Naufrágio do Titanic completa 106 anos

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2016/04/14/naufragio-do-titanic-completa-104-anos.htm
  • totalImagens: 41
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160414060000
    • Titanic [61107];
Fotos

Considerado "inafundável", o navio RMS Titanic, um colosso marítimo de 269 metros de comprimento e 46 mil toneladas, afundou em sua viagem inaugural após colidir com um iceberg no Oceano Atlântico, na noite do dia 14 de abril de 1912, após partir de Southampton, na Inglaterra, com destino a Nova York, Estados Unidos. Das cerca de 2200 pessoas a bordo (contando com a tripulação de quase 900 homens), mais de 1500 morreram nas águas gélidas da região de Newfoundland, muitas delas devoradas por tubarões (aproximadamente 800 pessoas). Confira a seguir imagens históricas do navio, cujo naufrágio completa 106 anos neste mês de abril de 2018 Reprodução Mais

O Titanic partiu da Inglaterra com destino aos Estados Unidos no dia 10 de abril. Estima-se que o navio colidiu com um iceberg às 23h40 de 14 de abril de 1912, num domingo. O comando da embarcação transmitiu a última mensagem 40 minutos depois, de forma bastante breve: "Afundamos". Às 2h20 da manhã do dia 15, o Titanic já estava completamente submerso. A maioria absoluta das pessoas morreram de hipotermia causada pela água gelada (cerca de -2ºC negativos) Reprodução / Wikipedia Mais

Após colidir com um iceberg, o casco do Titanic ficou danificado, e a água passou a preencher compartimentos do navio, que começou a naufragar. O projetista Thomas Andrews, um dos funcionários da Harland & Wolff, empresa responsável por construir o "inafundável" Titanic, foi quem fez o diagnóstico preliminar sobre o abalroamento do navio. O depoimento de Thomas, que não sobreviveu ao naufrágio, foi repassado por tripulantes sobreviventes Reprodução / Facebook Mais

Estima-se que no Titanic estavam 1316 passageiros, mais uma tripulação com aproximadamente 900 homens, totalizando 2225 pessoas a bordo (número oficial). Apenas pouco mais de 700 pessoas sobreviveram. A quantidade de botes salva-vidas no navio - apenas 20 - não era suficiente para todos: tinha capacidade para acomodar 1.178 passageiros no total. Se não bastasse, os primeiros botes ainda saíram com metade de sua capacidade Reprodução/Facebook Mais

Inquéritos comprovaram que no Titanic só havia botes suficientes para metade dos passageiros do navio. A maioria dos que ficaram na água, aguardando o resgate, que começou a ser feito após as 4h00 da manhã, morreu de hipotermia por causa da baixa temperatura da água (-2°) ou atacada por tubarões - estima-se que 800 dos 1512 mortos encontrados no mar foram devorados. Poucos botes salva-vidas retornaram para a região após o naufrágio: os sobreviventes temiam pela reação das pessoas, que desesperadas pela salvação, poderiam invadir os barcos e acabar afundando a pequena embarcação Reprodução/Facebook Mais

Mapa mostra o ponto exato onde o Titanic colidiu com um iceberg na noite de 14 de abril de 1912. A embarcação saiu de Southampton, na Inglaterra, com destino a Nova York, nos Estados Unidos. O naufrágio ocorreu na região dos bancos gelados de Newfoundland Reprodução Mais

A tragédia do Titanic só não foi ainda maior porque o Carpathia (foto), um navio transatlântico que partia de Nova York rumo a Gibraltar, na Europa, captou os pedidos de socorro do Titanic e alterou sua rota rumo ao desastre. O navio foi o responsável por resgatar cerca de 18 botes salva-vidas à deriva no mar, por volta das 4h00 Reprodução Mais

O experiente capitão Edward Smith (à dir.), de 62 anos, era quem comandava o RMS Titanic Reprodução Mais

Jornais dão grande destaque para a tragédia ocorrida com o Titanic, no Atlântico Reprodução Mais

Reprodução da capa do jornal norte-americano New York Times sobre o naufrágio do Titanic, ocorrido no dia 15 de abril de 1912 (a colisão com o iceberg ocorreu na noite do dia 14) Reprodução / New York Times Mais

Reprodução do Titanic afundando no Oceano Atlântico após colidir com um iceberg Reprodução Mais

Multidão se aglomera no Píer 59, em Nova York, nos Estados Unidos, aguardando a chegada da embarcação Carpathia, que trazia os primeiros sobreviventes do naufrágio do Titanic Reprodução/Facebook Mais

Multidão confere a lista de mortos no naufrágio do Titanic em lista anexada na prefeitura de Southampton, na Inglaterra, de onde a embarcação partiu com destino a Nova York no dia 10 de abril, quatro dias antes de o navio colidir com um iceberg no Oceano Atlântico Reprodção / France Presse Mais

O coronel e investidor americano John Jacob Astor IV era o passageiro mais rico do Titanic, e morreu durante o naufrágio. Jacob tinha uma fortuna estimada em mais de R$ 4 bilhões, em valores ajustados pela inflação Reprodução Mais

713 pessoas se salvaram no naufrágio do Titanic. Dentre elas, Harold Bride, que está sendo carregado na imagem Reprodução/Associated Press Mais

713 pessoas se salvaram no naufrágio do Titanic. 1512 é o número oficial de mortos Reprodução/Facebook Mais

Dos 1512 mortos no naufrágio do Titanic, cerca de 800 foram atacados por tubarões enquanto tentavam sobreviver na água congelante Reprodução/Facebook Mais

A maioria dos mortos no Titanic morreram de hipotermia nas águas super gélidas da região em que ocorreu o naufrágio Reprodução/Facebook Mais

Imagem de Stuart Collet, um dos sobreviventes Reprodução/Facebook Mais

Imagem de crianças sobreviventes do naufrágio do Titanic Reprodução/Facebook Mais

Retrato de mãe e filhas sobreviventes do Titanic Reprodução/Facebook Mais

Imagem da primeira sobrevivente mulher a ser resgatada do naufrágio do Titanic Reprodução/Facebook / AP Mais

Corpo de vítima do naufrágio do RMS Titanic, a bordo de uma embarcação de salvamento, é preparado para ser colocado no caixão improvisado Reprodução/Facebook / AP Mais

Carros funerários aguardam para transportar as vítimas do RMS Titanic Reprodução/Facebook / AP Mais

Imagem do interior do Titanic Reprodução Mais

Imagem do Titanic mostrando como ele seria se fosse cortado ao meio Reprodução Mais

Imagem do sistema de hélices do Titanic. Estima-se que o leme do navio tinha uma altura equivalente a 7 andares Reprodução Mais

Elizabeth Gladys Millvina Dean tinha apenas dois meses e 13 dias de idade quando foi resgatada após o naufrágio do RMS Titanic. Millvina, nascida em Branscombe, na Inglaterra, era oficialmente a mais jovem sobrevivente da embarcação. A família da inglesa viajava na terceira classe. Ela conseguiu escapar no bote salva-vidas de número 10, junto com a mãe e o irmão. O pai de Millvina não sobreviveu. No fim da vida, a sobrevivente vendia recordações do naufrágio para pagar as despesas da casa de repouso onde morava - dentre os objetos, estava uma mala que foi entregue a sua mãe em Nova York, após o resgate. Ela morreu de pneumonia aos 97 anos na Inglaterra, em 31 de maio de 2009 Associated Press Mais

Somente após longos 73 anos, em setembro de 1985, os restos do Titanic foram encontrados. A descoberta foi feita durante expedições norte-americanas e francesas. Na imagem, os motores do navio, já bastante deteriorados Reprodução / National Geographic Mais

14.abr.2012 - Exatamente 100 anos após o naufrágio do Titanic, a revista National Geographic e uma equipe de pesquisadores revelaram novas imagens da embarcação. As fotos mostram uma espécie de radiografia do navio, que ainda repousa no fundo do mar. O naufrágio do Titanic está localizado a cerca de 600 km ao sudeste da costa de Newfoundland, em uma profundidade de cerca de 3.800 m, no Oceano Atlântico. O navio está separado em duas partes, distantes uma da outra, sendo que a proa (parte da frente) está inclinada para baixo e enterrada na lama do mar e a popa (parte do fundo) está bastante danificada Reprodução / National Geographic Mais

Os restos do Titanic ainda repousam no Oceano Atlântico, a cerca de 600 km da costa de Newfoundland, em uma profundidade de cerca de 3.800 m Reprodução / National Geographic Mais

Os restos do Titanic ainda repousam no Oceano Atlântico, a cerca de 600 km da costa de Newfoundland, em uma profundidade de cerca de 3.800 m Reprodução / National Geographic Mais

Em uma profundidade de quase 4 km no fundo do mar, o Titanic está separado em duas partes, distantes uma da outra, sendo que a proa (parte da frente) está inclinada para baixo e enterrada na lama do mar e a popa (parte do fundo) está bastante danificada Reprodução / National Geographic Mais

A sigla R.M.S. significa "Royal Mail Steamer", algo como "navio a vapor de correspondência Real" Reprodução / Facebook Mais

Coincidência macabra: o livro "Futility, or the Wreck of the Titan" ("Futilidade, ou o Naufrágio do Titã", em português) foi escrito por Morgan Robertson em 1898, 14 anos antes do naufrágio do RMS Titanic, e conta a história de um grande navio, dito o maior do mundo, e inafundável. Alguma semelhança com o Titanic? Mais: na obra, os passageiros fazem parte da elite social da época e o navio não dispõe de botes salva-vidas para todos. Durante uma viagem em uma noite gelada, o navio do romance, chamado "Titan", bate em um iceberg. Às vezes, a vida imita a arte! Reprodução Mais

O Titanic comportava bistrôs e cafés no estilo parisiense para acomodar seus clientes mais abastados. No estoque do colosso marítimo, nada menos que 34 toneladas de carne, 35 mil ovos, 40 toneladas de batatas, 453 quilos de sachês de chá e 15 mil garrafas de cerveja recheavam as despensas. Das mais de 900 pessoas da tripulação, 500 eram garçons Reprodução / Facebook Mais

Imagens raras do Titanic foram coloridas Reprodução / Facebook Mais

Imagem colorizada de um dos quartos de luxo do Titanic Reprodução / Facebook Mais

Imagens raras do Titanic foram coloridas Reprodução / Facebook Mais

Hollywood reproduziu a tragédia do Titanic em ao menos três filmes, todos com o nome do navio. O primeiro foi dirigido por Jean Negulesco em 1953, e era protagonizado por Robert Wagner e Barbara Stanwick. Em 1996, foi lançada a versão do diretor Robert Lieberman, que contava com Peter Gallagher e a bela Catherine Zeta-Jones. Um ano depois, foi a vez de James Cameron lançar o seu "Titanic", que acabou se tornando o filme mais famoso sobre o navio. Protagonizado por Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, a versão de Cameron foi indicada em 14 categorias no Oscar, levando 11 estatuetas Montagem BOL / Reprodução Mais

30.abr.2017 - As probabilidades de estar em duas das maiores catástrofes náuticas da história parecem remotas. E ainda mais remota a possibilidade de alguém conseguir sobreviver a ambos os eventos e ainda assim seguir navegando. Mas foi isso que a argentina Violet Constance fez, e por isso ganhou o apelido de "Senhorita Inafundável". Ela trabalhou como camareira ou enfermeira em três das maiores embarcações que naufrágio no início de 1900: o Olympic, o Brittanic e também estava na embarcação mais famosa a afundar no mar, o Titanic. Violet viveu até 1971, quando uma insuficiência cardíaca conseguiu aquilo que três desastres em alto mar não conseguiram. Ela tinha 84 anos. Violet Jessop / Governo Britânico Mais

Comente no Facebook