"Jerry Maguire": descubra o que aconteceu com o elenco, duas décadas depois

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2017/03/19/jerry-maguire-descubra-o-que-aconteceu-com-o-elenco-duas-decadas-depois.htm
  • totalImagens: 17
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20170319164607
Fotos

Lembra de "Jerry Maguire"? O filme sobre o agente esportivo (Tom Cruise) que perde tudo e precisa focar em seu único cliente (Cuba Gooding Jr.) completou 20 anos e continua entre aqueles que sempre gostamos de rever. Se é o seu caso, aproveite para relembrar como era o elenco nos anos 1990 e como estão os atores agora. Montagem Mais

Tom Cruise fez diversos blockbusters. Quando gravou "Jerry Maguire: A Grande Virada" (1996), já tinha atingido o sucesso com "Entrevista com o Vampiro" (1994) e "Missão: Impossível" (1996). Na época, ainda era casado com a atriz Nicole Kidman, com quem juntou as escovas de dente em 1990 e adotou dois filhos. Porém, a união teve fim em 2001 Reprodução Mais

Em 20 anos, muita coisa mudou. Ele se envolveu com outra atriz, Katie Holmes, com quem teve uma filha em 2006, a famosa Suri. O relacionamento também não vingou e eles se divorciaram em 2012. Na vida profissional, o americano teve mais sucessos: de 1996 para cá, foram 22 filmes lançados e mais uma indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante por "Magnólia" (1999) Rene Teichmann/Shutterstock.com Mais

"Jerry Maguire: A Grande Virada" (1996) foi realmente um divisor de águas na vida de Cuba Gooding Jr., afinal foi o filme que rendeu seu único Oscar (como ator coadjuvante) e fez com que sua frase "Show me the money!" ("Mostre-me o dinheiro!") fosse lembrada até hoje. Na época, ele já era casado com Sara Kapfer, de quem se divorciou recentemente, e pai de Spencer e Mason Reprodução Mais

Quase aos 50 anos, o ator vive uma grande fase na carreira. Protagonista da série "American Crime Story", ele vive O.J. Simpson e faz muito sucesso. Também ganhou um novo membro na família: Piper, que nasceu em 2007, antes que ele se separasse da mãe de seus filhos Denis Makarenko/Shutterstock.com Mais

O troféu de maior de mudança vai para Jonathan Lipnicki. Afinal, "Jerry Maguire: A Grande Virada" (1996) foi seu primeiro longa e ele tinha apenas 6 anos! Lembramos dele com essa carinha fofa em "O Pequeno Stuart Little" (1999) e em "O Pequeno Vampiro" (2000). Mas ele cresceu! Reprodução Mais

Hoje Jonathan tem 26 anos e, para quem não acompanhou a vida do ator, é difícil reconhecê-lo! Mesmo porque ele decidiu ter uma juventude normal, estudando e jogando polo aquático após a fama da infância. Porém, não conseguiu ficar totalmente de fora das telas e tem participado de algumas séries, como "Interns of F.I.E.L.D." (2016) e alguns filmes que ainda serão lançados Helga Esteb/Shutterstock.com Mais

Desde sempre Renée Zellweger muda o visual, seja para representar seus papéis, seja na vida real. Em "Jerry Maguire: A Grande Virada" (1996), ela era uma jovem comum. Com o tempo e o surgimento de novos personagens, ela começou suas transformações: a atriz ganhou 12 kg para fazer "O Diário de Bridget Jones" (2001), seu papel de maior destaque, e daí pra frente mudou várias vezes Reprodução Mais

Agora a atriz está com 47 anos e em relação ao que foi no passado, está irreconhecível! Depois de passar por um efeito sanfona, ela emagreceu bastante e fez plásticas no rosto, ficando com a aparência bem diferente da conhecida trintona Bridget Jones e da jovem Dorothy de "Jerry Maguire" dominika zarzycka/Shutterstock.com Mais

Antes de estrelar o filme do diretor Cameron Crowe, Bonnie Hunt já era conhecida por "Jumanji" (1995) e pela sequência de "Beethoven". O que pouca gente sabe é que a atriz também trabalhou como enfermeira, mas decidiu pela carreira artística e nunca mais saiu. Quando viveu Laurel em "Jerry Maguire: A Grande Virada" (1996), ela já era casada há 8 anos -- união que terminaria em 2008 Reprodução Mais

Aos 55 anos, Bonnie continuou de vento em popa com diversos projetos que ultrapassaram os filmes. Além de ter feito sucesso como a matriarca de "Doze é Demais" (2003) e "Doze é Demais 2" (2005), ela teve por dois anos um talk show, "The Bonnie Hunt Show" (2008). Recentemente, foi a voz da coelha Bonnie, protagonista da animação vencedora do Oscar 2017, "Zootopia: Essa Cidade é o Bicho" (2016) Helga Esteb/Shutterstock.com Mais

Jay sempre quis ser comediante e começou pelo "Saturday Night Live" (1975) um pouco antes de viver Bob Sugar em "Jerry Maguire: A Grande Virada" (1996). No papel, ele não foi exatamente hilário, mas seu tom irônico manteve o ator na esfera da comédia. Dois anos depois, casou-se com Nicole Chamberlain, com quem teve um filho, mas o casal se separou em 2005 Reprodução Mais

Jay continuou na mídia e participa de programas de esporte no rádio. Com os filmes ele fez uma pausa desde o ano passado. Um ano após o término de seu primeiro casamento, ele engatou um relacionamento com Nikki Cox, com quem teve seu segundo filho em 2011, e as mudanças na vida dele aconteceram até no próprio nome: ele passou a se chamar Jay Ferguson Cox Mohr, como presente para sua mulher! s_bukley/Shutterstock.com Mais

Quando Jerry O'Connell estrelou o filme em 1996, mal tinha acabado de sair da faculdade, onde se formou em cinema e roteiro. Ele já atuava desde pequeno, mas teve seu auge no cinema do meio para o final dos anos 1990, quando estrelou "Pânico 2" (1997) e finalmente "Missão Marte" (2000). Solteiro, dizia que não conseguia nem "manter uma planta viva por uma semana", muito menos ter um relacionamento Reprodução Mais

Parece que Jerry mudou de ideia! Hoje é casado com Rebecca Romijn, a mística de "X-Men, O Filme" (2000) e tem duas filhas gêmeas, mas sua carreira nunca mais foi a mesma. Ele chegou a largar o cinema e entrar na faculdade de direito em 2009, mas desistiu e voltou a atuar, fazendo participações em séries e filmes para TV. Seu trabalho mais notável é como o dublador de Superman nas animações da DC Helga Esteb/Shutterstock.com Mais

Em 1996, Kelly já havia trabalhado com Arnold Schwarzenegger e Danny De Vito em "Irmãos Gêmeos" (1988), esteve em "Um Drink no Inferno" (1996) e teve rápidos romances com George Clooney e Charlie Sheen antes de casar com John Travolta em 1991. Seguidora da Cientologia, como Tom Cruise, o astro de "Jerry Maguire" (1996), Kelly foi indicada duas vezes ao prêmio Framboesa de Ouro: em 2000 e 2003 Reprodução Mais

Atualmente, Kelly Preston tem participado de alguns filmes e séries para TV e acabou as filmagens de "The Life and Death of John Gotti" (2017), estrelado por seu marido John Travolta. Ela também esteve em "CSI: Cyber" (2016). A família viveu uma tragédia em 2009, quando seu filho de 17 anos, que sofria de Síndrome de Kawasaki, morreu durante férias nas Bahamas Featureflash Photo Agency/Shutterstock.com Mais

Comente no Facebook