteou o projeto desenvolvido pela arquiteta Patricia Duarte (www.patriciaduarte.com.br) para o dormitório de 8 m². A marcenaria foi aplicada compondo com o grafismo da parede. Por serem horizontais, as listras ajudaram a reforçar a sensação de amplitude do quarto. Ao lado da cama, a bancada e os nichos comportam a área de estudos e objetos pessoais do garoto. As almofadas pontuam o local com cor J.Vilhora/Divulgação Mais

Um adolescente colecionador de bolas de futebol é o cliente do designer Fernando Piva (www.fernandopiva.com.br). Para fugir dos adesivos, o projeto (20 m²) recorreu ao papel de parede que serviu de referência para instalar as bases de acrílico para as bolas. O painel de couro sobrepõe o revestimento por onde se alinha a cabeceira da cama. Os tecidos clássicos nas almofadas traz aconchego ao espaço, e criados-mudos de modelos diferentes enfatizam a assimetria Eduardo Pozella/Divulgação Mais

Deste ângulo do quarto desenvolvido por Fernando Piva, pode-se ver a ampla área de estudos que tem até lugar para um colega ou um professor particular. Repare que a cor de fundo escolhida é o verde queimado que combina bem com a madeira, o cinza e o branco. A marcenaria foi detalhada pelo escritório e executada pela AG Movelaria (www.agmovelaria.com.br) Eduardo Pozella/Divulgação Mais

Idealizado pelo escritório de arquitetura e interiores Prado, Zogbi e Tobar (www.pradozogbitobar.com.br) para a mostra Apronta da Casa Pronta (www.casaprontaquartos.com.br), o espaço de 11 m² mistura as cores azul-marinho, verde e branco. A cama tem nichos internos que acomodam almofadões quadrados que podem virar outra cama, se necessário Valentino Fialdini /Divulgação Mais

O canto de estudos do quarto desenhado pelo escritório de arquitetura e interiores Prado, Zogbi e Tobar (www.pradozogbitobar.com.br) é bem resolvido graças aos módulos de prateleiras e armários. Destaque para a escrivaninha que resguarda um rolo de papel para rabiscos, estudos e arte. Aqui a mistura de azul, verde e branco repete-se mas agora destacada pelo fundo de madeira Valentino Fialdini /Divulgação Mais

Com 14 m², este dormitório foi planejado pela arquiteta Ana Bartira Brancante (www.anabartira.com.br) para um garoto que acabara de entrar na adolescência. Com design assimétrico, o projeto explora cores alegres presentes nos móveis da Segatto (www.segatto.com.br), na parede laqueada e no adesivo Raul Fonseca/Divulgação Mais

A parede da janela foi aproveitada no projeto de Ana Bartira Brancante (www.anabartira.com.br) com o mobiliário para os estudos devido a alta luminosidade. A cortina romana filtra a luz quando necessário Raul Fonseca/Divulgação Mais

O espaço para o dormitório era enxuto, por isso a designer Marcia Brunello (www.marciabrunello.com.br) recorreu a marcenaria e ao contemporâneo amarelo para clarear o ambiente. A cama é encaixada no móvel para ganhar espaço. Caixas ajudam acomodar os pertences do adolescente Fabiana Stig/Divulgação Mais

Uma pequena bancada em acrílico apoia-se à marcenaria sem interferir no visual, criando um pequeno espaço para estudos. Na parede o revestimento que imita tijolos dá toques rústicos ao ambiente idealizado por Marcia Brunello (www.marciabrunello.com.br), compondo com a base bege e neutra Fabiana Stig/Divulgação Mais

O desafio da arquiteta Simone Tasca (www.simonetasca.com.br) foi idealizar um quarto para um adolescente de 15 anos fanático pelo Corinthians e que pela primeira vez teria seu próprio espaço. Como o cômodo tem apenas 10,5 m² o projeto teve que ser racional reunindo várias funções em uma mesma peça. A cama composta de gaveta inferior e um colchão para visitas recebeu roupa com as cores do time J.Vilhora/Divulgação Mais

Comente no Facebook