Encontro tem Kombi enferrujada, com sala de estar e até estúdio de bateria

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2015/05/27/encontro-tem-kombi-enferrujada-com-sala-de-estar-e-ate-estudio-de-bateria.htm
  • totalImagens: 18
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20150527192635
    • Kombi [49185]; Clássico [50561];
    • Volkswagen [9056];
    • Volkswagen [9056];
Fotos

Auto Show Collection, evento semanal de carros antigos, promoveu na última semana de maio a Noite das Kombis Reinaldo Canato/UOL Mais

Modelo produzido no Brasil por maior período de tempo, entre 1957 e 2013, vanzinha marcou presença com exemplares das mais diferentes idades Reinaldo Canato/UOL Mais

Algumas unidades, como essas duas da imagem, ostentavam peças 100% originais e estado impecável de conservação Reinaldo Canato/UOL Mais

Outras foram "tunadas" por seus donos; esta, por exemplo, teve suspensões rebaixadas e recebeu chamativas rodas cromadas Reinaldo Canato/UOL Mais

Rodrigo Carlos foi além: pagou R$ 900 em uma Kombi 1972 para deixá-la... enferrujar Reinaldo Canato/UOL Mais

Apelidada de "Febre Amarela", Kombi de Rodrigo Carlos é toda decorada com artigos de ferro-velho Reinaldo Canato/UOL Mais

Proprietário usou parafusos velhos para decorar retrovisores externos com "mãos de caveira" Reinaldo Canato/UOL Mais

Por dentro, Kombi "Febra Amarela" usa bancos com molas expostas, e volante com arco feito de corrente de motocicleta e raios produzidos com bielas de motor Reinaldo Canato/UOL Mais

Na traseira, frases de efeito para chamar (ainda mais) a atenção de quem está atrás da "Febre Amarela" no trânsito Reinaldo Canato/UOL Mais

Para os "kombistas" mais fanáticos, nada melhor do que decorar sua Kombi com... uma miniatura da van Reinaldo Canato/UOL Mais

Esta é a Kombi "corujinha" 1972 do músico Leandro Nô, comprada em 2013 e que custou R$ 6.000 para reformar Reinaldo Canato/UOL Mais

Por fora, ela parece um veículo comum, mas não é; músico usa sua Kombi como "estúdio ambulante" de bateria Reinaldo Canato/UOL Mais

Na cabine, revestimento com desenho de zebra, decalques com cruzes de malta e volante com vidro emulando uma pedra de diamante Reinaldo Canato/UOL Mais

Já o aposentado José Alvarez possui uma Kombi Safari 1985, série especial produzida em parceria com a Karmann-Ghia Reinaldo Canato/UOL Mais

Alvarez transformou sua Kombi em um trailer para viagens, com direito a esta confortável sala de estar Reinaldo Canato/UOL Mais

Também há espaço para uma cozinha, com fogão duas-bocas e armários embutidos Reinaldo Canato/UOL Mais

No para-brisa desta Kombi aqui, um pequeno recado para quem não entende de Kombi: "perua é a mulher do peru" Fotos 22 a 35 e foto 37- Kombi Safari ano 1985-Jose Alvarez o proprietário tem 75 anos (fone 11 4330 5033), a Karmann Guia em parceira com a WW produziu 450 unidades deste veiculo,José comprou a kombi em 2008 pagou 31 mil reais ,hoje o valor estimado é 70 mil reais,viaja bastante com ela,em janeiro rodou 4500 km de São Paulo,para alguns estados do sul do Brasil, foi até Montevidéu e retornou para São Paulo Reinaldo Canato/UOL Mais

Já no retrovisor desta outra, um recado mais simpático: relaxe e dirija uma Kombi Reinaldo Canato/UOL Mais

Comente no Facebook