Entidade lança calendário erótico com fotos de padres na Rússia

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2014/12/03/entidade-lanca-calendario-erotico-com-fotos-de-padres-na-russia.htm
  • totalImagens: 12
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20141203115907
    • Rússia [5808];
    • Igreja Ortodoxa Russa [59356]; Arte que choca [73357]; Homossexual [11802];
Fotos

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

3.dez.2014 - A organização "Orthodox-Calendar" ("Calendário Ortodoxo" em tradução livre), que defende os direitos dos homossexuais, lançou na Rússia um calendário erótico com fotos de padres seminus em igrejas ao sul de Moscou. "Alguns padres acreditam que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um sinal do apocalipse, ao contrário do que diz o patriarca ortodoxo Kirill [líder da igreja ortodoxa russa]". A entidade ressalta ainda que o principal objetivo das fotos é "criar a primeira organização global contra a homofobia na religião ortodoxa". Reprodução/Orthodox-Calendar Mais

Comente no Facebook