Existe amor em SP: projeto mostra a diversidade do grafite e exalta amor livre

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2017/02/06/existe-amor-em-sp-projeto-mostra-a-diversidade-do-grafite-e-exalta-amor-livre.htm
  • totalImagens: 24
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20170206184337
    • Fotografia [44948]; Grafite [27624];
    • São Paulo [5106];
Fotos

6.fev.2017 - O projeto Cidade Livre reúne todas as formas de amor em cenários para lá de paulistanos: os grafites da cidade. Com o objetivo de exaltar toda forma de amor e a diversidade da arte de rua, o fotógrafo Guilherme Olhier fez cliques incríveis Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto surge em um momento de questionamentos, quando a Prefeitura de São Paulo optou por apagar obras de grafiteiros expostas por muros da Avenida 23 de maio. O local era, até então, o maior mural de grafite da América Latina Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - Em clima de discussão a respeito das decisões do prefeito João Doria (PSDB), projetos como o Cidade Livre resolveram mostrar a beleza da arte de rua junto a demonstrações de afeto do povo paulistano Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - A ideia começou através das redes sociais, onde Guilherme convocou alguns casais diversos para posarem em frente de obras marcantes para eles em toda a cidade. São grafites no Minhocão, Praça Roosevelt, Vila Madalena e até na própria 23 de Maio, onde ainda sobram algumas obras expostas Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - A ideia começou através das redes sociais, onde Guilherme convocou alguns casais diversos para posarem em frente de obras marcantes para eles em toda a cidade. São grafites no Minhocão, Praça Roosevelt, Vila Madalena e até na própria 23 de Maio, onde ainda sobram algumas obras expostas Reprodução/Facebook Cidade Livre Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto surge em um momento de questionamentos, quando a Prefeitura de São Paulo optou por apagar obras de grafiteiros expostas por muros da Avenida 23 de maio. O local era, até então, o maior mural de grafite da América Latina Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - Em clima de discussão a respeito das decisões do prefeito João Doria (PSDB), projetos como o Cidade Livre resolveram mostrar a beleza da arte de rua junto a demonstrações de afeto do povo paulistano Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - A ideia começou através das redes sociais, onde Guilherme convocou alguns casais diversos para posarem em frente de obras marcantes para eles em toda a cidade. São grafites no Minhocão, Praça Roosevelt, Vila Madalena e até na própria 23 de Maio, onde ainda sobram algumas obras expostas Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto Cidade Livre reúne todas as formas de amor em cenários para lá de paulistanos: os grafites da cidade. Com o objetivo de exaltar toda forma de amor e a diversidade da arte de rua, o fotógrafo Guilherme Olhier fez cliques incríveis Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto surge em um momento de questionamentos, quando a Prefeitura de São Paulo optou por apagar obras de grafiteiros expostas por muros da Avenida 23 de maio. O local era, até então, o maior mural de grafite da América Latina Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - Em clima de discussão a respeito das decisões do prefeito João Doria (PSDB), projetos como o Cidade Livre resolveram mostrar a beleza da arte de rua junto a demonstrações de afeto do povo paulistano Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - A ideia começou através das redes sociais, onde Guilherme convocou alguns casais diversos para posarem em frente de obras marcantes para eles em toda a cidade. São grafites no Minhocão, Praça Roosevelt, Vila Madalena e até na própria 23 de Maio, onde ainda sobram algumas obras expostas Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto Cidade Livre reúne todas as formas de amor em cenários para lá de paulistanos: os grafites da cidade. Com o objetivo de exaltar toda forma de amor e a diversidade da arte de rua, o fotógrafo Guilherme Olhier fez cliques incríveis Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto surge em um momento de questionamentos, quando a Prefeitura de São Paulo optou por apagar obras de grafiteiros expostas por muros da Avenida 23 de maio. O local era, até então, o maior mural de grafite da América Latina Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - Em clima de discussão a respeito das decisões do prefeito João Doria (PSDB), projetos como o Cidade Livre resolveram mostrar a beleza da arte de rua junto a demonstrações de afeto do povo paulistano Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - A ideia começou através das redes sociais, onde Guilherme convocou alguns casais diversos para posarem em frente de obras marcantes para eles em toda a cidade. São grafites no Minhocão, Praça Roosevelt, Vila Madalena e até na própria 23 de Maio, onde ainda sobram algumas obras expostas Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto Cidade Livre reúne todas as formas de amor em cenários para lá de paulistanos: os grafites da cidade. Com o objetivo de exaltar toda forma de amor e a diversidade da arte de rua, o fotógrafo Guilherme Olhier fez cliques incríveis Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto surge em um momento de questionamentos, quando a Prefeitura de São Paulo optou por apagar obras de grafiteiros expostas por muros da Avenida 23 de maio. O local era, até então, o maior mural de grafite da América Latina Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - Em clima de discussão a respeito das decisões do prefeito João Doria (PSDB), projetos como o Cidade Livre resolveram mostrar a beleza da arte de rua junto a demonstrações de afeto do povo paulistano Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto Cidade Livre reúne todas as formas de amor em cenários para lá de paulistanos: os grafites da cidade. Com o objetivo de exaltar toda forma de amor e a diversidade da arte de rua, o fotógrafo Guilherme Olhier fez cliques incríveis Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto surge em um momento de questionamentos, quando a Prefeitura de São Paulo optou por apagar obras de grafiteiros expostas por muros da Avenida 23 de maio. O local era, até então, o maior mural de grafite da América Latina Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - Em clima de discussão a respeito das decisões do prefeito João Doria (PSDB), projetos como o Cidade Livre resolveram mostrar a beleza da arte de rua junto a demonstrações de afeto do povo paulistano Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - A ideia começou através das redes sociais, onde Guilherme convocou alguns casais diversos para posarem em frente de obras marcantes para eles em toda a cidade. São grafites no Minhocão, Praça Roosevelt, Vila Madalena e até na própria 23 de Maio, onde ainda sobram algumas obras expostas Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

6.fev.2017 - O projeto Cidade Livre reúne todas as formas de amor em cenários para lá de paulistanos: os grafites da cidade. Com o objetivo de exaltar toda forma de amor e a diversidade da arte de rua, o fotógrafo Guilherme Olhier fez cliques incríveis Reprodução/Facebook Cidade Livre Mais

Comente no Facebook