Veja 14 filmes com "erros toscos" que mostram coisas que não existiam

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2017/09/10/veja-filmes-de-epoca-com-edicao-tosca-que-mostram-coisas-do-futuro.htm
  • totalImagens: 14
  • fotoInicial: 8
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20170910040000
    • Cinema [15195]; Entretenimento [22798];
Fotos

"Gladiador" (2000)

O longa "Gladiador" (2000), dirigido pelo cineasta Ridley Scott e ganhador de cinco Oscars (incluindo melhor filme e ator), cometeu um deslize na edição ao mostrar um cilindro de gás em uma biga (carro de guerra de duas rodas puxado por cavalos). Apesar do erro, "Gladiador" também foi indicado ao Oscar de melhor edição (por sorte, não ganhou essa estatueta). Reprodução Mais

"Coração Valente" (1995)

Quem assistiu ao filme "Coração Valente" (1995) pode pensar que o carro foi inventado muitos séculos antes do que se imaginava. Um erro de edição do longa, que narra a história de William Wallace, herói escocês que lutou pela Independência da Escócia do Reino Unido no século 13, mostra um carro ao fundo durante uma batalha. A produção dirigida e estrelada por Mel Gibson levou cinco Oscars em 1996. Reprodução Mais

Piratas do Caribe

E o que dizer de "Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra" (2003)? Os "caçadores de erros" nas produções hollywoodianas não perdoaram a saga estrelada pelo ator Johnny Depp depois que alguém usando um chapéu de caubói e óculos de sol pôde ser visto ao fundo enquanto o capitão Jack Sparrow (papel de Depp) dá ordens no convés a seus marujos. Em alto mar, é sempre bom proteger os olhos. Reprodução Mais

O Senhor dos Anéis

A edição do filme "O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel" (2001), dirigido por Peter Jackson, também acabou não percebendo um carro ao fundo em uma cena que mostra os personagens Frodo (papel de Elijah Wood) e Sam (Sean Astin) caminhando em uma plantação. O veículo indesejado acabou sendo removido digitalmente para o lançamento do DVD do filme posteriormente. Reprodução Mais

Cidadão Kane

Uma cena estranha perto do fim do clássico "Cidadão Kane" (1941), durante um piquenique de Kane e sua mulher em uma praia na Flórida, chama atenção. Ao fundo, é possível ver duas criaturas voando, mas são muito maiores do que pássaros. Seriam dois pterodáctilos (aves pré-históricas). Isso supostamente aconteceu porque o diretor Orson Welles reaproveitou imagens de "Son of Kong" (1933). Reprodução Mais

De Volta Para o Futuro

Em uma cena do clássico "De Volta Para o Futuro" (1985), o personagem Marty McFly (papel de Michael J. Fox) volta a 1955 e toca a música Johnny B. Goode, de Chuck Berry, no baile da escola. O longa mostra McFly com uma guitarra Gibson ES-345, que só começou, de fato, a ser produzida a partir de 1958. Parece que McFly fez um pit-stop em 1958, antes de viajar no tempo para 1955. Reprodução Mais

Robin Hood (1991)

Uma cena do longa "Robin Hood - O Príncipe dos Ladrões" (1991) mostra o Robin Hood (papel de Kevin Costner) usando uma espécie de telescópio, que pertencia a Azeem (interpretado por Morgan Freeman). A produção se passa em 1194, mas o telescópio nem sequer havia sido inventado até o início do século 17. Resta saber se Azeem conseguia viajar no tempo para ter tal objeto. Reprodução Mais

Troia

Em uma cena de "Troia" (2004), os personagens Páris (papel de Orlando Bloom) e Helena (Diane Kruger) são protegidos por guarda-sol enquanto andam em uma biga. O problema é que o guarda-sol só foi inventado cerca de 800 anos depois do período em que o longa do cineasta Wolfgang Petersen se passa. Reprodução Mais

...E o Vento Levou

No clássico "...E o Vento Levou" (1939), ganhador de oito Oscars em 1940, mostra uma cena em que a personagem Melanie Hamilton (papel da atriz Olivia de Havilland) aparece segurando o que deveria ser uma lâmpada a óleo. No entanto, ao analisar o quadro, é possível ver que a lâmpada tem um fio (funcionaria a eletricidade), algo que não existia na época da Guerra Civil Americana. Reprodução Mais

Para Sempre Cinderela

No longa "Para Sempre Cinderela" (1998), uma cena mostra o Príncipe Henry (papel de Dougray Scott) no mercado oferecendo barras de chocolate para a personagem Marguerite (Megan Dodds). Mas a produção é ambientada durante a vida de Leonardo da Vinci, que viveu entre 1452 a 1519. Infelizmente, o chocolate só existia em forma líquida até 1847. Reprodução Mais

Titanic

Em uma das cenas do filme "Titanic" (1997), o personagem Jack Dawson (papel de Leonardo DiCaprio) conta para Rose DeWitt Bukater (Kate Winslet) que ele e seu pai costumavam ir pescar no lago Wissota, no estado do Wisconsin. O problema é que o Lago Wissota surgiu em 1917 após a construção da hidrelétrica de Wissota, no rio Chippewa. Como sabemos, a tragédia com o Titanic ocorreu cinco anos antes. Divulgação Mais

O Resgate do Soldado Ryan

No longa "O Resgate do Soldado Ryan" (1998), ganhador de cinco Oscars, temos uma cena em que o personagem de Tom Hank aparece encostado em uma motocicleta depois de ser ferido. O único problema é que o modelo de motocicleta que aparece não existia na Segunda Guerra Mundial, época em que o filme se passa. O modelo só começou a ser produzido quase 20 anos mais tarde. Reprodução Mais

A Lista de Schindler

O longa "A Lista de Schindler" (1993), do cineasta Steven Spielberg, é outra produção de sucesso que erra na história. Uma cena do longa ganhador de sete Oscars em 1994 mostra uma tradicional almofada de carimbo. A questão é que esse objeto, hoje encontrado em qualquer papelaria, ainda não existia na época da Segunda Guerra Mundial, período em que a história do filme se passa. Reprodução Mais

Os Intocáveis

No longa "Os Intocáveis" (1987), do diretor Brian De Palma, uma cena mostra o famoso símbolo canadense "Maple Leaf". O erro é visível, já que o filme é ambientado na década de 1930, muito tempo antes de a folha da Maple se tornar o símbolo mais cultuado pelos canadenses. O país adotou o maple leaf em sua bandeira apenas em 1965. Reprodução Mais

Comente no Facebook